Arduino Forum

International => Portugues => Topic started by: LegendBR on Feb 19, 2013, 01:53 pm

Title: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Feb 19, 2013, 01:53 pm
Fala, pessoal, tudo bem?

Seguinte, sou "novo" com Arduino (por enquanto só pesquisando, estou montando meus primeiros kits para começar a "brincar"), e estou querendo utilizá-lo para automatizar minha casa (ainda por ser construída).

Minha idéia inicial seria utilizar a automação convencional, ou seja, todos os botões, sensores, relés, etc., conectados diretamente a um Arduino, e o mesmo controlando tudo. Depois vi que seria um tanto inviável, por conta da quantidade de portas que seriam necessárias. Pensei em utilizar mais de um Arduino em uma mesma "caixa de comando", mas ontem conversando com o rapaz que está desenvolvendo o projeto elétrico (e que entende de automação, mas as soluções comerciais), chegamos à conclusão de que se fosse realizar o projeto da forma convencional (todos os comandos em um único ponto), o projeto elétrico da casa deveria ser totalmente diferente, e eu também teria problemas técnicos (comandos dos botões muito distantes da placa de controle, por exemplo).

Daí lembrei de um projeto de automação de um apartamento utilizando módulos com Xbee (http://blog.eletronlivre.com.br/2012/11/automacao-residencial-com-arduino-na.html), e pensei em fazer algo semelhante, mas economizando no Xbee, ou seja, realizando a comunicação entre os módulos com fio mesmo.

Li um pouco sobre o RS485, e vi que seria uma possibilidade de utilização. Alguém tem alguma dica?

Se tiverem algum material para estudo que possa me ajudar no meu projeto, agradeço bastante também!
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mmoscz on Feb 19, 2013, 02:16 pm
Eu acho que "descentralizar" todos os comandos pela casa, a soma dos componentes vai ficar bem próxima da utilização de xbee, pois com ou sem ele, esses módulos espalhados, vão precisar de
alimentação 5V.
Bom básico uma lista do que precisaria para descentralizar com RS485
MAX485
microprocessador pode ser um ATMEGA8 ou um ATTINY25
ALIMENTAÇÂO 5V
RELÊ
PCI
Alguns componentes passivos (resistor, transistor, diodo)

Outra coisa, o projeto de elétrica, para cada "comodo" da casa, o recomendado é ter um par de FIOS do quadro elétrico para alimenta-lo, se você usar fios de 4mm para um comodo, que teria digamos, 3 tomadas e 1 lâmpada, o custo para passar um fio de 1,5mm para cada um desses pontos de energia, não sairia muito mais.
Se o cara da elétrica for competente, vai dizer que para a Lâmpada do quarto digamos com 25W, você precisa de um fio de 1mm (que é até um exagero pois ele suporta uma corrente de 10A) e para as tomadas 2mm, se for bem planejado, você acaba economizando usando um sistema centralizado.



Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Feb 19, 2013, 02:45 pm

Eu acho que "descentralizar" todos os comandos pela casa, a soma dos componentes vai ficar bem próxima da utilização de xbee, pois com ou sem ele, esses módulos espalhados, vão precisar de
alimentação 5V.
Bom básico uma lista do que precisaria para descentralizar com RS485
MAX485
microprocessador pode ser um ATMEGA8 ou um ATTINY25
ALIMENTAÇÂO 5V
RELÊ
PCI
Alguns componentes passivos (resistor, transistor, diodo)

Outra coisa, o projeto de elétrica, para cada "comodo" da casa, o recomendado é ter um par de FIOS do quadro elétrico para alimenta-lo, se você usar fios de 4mm para um comodo, que teria digamos, 3 tomadas e 1 lâmpada, o custo para passar um fio de 1,5mm para cada um desses pontos de energia, não sairia muito mais.
Se o cara da elétrica for competente, vai dizer que para a Lâmpada do quarto digamos com 25W, você precisa de um fio de 1mm (que é até um exagero pois ele suporta uma corrente de 10A) e para as tomadas 2mm, se for bem planejado, você acaba economizando usando um sistema centralizado.



Obrigado pela rápida resposta!

Então, existem dois "problemas" ao meu ver em fazer o sistema centralizado:

- Os comandos (botões, sensores, etc.) terão que ficar longe do sistema (não sei qual a limitação de distância para não ter problema com perda do sinal);
- O projeto elétrico terá que ser elaborado de forma que os eletrodutos das caixas de comando (interruptores, sensores, etc.) e controladas (lâmpadas, motores, etc.) terão que ser todos conectados diretamente à caixa do sistema centralizado, o que implica que ficará complicado utilizar um sistema convencional (não automatizado) no caso de ocorrer algum problema com a automação.

Outra dúvida que fico é na limitação de dispositivos de entrada e saída com um sistema centralizado, pois o Arduino tem uma quantidade limitada de portas. Com um sistema descentralizado, utilizando comunicação RS485 entre o master e os slaves, essa quantidade aumenta consideravelmente.

Sobre o custo dos componente, os componente não são caros, sairia o que, uns R$ 50 por módulo (considerando 2 relés por módulo)? Fiz uma conta por alto (lembrando que não conheço muito de eletrônica!), e deu algo nessa ordem. Está muito distante da realidade?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Feb 20, 2013, 11:28 am
Antes de mais devo dizer que sou um Velho do Restelo no que toca à automacão residencial uma vez que a maior parte das coisas que vejo, na minha perspectiva, não adicionam valor à casa (normalmente tiram) nem poupam dinheiro ao ocupante. Na maior parte das vezes são brinquedos que acabam por sair caro quando as coisas deixam de funcionar.

Outro problema que se calhar não ponderaste é que se o Arduino pifar ficas sem possibilidade de actuar as luzes da casa...
Daí que, para mim, o ideal seja um sistema híbrido onde as pessoas usam os interruptores de forma normal, mas se quiseres desligar todos ao mesmo tempo (por exemplo, de noite garantires que todas as luzes ficam apagadas) podes fazê-lo. Isso seria feito no painel de distribuicão sem grandes custos para ti. Terias, sim, de colocar a iluminacão pelo mesmo contactor que activava a iluminacão.

Terias também de ter uma boa alimentacão do Arduino e possivelmente uma UPS para garantir os estados das luzes no reinício do sistema. Pensaste nisso? O Arduino é muito bom, mas não é feito para estar a controlar sistemas AC saído da caixa. Para isso, normalmente é preciso ter em atencão vários cuidados com a alimentacão do sistema. Nada que uma fonte boa e uma UPS não resolvessem, creio, mas teria de haver um teste razoavelmente bem feito para provar o sistema.

Relativamente a transmissão sem fios, agora existem uns módulos nrf24l01 que são baratuchos e fazem (mais ou menos) o mesmo que as XBee. Isso baixaria o custo, mas como disse o mmocsz, terias na mesma de alimentar o módulo. Ou transmitias 5 (ou 3,3V), ou então tinhas de criar uma fonte de alimentacão que alimentasse o bicho. Nota que para actuar a lâmpada, precisarias dum relé e isso iria aumentar o tamanho da caixa que terías de abrir na parede. Outra coisa chata é que terias na mesma o interruptor na parede... logo não havia ganho nenhum no sistema.

Eu suponho que no Sudeste Brasileiro os Invernos sejam "frios" e como tal algo muito mais interessante para o teu bolso seria a monitorizacão e controlo da temperatura... já pensaste em automatizar isso?

Ultimamente tenho até pensado bastante nisso porque comprei uma casa grandita e ponderei automatizar algumas coisas, mas no final e porque não estou a construir a casa, vou ficar-me por algo muito simples mas que, julgo eu, terá um bom impacto nas contas no final do mês.

Assim, vou projectar (com os tais módulozinhos RF) uma redezinha com uns ATmega8 (ou outro) que comunicarão com um módulo central para recolha de dados. Os dados que quero são a temperatura em todas (ou na maioria) das divisões, principalmente no sótão, o consumo de gaz e electricidade e luz solarnas fachadas da casa (onde isso for possível de recolher), também vou querer medir a temperatura exterior.

O módulo central, terá um shield Ethernet e espero meter estes dados numa pachube ou algo assim para monitorizacão. O objectivo disto é recolher dados para estimar a resposta da casa relativamente à temperatura. Algo que me está a preocupar é o isolamento entre a casa e o sótão. Comparando as medidas entre andares, exterior e sótão com o aquecimento, conseguirei perceber qual é a quantidade de calor que estou a perder e se aumentar o isolamento será um bom investimento.

Relativamente ao sensor exterior, se calhar posso optar por uma estacão meteorológica para ver a quantidade de chuva que cai e calcular qual seria o retorno dum sistema de aproveitamento de chuvas. Posso também medir a quantidade de sol anual que tenho nas faces do telhado para ver em qual seria melhor instalar painéis, ou se seria bom ou não. (nota que vivo em Inglaterra... logo saber a quantidade de sol é algo interessante).

Algo que acho interessante de fazer com automacão residencial são sistemas de simulacão de presenca. Isto é, quando for de férias, quero que as lâmpadas da casa acendam e apaguem de forma semi-aleatória (ou aleatória dentro dum intervalo), possivelmente ligar/desligar televisões... Mas isto, devido ao carácter excepcional das férias, farei com tomadas de parede e extensões.

Se estivesse a construir a casa, teria cuidado com o aquecimento e formas diferentes de aquecer a casa, e provavelmente criava uma rede pela casa com cabo telefónico onde pudesse ter uma rede RS-485 e ligar dispositivos ao módulo central consoante as necessidades. Obviamente, nesse caso, o meu controlo energético seria muito mais apertado uma vez que isso sim é um investimento com retorno. :) Mas isto não é mais do que a minha opinião pessoal e como tal não está correcta nem errada. No teu caso, se calhar veria as coisas de maneira diferente.

Dito isto, tens lareira e recuperador de calor? Tanque de reserva de água quente? Painéis solares? Bomba de calor?




Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Feb 20, 2013, 02:29 pm
bubulindo, obrigado pelo post gigante, nem vou fazer quote pois o meu ficaria ainda maior, hehehe.

Então, concordo com você que a maioria das coisas são mais brinquedos do que realmente necessários, mas o que fazer, gosto dessas brincadeiras, rs.

Já pensei em fazer um sistema híbrido, mas da forma que você citou, só é possível desligar com automação, e não ligar. E depois, para ligar pelo sistema convencional, será necessário ligar primeiro pela automação, então achei melhor fazer sistema automatizado mesmo.

Acabei optando mesmo por um sistema Wireless, pois o custo não vai ser tão grande quanto em imaginava no início, é mais simples instalar tendo um sistema convencional já instalado, e se der problema na automação é simples voltar par ao sistema convencional.

Moro no Nordeste (Aracaju - SE), aqui faz calor o ano todo, monitorar temperatura faz pouco sentido, hehehe. Inclusive eu estava querendo utilizar aquecimento solar de água, mas minha esposa não aceitou, pois pode ser perigoso para crianças (a temperatura da água pode chegar a mais de 70 °C!). Então vamos ficar com o chuveiro elétrico mesmo (que não é muito utilizado).

Minha idéia da automação, além da "brincadeira" de fazer a automação, também terá a questão do conforto (ligar as luzes ao chegar em casa, desligar todas as luzes na hora de dormir, programar para desligar a TV no horário que queira que as crianças estudem, etc.) e também de segurança (monitorar movimento na casa, câmeras, simulação de presença quando estiver viajando, etc.).

Minha casa deve ficar pronta ainda esse ano. Quando tiver o esquema funcionando, posto aqui. Mas obrigado a todos pela ajuda!
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Feb 20, 2013, 10:39 pm
Eu percebo a ideia dos brinquedos... como disse esse sistema que falei não é mais do que um brinquedo. :$ lol
Mas tendo já alguma experiência em desenvolvimento de sistemas em microcontrolador, não quero ter dores de cabeca porque o sistema não está a funcionar (até porque passo meio ano fora de casa e não quero estar a ouvir da minha mulher por ter posto um sistema que não funciona em casa), daí só pensar em monitorizar e eventualmente controlar, ou ajustar o controlo, a temperatura e consumo energético da casa. No teu caso, com calor o ano todo, isso torna-se irrelevante.


Moro no Nordeste (Aracaju - SE), aqui faz calor o ano todo, monitorar temperatura faz pouco sentido, hehehe. Inclusive eu estava querendo utilizar aquecimento solar de água, mas minha esposa não aceitou, pois pode ser perigoso para crianças (a temperatura da água pode chegar a mais de 70 °C!). Então vamos ficar com o chuveiro elétrico mesmo (que não é muito utilizado).


Painéis fotovoltaicos? Dependendo de como as eléctricas operam no Brasil, ter esse sol todo dava para um negócio e pêras.
Na Inglaterra, pode fazer-se um contrato com o fornecedor de electricidade em que ligamos painéis solares à rede e somos pagos pela electricidade gerada. Isto porque, como a maior parte da electricidade é usada de noite (quando nõa estamos a gerar) a geracão não é muito utilizada, mas durante o dia os painéis vão-se pagando a eles próprios. Existe uma empresa que inclusive faz um contrato de saldo. Ou seja, pagas a diferenca entre o que geraste e consumiste (normalmente o preco de venda é inferior ao de compra, mas não neste caso).
Podias depois ligar os painéis eléctricos para aquecer água.

Mas tendo usado um chuveiro eléctrico anteriormente, compreendo que possa ser um risco ter um sistema de água quente diferente para as criancas.

Bomba de calor também é uma boa opcão para ti já que fornece frio e calor. :)
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Feb 21, 2013, 02:31 am
As placas eaca fotovotaica não compensa, são dezenas de anos para recuperar o investimento, que não é básico. O que vale a pena é aquecimento solar, até pela praticidade, mas como terei crianças em casa, é como disse, acaba sendo um tanto perigoso.

Vou procurar sobre essa bomba de calor, não tinha ouvido falar ainda.

Agora a ideia é jogar uma rede de 12v pela casa, para alimentar as placas de controle e as câmeras de segurança, o que acham?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Feb 21, 2013, 06:34 am
O que encontrei sobre bombas de calor. Deve haver mais em inglês.

http://www.daikin.pt/about-daikin/leading-technologies/heat-pump/index.jsp

Ter 12V disponíveis pela casa dá um jeitão para fazer isso. Que tipo de tomada na parede usarias?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Feb 21, 2013, 12:07 pm
Pelo o que andei lendo, o investimento em uma Bomba de Calor não deve ser baixo, ainda mais aqui no Brasil, onde não é comum esse tipo de aparelho. Acho que vou ficar no Ar Condicionado mesmo.

Sobre os 12v, o que você quis dizer com "dá um jeitão para fazer isso"? Essas gírias as vezes me confundem, hehehe. Quis dizer que dá trabalho/é complicado ou que é algo bom?

Sobre as tomadas na parede, os 12v seriam basicamente para alimentar os módulos de controle XBee, para não precisar converter de 110v para 3,3v em cada módulo (converter de 12v para 3,3v é bem mais seguro e precisa de muito menos espaço na placa). Esses módulos ficariam dentro das caixas de energia, então não precisariam de tomada.

Mas se um dia quiser alimentar um aparelho externo, posso pensar em instalar uma tomada também. Mas essa não é a idéia original.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Feb 21, 2013, 12:38 pm
Dá um jeitão significa que é útil.

O facto de ter uma tomada seria para poderes ligar facilmente um projecto em que estivesses a trabalhar à electricidade.

A casa é muito grande? Se calhar uma tensão mais pequena seria mais agradável para a conversão de 12V para 3,3V. Isto porque ainda são uns quantos watt de calor que vais ter de te livrar (a nõa ser que uses uma fonte comutada) e os módulos vão estar fechados dentro da parede...
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Feb 21, 2013, 02:15 pm
Entendi o dá um jeitão desse jeito mesmo, rs.

No futuro posso até instalar alguma(s) tomada(s), mas por enquanto não.

Vou usar uma fonte chaveada (comutada) para converter de 110v para 12v, e um CI para converter de 12v para 3,3v. A amperagem necessária por módulo é baixa, não chega a 500mA, será que terei problema com aquecimento?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Feb 21, 2013, 02:26 pm
(12-3.3)*0,5 = 4,35 W de dissipacão...
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Feb 22, 2013, 05:09 pm
Por enquanto estou optando por 12 V para aproveitar e alimentar as câmeras de segurança. Senão iria de 5 V mesmo.

Posso usar um LM2576 para o step-down, que tem uma eficiência declarada de 75%. Pelas minhas contas, a energia dissipada seria de 0,55 W:

Pef = 3,3 * 0,5 = 1,65 W
P = 1,65/0,75 = 2,2 W
2,2 - 1,65 = 0,55 W.

É isso mesmo, ou entendi algo errado?

Outra dúvida, a fonte chaveada (comutada) funciona sempre na mesma potência, independente da corrente que esteja sendo consumida pelos aparelhos, ou a potência declarada é a máxima?

Exemplo: uma fonte de 150 W (12 V a 12,5 A) consome sempre 150 W (mais a ineficiência), ou consumiria digamos 72 W (mais ineficiência) se a carga total em 12 V fosse de 6 A?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Feb 22, 2013, 11:25 pm
Acho que calculaste a potência errada... calculates a potência que o chip ia fornecer.

Eu calculei a potência que o chip ia ter de perder se for linear... o que não é o caso, logo não ligues ao que falei. Se estivesses a usar, por exemplo, um LM7805 ias ver uma potência da ordem que referi.

Não. Ela adapta o seu funcionamento consoante as necessidades do teu sistema para manter uma tensão estável. Ou seja, o que ela controla (no caso de não ter um limitador de corrente) é a tensão de saída... e será capaz de fornecer a mesma tensão de saída (e qualquer corrente que lhe seja pedida) até chegar ao seu limite de potência.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Feb 23, 2013, 03:22 am
Minha conta considerando o LM2576 foi a seguinte:

Potência efetiva: 3,3 V * 0,5 = 1,65 W
Eficiência: 75 % (informação do datasheet)
Potência total: 1,65 W / 0,75 = 2,2 W
Potência dissipada (calor): 2,2 W - 1,65 W = 0,55 W

É isso mesmo?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Feb 23, 2013, 11:16 am
Sim, está correcto. Como disse o meu cálculo é feito para um circuito linear como um 7805 ou até um Zener com resistência (para os sapateiros... LOL).

Boa sorte com o projecto.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: kotch on Feb 23, 2013, 07:56 pm

Acabei optando mesmo por um sistema Wireless, pois o custo não vai ser tão grande quanto em imaginava no início, é mais simples instalar tendo um sistema convencional já instalado, e se der problema na automação é simples voltar par ao sistema convencional.



Procure por x10, é a forma mais pratica de fazer isto e tem bibliotecas pro arduino!
pra que reinventar a roda?

http://albt.tripod.com/x10.htm

[]´s
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Feb 23, 2013, 11:36 pm
Quanto a alimentaçao pela casa ja pensaste em algo por cabo UTP.Tipo alimentaçao POE(Power Over Ethernet)
Podes passar um cabo de rede para cada compartimento da casa e depois reunes todos num quadro cravando todos os cabos num patch Panel.Isto torna a instalaçao mais universal , pois podes usa-lo para as tuas brincadeiras com o arduino ou para outros fins.
As tomadas com RJ45 para embutir na parede sao vulgares e consideravelmente baratas.
Como o cabo tem 8 condutores podes dedicar 2 pares a Alimentaçao e outros 2 para fazeres a tua rede entre os nós do barramento.
Estou a falar em barramento porque se fosse eu a fazer isso faria tudo cablado e nao por RF.Os meus motivos tem a ver com menor probablidade do sistema falhar.
Podes fazer a comunicaçao em RS485.
Resumindo depois se necessitares de adicionar ou remover algo do barramento é só passar um chicote de rede nesse patch panel para a divisao da casa que queres.
Se nao usares a tomada nessa divisao podes sempre usa-la para outros fins, ligar um pc à rede, ligar uma Box satellite, Tv, Disco multimedia...
Aqui em Portugal este tipo de instalação é Obrigatorio para novas Construçoes.Tem o nome de ITED.
Na entrada da casa tens um quadro com todas essas ligaçoes.
Recentemente fiz um projecto para algo similar mas para controle de temperaturas num barramento RS485
Fiz desta forma que te falei.
Tirei umas fotos para poderes ver o que fiz.


Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: kotch on Feb 24, 2013, 01:53 am
http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-465013270-x10-lm15a-soquete-lampada-automaco-residencial-_JM

http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-461711870-controle-remoto-universal-com-rf-x10-para-automaco-resid-_JM

http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-465013820-x10-mc10a-controle-ligado-tomada-automaco-residencial-_JM

http://arduino.cc/en/Tutorial/x10

http://www.geekcowboy.net/2010/12/transmit-and-receive-x10-commands-with.html
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Feb 24, 2013, 01:53 am
Quanto foi o custo para essas placas? :)
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Feb 24, 2013, 02:04 am
Kotch, pensei em fazer em X10 já, mas não consegui encontrar os equipamentos para controle. Tipo, interruptores, bocais, etc. E os que "consegui" encontrar estavam com um preço alto. Agora com esses links que você postou, deu para ter uma idéia melhor, mas ainda acho que o preço da automação com X10 iria sair um tanto mais caro... sem falar na limitação de, por exemplo, em uma caixa de interruptor ter apenas um comando (pelo menos só vi desse tipo), enquanto nessa outra solução (módulos nas caixas) já vi 6 botões em um espelho só.

Ainda sobre o X10, imagino que uma limitação do mesmo seja com relação aos circuitos. Por exemplo, se eu tiver um circuito com um disjuntor para a sala, e outro circuito em um outro disjuntor para o quarto, consigo comunicar os aparelhos em circuitos diferentes (botão do quarto desligar luz da sala)? E em caso positivo, se os circuitos estiverem em fases diferentes, é possível comunicação entre os equipamentos X10? Não cheguei a me aprofundar no assunto do X10.


Hugo, achei sua solução bem interessante! Mas no caso sua idéia é ter uma outra tubulação independente por onde passariam os cabos? Porque minha idéia é utilizar a mesma tubulação da rede 110 V da casa, até para facilitar o comando das lâmpadas, receber os comandos dos botões, etc.

Gostei da sua solução, depois vou conversar com o rapaz que está desenvolvendo o projeto elétrico para perguntar se terei muita dificuldade em imbutir o cabo "de rede" junto com os cabos elétricos.

Mas independente da rede elétrica, também terei uma rede "lógica" em casa. Mas ainda estou pensando nos detalhes dela.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Feb 24, 2013, 02:31 am
Quanto ao X10, a não ser que haja um aparelho que passe comandos/dados entre fases, não vejo que isso seja possível. Deve ficar tudo isolado por fase mesmo. Relativamente ao disjuntor, desde que o mesmo esteja fechado, não vejo porque é que não haveria de comunicar na mesma fase passando por dois disjuntores....

Já que tocas no assunto, nota que para utilizares o X10, tens sempre de colocar filtros na entrada da alimentacão da casa. Ou seja, no quadro eléctrico perto do disjuntor principal, tens de ter os filtros para garantir que a rede X10 fica contida dentro de tua casa. Eu suponho que seja uma filtragem nas duas direccões, mas não tenho a certeza acerca disso.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Feb 24, 2013, 03:01 am
Imaginei algo do tipo. Vou deixar o X10 de lado mesmo, então. Mas valeu pela dica, kotch!
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Feb 24, 2013, 12:00 pm
Quote
Quanto foi o custo para essas placas? smiley

Super barato, 10 placas de 5x5cm custaram me 14 dolares ja com portes, tudo graças aos amigos chineses :D e um mes a espera delas.
No meu caso faço as placas no eagle e depois é so gerar os Gerber Files e mandar para eles.
A qualidade de fabrico é optima e podemos por os nossos brinquedos com aspecto profissional.Pode se tambem escolher a cor da placa.
Antes fabricava as placas em casa com o Positiv 20, mas os resultados nem sempre eram os melhores com pistas finas.
Quanto a minha sujestao esquecime que depois precisas de cabos para os atuadores :smiley-red: o que pode significar passar mais tubagem.
Penso que o preço da soluçao que queres vai ficar caro devido a essas necessidades de passar cabos
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Feb 24, 2013, 01:47 pm
Será que fica tão mais caro assim? Vou conversar com o projetista, para ver o que ele acha. Tem alguma problema técnico em passar o "cabo de rede" junto com os fios de energia, ou só a questão de espaço mesmo?

E depois manda uma MP (ou PM, em Portugal também falam MP?  :P) com o contato desses chineses, ficou com cara profissional mesmo!
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Feb 24, 2013, 03:09 pm
Sem segredo aqui estao os links dos fabricantes que utilizo.
http://www.elecrow.com/ (http://www.elecrow.com/)
http://store.iteadstudio.com/index.php?cPath=19_20 (http://store.iteadstudio.com/index.php?cPath=19_20)
Quote
Tem alguma problema técnico em passar o "cabo de rede" junto com os fios de energia, ou só a questão de espaço mesmo?

Algo que deve ser  evitar. Aqui em Portugal no projecto ITED isso é expressamente proibido.
Eu tambem concordo que o seja e nunca se deve passar cabos de dados com cabos de energia no mesmo tubo.
Tenho alguns clientes que ignoram estas regras ,porque o eletrecista axou que nao era grave e podia ser feito e em alguns casos quando vem trevoada os equipamentos estoiram os chips da rede.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Feb 24, 2013, 03:17 pm
Nada mau...

Talvez opte por isso para as minhas plaquinhas mini que falei anteriormente.
Tens alguma sugestão para fazer a alimentacão? Tipo reduzir de 12/15V para 3,3 ou 5 sem ser um regulador linear?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Feb 24, 2013, 03:23 pm
A minha sugestao é um regulador comutado como por exemplo o MC33063.É mais eficaz no que diz respeito a perdas por calor.Nas minhas placas tenho o barramento a ser alimentado por uma tensao de 12V e depois em cada placa coloquei um 7805.No entanto se fosse agora nao o tinha colocado e teria posto um MC33063A em Step Down.
No meu caso não é grave porque o consumo e baixo e pouco calor produz.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Feb 24, 2013, 03:32 pm
O LM2576 é um desses regulador comutado? Pois o encontro mais facilmente aqui no Brasil, e sua utilização me parece mais simples.

Com relação ao cabo de rede, seriam utilizados apenas 4 fios: um par para fornecer os 12V, e outro par para o sinal RS485. Colocarei aterramento em toda a casa, e aqui em minha cidade não temos problemas com raios. Ainda assim devo ter problemas?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Feb 24, 2013, 03:58 pm
Quote
O LM2576 é um desses regulador comutado?

Sim esse tambem dá.
Quote
Colocarei aterramento em toda a casa, e aqui em minha cidade não temos problemas com raios. Ainda assim devo ter problemas?

Corres o risco.Apesar do RS485 ser bastante imune a ruido e  ser usado em ambiente industrial.Pergunta ao teu projectista a opiniao dele.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Feb 24, 2013, 05:20 pm
Estive pensando novamente, e acho que colocarei uma rede paralela aos eletrodutos da rede de energia. Nesta rede paralela passarei o cabo de rede, e nas caixas onde ficarão os interruptores, colocarei uma caixa ao lado (da rede paralela) comunicada com a caixa do interruptor. Assim, só preciso passar o retorno para a caixa de comando, onde ficará o módulo de controle (placa com microcontroladores e relé(s)). Fiz um desenho esquemático para tentar explicar melhor.

O que acham da solução?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Feb 25, 2013, 12:00 am
Estive a ver melhor e o 2576 parece ser um bicho e pêras... e com possibilidade de montagem em placa perfurada. Talvez por isso ser tão popular. :)

Tenho de ver se arranjo um, bobine e o diodozito para testar lá por casa. :)
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: kotch on Feb 26, 2013, 12:01 am

Kotch, pensei em fazer em X10 já, mas não consegui encontrar os equipamentos para controle. Tipo, interruptores, bocais, etc. E os que "consegui" encontrar estavam com um preço alto. Agora com esses links que você postou, deu para ter uma idéia melhor, mas ainda acho que o preço da automação com X10 iria sair um tanto mais caro... sem falar na limitação de, por exemplo, em uma caixa de interruptor ter apenas um comando (pelo menos só vi desse tipo), enquanto nessa outra solução (módulos nas caixas) já vi 6 botões em um espelho só.

Ainda sobre o X10, imagino que uma limitação do mesmo seja com relação aos circuitos. Por exemplo, se eu tiver um circuito com um disjuntor para a sala, e outro circuito em um outro disjuntor para o quarto, consigo comunicar os aparelhos em circuitos diferentes (botão do quarto desligar luz da sala)? E em caso positivo, se os circuitos estiverem em fases diferentes, é possível comunicação entre os equipamentos X10? Não cheguei a me aprofundar no assunto do X10.


Hugo, achei sua solução bem interessante! Mas no caso sua idéia é ter uma outra tubulação independente por onde passariam os cabos? Porque minha idéia é utilizar a mesma tubulação da rede 110 V da casa, até para facilitar o comando das lâmpadas, receber os comandos dos botões, etc.

Gostei da sua solução, depois vou conversar com o rapaz que está desenvolvendo o projeto elétrico para perguntar se terei muita dificuldade em imbutir o cabo "de rede" junto com os cabos elétricos.

Mas independente da rede elétrica, também terei uma rede "lógica" em casa. Mas ainda estou pensando nos detalhes dela.


Aquilo que voce gastará em tubulação, fiação, mão de obra; vc gasta no x10 que ainda ficará mais barato (faça uma conta de padeiro), voce pode usar o arduino pra controlar sua casa, tipo em um determinado horario por ex 02:00hs da manha, desligar as luzes do jardim ou tomadas da casa ou etc, o controle da lampadas ou das tomadas é feito por controle remoto por radio frequencia onde um receptor ligado a sua rede elétrica injeta um sinal modulado em cima do 60hz , os sinais do x10 nao passam pra fora da sua rede por causa do medidor de energia elétrica. Todos as tomadas, bocais pra lampadas e dimers tem um endereço configuravel, existem injetores que são conectados a microcomputadores pela porta serial onde via programas voce faz o controle de toda a sua casa o limite é a sua imaginação! Be happy!  XD



Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Feb 26, 2013, 01:17 am
É algo a se pensar mesmo... Kotch, tem como comunicar módulos X10 em fases diferentes? Ou terei que usar um arduino para cada fase?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: kotch on Feb 27, 2013, 12:23 am

É algo a se pensar mesmo... Kotch, tem como comunicar módulos X10 em fases diferentes? Ou terei que usar um arduino para cada fase?


Voce pode colocar um capacitor de 0,1 uF entre as fases envolvidas e ou bridges e ou amplificadores de sinais
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: kotch on Feb 27, 2013, 12:26 am


É algo a se pensar mesmo... Kotch, tem como comunicar módulos X10 em fases diferentes? Ou terei que usar um arduino para cada fase?


Voce pode colocar um capacitor de 0,1 uF entre as fases envolvidas e ou bridges e ou amplificadores de sinais



http://www.ebah.com.br/content/ABAAAABUgAA/x10
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: kotch on Feb 27, 2013, 12:33 am



É algo a se pensar mesmo... Kotch, tem como comunicar módulos X10 em fases diferentes? Ou terei que usar um arduino para cada fase?


Voce pode colocar um capacitor de 0,1 uF entre as fases envolvidas e ou bridges e ou amplificadores de sinais



http://www.ebah.com.br/content/ABAAAABUgAA/x10



http://www.docstoc.com/docs/108403124/X10-How-It-Works-%28X10-Works%29
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Feb 27, 2013, 04:24 am
Agora que li um pouco mais sobre o X10, entendi um pouco melhor sobre as suas vantagens e limitações. E acho que vou ficar com o meu esquema mesmo :P.

Por exemplo, pelo o que eu entendi, não tenho como controlar TV, HT, DVD, etc. via um módulo de IR, certo? Pois até onde entendi, os módulos X10 possuem comandos limitados (ligar, desligar, DIM, ligar tudo, desligar tudo...). Não tem capacidade de comandos mais complexos, certo?

Uma coisa que quero fazer em minha casa é colocar um sensor na porta de entrada. Quando alguém entrar, as luzes acendem (se estiver escuro) e um alerta é acionado. Daí se quem entrou não digitar o código para liberar (vou colocar um espelho com uns 6 botões, e o código será uma sequência desses botões), o alarme é disparado. Pensei, mas não vi como fazer isso com o X10.

Outro defeito que vi no X10 é o uso "excessivo" de pilhas. Se quiser um comando de mais de 1 grupo, certamente será necessário utilizar pilhas. Apesar de não dever consumir tanta pilha, não gosto da idéia de ter que trocar pilha para poder ligar luz...

Outra coisa é com relação às tomadas, que são no padrão americano, que está sendo substituido no Brasil.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Feb 27, 2013, 05:17 am
Viva,

O X10 a ser usado seria um complemento a outro sistema. Ou se preferires, o X10 é apenas um sistema de actuadores, não de monitorizacão e controlo como pretendes. Como dizes, e bem, o X10 apenas liga-desliga e faz dimming. Nem sequer, tanto quanto sei e me lembro, reporta o estado do actuador.

Não sabia que usavam pilhas para alimentar o X10... isso parece-me ridículo. comutar 230V com pilhas. LOL

Existem módulos X10 em todos os tipos de tomadas... na europa (Portugal, por exemplo) existem os normais de pinos redondos , no Reino Unido existem módulos com os pinos quadrados. Agora se os existem à venda e a precos acessíveis no Brasil, isso já não sei. :\

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Feb 27, 2013, 02:21 pm
É, finalmente entendi melhor as limitações do X10. Era "bom demais para ser verdade", hehehe. Para um sistema onde não se deseja tanto controle (sensores, alarmes, etc.), é muito bom, mas quando se adicionam outros fatores, começa a complicar um pouco.

Sobre as pilhas, são os controles remotos do X10 que as utilizam. Mas no fim das contas eu teria que utilizá-los, pois gostaria de ter mais de um comando no mesmo "espelho", e só encontrei a opção dos controles remotos mesmo.

Sobre as tomadas, o Brasil há alguns anos mudou o padrão de suas tomadas. Não se encontram mais tomadas no padrão americano, anteriormente utilizado aqui. E duvido que tenha um fabricante que produza tomadas X10 no padrão brasileiro.

Para conhecimento, segue uma imagem do padrão adotado no Brasil:

(http://www.comlines.com.br/site/11732-5655-large/conjunto-montado-lux-4x2---1-tomada-nbr-14136-10a---250v-h.jpg)
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Feb 27, 2013, 10:29 pm
Ok... mais um adaptador de tomada para o saco...
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Feb 28, 2013, 02:19 am
Também acho muito ruim esse monte de padrão de tomadas diferentes. A tomada brasileira é boa, segura, tem umas idéias legais (por exemplo, não é possível ligar equipamentos de 20 A em uma tomada de 10 A, pois não encaixa), mas ficar usando adaptadores é muito ruim. Deveriam fazer um padrão internacional para todas.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Feb 28, 2013, 02:36 pm
E se o electricista tiver colocado fios finos demais para 20A? LOL

Eu também acho que devia ser tudo igual... mas isso ia acabar ocm uma indústria inteira e se calhar há países que não estão para isso. Enfim... obrigado pelo aviso. Quando voltar ao Brasil, já sei com o que contar.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on May 20, 2013, 10:09 pm
Ressuscitando o tópico, pois agora estou pensando na forma de comunicação da automação pela internet.

O que já defini até agora foi o seguinte:

- A automação será feita através de vários módulos espalhados pela residência;
- Os módulos se comunicarão entre si através do protocolo RS-485, em um sistema master-slave (http://forum.arduino.cc/index.php?topic=163191.0).

O master fará questionamentos sobre o status de cada slave, e esses respondem se a lâmpada está acesa, se algum botão foi pressionado, o valor de algum sensor, etc. Assim, o master está sempre "sabendo de tudo".

Agora falta uma forma de colocar estas informações em uma interface, e que essa interface possa também enviar comandos para o master. Minha ideia é utilizar o ethernet shield, porém apenas para que o master responda a questionamentos de status (lâmpadas, sensores, etc.) e receba comandos (desligar todas as lâmpadas, etc.). Não quero gerar a interface com o usuário pelo próprio arduino, pois não acho que conseguiria algo bom.

Então minha ideia e ter uma página na internet (ou um aplicativo no tablet) que faça questionamentos e envie comandos para o master, via ethernet shield. O arduino não precisa estar conectado diretamente à internet, pois pretendo hospedar a página em um webserver caseiro (com Raspberry Pi).

Alguém tem alguma idéia por onde posso começar?  XD
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on May 31, 2013, 06:00 am
LegendBR,

acabei de ler essa thread, tb estou pesquisando sobre automação residencial com arduino.
estou no mesmo barco, construindo e tentando projetar a automação com arduino.
vc já ouviu falar de interface OSC (open sound control)? veja esse link:
http://blog.eletronlivre.com.br/2012/12/automacao-residencial-com-arduino-na.html

veja essa shield tb:
http://www.projetoarduino.com.br/shield-automacao-e-alarme-residencial-v4-p34

estou testando os interruptores one touch paralelo com essa shield para controlar a iluminação.
mas estou no dilema de colocar led, ai tenho pesquisado tb o pwm para controlar a dimmerização dos led.
ainda não testei, mas pelo que li, precisa mudar a frequência padrão do arduino (1000 ou 1500Hz) para 100Hz afim de evitar as piscas.

minha ideia é:
controlar iluminação com dimmer
alarme (pir, sensor magnetico embutido nas portas/janelas, camera)
rfid (para controlar template de iluminação e audio)
abolir os controles remotos de IR e ficar tudo num tablet e celular
integração de midias (video, fotos, audio)

apesar de esta na fase de pesquisa, já estou deixando uma estrutura de conduite e quadro para energia e outra para dados.
a estrutura de dados será de eletroduto rígidos de 1" passando pelo chão.


Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on May 31, 2013, 05:50 pm
Ainda não li sobre o OSC, por enquanto estou focando em desenvolver as placas do Arduino. Minha ideia é similar a sua.

Não vou usar um shield como esse não, ao invés disso estou desenvolvendo placas de 5 x 10 cm que cabem dentro das caixas de energia. Cada placa controla 2 lâmpadas (por relés) e recebe input de 6 botões. Depois vou desenvolver outras que recebem inputs de sensores, controlam IR, etc.

Já fiz o primeiro protótipo da placa, falta soldar os componentes e testar a placa. Quando tiver pronto eu posto aqui.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Jun 03, 2013, 10:46 pm
ótima idéia. assim não precisa passar tantos fios pela casa pra ligar numa central.

nesse blog esse cara fez algo parecido, veja:
http://blog.eletronlivre.com.br/search/label/automa%C3%A7%C3%A3o
desse projeto só não me agradou o espelho dos botões.

você pretende usar xbee pra comunicar com os modulos?



Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jun 03, 2013, 11:16 pm
Esse blog foi minha inspiração original mesmo, hehehe. Mas eu não queria fazer a comunicação por XBee (ficaria mais cara, não sei se teria problema de comunicação por estarem todos internos a parede, etc.), então optei por comunicação via RS-485. Vou continuar tendo que passar fios pela casa, mas serão apenas 4 fios finos: 2 para alimentação 12v, e 2 para a comunicação dos módulos. Dessa forma, o controle dos botões também fica tranquilo.

Hoje devo terminar de soldar a primeira PCI de protótipo, depois tiro uma foto e posto.

P.S.: já eu achei os botões no espelho muito bom, rs.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Jun 04, 2013, 10:36 am
@LegendBR,

Já viste aqueles módulos da Nordic? Os nRF24L01. Aquilo custa cerca de 2 dólares cada um e é como uma XBee (apenas não tão simples de pôr a funcionar). Eu estou a pensar em algo semelhante (para monitorização) e vou começar a experimentar com esses módulos em breve. :)
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jun 04, 2013, 04:01 pm
Já cheguei a pensar em algo nesse sentido sim, se não me engano. Mas minha questão é que também terei que alimentar os módulos, e não quero fazer isso transformando diretamente 120 v AC para os 5 v do Arduino, então de qualquer forma eu teria que passar cabos para a alimentação dos módulos. Se já vou passar fiação entre os módulos, passo logo outro par para fazer a comunicação utilizando RS-485.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Jun 04, 2013, 11:09 pm
Compreendo... a minha solução (porque não vou estar a passar uma rede 485 pela casa) vai mesmo ser com esses módulos e carregadores USB. Tipo um carregador de iPhone, é pequeno, entra numa tomada e sai 5V de lá. Ideal para o que pretendo.

No entanto, o meu sistema de monitorização pode não ser permanente também... tirando um ou outro módulo como sensores de gaz e uma estação meteorológica, já que o meu interesse é, de certa forma, modelar a minha casa para saber o comportamento que posso esperar em termos de temperaturas e consumos e depois adoptar uma estratégia para baixar os custos. :)
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jun 05, 2013, 01:26 am
É, no seu caso de somente alguns sensores, que podem ser externos mesmo, é uma boa solução. Mas no meu caso, que os módulos serão internos, acho que o RS485 é uma melhor solução mesmo.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: zurgbr on Jun 10, 2013, 05:54 pm
olá.
Quero fazer a mesma coisa que você.
Comprei um mega 2560, estava pensando em fazer em modulos,  até procurei pelo arduino mini, que não está tão caro na china, acoplado a um tranciver rf.
Mas acho que seria melhor fazer por cabo mesmo.
Como vc fez o seu?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: zurgbr on Jun 10, 2013, 06:04 pm
e mais uma coisa.
se vc vai ligar o arduino central aos secundarios?
Eu penso em manter o arduino em um lugar mais central da casa, e fazer a ligação direta mesmo.
do arduino para o espelho dos botões, e do arduino para as lampadas. (ap de 47m²).
como vc vai fazer a comunicação entre arduinos? serial?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jun 11, 2013, 01:45 pm
Cara, no começo eu pensei em fazer como você (um arduino só, com os botões espalhados pela casa e saindo os retornos todos de um local só). Mas depois, pensando melhor, não sei se seria tecnicamente possível, pois a distância entre o arduino e os botões seria considerável (minha casa vai ter 2 pavimentos), então deixei para lá.

Daí pensei em fazer algo como esse cara fez:
http://blog.eletronlivre.com.br/search/label/automa%C3%A7%C3%A3o

Só que eu não queria comprar as placas de controle dele prontas (queria desenvolver as minhas próprias), mas também não queria mexer com transformação AC -> DC na placa, então acabei optando por alimentar os módulos com uma rede 12v DC mesmo, que já irei aproveitar para alimentar câmeras de segurança ao redor da casa. E como já vou ter que passar fiação para alimentação dos módulos, passo logo outro par para fazer a comunicação entre eles, via serial (RS-485).

Já fiz duas versões do módulo no Eagle, mas estou tendo problemas na fabricação das PCBs pelo método térmico (impressora a laser + ferro de passar :smiley-yell:), mas vou pelo menos colocar os componentes na placa e tirar uma foto para mostrar para vocês como está ficando.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Jun 11, 2013, 03:05 pm
LegendBR,

Ai vai umas dicas sobre a confecção de pcb com transferência térmica:
- use papel fotográfico;
- use toner original;
- se a pcb for menor que o ferro de passar ótimo. coloque o ferro em cima já pré-aquecido, pressione levemente (se pressionar muito as trilhas finas vão "engordar"), não movimente o ferro (para dá uniformidade na transferência de calor) e espere entre 3-4min;
- espere a placa esfriar;
- depois que a placa estiver fria coloque na água e aguarde o papel ficar completamente molhado e remova-o com cuidado.

Eu já fiz pcb's com a tinta FastPCB, dá um trabalho miserável (principalmente na confecção do fotolito) mas fica muito bom.

Veja: http://www.matutofeio.com.br/blog/ps3matutoboard-desbloqueio-do-ps3/

Outra opção seria mandar confeccionar em sites como http://custompcb.com/. Precisa gerar o arquivo gerber.
Já comprei em pequena quantidade (6 placas) com http://oshpark.com/ e ficaram ótimas (fibra de vidro, dupla-face, furos metalizados).

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: zurgbr on Jun 11, 2013, 05:07 pm

Cara, no começo eu pensei em fazer como você (um arduino só, com os botões espalhados pela casa e saindo os retornos todos de um local só). Mas depois, pensando melhor, não sei se seria tecnicamente possível, pois a distância entre o arduino e os botões seria considerável (minha casa vai ter 2 pavimentos), então deixei para lá.

Daí pensei em fazer algo como esse cara fez:
http://blog.eletronlivre.com.br/search/label/automa%C3%A7%C3%A3o

Só que eu não queria comprar as placas de controle dele prontas (queria desenvolver as minhas próprias), mas também não queria mexer com transformação AC -> DC na placa, então acabei optando por alimentar os módulos com uma rede 12v DC mesmo, que já irei aproveitar para alimentar câmeras de segurança ao redor da casa. E como já vou ter que passar fiação para alimentação dos módulos, passo logo outro par para fazer a comunicação entre eles, via serial (RS-485).

Já fiz duas versões do módulo no Eagle, mas estou tendo problemas na fabricação das PCBs pelo método térmico (impressora a laser + ferro de passar :smiley-yell:), mas vou pelo menos colocar os componentes na placa e tirar uma foto para mostrar para vocês como está ficando.


No meu caso é um ap de 47m² acho que dá pra passar a fiação, 2 quartos, banheiro sala e cozinha.
quero controlar por app(ios/android)
Qual CI você vai usar no modulo secundario?
procurando na china. o arduino mini pro, tava 5 usd, e tem aqueles modulos tranceptores no dx.com, que ficam nessa faixa..
se eu fosse fazer por modulos, iria usar assim.
Vou começar por cabos e um mega.
estou pensando em passar a fiação pelo roda pé, pra não fazer muita obra. :smiley-sweat:
Eu quero controlar as luzes, e a tv, e algumas ilumições de leds com dimer.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jun 11, 2013, 05:53 pm


Cara, no começo eu pensei em fazer como você (um arduino só, com os botões espalhados pela casa e saindo os retornos todos de um local só). Mas depois, pensando melhor, não sei se seria tecnicamente possível, pois a distância entre o arduino e os botões seria considerável (minha casa vai ter 2 pavimentos), então deixei para lá.

Daí pensei em fazer algo como esse cara fez:
http://blog.eletronlivre.com.br/search/label/automa%C3%A7%C3%A3o

Só que eu não queria comprar as placas de controle dele prontas (queria desenvolver as minhas próprias), mas também não queria mexer com transformação AC -> DC na placa, então acabei optando por alimentar os módulos com uma rede 12v DC mesmo, que já irei aproveitar para alimentar câmeras de segurança ao redor da casa. E como já vou ter que passar fiação para alimentação dos módulos, passo logo outro par para fazer a comunicação entre eles, via serial (RS-485).

Já fiz duas versões do módulo no Eagle, mas estou tendo problemas na fabricação das PCBs pelo método térmico (impressora a laser + ferro de passar :smiley-yell:), mas vou pelo menos colocar os componentes na placa e tirar uma foto para mostrar para vocês como está ficando.


No meu caso é um ap de 47m² acho que dá pra passar a fiação, 2 quartos, banheiro sala e cozinha.
quero controlar por app(ios/android)
Qual CI você vai usar no modulo secundario?
procurando na china. o arduino mini pro, tava 5 usd, e tem aqueles modulos tranceptores no dx.com, que ficam nessa faixa..
se eu fosse fazer por modulos, iria usar assim.
Vou começar por cabos e um mega.
estou pensando em passar a fiação pelo roda pé, pra não fazer muita obra. :smiley-sweat:
Eu quero controlar as luzes, e a tv, e algumas ilumições de leds com dimer.


Vou usar o ATMEGA328 mesmo. 5 por US$ 11.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: zurgbr on Jun 12, 2013, 01:56 pm
vai usar o smd ou o normal?
quando poder posta fotos.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jun 12, 2013, 02:22 pm
Normal, com soquete, para poder programar sem muito problema, caso queira adicionar funcionalidade, etc.

Vou ver se monto hoje e tiro uma foto.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Jun 12, 2013, 02:29 pm

Normal, com soquete, para poder programar sem muito problema, caso queira adicionar funcionalidade, etc.

Vou ver se monto hoje e tiro uma foto.


Please. please, please... :)
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jun 14, 2013, 01:08 am
"Montei" a placa (sem soldar) com os componentes principais, faltando apenas resistores, diodos, etc. As fotos estão em anexo.

Nesse primeiro protótipo, tenho a leitura de 6 botões e controle de 2 relés optoacoplados. Na parte inferior, conecto dois cabos de 4 vias (12v, gnd e o par de linhas de comunicação do RS-485). Nas placas da extremidade, um desses terminais deve ser fechado com um "jumper" de 120 ohms.

A outra foto é da placa em uma caixa 4" x 4" (está apertado, mas a placa é um pouco menor, faltou cortar uma parte). A ideia é passar a fiação "lógica" de uma lado dessas caixas, e a fiação de energia do outro lado, as duas se encontrando nessa caixa.

Depois acabei fazendo um outro protótipo, onde tenho acesso a 6 "botões" (podem ser saídas PWM, entradas de sensores, o que for digital, entrada ou saída, com alimentação 12v ou 5v, selecionável por jumper), 3 entradas analógicas e controle de 4 relés, através de módulos externos como este (http://www.ebay.com/itm/4-Channel-Relay-Module-DC-5V-With-Optocoupler-For-Arduino-PIC-ARM-AVR-DSP-/190848854999?pt=UK_BOI_Electrical_Components_Supplies_ET&hash=item2c6f7a6bd7). Assim, a placa fica mais simples, e as possibilidades ficam maiores, podendo controlar até 4 relés, ler 6 botões / sensores digitais / controle PWM e 3 sensores analógicos.

Anexei também os esquemas dos dois.

Comentem :).

edit: mardden, depois vou tentar sua dica de segurar o ferro por 3-4 minutos. Tinha lido em outros tutoriais que 20 segundos eram suficiente, que se deixar muito pode criar bolha, etc. Mas também mandei fazer na china, 28 dólares por 10 pcbs 5cm x 10 cm (http://imall.iteadstudio.com/open-pcb/pcb-prototyping/im120418002.html) e 5 pcbs por 24 (http://www.seeedstudio.com/depot/services-c-70_71/?ref=side). Quando chegarem, decido o que ficou melhor, escolho a melhor opção, e mando fazer o resto das pcbs.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Jun 14, 2013, 04:01 am
LegendBR,


Esta ficando bem interessante.

1. o espelho com os botões, como vai ficar? vai usar botão mesmo ou um touch screen? tem um touch de 3.5" (o mesmo usado no nintendo ds) que custa baratinho. fica a dica. imprime os botões num papel gloss e coloca o touch em cima com led em backlight. Ou melhor ainda, coloca um lcd.

2. na imagem dos esquemas vi que você usa malha ground. Acho que com ela, confeccionar a placa no esquema de transferência térmica fica mais difícil acertar.

3. não vi o cristal 16MHz, esse projeto não usa cristal?

4. vai gravar o firmware com bootload?

5. os componentes você encontrou todos aqui em aracaju ou pediu via internet? aqui só conheço uma eletrônica no centro e outra no siqueira que tem as coisas, se não acho nelas desisto de procurar.

6. as placas que mandou fazer na china, precisou gerar o gerber ou mandou apenas o projeto do eagle?

7. a segunda opção de pcb com espaço para módulo extra é bem interessante se for usar caixa 4x4.

Manda mais atualizações do seu projeto. Estou gostando.

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jun 14, 2013, 05:09 am
1. Estou pensando em usar o esquema postado no blog do Elétron Livre (http://blog.eletronlivre.com.br/2012/11/automacao-residencial-com-arduino-na.html) mesmo, gostei da aparência, dá para colocar também uns botões para controlar dimmer de led... só falta descobrir um local em que possa mandar fazer as placas de acrílico;

2. Talvez fique mesmo... vou fazer um teste sem ela depois, as vezes ajuda mesmo!

3. O ATMEGA328P não precisa de cristal, é possível utilizar o "clock interno" de 8 MHz. Como não é preciso mais do que isso (as instruções são simples), economizo espaço;

4. Gravei o bootload do Arduino nos ATMEGA328P, já consegui fazê-los funcionar como se fosse um Arduino;

5. Rapaz, aqui é difícil de encontrar mesmo, né? Tenho comprado no Solda Fria (http://www.soldafria.com.br), que tem e-Sedex por um preço legal. Mas depois, quando for fabricar as placas, vou comprar no eBay mesmo;

6. Precisa gerar, mas o site tem os arquivos e o passo-a-passo explicando como faz, não encontrei muito problema não;

7. A primeira opção também dá para utilizar em uma caixa 4" x 4", pois ela é um pouco menor na realidade. Mas também gostei mais da segunda opção.

Gostaria de ter mais tempo para desenvolver o projeto, mas estou tendo que deixar em standby por enquanto, senão a construção da casa complica, hehehe. Enquanto os componentes que comprei não chegam, acho que vou dar um foco na comunicação via rede, interface, etc.

Você está construindo ou reformando? Se quiser marcar para a gente se encontrar e trocar umas ideias, manda uma MP ;).
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Jun 14, 2013, 05:49 am
Muito bom mesmo. :)

Uma questão, chegaste a pensar em usar um processador menor? Isto é, com menos pinos que o 328?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jun 14, 2013, 12:58 pm
Pensei em utilizar um mais barato, o ATMEGA8, mas fiquei na dúvida se ele seria compatível com a placa, se teria capacidade para o programa, etc. Mas com menos pinos não cheguei a pensar, tem alguma opção, mantendo o código em Arduino (não estou com tempo de aprender programação PIC, etc.)?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Mortis on Jun 14, 2013, 01:46 pm
Vejo aqui sempre que tem um novo post, muito interessante o trabalho e as discussões de vocês. Parabéns!  ;)

Vamos ver se na casa nova eu arrumo tempo para fazer essas brincadeiras também  :smiley-sweat:
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Jun 14, 2013, 11:33 pm
Parabens pelo teu projecto LegendBR
A board ficou fixe porem tenho algumas sugestoes para ti para talvez numa proxima Rev a possas melhorar
Porque nao dotares a placa com um interface ICSP?
Assim programar o chip e mais facil pois nao necessitas de o remover e eventualmente danificar os pinos.
Tambem o uso do bootloader a meu ver fica desnecessario visto que na board final ja nao vais usar uma porta serie para enviar o programa e assim quando ligas o avr o programa entra logo em funcionamento sem o delay inicial que existe com o bootloader.
Tambem reparei que na board nao colocaste holes para eventualemente fixares a placa com parafuso em alguma parte.Da muito jeito no final para a fixar.
Vai dando mais novidades sobre o andamento do projecto
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Jun 15, 2013, 01:16 am
Ou, tendo em conta o número de pinos necessários para usar o ICSP, meter as ligacões do porto série para fazer download do programa.

Eu também não pesquisei se existem chips com 16k e menos pinos (20 ou 16 por exemplo), mas no teu caso e como não me parece que tenhas feito a placa de forma a adicionar mais hardware, o espaco poderia dar jeito.
Em tempos (vai para 10 anos), trabalhei numa empresa onde eles tinham uma espécie de mola com uns contactos que iam dum lado ao outro e que colocavas sobre o chip para teres acesso aos pinos. Tentei encontrar algo similar na net, mas não encontrei. Basicamente com isso, punhas a mola em cima do chip, ligavas um FTDI ou o gravador para AVR nos contactos correctos e fazias download do programa. Não é ideal, mas seria outra opcão para gravar o programa.

Achas que a placa vai aquecer muito dentro da caixa sem ventilacão?

Outra coisa que podias ter feito (mas não sei se terá remotamente algum interesse) era colocares um cristal de 32kHz nos pinos onde costumas colocar o cristal de 16MHz e criavas um RTC dentro do AVR. :) Eu tenho uma biblioteca para isso se precisares.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jun 15, 2013, 02:31 am
Tive a ideia do ICSP depois de postar aqui, hehehe. Acho que vou fazer isso mesmo!

Sobre o bootloader, ainda não entendi muito bem o funcionamento do mesmo... na minha ignorância, eu achava que tinha que ter o bootloader "queimado" no chip ATmega328 para que o código do Arduino funcionasse. Isso se aplica, ou não?

Os buracos para parafusos achei desnecessário, pois as placas vão ficar em uma caixa de eletroduto, não tem necessidade de fixar a placa, e nem tem como, pelo menos não facilmente. Mas talvez seja interessante mesmo, vou deixar um espaço para os parafusos.

E espero que a placa não aqueça dentro do eletroduto fechado! Vou evitar ao máximo o consumo de corrente de 5v, que precisará passar pelo LM2576 para converter de 12v para 5v, que acredito ser o componente que tem maior potencial de aquecimento.

Nem sabia que era possível ter um RTC com o Arduino, mas já comprei um chip (DS1307) para ter um RTC a parte, para alimentar o Master com data e hora corretas, independente da falta de energia.

Quando tiver novidades, posto aqui =D
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Jun 15, 2013, 06:29 am
Como é um relé, acredito que não aqueca muito... mas ainda assim, convém ter isso em atencão.

O ICSP é sempre aquela coisa... são mais 2 contactos que tens de criar, e depois tens de garantir que não colocas o ligador ao contrário ou podes queimar algo (eu já queimei uns dois gravadores da ATMEL à custa disso). A solucão costuma ser a utilizacão duma ficha com 8 ou 10 pinos e criar uma chave. Ou seja, enches um dos buracos (sem uso) da ficha fêmea com cola e cortas o pino correspondente no macho. Assim garantes que nunca vais meter os fios ao contrário.

O bootloader não tem esses problemas.

Algo a ter em conta, no entanto, é que se usares o ICSP podes baixar a frequência do relógio do AVR (ou seja, diminuir a potência consumida). Mesmo usando o oscilador interno, existe um fuse que divide a frequência por 8, então o chip correria a 1MHz. Isto porque a tua aplicacão pode não se dar bem com modos sleep... Então sempre ajuda a baixar a potência dissipada.

Sim, podes criar um RTC com o chip da ATMEL, mas infelizmente não com o Arduino (o Arduino já lá tem um cristal). No entanto, nas tuas placas podes ter isso. Eu vou tentar meter um tutorial no meu site sobre essa biblioteca e faco update do post. eh eh

Podes usar o código e a IDE do Arduino com ou sem bootloader. :)
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Jun 17, 2013, 04:25 pm
Pessoal,

Uma ideia para o interruptor:
http://crepusculotecnologico.blogspot.com.br/2011/10/interruptor-touch-com-arduino-pro-mini.html
http://playground.arduino.cc//Main/CapacitiveSensor

No lugar de botões ele usar o arduino como sensor capacitivo. Gostei muito dessa solução.

LegendBR,

Estou construindo. O estágio atual é: estrutura, laje e telhado concluídos. Próxima fase é o reboco e contrapiso que deve iniciar semana que vem. Em paralelo esta sendo feito a instalação elétrica e rede de dados. O eletricista esta preparando na rede de dados apenas a passagem de conduites, eletrodutos, caixas e fios. O resto é comigo. Ainda não implementei nada, estou na fase de testes. Esse projeto do interruptor capacitivo acabou de mudar completamente a direção que estava seguindo. A principio eu iria usar os interruptores OneTouch com tri-way e iria controlar as lâmpadas com arduino via tri-way. Tinha o desafio de saber quando estavam ligadas ou não (que estava quase pronto). Agora vou iniciar os testes do sensor capacitivo e ver se dá certo. Achei bem simples e bonita a solução do espelho.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jun 17, 2013, 05:54 pm
Pow, aí sim, hein? Esse ficou muito bonito, show de bola!

Quando tiver um tempo vou comprar o material para testar esse sistema. Mas será que a CapSense lib precisa de um par de pinos para cada botão? Eu não poderia colocar uma saída única com várias entradas? E também não ficou muito claro para mim como ele fixou o espelho no local (não vi nenhum parafuso, nem nada, será somente cola?

Ai, ai, como queria mais tempo para poder brincar com essas coisas...

No seu caso, os arduinos vão conversar entre si? Sua intenção é simplesmente three-way, ou vai ter uma central também?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Jun 17, 2013, 07:47 pm
Em termo de material: um arduino e 10 resistores de 1M. vou amanhã em uma eletrônica comprar as resistências.
Ele fixou o espelho com fita dupla face 3M. Ainda tenho dúvida se vai segurar em parede pintada (porosa), mas qualquer coisa coloco uma tirinha de piso pra fixa a dupla face. As telas dos ipads e iphones são todas coladas assim, tanto que para remover me disseram que usam soprador térmico.

No meu caso os arduinos vão conversar entre si. Na ideia original seriam apenas 2 arduinos mega com ethernet e um hardware com linux (talvez um raspberry).
Mas agora com essa ideia de capacitive touch muda tudo. Será 1 arduino por interruptor mais 1 mega como mestre.

Até onde entendi (não li o código todo ainda) o CapSense usa um par de pinos sendo que um dos pinos é em comum para os outros. Ou seja,
3 botões usam 4 pinos.

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Jun 20, 2013, 06:06 am
Acabei de fazer e testar um capacitive touch.

http://www.youtube.com/watch?v=SKWJGRdZCNM

Fiz o espelho do interruptor com vidro fume 4mm, adesivo preto e cortei o círculo com um estilete circular.
No arduino usei o exemplo que vem na lib do CapacitiveSensor com uma modificaçãozinha para acender um led.
O esquema elétrico é:
entre os pinos 2 e 4 coloquei uma resistência de 2Mohm (1M+1M);
o pino 2 é ligado em um pedaço de alumínio circular e colado no fundo do espelho bem atrás do círculo que representa o botão;
o pino 8 liguei um resistor 330ohms e na outra extremidade do resistor liguei um led (para simular um relé).

Agora é encontrar uma vidraçaria com qualidade que faça o arredondamento do vidro.
As possibilidades para fazer o espelho são muitas, você pode trocar o adesivo, cortar o desenho que quiser etc.


Referências:
http://playground.arduino.cc//Main/CapacitiveSensor?from=Main.CapSense
http://crepusculotecnologico.blogspot.com.br/2011/10/interruptor-touch-com-arduino-pro-mini.html
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jun 20, 2013, 03:05 pm
Estou no trabalho, e não tenho acesso ao youtube. Com os 2 MOhm funcionou legal? E com 1 MOhm, você chegou a testar? Será que em um vidro de 10 x 5 cm daria para colocar 6 botões? Esse estilete circular você achou aqui em AJU mesmo?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Jun 20, 2013, 03:38 pm
LegendBR,

Com 2Mohms ficou bom no vidro de 4mm. 1Mohms praticamente você precisa tocar no fio. Quanto maior a resistência maior é a distância entre o dedo e o sensor para ativar o circuito.
Ex.: com 3Mohms a 1cm do vidro já ativa o led. Ajustes mais finos podem ser feitos via software.
Acho que é possível sim colocar 6 botões em 10x5cm. Vai dar um trabalhinho extra para encontrar a capacitância e valor de disparo (via resistência e software)  por que estão muito próximos.
O estilete achei na Eldorado Casa de Arte (http://www.eldoradocasadaarte.com.br/) aqui em Aju mesmo.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jun 20, 2013, 04:14 pm
Beleza, vou ver se compro os materiais para realizar uns testes.

Qual a eletronica aqui em AJU que encontro resistores de 1 MOhm e 10 MOhm?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Jun 20, 2013, 04:29 pm
Resistência de 1M e 10M são muito comuns. Qualquer eletrônica no centro você encontra. lembre que aumentando a resistência aumenta a sensibilidade.
Com 10Mohms você vai transformar o interruptor num theremin :D
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jun 20, 2013, 04:35 pm
hehehehe, pode ser mesmo, mas também vou diminuir o círculo de papel alumínio, então pode acabar compensando, hehehe.

Mas qual eletrônica do centro é a melhor, que tem mais componentes? E que funcione dia de sábado.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Jun 20, 2013, 04:47 pm
As melhores eletrônicas na minha opinião (estão abertas no sábado pela manhã):

Eletronica Central
R. Apulcro Mota, 609 - Centro, Aracaju - SE, 49010-230

Eletronica Nacional Ltda
R. Dep. Carlos Correia, 569 - Siqueira Campos, Aracaju - SE, 49075-120


Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Jun 23, 2013, 10:22 am
@LegendBR,

Estive agora a ver as fotos e o post com mais atencão e fiquei na dúvida se a placa que montaste é a que mandaste fazer na China. Isto porque naqueles sites, eles falam em placas com duas faces e a da tua foto parece só ter um. :\
Já agora, as placas vinham furadas?

Eu acho que vou fazer um desenho similar ao teu, sem actuadores e quero saber como é o servico para fazer as placas.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jun 24, 2013, 04:48 am
A placa que eu postei as fotos deveriam ter 2 faces. Não tem por falta de habilidade minha mesmo, hehehe. Mas os sites que eu postei da china ambos produzem com 2 ou mais camadas, já tudo furado e com solda nos furos. Ainda não recebi as PCBs, então não posso falar da qualidade, mas li coisas boas sobre esses sites, para prototipagem devem ser bons.

Depois dessa ideia dos botões touch sensitive, achei melhor transformar minhas placas de comando em algo mais parecido com um arduino, com pinos para cada porta, e utilizar conectores modu (acho que é esse o nome) mesmo. Quando tiver o novo design, posto aqui.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Jun 24, 2013, 07:59 am
Ahhh, ok... então aquelas são placas caseiras. Quando receberes as placas finais, mete aqui uma foto para termos uma ideia.

Eu ontem voltei a pensar nisso (em vez de pensar activamente no firmware que vai ser a dor de cabeca)... e depois de ver os Arduino pro mini, fiquei a pensar se não seria mais barato pegar em placas dessas já feitas e só desenhar o shield para essas placas com o que quero e pronto.

Duvido que conseguisse fazer as minhas placas mais baratas que essas e elas já vêm em duas versões (3,3 e 5V). Logo estou no dilema de fazer um shield para uma placa dessas com os meus sensores e fazer breakout de pinos, ou se desenho a placa toda. O problema de desenhar a placa toda está também no facto do Eagle não dar para fazer placas muito grandes e meter o processador, terminais, socket para o chip de RF e sensores lixa um pouco o esquema.

Qual é a tua opinião?

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Jun 24, 2013, 01:12 pm
Com o eagle na versao free podes desenhar ate 10cm por 10 cm com 2 layers. Se necessitares de mais procura a versao olho negro do capitao gancho :)
O fabricante que uso para as pcbs tambem aceita esta dimensao por uns 22€ ja com portes. A ultima que fiz ficou jeitosa
O fabricante que estou a usar é elecrow.com
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Jun 24, 2013, 01:27 pm
22 por uma placa de 10x10 cm?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Jun 24, 2013, 04:44 pm
Quote
22 por uma placa de 10x10 cm?

Paguei $30.2 para ser mais preciso que ronda os 22 euros mas não por uma placa, por 10 placas ou seja cada uma sai a 2,2 euros +/- o que é uma pechincha o o acabamento e super profissional.
Nem sequer me dou ao trabalho de andar a fazer as PCB's à mao como antigamente.Sinceramente acho que ja não se justifica mesmo que so necessitemos de umas 2 ou 3 placas.So uma lata de positiv20 custa uns 18 paus , mais o perclorecto, soda caustica , cuidados a ter e sorte para acertar no tempo de exposição na lâmpada de UV ...
Se formos a ver estou a comprar 1 metro quadrado de pcb 22 euros prontinhas a montar ...
O contra é estar à espera um mes.Estas ultimas ficaram me retiradas na alfândega e demoraram um pouco mais até mas libertarem, mas enfim e o país que temos por cá.
Eis o aspecto final das ultimas que fiz
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Jun 24, 2013, 05:50 pm
HugoPT, parabéns!!!  Ficou show de bola.

LegendBR, com a ideia do interruptor touch meu projeto mudou completamente. Vou estudar o RS-485 para fazer os vários arduinos conversarem com o master.
Uma dúvida sobre sua lib, na comunicação o master manda a mensagem e somente assim o slave responde? Tem como o slave avisar ao master de algum evento sem o master solicitar? Assim quando alguém ligar/desligar uma lâmpada (ou sensor de alarme) o master será imediatamente avisado.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Jun 24, 2013, 11:19 pm
@Hugo

Gostei particularmente do pormenor da patinha do chip do meio de fora... LOL
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Jun 24, 2013, 11:35 pm
Quote
Gostei particularmente do pormenor da patinha do chip do meio de fora... LOL

Hehe isso é um fix rapido de uma falha no circuito devido a ter deixado uma label no eagle a unir umas pistas indevidamente :smiley-red:
As vezes por mais que observe a procura de falhas o obvio escapa me entre os olhos.
Felismente apesar do erro bastou me levantar a pata para o resolver ...
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jun 25, 2013, 03:04 pm
@bubulindo

A ideia do Arduino mini pro é realmente interessante... na verdade, a última versão da placa que estou desenvolvendo é bem parecido com ele, com a diferença que já teria imbutido o chip para comunicação RS-485 e o conversão de tensão 12v -> 5v. só está faltando colocar a parte onde é feita a programação do chip, ainda estou na dúvida se faço ICSP ou RX/TX, vou ver qual fica melhor. E o custo vai acabar saindo bem parecido com o do Arduino mini pro, uma vez que teria que mandar fazer a placa do shield de qualquer forma, e fazendo minha própria placa, é um shield a menos na caixa 4" x 4".


@HugoPT

Seu fornecedor parece ter um preço melhor, minha próxima encomenda deve ser nele! Uma dúvida, para soldar os componentes, uma pistola de ar quente é suficiente, ou só no ferro de solda mesmo? Pois os contatos já vem com solda, não é?


@mardden

Com o RS-485 até é possível uma comunicação Full-duplex (todos os módulos enviam e recebem comandos simultaneamente). Porém a implementação não é tão simples, então eu achei melhor fazer a comunicação do tipo Half-duplex (todos módulos enviam e recebem comendos, mas somente um envia comando por vez), no estilo master-slave mesmo, onde o slave só responde a comandos.

O tempo entre o comando e a resposta não é longo. Acho que dá para o master questionar todos os slaves e receber suas respostas em menos de 1 segundo. Então a ideia é que quando ocorrer um evento novo, o slave "segurar" a informação enquanto não é questionado pelo master. Pode ocorrer um delay entre o evento e a resposta ao mesmo, mas nada muito gritante.


edit: se eu colocar um socket na minha PCB com +5v, GND, Reset, RX e TX e comunicar esses pinos com um Arduino Uno sem chip, eu consigo programar minha placa? Espero ter sido claro na pergunta.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Jun 26, 2013, 01:45 am
Pois... a única coisa mais chata (que não é propriamente impedimento) é mesmo não ter acesso ao cristal do pro mini. De resto, creio que já tem um regulador de tensão e facilitaria muito mais o desenho.

A ideia disso surgiu-me quando vi um ethernet shield para Arduino nano no eBay. Regra geral as pessoas não pensam nestas placas para fazer shields, mas para fazer prototipagem...
Um problema chato destas placas são os 4 pinos analógicos ficarem deslocados dos pinos principais... ou seja, não dá mesmo para breadboard. :(

Nesta placa as ligacões que estão no final incluem o porto série, DTR e alimentacão para ser simples de passar o programa com bootloader.

Estou mesmo indeciso sobre como avancar com isto.

Depois de ver que o preco dum chip são 3,19£ e a plaquinha são 4,3£... se comprar 10 chips, o preco baixa para metade... mas adicionando placa, resistências e trabalho... näo me parece que vá valer a pena.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jun 26, 2013, 03:48 am
Lembre que você vai ter o mesmo trabalho para desenvolver os shields. Pensando nisso, achei melhor continuar desenvolvendo a minha própria placa, pois ela já terá o conversor 12v -> 5v e o módulo RS-485. Minha alternativa seria desenvolver um shield para conectar no Arduino mini pro, seria mais um shield para conectar / dar problema, então...

E sobre a programação do chip sem precisar retirar da placa, as conexões citadas acima (5v, GND, Reset, TX e RX) são suficientes para programar o chip utilizando um Arduino Uno?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Jun 26, 2013, 05:31 am
Só se conseguires tirar o ATmega328 do UNO.

Senão precisas dum cabo FTDI com o DTR trazido para fora. Para usar o bootloader o que é preciso é mesmo o conversor USB - TTL e não o Arduino todo.

Correcto, vou sempre ter de desenvolver uma placa... Mas se não tiver o processador lá é menos trabalho que tenho no desenvolvimento. Ou não... uma vez que os pinos têm de acertar com a placa principal.

A vantagem de desenhar um shield é mesmo poder haver mercado para esse desenho... basta olhar para os jeenodes... e fazer o mesmo para o nRF24L01. ;)
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jun 26, 2013, 05:45 am
É, vou tentar desenvolver um shield para o mini. Vamos ver como vai ficar XD.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Jun 26, 2013, 12:03 pm
Quote
@HugoPT

Seu fornecedor parece ter um preço melhor, minha próxima encomenda deve ser nele! Uma dúvida, para soldar os componentes, uma pistola de ar quente é suficiente, ou só no ferro de solda mesmo? Pois os contatos já vem com solda, não é?

Eu usei estação de ar quente e solder past.Basta posicionar os componentes nos locais e dar calor sobre todos eles.No entanto com ferro também dará só que tem de ser um a um usando uma pinça para os fixar no local e dar calor de uma das pontas para o "pregar" e depois dar do outro lado.A minha recomendaçao é se tens estaçao de ar quente compra solder past no ebay que é barato e usa.Para teres uma idea de como funciona a solder past vê este video do EEVBLOG
http://www.youtube.com/watch?v=qyDRHI4YeMI (http://www.youtube.com/watch?v=qyDRHI4YeMI)

@Bubulindo
Tenho uma questão sobre o nRF24L01.Em todos os lados que li sobre ele falam numa range máxima de uns 15 metros.Sabendo isto a partida, essa distancia é suficiente para usares numa casa com vários obstáculos possíveis?
Como é suposto funcionar os vários módulos que vao usar o nRF24L01?
Isso faz rede MESH?
Nao fui espreitar o datasheet inda ...

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Jun 26, 2013, 01:21 pm
Hmmmm... solder paste... nunca tinha ouvido falar disso.

Pois, relativamente aos nRF24L01, eles são um pouco estúpidos... isto é, enquanto que na XBee podes criar várias configurações de rede, com os nRF dá ideia que só podes fazer comunicações ponto-a-ponto.
Claro que, com software, podes ligar vários para distâncias maiores mas isso não é feito automaticamente, tens de ser tu a programar isso. O maniacbug aqui do fórum tem duas bibliotecas para estes chips. Uma para usares o chip propriamente dito e outra que serve de abstracção para criares uma rede com os nRF.
Os meus foram uma pechincha, comprei pelo eBay logo uma boa quantidade deles e saiu a cerca de um euro cada.

A ideia que me dá é que estes chips serão mais usados em comunicações ponto-a-ponto sem grande carga de dados (o máximo de bytes que podes enviar são 32), mas isso não implica que não dê para pequenas coisas em casa. :)



Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jun 26, 2013, 07:58 pm
Uma pistola de ar quente pode ser considerada uma estação de ar quente? :P

A grande diferença está na falta de um controle melhor da temperatura, isso é muito crítico?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Jun 26, 2013, 09:22 pm
Quote
Uma pistola de ar quente pode ser considerada uma estação de ar quente?

Uhmm agora deixaste me a pensar o que é uma pistola de ar quente?
Eu estava a pensar no termo pistola de ar quente a pensar que vocês ai no Brasil chamassem isso há estaçao de soldar  :smiley-red:
Estas te a referir "pistola de ar quente" aquelas pistolas que se usa por exemplo para moldar manga termo retratil?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jun 26, 2013, 09:32 pm

Quote
Uma pistola de ar quente pode ser considerada uma estação de ar quente?

Uhmm agora deixaste me a pensar o que é uma pistola de ar quente?
Eu estava a pensar no termo pistola de ar quente a pensar que vocês ai no Brasil chamassem isso há estaçao de soldar  :smiley-red:
Estas te a referir "pistola de ar quente" aquelas pistolas que se usa por exemplo para moldar manga termo retratil?



hehehe, na verdade o termo certo para "pistola de ar quente" é "soprador térmico". O que eu tenho é um desses:
(http://www.casaamericana.com.br/images/produtos/1021/soprador-termico-com-maleta.jpg)

Teoricamente, ele também serve para soldar, mas em uma estação de solda (pelo menos até onde eu entendo), você tem um controle melhor da temperatura, então consegue realizar soldas melhores e sem danificar os componentes. É isso mesmo?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Jun 26, 2013, 09:37 pm
Quote
você tem um controle melhor da temperatura, então consegue realizar soldas melhores e sem danificar os componentes. É isso mesmo?

Correctissimo. Por acaso tenho uma pistola dessas onde trabalho mas acho que só tentaria usa-la em ultimo recurso devido a nao ter controlo de temperatura e ao debito de ar ser elevado.Mesmo com a estação de ar quente por vezes os componentes sao "soprados" devido ao debito de ar que sai na ponteira. Mesmo com o debito no mínimo as vezes acontece me.Estou aqui a pensar que se usa-se a que la tenho os componentes iriam voar ou então frita-los devido a não saber a temperatura que estou a aplicar. Não estou a dizer impossível mas eu preferia soldar os SMD's com o ferro um a um do que usar a pistola.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jun 26, 2013, 09:51 pm
Mas não vou utilizar componentes SMD (tenho um certo preconceito com eles, acho que "não são para mim", são muito pequenos e sou muito "sem jeito", hehehe), então vou acabar arriscando soldar com o soprador térmico mesmo, e ver no que dá.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Jun 26, 2013, 11:13 pm
Mas então se não vais usar smds porque não usas apenas um ferro de soldar normal?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jun 27, 2013, 12:44 am
Boa pergunta... praticidade em soldar tudo de uma vez?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Jun 27, 2013, 01:24 am
Eu li algures que há malta que faz isto num forno. :\ Basicamente metem a placa no forno a uma dada temperatura e solda tudo duma vez sem problema das pecas saírem...
Será verdaed?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jun 27, 2013, 03:45 am
É isso que o cara do vídeo que o HugoPT postou diz que é o mais recomendado, utilizar um "forno de solda". Ele é programado para aquecer a PCB até a temperatura X em Y segundos e esfriar até X2 em Y2 segundos, de acordo com o solder paste utilizado.

Assiste o vídeo do YouTube, achei muito legal a parte da solda, a pasta se transformando em solda é bem interessante.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Mortis on Jun 27, 2013, 01:46 pm
Muito interessante essa pasta de solda!

Mas como o Hugo disse, fica o medo de estragar componentes devido a falta de controle de temperatura e a possibilidade de a pressão do ar pode deslocar os componentes. Andei a soldar uns TQFP-32 com o ferro de solda e muito difícil, creio que sou tão sem jeito quanto o legend rs

Ainda não entrei na parte de automação residencial, mas tenho usado os ATMEGA328 nas veroboards da vida e com bootloader do arduino para facilitar a programação via serial, já fiz 10 e é muito chato!

Estas placas que o Hugo encomendou ficaram muito boas, aqui em São Paulo não encontrei quem faça trabalho compatível com custo atraente ^^, creio que tentarei umas PCBs nesse imall também.

Muito legal acompanhar este tópico! ;)
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jun 28, 2013, 02:28 pm
Ontem fui tentar fazer um shield para o Arduino Pro Mini com a conversão de voltagem para 5v (não quero utilizar o 7805 presente no Arduino Pro Mini, muito pouco eficiente) e o CI para o RS-485 e desisti: só os conectores já ocupavam um bom espaço do shield, hehehe.

Continuei o desenvolvimento da PCB e cheguei em um design que gostei, ficou no tamanho de 5 x 5 cm, e é basicamente um arduino uno (ATMega328P de 28 pinos) com conversão de voltagem para 5V e módulo RS-485. Coloquei uma barra de pinos para a programação via serial, e agora acabei de ter a ideia de fazer um shield para poder programar por ICSP: assim não preciso incluir os pinos do ICSP mas tenho a possibilidade de programar dessa forma se assim desejar.

A noite adiciono os labels que faltam e posto aqui.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Jun 28, 2013, 03:12 pm
LegendBR,

muito bom, ansioso pra ver. me diz uma coisa, a rede rs-485 você vai fazer o cabeamento como? vai ser um cabo passando por todos os arduinos (Daisy Chain) ou vai bifurcar alguma coisa (topologia branch)? eu pensei em passar um cabo utp cat5 (já com alimentação) no máximo de interruptores que puder, mas pelo menos 1/3 deles precisam ser bifurcados em média 10m. será que vou ter problema?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jun 28, 2013, 04:02 pm
Cara, dá uma lida nesse link:

http://www.maximintegrated.com/app-notes/index.mvp/id/763

Aí fala sobre as topologias que funcionam bem com o RS-485. No meu caso, vou utilizar a topologia Daisy Chain, que pelo o que li é a mais recomendada para o protocolo RS-485. Para isso eu peguei a planta elétrica e tracei uma linha passando por todas as caixas de interruptores, e toda placa vai ter um cabo entrando e outro saindo, com alimentação e sinal.

Bifurcação de 10 m é furada, eu até vou ter que fazer algo do tipo, para me comunicar com o andar de cima, mas daí pensei em fazer tipo duas redes RS-485 e o master se comunicando com elas. De repente pode ser uma solução para você, ter algum(ns) "pequenos masters" (coletam informações de alguns escravos, centraliza e envia para o master principal quando questinado).
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Jun 28, 2013, 04:57 pm
é, segundo o artigo http://www.maximintegrated.com/app-notes/index.mvp/id/763 vou ter problemas.
amanhã vou lá na obra e ver o que fazer.
outra dúvida, o host master é obrigatório ficar no final do cabo ou pode ficar pelo meio? li alguns docs mas
nenhum cita isso. o que gerou dúvida é que nas ilustrações o master sempre esta na terminação do cabo.

conseguiu testar o modelo touch?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jun 28, 2013, 05:23 pm
Pode ficar no meio, sem problemas. O esquema que estamos discutindo seria o descrito na figura 9 do link que passei, de vários transceivers (todos os módulos enviam e recebem dados, a diferença entre o master e o slave é que este só responde).

Consegui utilizar o touch sim, deu certo! Mas já vi que no final vou precisar fazer ajustes finos, mas vai funcionar sem muito problema!
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jun 29, 2013, 02:11 am
Conforme prometido, segue último PCB desenvolvido. Dessa vez consegui colocar também os locais para parafusos, acho que esse design ficou legal. Depois vou fazer um shield para programar via ICSP (os pinos para programar via serial já estão lá).

Lá vou eu encomendar mais algumas PCBs :P. Dessa vez utilizei o elecrow, para ver a diferença entre a qualidade de cada um.

Aproveitando: será que existe algum sensor que informe se há alguma pessoa presente em algum cômodo? A intenção deste sensor é acender a apagar luzes automaticamente, quando alguém entra ou sai de algum local. O PIR só funciona se tem movimento, certo? Então acho que não se aplica. Deveria ser algum sensor que percebesse se tem alguém no ambiente...
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Jun 29, 2013, 03:27 am
Desculpa o reparo...

Como escolheste a ordem dos pinos para o programador serial?

Isto porque eu há dias reparei que não posso usar o meu cabo FTDI directamente no Pro Mini... acreditas que eles têm a alimentacão trocada? Então, digo isto para veres como vais passar o programa para as placas. Se fores usar um cabo, convém que as ligacões batam certo. :) (Claro que podes sempre ligar fio a fio...)
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jun 29, 2013, 11:29 am
É verdade, faltou um pouco de cuidado na hora de colocar os pinos da programação serial... vou corrigir na revisão 01 e em um shield.

Obrigado pela dica!
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Jun 29, 2013, 12:14 pm
De nada... tenho todo o interesse em que isso funcione. :)

Eu hoje comecei a desenhar a minha. Acho que vou por uma placa com o processador, os sensores que preciso lá colocados e não sei se prepare já para a medição de potência... como vou só precisar duma dessas, talvez não valha a pena, né?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jun 29, 2013, 11:16 pm

De nada... tenho todo o interesse em que isso funcione. :)

Eu hoje comecei a desenhar a minha. Acho que vou por uma placa com o processador, os sensores que preciso lá colocados e não sei se prepare já para a medição de potência... como vou só precisar duma dessas, talvez não valha a pena, né?


Desistiu do Arduino Pro Mini?

Quando você diz que vai colocar os sensores da placa, quer dizer que vai colocar fisicamente, ou vai colocar os conectores para ela?

A medição de potência seria da própria placa? Para medir o consumo do sistema? Não entendi essa parte...

Mas acho que vale a pena colocar tudo na placa que pode ser possível utilizar. Até porque a ideia é mandar fazer as placas todas de uma vez, então o melhor é ter a placa o mais genérica possível, ao meu ver. Foi até por isso que colocei uma barra de pinos ao invés de conectores para os botões, pois assim tenho mais liberdade. Agora acabei de pensar que posso fazer um shield só com conectores para os botões, sensores, etc, aí fico com o melhor dos dois mundos (muitas possibilidades e conexões simples / fáceis).

Essa ideia de shield do Arduino é realmente muito boa :D.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Jun 30, 2013, 12:26 am
Mais ou menos... tens alguma razão quando dizes que o pro mini é minúsculo... e ainda teria de adicionar mais cenas. Fica mais simples colocar lá o chip e poder dar a volta a outras limitacões, como por exemplo utilizar o cristal para um relógio de tempo real.

Os sensores ainda estou a ver... eu vou querer medir temperatura em todas as localizacões. Então sou capaz de adicionar um desses DS18B20 (ou DS1620??) na placa mesmo.
Mas depois também quero ter a possibilidade para:

- medir pulsos. Posso medir a corrente eléctrica consumida com os pulsos que o contador dá num ledzinho. Ou, posso medir caudais (e consumo de água ou gás) com pulsos através dum caudalímetro.
- humidade do solo (isto é analógico, creio).
- humidade (um desses sensores que mede humidade e temperatura).
- Luz, também analógico.
- temperatura em sítios especificos... para isto, teria de usar um desses DS18B20 com uma caixa metálica para serem à prova de água.
- Gas (um dos objectivos na cozinha é medir se há uma fuga de gás no fogão...)

Então, a minha placa terá o sensor de temperatura embutido na placa. Um problema óbvio é que também vou medir o calor da placa... e como tenho de rectificar 5V para 3,3V, vai existir dissipacão... mas pronto, terei de viver com isso, creio.
Outro problema óbvio será o formato dos shields... já que a placa será um tanto ou quanto pequena.


Medicão de potência eléctrica... com um destes:
http://www.ebay.co.uk/itm/SCT-013-015-15A-Non-invasive-AC-current-sensor-Split-Core-Current-Transformer-l/281117603942?_trksid=p2045573.m2042&_trkparms=aid%3D111000%26algo%3DREC.CURRENT%26ao%3D1%26asc%3D27%26meid%3D8727927870434414180%26pid%3D100033%26prg%3D1011%26rk%3D1%26sd%3D281117603942%26

Já que o meu objectivo é ver monitorizar a energia pela casa, tenho de monitorizar a entrada de energia também. Mas talvez não valha a pena adicionar isto a todas as placas, desde que os pinos da placa fiquem alinhados, posso fazer um shield com uma veroboard.

Colocando tudo em perspectiva... fico a pensar se não é mais simples pegar em veroboard e fazer cada shield à medida da aplicacão. É esse o meu problema até agora.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jun 30, 2013, 03:12 am
Sua ideia é imbutir as placas na parede ou as deixar a vista mesmo? Porque se forem ficar imbutidas, esse sensor de temperatura não deve pegar bem a temperatura do ambiente.

Se quiser aproveitar minha PCB e fazer somente shields para ela, fique a vontade :). Depois posto o arquivo eagle, quando tiver chegado em um design final. Vou até adicionar o espaço para ser possível adicionar um cristal de 32 kHz para o RTC (desde que você me diga qual a grande vantagem de ter um RTC no Arduino xD).
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Jun 30, 2013, 04:10 am
É mesmo deixar à "vista"... como vou usar rádio e um carregador de telemóvel para as alimentar, embutir na parede não dá mesmo.

O interesse também é o de medir a temperatura pela casa sem ser num sítio específico. Ou seja, colocar várias placas pela casa para ter uma ideia do calor que anda por lá e conjugar isso com o consumo de electricidade e gás. Então seria coisa para cerca de um ano, obter todos esses dados. Estou a ponderar uma estacão meteorológica e essa sim ficaria sempre ligada.

No final a placa ficará muito similar a esta:

http://jeelabs.com/products/jeenode

Mas agora falando entre nós... haverá interesse num shield para um destes chips de rádio? Outra das opcões de criar apenas um shield para arduino (aqui teria de ser um nano ou Uno/2009) é mesmo haver uma possibilidade (não imagino o quão remota será) de poder fabricar e vender estes shields para rádio. Então ainda estou um pouco sem saber para onde ir com isto...

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jun 30, 2013, 04:42 am
No seu caso o próprio jeenode não resolveria? Seriam apenas alguns sensores conectados no jeenode. O custo é que me parece que será consideravelmente maior...

Sobre a comercialização de shields ou placas, pelo menos no meu caso não é minha ideia inicial, mas seu eu chegar em um sistema que sinto que é comercial, posso até vender, mas não as placas (pretende as deixar open-source mesmo), mas sim o serviço de desenvolver e instalar o sistema.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Jun 30, 2013, 07:29 am
Não é a minha ideia inicial também... isto dará

Quanto a comercializar... o Arduino é open source... e no entanto vendem bastantes. O mesmo com as coisas da adafruit... todos os esquemas estão acessíveis a quem quiser e não é por isso que ela vende menos.
Convenhámos que não estamos a fazer nada com tecnologia de ponta ou que não possa (no meu caso) ser replicado de forma melhor ou até industrial. Logo, não me importo minimamente de deixar os desenhos disponíveis para toda a gente.
Mas se precisar de 5 plaquinhas... e tiver de mandar fazer 10 e houver interessados nas outras 5, não vejo porque não comercializar a placa e havendo mais interesse, fazer outra producão delas.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: icarop on Jun 30, 2013, 10:22 pm
Muito boa a discussão.

Estão de parabéns!

Vi essa discussão hoje e vou começar a acompanha-la e a contribuir também...
Vamos então para o livro da minha história, hehehe....

A cerca de um ano entrei nesse mundo do arduino. Desde então venho brincando e sonhando em fazer uma automação em casa.

Depois que comecei a comprar no ebay não parei mais. Os componentes saem extremamente baratos em comparação aqui. O problema é só o tempo, mas já comprei mais de 30 coisas lá e até hoje tudo chegou direitinho com uma media de 45 dias. E isso facilita muito qualquer projeto que queremos realizar...

Eu pensei muito em realizar uma automoção RS485, mas depois que li mais a respeito do NRF24L01+, resolvi montar alguns protótipos com ele.

Sou um entusiasta. Entendo de programação, mas sou novo no mundo da eletrônica, então o que mais me faz quebrar a cabeça é acertar no uso de capacitores, resistores e diodos. Mais a gente vai se virando, e uma pesquisa lá e outra cá sempre resolvem.

Desenvolvi minha placa prototipo usando o método de transferência térmica. Tive que fazer 3 prototipos diferentes, pois utilizei duas faces e pensem no trabalho que deu... (Muito trabalho), olhem só:
- no primeiro protótipo não liguei muito para onde estavam as vias de conexão (para ligar uma trilha a outra), ai no meio do processo de montagem desisti, achei mais fácil fazer outro protótipo com essa preocupação, aí pronto a coisa facilitou muito.
- mas ainda não tinha pegado o jeito da questão do espelho ao imprimir na transparência, e acabei espelhando o lado errado, imaginem a minha surpresa depois que montei todos os componentes e fui colocar o chip e percebi que tinha invertido a posição da camada de baixo ao invés da de cima e agora as conexões do chip estavam invertidas. Quase surtei.
- Ai tive que fazer outro, mas estava com pressa e me matando nesse processo de transferência térmica. Pensa em uma coisa chata. Tentei diversos métodos diferentes, mas em todos não consegui fugir do uso da caneta para os ajustes. Aí resolvi gastar um tempo maior organizando os componentes e resolvi usar a placa só de um lado. (Consegui reduzir o número de ligações do outro lado para 3, assim era só ligar com fio mesmo e a coisa seria bem mais rápida.)


Deixo para vocês, duas referências que tenho usado para meu projeto:
http://maniacbug.wordpress.com/2012/03/30/rf24network/ RF24Network for Wireless Sensor Networking
http://maniacbug.wordpress.com/2011/10/19/sensor-node/

Depois que fazer os testes com meu protótipo funcional vou mandar produzi-las na china, através desse portal, é o lugar mais barato que achei e se você disponibilizar seu projeto open-source ganha ainda outras duas placas:
http://imall.iteadstudio.com/open-pcb/pcb-prototyping.html
12 placas de 5x5 saindo por 10 dólares + frete, uma pechincha. =D

Quando for mandar produzir as placas, vou aproveitar e comprar essa opção de arduino para o modulo principal:
http://imall.iteadstudio.com/im120410001.html

Ele já vem com uma interface enthernet e possui ainda os lugares certos para colocar o modulo RF24 ou um XBEE.
Está com um preço ótimo, estou até com medo de subirem o preço, mas quero aproveitar um frete só, por isso quero terminar logo o protótipo da minha placa e os testes...

Muito boa essas referências, estou me baseando nelas para meu projeto.
Aproveitem elas. =D

Depois posto uma foto do meu protótipo atual. A principio estou usando módulos de reles, eles são bem pequenos e permite uma organização melhor dentro da caixa pequena do interruptor. E não acredito que conseguiria organizar esses relés de forma a ocupar menos espaço, pois aí já tenho que usar componentes SMD e não quero começar a complicar demais o projeto no momento.

Vou encomendar alguns módulos de 8 canais para instalar no sistema de iluminação do jardim e aí fica beleza, como é a parte onde possui a maior quantidade de interruptores vou ter que usar uns 3 módulos de relé de 8 canais. E claro será em uma caixa externa.
Tem uma forma de você ampliar a saída do arduino através de demultiplexação, não testei ainda com relês, mas se funcionar depois posto meus resultados.

Inclui no meu modulo protótipo um transmissor infravermelho. A idéia é instala-los nos interruptores convencionais que tenho aqui em casa e fazer um pequeno furo nos interruptores para o led aparecer. Assim consigo controlar equipamentos infravermelhos (ar-condicionado, televisão, dvd, etc...) ainda vou fazer os testes para ver questões de posições, distância, quantidade de leds infravermelhos necessários, enfim...
Pelo que vi até agora, cabe dois módulos de relê, meu modulo de transmissão (e infra) e o carregador dentro de uma simples caixa de luz com interruptores.

Quero realizar os testes de distância com o RF24 antes de evoluir em outra coisa. Comprei também um modulo RF24 com amplificador no e-bay que colocarei no modulo principal depois.
Mas uma possibilidade interessante que vejo no RF24 é todos os módulos retransmitirem a informação. Assim a distância de alcance pode aumentar consideravelmente.
Já vi alguns esquemas nesse sentido, mas como a minha maior praia é programação vou trabalhar bastante nisso para tornar funcional.

E estou usando carregadores de iphone para alimentação. Torna a coisa bem prática. No ebay eu compro eles por menos de 4 reais e aqui na minha cidade eu consigo por 5 cinco reais, aí é só desmonta-lo e ele fica "bem pequeno" com fita isolante em torno dele fica seguro, foi a solução mais barata que achei e me livra de mexer com a elétrica diretamente (afinal encostar em uma trilha que passa 220v não é brincadeira. Depois posto fotos. Ele cabe com folga na caixa de energia.
(http://img.auctiva.com/imgdata/1/4/8/9/0/9/6/webimg/603875506_o.jpg)

Minha familia vai começar a construir uma casa ano que vem. Então até lá quero estar com o projeto bem elaborado e funcional em nossa casa atual. Meu pai não abre mão de ter uma casa automatizada. Pesquisei diversas soluções prontas e cheguei a conclusão que desenvolver minha própria solução com arduino seria a forma mais barata e eficaz. O maior problema aí é só a manutenção, mas penso em passar tudo para um eletricista de confiança e deixar modulos prontos, para em caso de panes, o mesmo realizar as trocas...

Na casa nova sim eu penso em utilizar principalmente o RS485, mais em paralelo com o RF24...

Onde estou agora no projeto?
Preso na conversão de 5v para 3.3v para utilizar o RF24L. Não sei porque estou me atrapalhando nisso...
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jun 30, 2013, 10:55 pm
@bubulindo

Na verdade é isso mesmo, só que pessoalmente não me vejo vendendo a placa sem o serviço de fazer a automação. Lógico que se alguém quiser comprar alguma que sobrar eu vendo, mas o trabalho de soldar os componentes deve ser tão grande que me questino se vale a pena vender apenas o hardware sem o sistema completo, entende?

Mas como isso seria apenas um bônus, não me preocupe muito por enquanto, hehehe.


@icarop

Bem vindo a bordo :).

Então, no começo pensei em fazer um sistema de comunicação wireless também (veja as primeiras páginas), mas desisti porque não queria fazer a conversão de 110 V AC -> 5 V DC na placa, mas a sua ideia foi boa mesmo, de utilizar um carregador USB desmontado.

Uma coisa que não sei se esses módulos wireless funcionariam bem em minha casa é pelo fato deles estarem todos imbutidos na parede. Acho que isso traria um certo problema de comunicação, então optei por comunicação via cabo mesmo, via RS-485.

Você já fez algum teste com esses módulos? Para ver se o módulo funciona dentro da parede?

E os botões, como você está pensando em fazer? Você está ciente que utilizar o interruptor convencional não funcionaria muito bem (até pode funcionar, mas daria muito mais trabalho), não é?

Para converter de 5 V para 3,3 V você pode utilizar o LM7833 (http://www.taitroncomponents.com/catalog/Datasheet/LM7833.pdf), como não haverá muito consumo de energia, a baixa eficiência dele (cerca de 66%) não terá muito problema para você.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: icarop on Jun 30, 2013, 11:09 pm
@LegendBR

Li todos os tópicos, já me sinto parte da novela. hehe...

Pois é. É o dito cujo que estou usando LM7833, porém não estou entendendo o que está acontecendo por o mesmo está convertendo para 4.2v, testei com dois diferentes. Estou boiando nisso...
Hoje quando chegar em casa farei novos testes (estou no trabalho).

Ainda não comecei os testes de distância e do mesmo dentro da caixa, mas espero hoje começa-los.

Na verdade estou pensando em utilizar os interruptores convencionais mesmos.
A um tempo atrás brinquei montando alguns circuitos com botões e acho que elaborei uma boa solução, um pouco de código resolve a questão.

Utilizo um pulldown ou pullup interno no chip e aí é só fazer a leitura atual de como está a porta. Se ela estiver com os 5v significa que o interruptor estar virando para o lado A, se estiver 0v está no lado B.
é só salvar isso na memória temporária e pronto. Defino a posição de ligado e desligado e posso mudar isso.

A minha única dúvida, pois já faz um tempo que fiz esses testes é com relação se uso um resistor nesse meio aí. Pois ligar 5v em GND pode ser catastrófico no consumo da corrente, não sei se o resistor interno resolve o caso ou tenho que me preocupar em adicionar outro.

Na realidade não dá muito mais trabalho não. Dá menos. É só uns códigos a mais.
Ainda não analisei como isso ficaria com interruptores Three-Way.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jun 30, 2013, 11:47 pm
Desculpe, mas não ficou muito claro para mim como você está utilizando os interruptores. Seria algo dessa forma:

Code: [Select]

if (digitalRead(interruptorPin) == HIGH)
{
  digitalWrite(relePin,HIGH);
} else
{
  digitalWrite(relePin,LOW);
}


Se for dessa forma, como você vai controlar os relés sem interruptores (via tablet, celular, internet, etc.)?

Também tem a questão do consumo, ficando o circuito fechado por um tempo considerável, mas acho que isso não é muito problema, é só utilizar um resistor de 1k e está tudo resolvido.

Depois posta uma parte do código para que eu possa entender melhor...
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Jul 01, 2013, 12:32 am
A resistência de pull up interna do chip serve para isso nos botões.

Talvez o que o icarop diz é ler como está a saída do pino no registo PORT e assim qualquer comando que receba faz o toggle desse pino.

Quanto ao teu regulador de tensão... eu não vejo isso em lado nenhum no datasheet, mas julgo que ele não consegue converter 5V para 3,3V (O datasheet dá uma pista de 5,8V...). Este tipo de conversores precisa sempre de ter alguma tensão para baixar e não me parece que 1,7V (ou menos porque o carregador pode não fornecer 5V precisamente) chegue. E pode mesmo ser esse o teu problema.

Faz a experiência de colocar uma tensão maior na entrada (uns 8V, por exemplo) e vê o resultado. Não te esquecas dos condensadores e coloca alguma coisa a fazer de carga na saída. Tipo uma resistência de 1k e um LED. Para esse problema que falas eu estava a pensar em usar este:

http://www.ti.com/lit/ds/symlink/lm3940.pdf
Eles têm um chip com um package que é igual ao 7833.

Como leste eu não sei como dar a volta pelo meu lado. Ontem acabei por pensar em fazer uma protoboard com o ligador para o RF24. Como o meu objectivo não é fazer imensas placas para ficarem ligadas permanentemente, poderia ser uma boa opcão para mim.
Outra coisa que noto também é que ainda posso estudar um pouco mais como interligar sensores para, se criar interfaces, poder usar com o maior número deles. Isto é... para medir a humidade do solo, posso precisar dum amplificador... da mesma forma que necessito dum amplificador para medir a corrente que entra na casa. Então, nada como ver como poderia usar o mesmo circuito para ambos os propósitos.
Mas se calhar o meu problema é mesmo estar a fazer algo que não é deveras complicado nem suposto ser uma instalacão permanente. Então fica um pouco difícil de decidir entre fazer algo pouco flexível e limitado que me posso arrepender depois... ou fazer algo mais flexível, mas que no final dará tanto ou mais trabalho que fazer tudo em veroboard.

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: icarop on Jul 01, 2013, 06:46 am
Hehe...
Foto atual do projeto atual...
(http://s16.postimg.org/z62c5zykh/IMG_0350.jpg) (http://postimg.org/image/z62c5zykh/)
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Jul 01, 2013, 11:50 am
Ola esta a começar a parecer-se com alguma coisa.
So tenho uma questão a indicar-te sobre o carregador que estas a usar.Esse carregador é um pesadelo em termos de segurança e em termos de construção.Eu comprei um deles no ebay por 1 dolar e apesar de eles na saída colocarem 5V o ripple deles é horrível.Até o meu iphone se queixa quando o la ligo, fazendo com que se tocar no touch o ecra começa a mexer sozinho meio maluco.
Para teres uma idea vê esta review sobre eles e tira as tuas conclusões.
https://www.youtube.com/watch?v=wi-b9k-0KfE (https://www.youtube.com/watch?v=wi-b9k-0KfE)

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Jul 01, 2013, 12:34 pm
Pois... esse é um dos problemas que eu tenho receio... dito isto... carregadores de telemóvel originais em casa é coisa que não falta. :)
O ponto forte destes é mesmo a saída em 5V... o que não se verifica nos carregadores sem ficha USB.

De vez em quando nas FNACs e outras lojas que tais eles vendem carregadores para despachar stock a preços relativamente aceitáveis. A qualidade deles é que não faço ideia de como será.

Mais um "problema" a ter em conta.

Lembrei-me agora dum caso semelhante passado a semana passada.

Fui ao eBay à procura de cartões SD para o meu telemóvel. Vi por lá uma carrada de cartões a serem leiloados por 0,99£ e eram todos de 32 ou 64Gb. Claro que fiz umas licitações (sem dar em tolo, só até 5 libras) e não ganhei nenhum. Foram todos vendidos por preços acima das 11 libras.

Nisto, chateado por não ter ganho um único leilão, decidi ir à Amazon e comprar um cartão sem me chatear... eis que me deparo com alguém a vender exactamente o mesmo tipo de cartão na Amazon.. fui ver as reviews e não fiquei espantado. Todos os cartões apenas funcionavam até aos 3 ou 4Gb.

Fica a lição... quando a esmola é demais, o santo desconfia.

eBay:

http://www.ebay.co.uk/itm/BRAND-NEW-64GB-MICRO-SD-MEMORY-CARD-CLASS-10-WITH-ADAPTOR-UK-Stock-/261237497889?pt=UK_AudioTVElectronics_PDAsAccessories_MemoryCards&hash=item3cd2f7e021

Amazon:

http://www.amazon.co.uk/64GB-Micro-Class-Memory-Adaptor/dp/B00B3TF7CS/ref=sr_1_29?ie=UTF8&qid=1372675352&sr=8-29&keywords=micro+SD+card
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: fabio_h on Jul 01, 2013, 04:28 pm
Acompanhando o assunto, aqui um review do criador da LIB IRRemote, comentando sobre carregadores usb baratos...
http://www.righto.com/2012/03/inside-cheap-phone-charger-and-why-you.html (http://www.righto.com/2012/03/inside-cheap-phone-charger-and-why-you.html)

Para experimentar, adquiri alguns latching relay, daqueles que um pulso liga e outro desliga... Acho que tem mais autonomia...

Sobre a comunicação, acho que esse sistema deve resolver, já que é uma casa e não chão de fábrica...
http://www.romanblack.com/blacknet/blacknet.htm (http://www.romanblack.com/blacknet/blacknet.htm)
Se quiser trabalhar com RF ele também tem um artigo...
http://www.romanblack.com/RF/cheapRFmodules.htm (http://www.romanblack.com/RF/cheapRFmodules.htm)
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: fabio_h on Jul 01, 2013, 05:53 pm
Agora tenho  tempo para comentar melhor,
Gosto do sistema BLACKNET do post anterior, mas ainda não tive tempo de testar...
-possui alimentação parasita(um fio a menos a passar pelos conduites)
-não precisa se preocupar com fontes genéricas, se fosse inevitável, usava fonte fast(sem transformador)
-somente o txrx e o gnd
-coloca um arduino como mestre, e tinys como slaves...
-a velocidade de comunicação é discutível

apesar de ficar bem profissional o uso dos NRF24, acho que complica, adiciona spi, possibilidade de dead spots, talvez um que valha é o NRF24LE que possui um 8051 no mesmo chip, sai arduino mas entra a programação/IDE do 8051...

Estou experimentando em outra area, criar um HUB que interconecte:
-bluetooth serial,
-serial,
ethernet(UDP/TCP/android tasker),
-IR,
-RF(dos baratinhos)
que logue as mensagens,
e possua interface WEB...
não quero usar muito alto nivel, tô implementando pouco a pouco em bash mesmo...

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: holdman_2004 on Jul 01, 2013, 07:10 pm
Ola a todos, ja li todos os posts acerca do topico e tambem estou a procura de um sistema de automaçao para a minha habitaçao.
Já tenho mais ou menos planeada a parte eletronica estou é com problemas na parte do software
Um dos pontos acentes no meu sistema de automaçao sera a comunicaçao por rs485 modbus com os modulos um em cada divisao e um cabo de 4 condutores para alimentaçao e dados.
Ja fiz alguns testes com o scababr mas isso implica ter um pc sempre ligado coisa que eu não queria dai vir pedir a vossa ajuda a quem já tenha a funcionar com arduino modbus master e slaves que me possa disponibilizar um exemplo pois ja tentei ver os que vem junto com as libs mas sem sucesso.

Obrigado a todos

Holdman_2004
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jul 01, 2013, 07:44 pm
@fabiohbm007

Interessante o Blacknet, mas como não tem bilblioteca, tem a sincronização de quando para um fala, etc., prefiro minha solução de RS485 mesmo, que só adiciona um cabo (um par para os casos que a alimentação parasita seria suficiente), mas simplifica o código (a sincronização deve ser meio complicada, se algum nó cair, todo o sistema deve ser resetado, caso contrário a sincronização vai por água abaixo, não é?).


@holdman_2004

Fiz uma biblioteca para comunicação RS845 Master - Slave, dá uma olhada em umas páginas atrás. Já estou com ideias para melhorar a biblioteca, mas por enquanto não posso alterá-la.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: fabio_h on Jul 01, 2013, 09:02 pm

@fabiohbm007

Interessante o Blacknet, mas como não tem bilblioteca, tem a sincronização de quando para um fala, etc., prefiro minha solução de RS485 mesmo, que só adiciona um cabo (um par para os casos que a alimentação parasita seria suficiente), mas simplifica o código (a sincronização deve ser meio complicada, se algum nó cair, todo o sistema deve ser resetado, caso contrário a sincronização vai por água abaixo, não é?).


A implementação do protocolo é da vontade/necessidade de cada um... O que me chamou a atenção é a parte de hardware, simplicidade, alimentação parasita...
O protocolo do cara usa o sistema round robin, todos falam, no seu tempo, se não falar, outro fala, deixando mais dinamico, a unica falha que ele relata que pode parar o barramento é se algum nó manter o linha de dados em 0V(transistor em curto?) que creio eu ser a mesma chance de acontecer no CI que gerencia o RS485, ou a fonte de celular abrir o bico e mandar 127V no 7805... pense...

Você não precisa implementar nada, no esquema master slave, que você já sabe (mas outros leitores não) master sempre fala e slave só responde.
A unica coisa a implementar é o uso de um timer/millis/watchdog/RC para detectar o timeout da pergunta...
master pergunta :  #slave01-temp%           // ele envia e dispara o timer, ex. 125ms, se receber a resposta antes, reseta e desabilita o timer,
                                                                    se houver estouro, reenvia o pacote # e % indicam inicio /fim de pacote
slave responde    :  *s01-22.5@               //  inicio e fim do pacote ( *@) 

Pense no seguinte, a cada carregador xingling, placa adicional, feita em modulos, é maior a probabilidade de alguma dar falha de componente, mau contato...
Uma coisa a se pensar para o futuro é compatibilizar os dados trafegados no BUS com o BASH do linux, o \n quebra a linha(encerra a transmissao)
assim fica facil pegar um roteador com openwrt, e ligar a serial diretamente* no barramento, fazendo interface WEB, logger, injetando comandos, etc...


Eu estou começando pelo lado inverso, um celular android com tasker que envia comandos/notificações/status/GPS pela internet ou LAN por pacotes UDP ou pag WEB.
O roteador com openwrt faz a recepção/logger/encaminhamento ao arduino, que acenderá luzes, aquecedor, ventilador, alarme, PIR, sirene,  emitirá sinais IR,RF, bluetooth...
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jul 01, 2013, 09:52 pm
Minha ideia é que a comunicação pela internet / outros dispositivos da rede (tablet, celular, etc.) é utilizar o W5100 mesmo. E o RS485 pode se comunicar com o roteador também, mas não estou afim de instalar o firmware openwrt no meu, vou fazer a comunicação via ethernet shield mesmo.

No meu caso, módulos pequenos, só com sensores não faz muito sentido, pois em todo nó o mínimo de portas que precisarei serão uns 5, entre botões, leds e relés. Então já seriam 3 fios, 2 para alimentação e 1 para a comunicação. Como não é vendido cabo traçado pronto de 3 fios (pelo menos que eu tenha conhecimento), fico nos 2 fios do RS485 mesmo. Sem contar que já é uma tecnologia field-proved.

Concordo com as fontes chinesas, quanto menos melhor! Por isso vou colocar uma rede separada de 12 v + par de cabos para comunicação serial (é só ver a PCI que estou desenvolvendo). Os relés, sensores, botões, etc., todos ficarão externos à PCI mesmo, deixar já na pci traria problemas não só de deixar o projeto mais engessado, como também no caso de falha de algum componente fica mais fácil substituir.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Jul 01, 2013, 10:12 pm
@fabiohbm007
Quote
Acompanhando o assunto, aqui um review do criador da LIB IRRemote, comentando sobre carregadores usb baratos...
http://www.righto.com/2012/03/inside-cheap-phone-charger-and-why-you.html


Ora ai esta mais um bom post sobre os carregadores chineses.
Concordo inteiramente com a conclusao do autor.Eu a utiliza-los reporto o mesmo problema no touch no meu iphone.
Chinese crap ...


Quote
Conclusions
Stay away from super-cheap AC adapters built by mystery manufacturers. Spend the extra few dollars to get a brand-name AC adapter. It will be safer, produce less interference, and your device's touchscreen will perform better.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Mortis on Jul 02, 2013, 01:24 am
Eu sempre tento reaproveitar as coisas por aqui, um belo dia eu estava usando uma fonte de celular ching ling e percebi oscilações consideráveis nas leituras das portas analógicas, perdi um bom tempo tentando perceber onde eu estava errando (circuito/programa), até que peguei uma fonte da sony que estava jogada em um canto. Como mágica o problema acabou, então desmontei ambas as fontes e lá estava, a simplicidade chinesa. Os chinocas poderiam pelo menos colocar um reguladorzinho de tensão, não é? Mesmo cobrando 1 dólar a mais o mercado ainda seria deles.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Jul 02, 2013, 02:26 am

Os chinocas poderiam pelo menos colocar um reguladorzinho de tensão, não é? Mesmo cobrando 1 dólar a mais o mercado ainda seria deles.


O problema é que a China tem cerca de 1,354,040,000 pessoas (http://en.wikipedia.org/wiki/List_of_countries_by_population) e se, imaginemos metade delas, metessem um reguladorzinho e um condensadorzinho para ter um produto um pouco melhor, a outra metade continuaria como está e colocava o seu produto um dólar mais barato no mercado.
Consegues adivinhar qual das metades ia à falência?

O problema, na realidade, não está na China mas em todos nós. Hoje em dia muito pouca gente consegue dar valor às coisas... isto aliado à falta de humildade de algumas pessoas em admitir que não sabem tudo, causa a impressão que as pessoas estão a ser roubadas quando existe uma diferenca abismal entre os precos do que, à vista desarmada, parece ser a mesma coisa.

Achas sinceramente que os nossos avós, tendo possibilidade de comprar a sua mobília no Ikea ou num carpinteiro competente (como existem aos montes nas zonas de Pacos de Ferreira e Paredes em Portugal) iam ao Ikea? Ou que iam comprar aquele casaco de Inverno à Primark?

Neste aspecto das fontes de alimentacão eu, talvez devido à formacão que tenho, sempre evitei ao máximo usar fontes que não da marca (lembram-se quando os GPSs não traziam carregador de isqueiro mas de tomada? Design fail ao máximo nível.).
Lembro-me de ter um colega meu no seu projecto final de curso com problemas nos últimos dias porque não podia levar a fonte de alimentacão do laboratório para apresentar o seu projecto e decidiu alimentar aquilo com um carregador dos Chineses... O sistema não respondia e quando respondia era errático e como foi a única coisa que mudou, acabamos por tirar uma tardinha a "brincar" com a fonte.
Viemos a descobrir que a fonte estava marcada para 12V mas colocava 18V na saída em aberto (Não é problemático, para ser sincero). Com uma certa carga na saída a fonte aninhava para perto dos 12V... mas um pouco mais de carga e o ripple era mau. Ou seja a fonte era suficiente para algo com um consumo constante próximo do seu valor regulado.

Quando eventualmente os dispositivos passaram a ser carregados por USB, passei a usar carregadores de diferentes marcas mas todas elas reconhecidas entre alguns gadgets (tendo em conta a potência deles)... ou o computador. :)

Para este projecto, que estava a pensar usar fontes USB, um dos pontos que tinha já planeados era comprar uma ou duas destas fontes e testar a qualidade das saídas e no desenho tentar minimizar o ripple com um condensador.

Tens razão quanto a placas só com sensores... acho que vou pesquisar um pouco mais a possibilidade de fazer um shield tipo protoboard com as ligacões para o nRF e talvez ligadores de parafuso (para alguns sensores dá um jeitaco) para alimentar sensores externos.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Mortis on Jul 02, 2013, 03:17 am

O problema é que a China tem cerca de 1,354,040,000 pessoas (http://en.wikipedia.org/wiki/List_of_countries_by_population) e se, imaginemos metade delas, metessem um reguladorzinho e um condensadorzinho para ter um produto um pouco melhor, a outra metade continuaria como está e colocava o seu produto um dólar mais barato no mercado.
Consegues adivinhar qual das metades ia à falência?

O problema, na realidade, não está na China mas em todos nós. Hoje em dia muito pouca gente consegue dar valor às coisas... isto aliado à falta de humildade de algumas pessoas em admitir que não sabem tudo, causa a impressão que as pessoas estão a ser roubadas quando existe uma diferenca abismal entre os precos do que, à vista desarmada, parece ser a mesma coisa.


Ninguém sabe tudo, e não importa o quanto aprenda, cada pergunta respondida da origem a mais duas perguntas.

É verdade, na china a coisa é tensa! Eu não tinha pensado na relação entre concorrência e consumidores!

Todos sabemos que os chineses focam, primeiramente, o custo, quando compramos assumimos o risco!

Ainda assim eu adoro os chinocas, apesar de as vezes me dar mal rs (comprei um carregador para baterias de Li-Ion, que possuía dois canais, possuía porque um deles já morreu  :smiley-mr-green:)!
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Jul 02, 2013, 03:49 am
Nem eu estou a dizer que a China é a culpada. Havendo procura, haverá sempre oferta. Os carregadores que foram exemplificados aqui saíram todos da China... muito mais coisas com qualidade saem da China... A Nikon tem uma fábrica de lentes lá... a Intel tem uma mega fábrica de processadores lá... e não é só em manufactura que eles são "bons". Se fores, por exemplo, à Seeedstudio.com vês electrónicas feitas na China com muito boa engenharia também.

O problema está do lado da procura não saber julgar valor. Só isso.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: icarop on Jul 02, 2013, 03:51 pm
A questão de eu ter adotado esse carregador xing-ling é o tamanho dele.
Tenho vários carregadores originais aqui em casa, mas os componentes ocupam mais espaço.

Vou testar a questão da interferência. Se for alta demais aí terei que dar outro jeito...

Alguém conhece algum outro carregador mais ou menos do mesmo tamanho que estou adotando?

Não me importo de pagar um pouco mais para ter segurança e estabilidade nesse projeto.

Estou ainda quebrando a cabeça para fazer o RF24 funcionar...
Rodei alguns exemplos, porém somente um deles funcionou com uma taxa de sucesso de 2%.
Estou verificando a questão do clock do processador e outros fatores, quando o tiver funcional aí começarei a testar com o carregador xing-ling.

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jul 02, 2013, 05:36 pm
Já estou gostando da elecrow. Eles já mandaram uma foto da PCI pronta :D.

edit: estava pensando se não seria melhor eu remover a parte conversão de 12v para 5v da PCI... tipo, a ideia seria ter ter na caixa de automação principal duas fontes como essas (http://www.soldafria.com.br/fonte-chaveada-industrial-s-120w-12v-10a-p-5891.html), sendo uma de 5v e outra de 12v (na verdadade tem algumas fontes que já possuem as duas saídas, 12v e 5v). Minha dúvida fica em três pontos:

- No início, não estava pensando em utilizar a alimentação diretamente em 5v porque tenho o receio de que com a fiação longa (sei lá, cerca de 100 m) a tensão possa diminuir e a placa e seus componentes não funcionem direito. Essa preocupação é válida?
- No caso de eu utilizar 2 fontes (acho que sai mais barato do que uma dupla!), posso ligar os GND das duas, para ter somente 5 pinos no conector da PCI (12v, 5v, GND, A e B)?
- Vi um datasheet de uma dessas fontes duplas (http://proesi.com.br/fileuploader/download/download/?d=0&file=custom%2Fupload%2Fdatasheets%2F287050%2F0.pdf) e fiquei na dúvida no item Current Range de 5v, que é 2 ~ 12A. Isso quer dizer que não tenho como conseguir correntes menores que 2A? Isso pode queimar o sistema, se ligar somente em uma placa, por exemplo, já que o consumo será bem menor que 2A, correto?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Jul 02, 2013, 07:43 pm

A sua preocupação de ter queda de tensão é válida. Tem um aplicativo para android chamado ElectroDroid (com vários mini-aplicativos, entre eles a Calculadora de Queda de Tensão) que faz esses cálculos baseado na distância, tensão, bitola do fio, material do fio e corrente consumida.

Exemplo de calculo:

material: cobre
bitola: 24 AWG
rede: DC
distância à carga: 20m
tensão: 5V
carga: 100mA
Queda de tensão: 346.24mV (6.92%)
Tensão no final do circuito: 4.654V
Seção transversal do fio: 404cmil (0.205mm2)
Diâmetro: 0.02 inch, 0.511mm

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Jul 02, 2013, 08:05 pm
Quote
Já estou gostando da elecrow. Eles já mandaram uma foto da PCI pronta smiley-grin.

Sim eles dao muita atençao ao cliente e fazem sempre isso.
O tempo de produçao tambem é de todos o melhor dos fabricantes que ja usei.
Ao olhar para a tua placa reparo que deixaste um condensador sobre um conector?Foi de proposito?
Quando a uns posts atraz mostraste a placa no eagle observei o mesmo mas nao disse nada por pensar que inda nao estava acabada.
Eles "elecrow" até ja me avisaram uma vez sobre um silkscreen um pouco fora do lugar.Nao te disseram nada?
Porque motivo deixaste o condensador assim?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jul 02, 2013, 09:15 pm

Quote
Já estou gostando da elecrow. Eles já mandaram uma foto da PCI pronta smiley-grin.

Sim eles dao muita atençao ao cliente e fazem sempre isso.
O tempo de produçao tambem é de todos o melhor dos fabricantes que ja usei.
Ao olhar para a tua placa reparo que deixaste um condensador sobre um conector?Foi de proposito?
Quando a uns posts atraz mostraste a placa no eagle observei o mesmo mas nao disse nada por pensar que inda nao estava acabada.
Eles "elecrow" até ja me avisaram uma vez sobre um silkscreen um pouco fora do lugar.Nao te disseram nada?
Porque motivo deixaste o condensador assim?


Putz, nem prestei atenção nisso! Quando movi os conectores para poder colocar os parafusos os movi para cima do capacitor, que vacilo!

Tomara que dê para consertar isso, mas acho que não terei muitos problemas... já que esse é mais um protótipo mesmo (quase final, mas continua sendo um protótipo).

E não, a elecrow não me avisou nada... mas continuam com pontos comigo, afinal o erro foi meu.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: holdman_2004 on Jul 03, 2013, 04:22 pm
ola LegendBR
a lib que criaste foi a MasterSlaveFuji.cpp
Dá para clocar aqui um exemplo para entender melhor o funcionamento

Cumps
holdman_2004
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jul 03, 2013, 05:44 pm
Dá só a partir do dia 15, pois estou embarcado, sem acesso aos códigos.

Mas vou ver se consigo postar um exemplo antes disso.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: holdman_2004 on Jul 03, 2013, 09:48 pm
Ok. obridado

Holdman_2004
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: icarop on Jul 03, 2013, 10:42 pm

...
- Vi um datasheet de uma dessas fontes duplas (http://proesi.com.br/fileuploader/download/download/?d=0&file=custom%2Fupload%2Fdatasheets%2F287050%2F0.pdf) e fiquei na dúvida no item Current Range de 5v, que é 2 ~ 12A. Isso quer dizer que não tenho como conseguir correntes menores que 2A? Isso pode queimar o sistema, se ligar somente em uma placa, por exemplo, já que o consumo será bem menor que 2A, correto?


Até onde sei a corrente que ele informa é o que a fonte suporta.
Quem vai ditar o uso da corrente é o dispositivo que a está usando.

Claro que se você ligar um led, como o led não possui resistor ele vai puxar toda a corrente disponível fazendo-o queimar, mas isso não ocorre com outros componentes, pelo menos até onde sei.
O problema seria se todo o circuito que você montou precisasse de mais corrente do que a fonte suporta, aí a fonte queimaria.

Uma forma fácil de você verificar essas coisas é com um voltímetro. É só medir a corrente que o seu circuito puxa, ligando em uma fonte com maior amperagem você vai verificar que o seu circuito não vai puxar mais corrente em função disso.

Me corrijam se eu estiver errado.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jul 04, 2013, 02:25 am
Concordo que normalmente seria isso, mas porque ele informa um range de corrente, e não somente a corrente máxima? Achei meio estranho, mas...
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Jul 04, 2013, 04:49 am
Também achei estranho citar o range.
Semana passada compramos duas fontes dessas para alimentar alguns equipamentos wireless no trabalho e o consumo não chega a 2A. Esta rodando sem problema.
Já tínhamos uma fonte semelhante (fisicamente pelo menos) a essa em um rack da Oi alimentando um bastidor com modems adsl. Apesar de termos reserva, nunca vi essas fontes darem defeito.
Uma outra alternativa mais barata e fácil de encontrar seria uma fonte de computador, nela você +12v, -12v, 5v e 3.3v com suporte até 20A de carga dependendo da fonte.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Jul 04, 2013, 08:29 am

Dá só a partir do dia 15, pois estou embarcado, sem acesso aos códigos.


Férias de luxo? Ou trabalho mesmo? :P
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jul 04, 2013, 09:05 am


Dá só a partir do dia 15, pois estou embarcado, sem acesso aos códigos.


Férias de luxo? Ou trabalho mesmo? :P


hehehe, trabalho mesmo, plataforma de petróleo :P.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Jul 04, 2013, 10:53 am
LOL Quem diria que estamos ligados pelo nosso trabalho também, hein???

Queres dizer o nome a ver se eu a conheco? :)
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Mortis on Jul 04, 2013, 02:20 pm

(...)
Uma forma fácil de você verificar essas coisas é com um voltímetro. É só medir a corrente que o seu circuito puxa, ligando em uma fonte com maior amperagem você vai verificar que o seu circuito não vai puxar mais corrente em função disso.

Me corrijam se eu estiver errado.


Até onde entendo (corrijam-me se me falta algo de entendimento), é exatamente isso.

Na fonte temos indicação da capacidade de fornecer corrente, "pode ser que" os 2A sejam referenciais e os 12A sejam a capacidade máxima, ou seja, se exigir mais que 12A do canal de o funcionamento fica comprometido. Normalmente temos a tabela de mínimo/tipico/máximo nos datasheets, o que deixa bem claro, neste caso creio que só o fabricante pode dizer com certeza.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jul 07, 2013, 01:35 am
Fiz uma alteração na biblioteca do RS485, mas como não tenho como testar (fiz somente no bloco de notas), vou colocar um exemplo de código Master - Slave utilizando ela (novamente, não tenho como testar, então se aparecer algum erro, me avisem!).

Primeiro vamos ao protocolo. A parte que nos interessa é a seguinte:

- int id: ID do módulo de destino da mensagem;
- char command: caracter do comando (por exemplo "L" para definir status das lâmpadas, "S" para informar valor de sensor, etc.);
- int function: número do comando/função (por exemplo, S02 requisita o valor do sensor 2);
- byte data1 ... byte data4: dados.

No exemplo abaixo o Master manda o Slave acender uma lâmpada ("L01") e 500 ms depois manda apagar, e depois de 500 ms manda acender novamente. Como é só uma lâmpada, para acender usarei os dados 0001 e apagar 0000:

Code: [Select]

#include "MasterSlaveFuji.h"

// Utilizarei o ID do Master como sendo 0
#define ID 0

// O pino 2 será utilizado para enable/disable do RS485
#define ENABLEPIN 2

MasterSlaveFuji *rs485;

void setup()
{
  pinMode(ENABLEPIN,OUTPUT);
  Serial.begin(9600);
  rs485 = new MasterSlaveFuji(ID, &Serial, ENABLEPIN);
}

void loop()
{
  // Envia comando L01 para o slave 02 para acender a lâmpada:
  rs485->sendENQ(2, 'L', 1, MasterSlaveFuji::Positive, '0', '0', '0', '1');
 
  // Aguarda confirmação de que o comando foi recebido, com 500 ms de time out:
  rs485->waitForMessage(500);
 
  // Verifica se houve resposta e se ela foi do tipo ACK (Acknowledgement). Se não for, tratar erro
  if ((!rs485->updated()) || (rs485->type != MasterSlaveFuji::ACK))
  {
    // Tratar erro
  }
 
  // Aguarda 500 ms
  delay(500);
 
  // Envia comando L01 para o slave 02 para apagar a lâmpada:
  rs485->sendENQ(2, 'L', 1, MasterSlaveFuji::Positive, '0', '0', '0', '0');
 
  // Aguarda confirmação de que o comando foi recebido, com 500 ms de time out:
  rs485->waitForMessage(500);
 
  // Verifica se houve resposta e se ela foi do tipo ACK (Acknowledgement). Se não for, tratar erro
  if ((!rs485->updated()) || (rs485->type != MasterSlaveFuji::ACK))
  {
    // Tratar erro
  }
 
  // Aguarda 500 ms
  delay(500);
 
}


O código do slave seria o seguinte (para a lâmpada usaremos o pino 13, aproveitando o LED do Arduino Uno):

Code: [Select]

#include "MasterSlaveFuji.h"

// Slave com ID 2
#define ID 2

// O pino 2 será utilizado para enable/disable do RS485
#define ENABLEPIN 2

// Pino da lâmpada
#define LEDPIN 13

MasterSlaveFuji *rs485;

void setup()
{
  pinMode(ENABLEPIN,OUTPUT);
  pinMode(LEDPIN,OUTPUT);
  Serial.begin(9600);
  rs485 = new MasterSlaveFuji(ID, &Serial, ENABLEPIN);
}

void loop()
{
 
  // Espera um comando:
  rs485->waitForMessage(500);
 
  // Verifica se tem uma nova mensagem/comando:
  if (rs485->updated())
  {
    // Verifica se o comando do tipo ENQ:
    if (rs485->type == ENQ)
    {
      // Verifica se o comando foi o F01:
      if ((rs485->command == 'F') && (rs485->function == 1))
      {
        // Acende ou apaga a lâmpada:
        digitalWrite (LEDPIN,rs485->data4 == '1');
       
        // Informa ao Master que o comando foi entendido e realizado:
        rs485->sendACK(0, 'F', 1, rs485->sign, rs485->data1, rs485->data2, rs485->data3, rs485->data4);

      }
      else
      {
        // Informa que a função não é reconhecida
        rs485->sendNAK(0, rs485->command, rs485->function, rs485->sign, rs485->data1, rs485->data2, rs485->data3, rs485->data4);
      }
    }
    else
    {
      // Trata se o comando não foi do tipo ENQ
    }
  }
}


Qualquer dúvida, podem perguntar!
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jul 07, 2013, 02:22 pm
Desculpem o double post, mas queria consultar os senhores sobre uma outra questão.

Estava fazendo as contas da corrente necessária para cada módulo. Cheguei às seguintes contas:

- Considerando 2 relés: 2 x (80 mA (relé) + 20 mA (optoacoplador))= 200 mA (apesar do vendedor falar em 15-20 mA por relé, só encontrei datasheet que fala em 71,4 mA, então não sei o que considerar);
- RS485: pelo o que entendi, praticamente não consome energia (900 uA);
- 6 leds: 6 x 30 mA = 180 mA;
- ATMega328P: 50 mA? 100 mA?
- Sensores: 100 mA (muito? pouco?).

- Total: 580 mA x 5V = 2,9 W

Considerando uns 30 módulos (devem ser menos, mas para efeito de cálculo, devo exagerar), seriam 87 W. Colocando ineficiência, erro de cálculo, etc., vamos chutar uns 150 W. Alimentando tudo com 12V, eu poderia chegar a 12,5 A, é isso mesmo? Fiquei um tanto assustado agora.

Levando em conta que vai funcionar a metade do tempo, seriam cerca de 54 kWh por mês, que me custariam uns R$ 16,00. Como está tudo exagerado (não vou ficar 12h por dia com todas as lâmpadas acesas), o custo mensal não está ruim, mas a corrente estou achando muito alta...
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Jul 07, 2013, 11:32 pm
Quote
Como está tudo exagerado (não vou ficar 12h por dia com todas as lâmpadas acesas), o custo mensal não está ruim, mas a corrente estou achando muito alta...

Olhando assim para as tuas contas por alto parecem correctas. De facto a fonte vai ter de ser bem jeitosa para debitar os 12 A.
Ja agora uma pergunta off-topic visto estares a contruires a casa a parte electrica vai depender inteiramente neste sistema que estas a construir ou irá ficar paralelo ao sistema tradicional?
É que se dependeres totalmente do sistema que estas a montar e depois tiveres algum problema com o sistema(bug no codigo, falha de design, os bicos que custumam aparecer quando se desenvolve)ficas tramado.

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Jul 08, 2013, 04:11 am
LegendBR, estou esperando chegar meus max485 pra testar sua lib. vai ser muito útil pra mim, seu código esta bem comentado e enxuto. parabéns.

sobre o consumo você acabou de ascender um alerta. acho que será necessário mais de um ponto para alimentar toda a rede de arduinos. será que um triac no lugar do relé não seria melhor?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: zurgbr on Jul 08, 2013, 02:34 pm
bom dia.
Ta ficando ótimo isso aqui. Preciso aprender mais ;) .
Comecei a fazer o meu, vou implantar em um ap 2 quartos. Mas estou com muita dificudade com o ethernet shield.
Consegui ligar e desligar o led, atravez do GET do http.
um pushbutton eu ligo e desligo o led tbm.
Porem..
Não consigo juntar os dois em um comando só..
minha ideia:
-estado inicial
-comandoFISICO(pushbutton)
-comandoWEB
- estado do led
se comando Fisico ou web for diferente do estado inicial, muda o estado do led e o estado inicial..

passei o domingo apanhando =(
alguem pode me dar uma força..
algum material pra leitura mais especifico.

os comandos separados ok..
mas juntar os dois é que tá complicado.

do mais obrigado.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Mortis on Jul 08, 2013, 02:42 pm

os comandos separados ok..
mas juntar os dois é que tá complicado.


zurgbr,

Qual é exatamente o problema, descreve a situação com mais detalhes e posta o código para que possamos ver o que se passa.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Jul 08, 2013, 02:46 pm
Por acaso tens aí o código que já fizeste?

Code: [Select]

unsigned char estado_actual = 0; //desligado.
unsigned char estado_botao = 0;
unsigned char estado_web = 0;

//sempre que enviares um comando, a luz muda de estado.

if (estado_botao == 1 || estado_web = 1) {
  estado_botao = 0; //reset...
  estado_web = 0; //reset...
  if (estado_actual == 0) estado_actual = 1;
  else estado_actual = 0;
  digitalWrite(pino, estado_actual);
}




Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jul 08, 2013, 03:20 pm
É, pelo jeito vou ter que alimentar com um par de cabos de pelo menos 2,5 mm² mesmo. Quando o módulo de relés chegar e eu finalizar o projeto (quantidade de botões, relés, etc.) faço as contas mais precisas de qual corrente/potência vou precisar. Mas já vi que alimentar com o cabo de rede está praticamente fora de cogitação.

@HugoPT

Não é off-topic não, tudo faz parte da automação :).

O sistema é dependente e não é ao mesmo tempo. O projeto elétrico foi feito para um sistema convencional, com interruptores. Para modificar o sistema para automatizado, vou adicionar um outro eletroduto nas caixas onde ficariam os interruptores (que serão todas de 4" x 4", ao invés do padrão 4 " x 2"), e substituir os interruptores por relés.

Daí se der problema em alguma coisa, só preciso colocar interruptores no lugar dos relés.

@mardden

Bom que gostou da biblioteca, a alteração dela eu gostei mais, quando puder testar eu posto aqui.

Pensei em fazer isso, mas tenho a impressão de que o consumo vai ser ainda maior, sem contar que o sistema fica mais complexo. Mas vou estudar essa possibilidade.

edit: adicionei uma imagem do esquema que irei fazer.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: zurgbr on Jul 08, 2013, 03:56 pm
o codigo que eu tentei..
aqui funciona acionamento via web.. ok..
Code: [Select]
void loop() {

  EthernetClient client = server.available();
  if (client) {
    boolean currentLineIsBlank = true;
    String vars; //criar variavel para verificar o on off
    byte varOnOff=0; //variavel inicial 0
    while (client.connected()) {
      if (client.available()) {
        char c = client.read();
        Serial.print(c);
        vars.concat(c);
        if(vars.endsWith("/on")) varOnOff=1; //
          else if(vars.endsWith("/off")) varOnOff=2;
        if (c == '\n' && currentLineIsBlank) {
 
         
          client.println("HTTP/1.1 200 OK");
          client.println("Content-Type: text/html");
          client.println();
         
          client.print("<h1><a href='/off'>Servidor web</a>/<h1>");
         
          if(varOnOff == 1){
            client.println("<a href='/off'><button style='border: 1px solid #ff0000; border-left: 10px solid #ff0000' type='button'>Led ligado</button></a>");
            digitalWrite(30,HIGH);
          }
          else if(varOnOff == 2){
            client.print("<a href='/on'><button style='border: 1px solid #000; border-left: 10px solid #000' type='button'>Led desligado</button></a>");
            digitalWrite(30,LOW);
          }
         
          break;


Esse é outro q tentei..

Code: [Select]
byte led = 30;
byte botao = 31;
boolean stadoled = false;
boolean web;
byte cmdo;

void setup() {
// Open serial communications and wait for port to open:
  Serial.begin(9600);
  pinMode(led,OUTPUT);
  pinMode(botao,INPUT);
  digitalWrite(botao,1);
   while (!Serial) {
    ; // wait for serial port to connect. Needed for Leonardo only
  }


  // start the Ethernet connection and the server:
  Ethernet.begin(mac, ip);
  server.begin();
  Serial.print("server is at ");
  Serial.println(Ethernet.localIP());
}


void loop() {
  // listen for incoming clients
  EthernetClient client = server.available();

Serial.print(cmdo);
Serial.print(web);
Serial.println(stadoled);

  if (digitalRead(botao) == 0){
            stadoled = !stadoled; 
            digitalWrite(led,stadoled);
            delay(200);
            }
     
  if (client) {
    boolean currentLineIsBlank = true;
   
    String vars; //criar variavel para verificar o on off
    while (client.connected()) {
      if (client.available()) {
        char c = client.read();
        Serial.print(c);
        vars.concat(c);
        if(vars.endsWith("/l1")){
          stadoled = !stadoled;
        }       
   
        if (c == '\n' && currentLineIsBlank) {
          // send a standard http response header
          client.println("HTTP/1.1 200 OK");
          client.println("Content-Type: text/html");
         
          client.println();
           
          if (stadoled == 1){
            client.print("led on");
            digitalWrite(led,stadoled);
          }
          else{
            client.print("led off");
            digitalWrite(led,stadoled);
          }
           
          break;


fora outros q eu tentei e não salvei...  :smiley-roll-sweat: :smiley-roll-sweat:

obrigado pela ajuda..
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: zurgbr on Jul 08, 2013, 04:11 pm
tentei fazer assim tambem..
Code: [Select]

byte led = 30;
byte botao = 31;
boolean stadoled = false;
boolean cmdweb = false;
boolean cmdBotao = false;
boolean estadoInicial;
boolean estado;

void setup() {
...
}


void loop() {

  EthernetClient client = server.available();

  if (digitalRead(botao) == 0){
            cmdBotao = !cmdBotao; 
            delay(200);
            }
     
  if (client) {
    boolean currentLineIsBlank = true;
   
    String vars; //criar variavel para verificar o on off
    while (client.connected()) {
      if (client.available()) {
        char c = client.read();
        Serial.print(c);
        vars.concat(c);
        if(vars.endsWith("/l1")){
          cmdweb = !cmdweb;
        }       
   
        if (c == '\n' && currentLineIsBlank) {
          // send a standard http response header
          client.println("HTTP/1.1 200 OK");
          client.println("Content-Type: text/html");
         
          client.println();
           if (cmdBotao ||cmdweb != estadoInicial){
              estado = !estado;
             digitalWrite(led,estado);
               estadoinicial = estado;
             }
                 
           
          break;


tbm não funcionou..  :smiley-sweat: :smiley-sweat:
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: zurgbr on Jul 08, 2013, 04:15 pm

Por acaso tens aí o código que já fizeste?

Code: [Select]

unsigned char estado_actual = 0; //desligado.
unsigned char estado_botao = 0;
unsigned char estado_web = 0;

//sempre que enviares um comando, a luz muda de estado.

if (estado_botao == 1 || estado_web = 1) {
  estado_botao = 0; //reset...
  estado_web = 0; //reset...
  if (estado_actual == 0) estado_actual = 1;
  else estado_actual = 0;
  digitalWrite(pino, estado_actual);
}






vou tentar vazer esse a tarde posto o resultado..
muito obrigado bubulindo
não quero pedir codigos prontos, dar trabalho pros outros..
Mas quando eu leio eu intendo melhor..  :smiley-yell: :smiley-yell:

Porque usar unsigned char?
ja que é  0 ou 1?


Grato
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Jul 08, 2013, 04:38 pm
Porque boolean não faz parte da definição do C++ (é bool que faz).

boolean é nada mais nada menos que um novo tipo criado pelos senhores do Arduino... se abrires o ficheiro Arduino.h vais ver que a definição de boolean é nada mais nada menos que unsigned char.
O motivo pelo qual é unsigned char é que esse é o tipo de dados mais pequeno que se pode usar.

0 e 1 são estados da variável.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jul 08, 2013, 06:00 pm
Vi esse link (http://www.cuin.com.br/2012/08/rele-de-estado-solido-para-arduino-open-hardware/) e aparentemente fazer um relé de estado sólido não é tão complicado utilizando um TRIAC. E o consumo de corrente cai para somente o do MOC3021, que será de 50 mA, diminuindo drasticamente a corrente para cada módulo.

Já comprei uns componentes para testar, imagino que a segurança do TRIAC seria a mesma do relé, correto? E a questão de dissipação de calor, será que é preciso deixar o TRIAC deitado mesmo, ou dá para deixá-lo em pé mesmo, para aproveitar espaço na PCB?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Jul 08, 2013, 06:22 pm
Quote
Porque boolean não faz parte da definição do C++ (é bool que faz).

bool tambem nao faz :smiley-mr-green:
Os unicos tipo de dados nativos do C sao apenas 4 que sao char, int, float e double.
o bool nao é nada mais que uma macro implementada no stdbool.h para devolver True para qualquer valor diferente de 0 e false para valores iguais a 0.

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: zurgbr on Jul 08, 2013, 06:40 pm

Quote
Porque boolean não faz parte da definição do C++ (é bool que faz).

bool tambem nao faz :smiley-mr-green:
Os unicos tipo de dados nativos do C sao apenas 4 que sao char, int, float e double.
o bool nao é nada mais que uma macro implementada no stdbool.h para devolver True para qualquer valor diferente de 0 e false para valores iguais a 0.




so tem cara bom aqui..  8) 8)
Acho q não consegui fazer funcionar com meus codigos iniciantes pq a led estava ligada no pino 50 do arduino mega..

e ela ficava acesa sempre a uns 30% da potencia..
acho q o pino ta sendo usado pelo shield ethernet..

acabei de ver é isso mesmo.. nada de usar os pino 50,51,52,53..
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jul 08, 2013, 07:04 pm
Acabei de ver aqui, comprei o MOC3021, mas parece que ele é indicado para 250 VAC, e a corrente na minha casa é 110 VAC. Pelo o que entendi, deve funcionar, só não vai ter corte no caso de sobre-tensão (ele é feito para trabalhar com até 400 VAC). É isso mesmo? Deve funcionar com 110 VAC sem problemas?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Jul 08, 2013, 07:10 pm
Quote
acabei de ver é isso mesmo.. nada de usar os pino 50,51,52,53..

Sim nao podes porque esses pinos sao os pinos do interface SPI e como estas a usar a ethernet shield ela comunica por ai logo nao podem ser usadas para outros fins.
Quote
MOC3021, mas parece que ele é indicado para 250 VAC, e a corrente na minha casa é 110 VAC

Tens noçao que isso nao é um triac mas sim um triac Driver correcto.Ele serve apenas para comandar um triac que trabalhe nessas tensoes que referes.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jul 08, 2013, 07:22 pm

Tens noçao que isso nao é um triac mas sim um triac Driver correcto.Ele serve apenas para comandar um triac que trabalhe nessas tensoes que referes.


Sim, ele é um optoisolador, para separar com segurança a parte lógica da parte de potência. Mas no datasheet ele fala nos 250 VAC (http://pdf.datasheetcatalog.com/datasheet/QT/MOC3021.pdf). Daí surgiu a dúvida, se não teria problema utilizar o MOC3021 em uma rede 110 VAC.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Jul 08, 2013, 08:49 pm
Acredito que o TRIAC BTA12-600 já deve resolver (vamos ver o datasheet).
Além da vantagem de ter maior durabilidade que o relé, ainda podemos usar como dimmer.
Só fica a dúvida na dissipação do calor. alguém sabe informar em até quantos watts na carga eu posso ignorar um dissipador no triac?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: zurgbr on Jul 08, 2013, 09:02 pm

Por acaso tens aí o código que já fizeste?

Code: [Select]

unsigned char estado_actual = 0; //desligado.
unsigned char estado_botao = 0;
unsigned char estado_web = 0;

//sempre que enviares um comando, a luz muda de estado.

if (estado_botao == 1 || estado_web = 1) {
  estado_botao = 0; //reset...
  estado_web = 0; //reset...
  if (estado_actual == 0) estado_actual = 1;
  else estado_actual = 0;
  digitalWrite(pino, estado_actual);
}






bom.. o codigo funcionou.
mas tenho que segurar o botão por muito tempo..

o q eu quero fazer é acender e apagar uma led por um botão.
Code: [Select]

boolean est_botao = 0
if(digitalRead(botao)==0){
 est_botao = !est_botao;
digitalWrite(led,est_botao);
}

e comando web.
quando apertar o botão on liga a led..( comando_web = 1)
quando apertar o off desliga.. (comando_web = 2)
Code: [Select]

if (comando_web == 1){
 digitalWrite(led,HIGH);
 }else if(comando_web == 2){
   digitalWrite(led,LOW);
 }

mas em que parte do codigo eu coloco essas linhas?
quero quando clicar o no botão  por no maximo um segundo, a luz acenda.

alguma dica?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jul 08, 2013, 09:23 pm

Acredito que o TRIAC BTA12-600 já deve resolver (vamos ver o datasheet).
Além da vantagem de ter maior durabilidade que o relé, ainda podemos usar como dimmer.
Só fica a dúvida na dissipação do calor. alguém sabe informar em até quantos watts na carga eu posso ignorar um dissipador no triac?



Concordo com a durabilidade, porém para utilizar como dimmer não é tão simples. Pelo menos não é minha intenção, uma vez que para utilizar o TRIAC como dimmer é preciso ter lâmpadas incandescentes, o que não é minha ideia. Para dimmer, vou utilizar LEDs com PWM através de transistores.

Fica a dúvida da dissipação de calor e se o TRIAC tem alguma utilização não recomendada, como lâmpadas eletrônicas, motores, solenóides, etc.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jul 08, 2013, 09:30 pm

e comando web.
quando apertar o botão on liga a led..( comando_web = 1)
quando apertar o off desliga.. (comando_web = 2)
Code: [Select]

if (comando_web == 1){
 digitalWrite(led,HIGH);
 }else if(comando_web == 2){
   digitalWrite(led,LOW);
 }

mas em que parte do codigo eu coloco essas linhas?
quero quando clicar o no botão  por no maximo um segundo, a luz acenda.

alguma dica?


Muda essa parte para isso:

Code: [Select]

if (comando_web == 1){
  est_botao = true;
  digitalWrite(led,HIGH);
  }else if(comando_web == 2){
    est_botao = false;
    digitalWrite(led,LOW);
  }
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Jul 09, 2013, 05:21 am
sobre o dimmer de led com triac segundo um colega é possível. a dica de ouro é:
você deve usar um transformador 110v para 12v e ligar a lâmpada de led direto nele.
então liga o dimmer no transformador. mas tem que ser led de 12V.
As lâmpadas de led prontas para ligar em 110v/220v vem com circuito interno
que "impedem" a dimmerização.

O "impedir a dimmerização" deve ser um efeito colateral do circuito ao tratar as pequenas
variações na rede (essa é a minha explicação de ignorante coerente :D ).
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Jul 09, 2013, 03:38 pm

bool tambem nao faz :smiley-mr-green:
Os unicos tipo de dados nativos do C sao apenas 4 que sao char, int, float e double.

Daí eu ter dito C++ e não C. ;)


Vi esse link (http://www.cuin.com.br/2012/08/rele-de-estado-solido-para-arduino-open-hardware/) e aparentemente fazer um relé de estado sólido não é tão complicado utilizando um TRIAC. E o consumo de corrente cai para somente o do MOC3021, que será de 50 mA, diminuindo drasticamente a corrente para cada módulo.

Já comprei uns componentes para testar, imagino que a segurança do TRIAC seria a mesma do relé, correto? E a questão de dissipação de calor, será que é preciso deixar o TRIAC deitado mesmo, ou dá para deixá-lo em pé mesmo, para aproveitar espaço na PCB?


Eu em tempos... há 10 anos atrás. Usei um desses MOCs com um TRIAC para controlar uma máquina de café. Tinha uma lâmpada, uma caldeira e duas bombas. Na altura coloquei os TRIACs virados de costas uns para os outros e um dissipador entre eles. Infelizmente não tenho fotos comigo aqui. Estão em Portugal. :(

Dimming com triacs é uma possibilidade... mas tem de ser com o MOC sem detecção de passagem por zero para funcionar bem. No entanto, nota que isso traz uns harmónicos chatos para a rede. Daí que fazer isso com LEDs e transistores é muito melhor... e mais seguro.

@zurgbr

Importas-te de criar um novo tópico para a tua questão? Está visto que é um problema de programação, logo confunde menos se criares uma thread só para o teu problema. ;)



Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: zurgbr on Jul 09, 2013, 06:00 pm


@zurgbr

Importas-te de criar um novo tópico para a tua questão? Está visto que é um problema de programação, logo confunde menos se criares uma thread só para o teu problema. ;)


Consegui resolver graças a vocês..
dei uma esfriada na cabeça e saiu..
pegueia  a dica do LegendBR e deu certo..

to doido pra ver esse projeto sair do forum.. :P :D :)
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jul 09, 2013, 07:07 pm


Vi esse link (http://www.cuin.com.br/2012/08/rele-de-estado-solido-para-arduino-open-hardware/) e aparentemente fazer um relé de estado sólido não é tão complicado utilizando um TRIAC. E o consumo de corrente cai para somente o do MOC3021, que será de 50 mA, diminuindo drasticamente a corrente para cada módulo.

Já comprei uns componentes para testar, imagino que a segurança do TRIAC seria a mesma do relé, correto? E a questão de dissipação de calor, será que é preciso deixar o TRIAC deitado mesmo, ou dá para deixá-lo em pé mesmo, para aproveitar espaço na PCB?


Eu em tempos... há 10 anos atrás. Usei um desses MOCs com um TRIAC para controlar uma máquina de café. Tinha uma lâmpada, uma caldeira e duas bombas. Na altura coloquei os TRIACs virados de costas uns para os outros e um dissipador entre eles. Infelizmente não tenho fotos comigo aqui. Estão em Portugal. :(

Dimming com triacs é uma possibilidade... mas tem de ser com o MOC sem detecção de passagem por zero para funcionar bem. No entanto, nota que isso traz uns harmónicos chatos para a rede. Daí que fazer isso com LEDs e transistores é muito melhor... e mais seguro.


Mas uma máquina de café tem muito mais potência do que as lâmpadas que irei controlar, que serão todas eletrônicas, com no máximo 120 W, considerando 3 de 40 W, dando pouco mais do que 1 A. Será que precisa de dissipador de calor?

Pelos datasheets e informações que andei lendo dos TRIACs, a potência dissipada é da ordem de 1 W, parece que não depende muito da corrente, não é? Ou estou enganado?

De qualquer forma, vou ter as duas opções, relés e TRIACs, então se tiver alguma utilização que eu me sinta mais confortável com o relé (como acionar uma bomba, por exemplo), tenho a opção.


@mardden

Como disse o bubulindo, dimmer com transistor com lâmpadas de LEDs é mais interessante e mais simples. Para fazer dimmer com TRIAC você tem que utilizar um MOC para detectar quando a rede passa por zero, tem que utilizar o pino 2 por conta do interruptor (e já estou utilizando o pino 2 para o RS485)... então vai com transistor mesmo.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: zurgbr on Jul 10, 2013, 02:20 pm
Bom dia galera.
LegendBR,
Já sabe como vai fezer o controle do seu sistema(html, osc)?
o html fiz um mixuruca aqui mas funcionou legal.
agora vou testar o OSC, mas queria implantar os dois..
só que eu acho que o código vai ficar muito grande.
no html vou usar o get..
o osc acho que usa get também, pois ele envia ip, porta, comando, e valor..
mas ele permite uma retorno, onde se eu ligar pelo botão, ele me mostra na tela qual luz foi acionada.
coisa que no html eu teria que fazer dois comando. mostrar 1 botão se estado =1 e outro botão se estado =0.
se você já chegou por aqui da uma luz ai pragente.. ;)
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jul 10, 2013, 05:09 pm
Cheguei a pensar em fazer uma página em HTML5 (quero uma interface mais bonita, e talz), mas depois acabei desistindo e vou desenvolver um app para Android mesmo, que possa controlar pelo tablet ou pelo celular, estando em casa ou fora.

Ainda estou começando o desenvolvimento, mas minha ideia é utilizar o mesmo protocolo de comunicação que vou utilizar entre os nós, através de um GET mesmo. Mas ainda não testei, então não sei se vai funcionar bem (deve funcionar, mas...).

Para ser sincero, estou pensando até em contratar alguém para desenvolver essa parte da WEB. Tem muita possibilidade, tem a parte de segurança, parte gráfica... não sei se vale a pena eu me desgastar tanto com essa parte.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: zurgbr on Jul 10, 2013, 05:15 pm
eu quero fazer um login para a pagina..
quero ter o web tbm, caso o app tenha algum problema, baterias, 3g, rede da operadora..
nunca se sabe..
vou fazer metodo get também. ja consegui fazer o html  e o físico,  agora falta o app..
terminando o app, eu vou tentar integrar os tres planos..
depois que eu fizer o app eu posto resultados.
:smiley-mr-green:
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Jul 11, 2013, 05:03 pm
zurgbr, você tem um bom desafio ai :D
Para acessar via internet o seu sistema de automação, o ideal é que seja com criptografia.
Enviar senha em texto plano não é seguro.

Uma dica é tentar implementar (via http) algo parecido como o protocolo chap (http://www.ietf.org/rfc/rfc1994.txt)

Basicamente seria:
pré-requisito:
um algoritmo de hash
um algoritmo de número randômico
cliente com senha "x"
servidor Arduino com a mesma senha "x" do cliente

- quando o cliente enviar uma solicitação de "login";
- o servidor retorna uma "string aleatória"***;
- o cliente concatena a "string aleatória" com a solicitação desejada, faz um hash e envia para o servidor;
- o servidor recebe o hash do cliente, faz o hash da "string aleatória" com as opções predefinidas (acender/apagar lâmpada X, etc), compara e executa a ação solicitada.

***a string aleatória é somada a solicitação em texto plano e feito o hash. essa string deve ser diferente a cada conexão.

Ainda não cheguei nessa parte do meu projeto. Mas se eu não usar um linux com apache+php+ssl e arduino master na usb ou ethernet (ponto-a-ponto), tentarei fazer algum como descrevi acima.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: zurgbr on Jul 11, 2013, 05:37 pm

zurgbr, você tem um bom desafio ai :D
Para acessar via internet o seu sistema de automação, o ideal é que seja com criptografia.
Enviar senha em texto plano não é seguro.

Uma dica é tentar implementar (via http) algo parecido como o protocolo chap (http://www.ietf.org/rfc/rfc1994.txt)

Basicamente seria:
pré-requisito:
um algoritmo de hash
um algoritmo de número randômico
cliente com senha "x"
servidor Arduino com a mesma senha "x" do cliente

- quando o cliente enviar uma solicitação de "login";
- o servidor retorna uma "string aleatória"***;
- o cliente concatena a "string aleatória" com a solicitação desejada, faz um hash e envia para o servidor;
- o servidor recebe o hash do cliente, faz o hash da "string aleatória" com as opções predefinidas (acender/apagar lâmpada X, etc), compara e executa a ação solicitada.

***a string aleatória é somada a solicitação em texto plano e feito o hash. essa string deve ser diferente a cada conexão.

Ainda não cheguei nessa parte do meu projeto. Mas se eu não usar um linux com apache+php+ssl e arduino master na usb ou ethernet (ponto-a-ponto), tentarei fazer algum como descrevi acima.



ai eu penso..  :smiley-roll-sweat: :smiley-roll-sweat: :smiley-roll-sweat:

colocar senha em texto plano eu sei qur não é seguro..
mas evita que alguem entre no ip e começe a ligar e desligar luzes né, aqueles amigos que querem brincar com a nossa cara.. :D
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jul 11, 2013, 05:50 pm
É, vou contratar um web designer mesmo, está decidido :smiley-yell:.

Se conhecer alguém que faça um preço bom aqui em AJU, mardden, pode me indicar. Tenho um raspberry pi que pode servir de servidor para a página web.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Jul 11, 2013, 06:09 pm
tenho ideia que vocês podem ver o mac address do cliente no shield ethernet. podem filtrar tudo por mac address se der.

É por estas e por outras que eu não me meto numa coisa dessas. Visualizar, tudo bem... comandos na rede local também, algo mais está fora de questão.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jul 11, 2013, 06:50 pm
Filtro de mac não é tão seguro assim... eu também achava que era, até ler que como é muito fácil para um hacker copiar um endereço MAC, não vale muito a pena. Entre não ter nenhuma segurança e ter um filtro de MAC, lógico que o segundo é melhor, mas aí você também começa a ter problemas de muita rigidez no sistema: a ideia de ter uma pagina WEB ou similar é conseguir acessar de qualquer lugar, mesmo que seu celular/tablet não esteja disponível (bateria, falta de sinal, etc.).

Mas acredito que não seja nada muito complicado não. De qualquer forma eu já teria um servidor web funcionando em casa (raspberry pi rocks!), então criar um sistema seguro não deve ser tão complexo assim, para quem já conhece não tem muita bronca.

Tenho uns conhecidos que já mexeram com PHP e etc., acho que vou pagar uma cerveja para um deles mesmo e resolver esse problema :smiley-yell:.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: zurgbr on Jul 11, 2013, 07:43 pm

Filtro de mac não é tão seguro assim... eu também achava que era, até ler que como é muito fácil para um hacker copiar um endereço MAC, não vale muito a pena. Entre não ter nenhuma segurança e ter um filtro de MAC, lógico que o segundo é melhor, mas aí você também começa a ter problemas de muita rigidez no sistema: a ideia de ter uma pagina WEB ou similar é conseguir acessar de qualquer lugar, mesmo que seu celular/tablet não esteja disponível (bateria, falta de sinal, etc.).

Mas acredito que não seja nada muito complicado não. De qualquer forma eu já teria um servidor web funcionando em casa (raspberry pi rocks!), então criar um sistema seguro não deve ser tão complexo assim, para quem já conhece não tem muita bronca.

Tenho uns conhecidos que já mexeram com PHP e etc., acho que vou pagar uma cerveja para um deles mesmo e resolver esse problema :smiley-yell:.


mas se for pensar em hyper segurança..
não saio de casa, não entro no face, não uso internet, e fico com o interruptores comuns..
Confere?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Jul 11, 2013, 08:09 pm
bubulindo,

Filtro por mac só vai funcionar se estiver no mesmo barramento, ou seja, na rede interna. passou por um roteador o endereço mac não é propagado.
Além de clonar mac é muito simples e não precisa ser hacker. exemplo: no próprio arduino+ethernet a gente diz qual o mac que ele vai responder ;)


LegendBR,

Estou fazendo um projetinho com uns colegas e o raspberry pi entrou no meio para ser o servidor apache+php. Infelizmente a performance dele foi sofrível,
é muito lento. Eu ainda não peguei ele para fazer mais otimizações, mas a pessoal que ficou responsável por instalar/configurar/testar tem um bom
conhecimento na área. No geral o raspberry é bom para processamento de vídeo.

Talvez esse cara seja mais interessante:
http://www.udoo.org/features/  (4x processamento do raspberry + arduino uno).

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jul 11, 2013, 10:26 pm
@zurgbr

Se for só para acender/apagar lâmpadas, concordo que não teria problema utilizar uma segurança mais simples. Mas se tiver outras coisas envolvidas (alarme, controle de acesso, etc.), segurança nunca é demais. E é possível fazer algo com segurança sem tanto problema assim, página de login existe em todo lugar.

@mardden

Eu já vi uma discussão sobre isso, que o rpi com o apache ficava lento, mas o problema foi a instalação do apache, quando o cara mudou a versão ou alguma opção do apache, ele funcionou normalmente.

Existem outras opções de servidores php mais leves também, que funciona sem problema. Eu já instalei um e funcionou bem, para coisas pequenas. E como o servidor não vai ser muito carregado, dá para arriscar.

Esse udoo é interessante! Mas ainda está em pre-order e eu não tenho 3 em casa, como é o caso do rpi xD.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Jul 11, 2013, 10:31 pm

bubulindo,

Filtro por mac só vai funcionar se estiver no mesmo barramento, ou seja, na rede interna. passou por um roteador o endereço mac não é propagado.
Além de clonar mac é muito simples e não precisa ser hacker. exemplo: no próprio arduino+ethernet a gente diz qual o mac que ele vai responder ;)


Bem visto...
Sabes como mudar o mac address do teu computador? Ou achas que as pessoas colocam um Arduino a tentar penetrar em redes?

Em todo o caso, o pormenor do roteador escapou-me.


mas se for pensar em hyper segurança..
não saio de casa, não entro no face, não uso internet, e fico com o interruptores comuns..
Confere?


Há segurança e segurança... Eu não vejo valor em poder ligar e desligar interruptores pela net. Daí não ver interesse em colocar a minha casa online. Da mesma forma que existem vírus a atacar PLCs... com a explosão do Arduino, certamente que haverá interessados em ver o que se passa.

Eu costumo ler o blog desert-home.com e ele refere que já lhe apareceram clientes estranhos nos seus arduinos ligados à net. É tudo uma questão de compromisso. Para mim não vale a pena. Para vocês vale.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Jul 11, 2013, 11:01 pm


Bem visto...
Sabes como mudar o mac address do teu computador? Ou achas que as pessoas colocam um Arduino a tentar penetrar em redes?

Em todo o caso, o pormenor do roteador escapou-me.


Eu citei o arduino exemplificando a simplicidade de mudar um mac address de um hardware, nesse caso o arduino.
Para mudar o mac address de um computador pode ser via BIOS  (alguns computadores Dell tem essa opção),
pode ser via software do fabricante da placa de rede ou placa base (no caso de ethernet onboard) quando disponível ou
se nenhuma dessas opções existirem pode ser via sistema operacional. No linux podemos usar o comando "ifconfig" ou editar
o arquivo "/etc/network/interfaces" nas distribuições Debian like* e "/etc/sysconfig/network-scripts/ifcfg-eth0" nas distribuições
RedHat like*.



[/quote]


Eu costumo ler o blog desert-home.com e ele refere que já lhe apareceram clientes estranhos nos seus arduinos ligados à net. É tudo uma questão de compromisso. Para mim não vale a pena. Para vocês vale.


Boa dica de site. Colocar o sistema de automação na net pra mim será basicamente para ver câmeras, status do alarme e talvez servidor de arquivo (minha própria nuvenzinha  :) ). Por isso devo usar um computador x86 como servidor.

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jul 11, 2013, 11:42 pm
A ideia de "colocar a casa na web" é como o mardden disse mesmo, poder monitorar sensores, cameras, etc. Tem algumas pequenas conveniências também (por exemplo, estou saindo do trabalho, hoje quero tomar um banho de banheira, mando enchê-la daqui a 15 minutos), mas isso é o de menos.

Esse site/blog é muito bom, bubulindo! Acho que vou adicionar a medição de consumo da energia da casa também, gostei da ideia!

E mardden, o rpi é perfeitamente capaz de fazer o que você quer, e o consumo de energia é ridículo quando comparado a um PC. Acho que vale a pena você testar um pouco mais antes de desistir dele.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Jul 11, 2013, 11:51 pm
Lembrei-me agora...

Eu vou colocar um sensor de movimento na minha porta para acender uma luz de presença... e tirar uma foto de quem está à porta. :)
Alguma ideia para implementar isso?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jul 12, 2013, 02:17 am
Vai fazer o que com a foto? Arquivar? Mostrar em uma tela? Em um website?

Eu acho que vou comprar uma central de monitoramente, alguma coisa do tipo. Mas tem que ser algo que eu possa pegar imagem para jogar em um site, esse tipo de coisa.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: zurgbr on Jul 12, 2013, 02:51 am
alguém sabe como implementar o touchOSC, não consegui por nada..
abri um tópico a parte, se alguém poder ajudar.. :smiley-sweat:
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Jul 12, 2013, 09:16 am

Vai fazer o que com a foto? Arquivar? Mostrar em uma tela? Em um website?

Eu acho que vou comprar uma central de monitoramente, alguma coisa do tipo. Mas tem que ser algo que eu possa pegar imagem para jogar em um site, esse tipo de coisa.


Pois... estive a pensar em guardar para um cartão de memória... mas se alguém calha de levar a câmara, lixei-me. Eu lembro-me dum colega meu ter algo semelhante com CCTV em que sempre que alguém entrasse no perímetro dele, as câmaras batiam uma foto e guardavam no servidor. Eu, para ser sincero, queria algo menos high tech e $$$ então descobri umas câmaras IP wireless que podem ser a solução para o que quero.


Esse site/blog é muito bom, bubulindo! Acho que vou adicionar a medição de consumo da energia da casa também, gostei da ideia!


O blog é dum utilizador do fórum. Creio que é o draythomp.
Medir o consumo da casa é a minha prioridade, principalmente com o tipo de fornecimento de energia que pretendo ter. :)
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Jul 12, 2013, 02:25 pm

Lembrei-me agora...

Eu vou colocar um sensor de movimento na minha porta para acender uma luz de presença... e tirar uma foto de quem está à porta. :)
Alguma ideia para implementar isso?


Existem algumas câmeras ip que o próprio software dela já faz isso. Ela tem sensor de presença e movimento. Você seleciona a área de monitoramento
e quando a imagem muda naquele quadrante selecionado ela grava (envia via ftp) e pode disparar um alarme, nesse caso acho que ativando um relé
pode ligar a lâmpada. Veja as câmeras da http://www.easyn.com/.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Jul 12, 2013, 02:29 pm

E mardden, o rpi é perfeitamente capaz de fazer o que você quer, e o consumo de energia é ridículo quando comparado a um PC. Acho que vale a pena você testar um pouco mais antes de desistir dele.


LegendBR, vou ver se pego o rpi pra fazer mais testes. Ele era pra mim a melhor opção justamente pelo consumo de energia. Ainda tenho uma pequena esperança.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Jul 14, 2013, 09:05 pm
LegendBR,

Meus max485 chegaram, testei sua lib e funcionou perfeitamente. Foi preciso fazer 3 pequenas correções do código do slave.



Code: [Select]

(...)

    if (rs485->type == ENQ)
// trocar por:
  if (rs485->type == MasterSlaveFuji::ENQ)

(...)

        rs485->sendACK(0, 'F', 1, rs485->sign, rs485->data1, rs485->data2, rs485->data3, rs485->data4);
// trocar por:
        rs485->sendACK(0, 'L', 1, rs485->sign, rs485->data1, rs485->data2, rs485->data3, rs485->data4);

(...)

        rs485->sendACK(0, 'F', 1, rs485->sign, rs485->data1, rs485->data2, rs485->data3, rs485->data4);
// trocar por:
        rs485->sendACK(0, 'L', 1, rs485->sign, rs485->data1, rs485->data2, rs485->data3, rs485->data4);

(...)




Fiz também o fluxograma dos meus slaves. Em anexo.

Falta o master e depois escrever o código.

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Jul 14, 2013, 11:14 pm
Quote
Eu costumo ler o blog desert-home.com e ele refere que já lhe apareceram clientes estranhos nos seus arduinos ligados à net. É tudo uma questão de compromisso. Para mim não vale a pena. Para vocês vale.

Segurança acima de tudo.
A minha sugestao se querem mesmo expor a vossa casa via net entao simples, usem VPN IPSec/L2TP  :smiley-mr-green:
Recordo que android e Iphone suportam nativamente este cliente de VPN.Assim quando querem "mexer" na vossa casa remotamente ligam a VPN e acedem ao site local que controla o arduino.
Completamente seguro.Nao vou dizer impenetravel mas teriam muito trabalho pois teriam de furjar o certificado digital ...
Eu uso as diariamente para fazer tunneis quer para minha casa quer para aceder a clientes remotos.
Router que recomendo Mikrotik

@mardden
Muito bom o teu fluxograma.Com esse diagrama é meio caminho na programação.È algo que  faço sempre no inicio de qualquer projecto num papel e evoluo a partir dele.
Se muitos utilizadores fizessem este tipo de abordagem (primeiro pensar no papel e depois partir para a IDE do arduino) resolviam muitos problemas logo de inicio.  

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Jul 15, 2013, 04:07 am

(...)
A minha sugestao se querem mesmo expor a vossa casa via net entao simples, usem VPN IPSec/L2TP  :smiley-mr-green:
(...)
Eu uso as diariamente para fazer tunneis quer para minha casa quer para aceder a clientes remotos.
Router que recomendo Mikrotik


Bem lembrado, usar uma vpn é mais simples, e e com Mikrotik fica perfeito. Uma RB750 acho que já da conta do recado.
Ela tem consumo nominal de 2.4W e máximo de 3.6W.


@mardden
Muito bom o teu fluxograma.Com esse diagrama é meio caminho na programação.È algo que  faço sempre no inicio de qualquer projecto num papel e evoluo a partir dele.
Se muitos utilizadores fizessem este tipo de abordagem (primeiro pensar no papel e depois partir para a IDE do arduino) resolviam muitos problemas logo de inicio.

Obrigado HugoPT :D
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Jul 15, 2013, 11:36 am
Quote
Uma RB750 acho que já da conta do recado.

Sim ás mil maravilhas
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jul 15, 2013, 04:01 pm
Depois vou estudar sobre VPN e esse tal de Mikrotik que vocês estão falando. Se tiverem algum material, agradeço :D.

@mardden

Realmente ficou muito bom esse seu fluxograma. Eu tenho o custume de partir logo para a programação (depois de pensar um pouco, lógico), mas vou fazer um desses também para o meu projeto, uma vez que será um tanto grandinho!


Cheguei ontem em terra, e como minhas primeiras PCIs (compradas na IteadStudio) haviam chegado, já soldei os componentes. Tudo parece estar em ordem, e pelo menos a parte de conversão 12v -> 5v parece estar funcionando direitinho (só vi os leds acenderem, falta testar com o multimetro). Depois posto uma foto.

Hoje devo fazer testes de comunicação. Depois posto os resultados e a nova biblioteca de comunicação RS485, sem timeout.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Jul 16, 2013, 08:10 pm

Depois vou estudar sobre VPN e esse tal de Mikrotik que vocês estão falando. Se tiverem algum material, agradeço :D.

Pode começar por aqui http://wiki.mikrotik.com/wiki/Manual:TOC
No youtube você também vai achar muito material em português. Qualquer dúvida é só falar.


Cheguei ontem em terra, e como minhas primeiras PCIs (compradas na IteadStudio) haviam chegado, já soldei os componentes. Tudo parece estar em ordem, e pelo menos a parte de conversão 12v -> 5v parece estar funcionando direitinho (só vi os leds acenderem, falta testar com o multimetro). Depois posto uma foto.

Hoje devo fazer testes de comunicação. Depois posto os resultados e a nova biblioteca de comunicação RS485, sem timeout.


Cadê, cadê, cadê?????
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jul 16, 2013, 08:51 pm
Não deu muito certo não, hehehe. Inventei de testar tudo de uma vez, agora vou ter que fazer testes por partes.

Pelo menos o Mega que eu comprei chegou hoje, monitorando o serial fica mais fácil de ver o que deu errado. Já identifiquei um problema com o relé com optoacoplador (exagerei no resistor, hehehe), mas assim que tiver resultados, posto.

edit: agora entendi o que é esse MikroTik, é uma marca de roteador e que também tem um OS, semelhante ao DD-WRT.

Estava vendo o manual do meu roteador (http://www.tp-link.com.br/Resources/document/TL-WR1043ND_V1_User_Guide.pdf) e acho que ele já tem suporte VPN. Será que vale a pena comprar outro roteador?

Minha rede é composta de um roteador da GVT (todo travado) que serve como modem (e é responsável por fazer a atualização do IP dinâmico pelo no-ip), que faz routing para o TL-WR1043ND, que faz o routing para o resto da rede.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Jul 18, 2013, 08:12 pm
LegendBR,


Acredito que seu roteador deva funcionar a vpn sim. Mas... o mikrotik é muito mais estável e robusto.

Como você gravou o bootloader no seus chips atmel? Mesmo gravando bootloader para 8MHz precisou do cristal 16MHz no momento da gravação?

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jul 19, 2013, 03:21 am
Atualizando conforme prometido: estava tendo dificuldade em testar a PCI com os 2 relés, mas acabou que a PCI mais "simples", de 5 x 5 cm, que encomendei na Elecrow, chegou, e decidi montar logo ela e testar. E para minha felicidade, tudo parece estar funcionando 100% (quer dizer, 90%, pois o capacitor acabou ficando na frente do segundo conector :smiley-red:).

Abaixo seguem fotos das PCIs montadas, e da PCI simplificada com o "shield" ICSP (está bem ruinzinha, mas era só para testar, como funcionou, vou fazer um design e encomendar junto com uns outros shields que devo desenvolver, além de outras PCIs).

Fiz um teste de comunicação serial pelo MAX485, e está funcionando bem! Só falta eu testar a alteração da biblioteca, que parece que não está funcionando muito bem.

Fiquei bem satisfeito com o resultado da PCI simplificada, e soldar foi mais fácil do que eu imaginava, achava que ia ser muito difícil de evitar que os contatos tivessem curto, mas a máscara de solda funciona melhor do que eu achava!

Se alguém tiver alguma sugestão de modificação, por favor falem logo, pois acho que a PCI está quase final :D.

@mardden

Cara, tem um jeito de gravar sem precisar dos cristais, utilizando esse esquema (http://www.gammon.com.au/forum/?id=11635).

Mas tive dificuldade em utilizá-lo, pois meu Uno está com problema na parte de comunicação USB, daí tentei utilizar o Mega, mas acho que os pinos são diferentes. Então a solução foi utilizar o esquema de ArduinoISP (http://arduino.cc/en/Tutorial/ArduinoISP), e colocar o chip no Uno, aí funcionou sem problemas, consegui gravar o bootloader de 8 MHz e ele já está funcionando na placa sem cristal numa boa.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jul 20, 2013, 09:29 pm
Fiz algumas alterações na PCI, agora acho que está próxima de ser final. Modifiquei o conector do VCC / GND para poder alimentar tudo com fio de 2,5 mm (pelos cálculos anteriores, o fio 24 awg do cabo de rede não iria dar certo), modifiquei os pinos para programação serial de acordo com o que me parece que é default para um cabo/adaptador FTDI (https://www.sparkfun.com/products/9716), e arranjei os componentes.

Novamente, se alguém tiver sugestões para modificação/melhoria, peço que façam o quanto antes, já estou querendo encomendar as PCIs logo :smiley-yell:.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Jul 21, 2013, 12:52 am
LegendBR,

Dica:
Eu li em algum lugar que devemos evitar trilhas em 90graus, sempre que possível usar ângulos de 45graus. Para evitar capacitância.

Crítica construtiva:
Particularmente gostei mais da ideia de placa única (placa com relé). A placa menor pelo que entendi tem o regulador de tensão,
arduino (8MHz) e o max485. Já pensou no mini-pro 8MHz? Como você vai prender mais de uma pcb dentro da caixa de interruptores?


Meu cenário atual:
Estou apanhando pra fazer o arduino em 8MHz funcionar. Já consigo gravar o bootloader (com um Duemilanove) seguindo esse site:
http://www.geocities.jp/arduino_diecimila/bootloader/index_en.html
Para gravar o programa (hex) segui esse site:
http://engenheirando.com/arduino/montando-arduino-na-protoboard/
Mas infelizmente em 8MHz funcionou apenas uma vez. Vou brincar mais um pouco e se ficar complicado partirei para o mini-pro.
Se eu for usar o mini vou desenha uma shield com regulador de tensão, max485, relé ou triac e barra de pinos para encaixar o mini-pro.
Essa semana vou fazer alguns testes com relé e triac para comparar o consumo de energia desses caras.

Segue o fluxograma do arduino master. Versão alfa ainda.

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jul 21, 2013, 03:37 am
Pensei em fazer um shield para o mini pro sim, mas acabei achando mais prático fazer o "meu arduino pro", já com o regulador e o módulo RS485.

Minha ideia dessa placa foi utilizar módulos de relés prontos (comprei 10 módulos com 2 relés no eBay por pouco mais de 20 dólares), e nessa PCI algumas das portas estão desperdiçadas. Mas vou fazer uma outra PCI, agora com TRIAC, e pinos para os botões capacitivos.

edit: sobre prender na caixa, pensei em deixar solto mesmo, não pensei em prender não... acho que não tem necessidade de fixar na caixa não, a parede é fixa, hehehehe.

Sobre a crítica, quero isso mesmo, não se preocupe em criticar não, recebo críticas muito bem. Estou começando nessa área, ainda tenho muito o que aprender, e trocar informações é sempre bom :). Depois vou ver se consigo eliminar as curvas de 90°, embora ache que não via trazer muito problema, é bom previnir.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Jul 21, 2013, 05:43 pm
Quote
Novamente, se alguém tiver sugestões para modificação/melhoria, peço que façam o quanto antes, já estou querendo encomendar as PCIs logo


Cá vão as minhas sugestões.
Ao olhar para a tua placa não gosto particularmente da posição dos dois conectores (lado esquerdo junto ao díodo).Porque nao facialos com a borda da placa?
Para la ligares o cabo ele vai ter de andar em cima da PCB junto onde colocaste a fixaçao para os parafusos.
Podias ter dado uma arrumadela melhor nos componentes.O circuito e simples e podias ter colocado os componentes mais bonitinhos.
Quando desenhares a placa no final de teres feito o auto-routing (se fizeres com auto) faz um ratsnest á placa e aplica um polygon em ambas as faces da placa.Depois liga esse poligon a massa tocando na label e escrevendo GND.
Com isto a placa fica com aspecto mais profissional.



A uns tempos construí uma placa para sensores de temperatura e a minha placa é em parte parecida ao que tu fizeste.Também uso um max485 para fazer os nós dos slaves.Usa como termo de comparaçao as minhas tambem foram feitas na elecrow

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jul 21, 2013, 08:14 pm

Cá vão as minhas sugestões.
Ao olhar para a tua placa não gosto particularmente da posição dos dois conectores (lado esquerdo junto ao díodo).Porque nao facialos com a borda da placa?
Para la ligares o cabo ele vai ter de andar em cima da PCB junto onde colocaste a fixaçao para os parafusos.


Nas primeiras placas estava assim, mas quando adicionei os parafusos de fixação tive que colocar os conectores mais para frente. Qual a sua sugestão, retirar os parafusos de fixação? Colocá-los ao lado dos conectores, deixando-os fora da borda? No início eu nem estaca pensando em utilizar parafuso de fixação, mas depois, pensando melhor, acho que vai ficar bem legal deixar a placa fixada no fundo da caixa de luz.


Podias ter dado uma arrumadela melhor nos componentes.O circuito e simples e podias ter colocado os componentes mais bonitinhos.


Pois é, a arrumação dos componentes é meu grande problema, hehehehe. O que está me dificultando é a conversão de 12v para 5v, a quantidade de componentes é considerável, e o LM2576 ocupa bastante espaço.


Quando desenhares a placa no final de teres feito o auto-routing (se fizeres com auto) faz um ratsnest á placa e aplica um polygon em ambas as faces da placa.Depois liga esse poligon a massa tocando na label e escrevendo GND.
Com isto a placa fica com aspecto mais profissional.


Comecei fazendo fazendo auto-routing, mas depois achei melhor eu mesmo traçar os caminhos, basicamente para poder utilizar a maior trilha possível (auto-routing utiliza uma trilha padrão, daí ter que ficar apagando trilha e traçando de novo, ou então ficar modificando o tamanho, dá mais trabalho).

Sobre a malha GND, já apliquei na parte de baixo, você acha que vale a pena colocar na parte de cima também?


A uns tempos construí uma placa para sensores de temperatura e a minha placa é em parte parecida ao que tu fizeste.Também uso um max485 para fazer os nós dos slaves.Usa como termo de comparaçao as minhas tambem foram feitas na elecrow


Com certeza vou dar uma olhada na sua PCI, valeu! =D
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jul 22, 2013, 04:44 am
Depois dos conselhos do HugoPT e do mardden, fiz uma outra PCI, mais organizada e com 3 TRIACs. Segue em anexo.

Coloquei malha GND nos dois lados. O que talvez não ficou muito bom foi o deslocamento entre o conector da alimentação (VCC / GND) e o da comunicação RS485 (A / B). Mas como eles devem acabar ficando em cabos diferentes, esse não deve ser grande problema.

Como sempre, aguardo comentários/sugestões :D.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Jul 22, 2013, 11:09 am
Parece melhor.
Ja agora ao reparar que usas um LM2576 onde esta a bobine ?
Por acaso não a suprimiste por pensares que ela e desprezável pois não?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jul 22, 2013, 01:04 pm

Parece melhor.
Ja agora ao reparar que usas um LM2576 onde esta a bobine ?
Por acaso não a suprimiste por pensares que ela e desprezável pois não?


Ela está ao lado do diodo. Estou utilizando um indutor que tem formato de resistência. Quando utilizei essa "fonte" para alimentar o raspberry pi, o indutor aqueceu, mas para essa PCI, parece estar tranquilo.

Depois vou testar com mais carga para ver como ele reage.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Jul 22, 2013, 04:25 pm
LegendBR,

Desse jeito fico com preguiça de fazer minha placa. Essa com os triacs esta perfeita.

Você vai alimentar o atmel com 5V ou 3.3V?
Veja os testes de consumo nesse site:
http://www.dossant.com/projects/experiments/arduino-power-consumption-study/
Existe uma boa queda no consumo quando alimenta o atmel com 3.3V a 8MHz.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jul 22, 2013, 07:04 pm

LegendBR,

Desse jeito fico com preguiça de fazer minha placa. Essa com os triacs esta perfeita.

Você vai alimentar o atmel com 5V ou 3.3V?
Veja os testes de consumo nesse site:
http://www.dossant.com/projects/experiments/arduino-power-consumption-study/
Existe uma boa queda no consumo quando alimenta o atmel com 3.3V a 8MHz.


Pode usar a vontade :). Depois posto os arquivos do Eagle para que você possa trabalhar nele também.

Por enquanto o esquema está todo com 5v, porque acho que tem mais módulos que são alimentados por 5v do que 3.3v (sensores, etc.). Mas achei muito estranho esse link do consumo de energia do ATMega328PU, como a corrente cai de 12.2 mA para 3.6 mA? Para mim, a lógica é que aumente a corrente já que você vai diminuir a ddp. Vou dar uma lida no datasheet para ver se descubro alguma coisa.

edit: dei uma olhada no datasheet, e pelo o que eu entendi, com 3.3v o ATMega328 fica com frequência de 4 MHz, e não 8 MHz. Isso não chega a ser um problema, mas pode explicar o porque da queda do consumo. Vou estudar para ver se vale a pena modificar a alimentação para 3.3v.

edit2: lembrei agora que o MAX485 trabalha em 5v, e não com 3.3v. Tem outros CIs RS485 que trabalham com 3.3v, então temos que prestar atenção se vamos modificar a tensão da placa. E encontrar o LM2576-3.3v está mais difícil do que o 5.0v, estou achando que vou ficar com 5v mesmo, uma vez que a diferença no consumo não vai ser tão grande.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Jul 23, 2013, 05:38 pm
LegendBR,

Qual a configuração dos efuse, lfuse e hfuse que você esta usando no seu atmel a 8MHz?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jul 23, 2013, 06:41 pm
Pergunta difícil, hein? Hehehe

Segui esse guia (http://engenheirando.com/arduino/montando-arduino-na-protoboard/), tem um texto para adicionar em um arquivo txt para possibilitar gravar o bootloader, lá tem os valores que você está perguntando.

Se quiser passar em minha casa para tentar resolver essa bronca, manda uma MP ;).

edit: a noite tem código exemplo com 2 slaves e 1 master. :D
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Jul 23, 2013, 07:50 pm

Pergunta difícil, hein? Hehehe

Segui esse guia (http://engenheirando.com/arduino/montando-arduino-na-protoboard/), tem um texto para adicionar em um arquivo txt para possibilitar gravar o bootloader, lá tem os valores que você está perguntando.

Se quiser passar em minha casa para tentar resolver essa bronca, manda uma MP ;).



Vou tentar novamente. Se não conseguir vou pedir socorro. :D


edit: a noite tem código exemplo com 2 slaves e 1 master. :D


Legal. Estamos aguardando.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jul 24, 2013, 04:46 am

Vou tentar novamente. Se não conseguir vou pedir socorro. :D


Depois diz se conseguiu ;).

Só para dar um feedback: depois de muito quebrar a cabeça, consegui um código que "funciona". Ainda está dando alguns problemas de timeout, mas amanhã vou olhar com mais calma e tentar descobrir o que é, por hoje chega, hehehehe.

Mas já vou adiantar o setup: estou com 2 slaves e um master. O slave 1 tem um botão, que controla sua lâmpada (está ligado em um MOC + TRIAC); o slave 2 tem dois botões, sendo um para sua lâmpada (um led) e outro botão para a lâmpada do slave 1; o master tem dois botões, um para cada lâmpada dos slaves.

Como dito, o sistema está funcionando, mas ainda está dando uns erros de mensagens não recebidas. Será que já é o problema da falta de resistência na extremidade? Depois vou tentar dar um delay antes de responder, tirar um slave, enfim. Vamos aos experimentos :).

edit: testei novamente, pelo jeito era algum mal contato, agora está tudo 100%, sem timeout. Mas por via das dúvidas, vou colocar resistores de pull-up / pull-down nas PCIs. Só fiquei na dúvida se devo colocar em todas as PCIs, só em uma, etc.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jul 26, 2013, 01:34 am
Atualizando com códigos, foto, nova versão de PCI e uma nova PCI / shield.

Vou ter que dividir o post, porque ficou muito grande :smiley-yell:

Seguem os códigos:

Master (2 botões, um controlando cada lampada de cada slave):

Code: [Select]

#include <MasterSlaveFuji.h>

#define DEBOUNCE 50

MasterSlaveFuji *rs485;

byte buttonPin[2] = {5,6};
long lastButtonPress[2];
bool buttonIsPressed[2] = {false, false};
bool hasChanged[2] = {false, false};
bool lampOn[2] = {false, false};

#define ID 0

void setup()
{
 Serial3.begin(9600);
 Serial.begin(115200);
 rs485 = new MasterSlaveFuji(ID, &Serial3, 2);
 pinMode(buttonPin[0], INPUT_PULLUP);
 pinMode(buttonPin[1], INPUT_PULLUP);
}

void loop()
{
 
 // Verifica botões
 for (int i = 0; i < 2; i++)
 {
   if (digitalRead(buttonPin[i]) == LOW)  // Botao pressionado
   {
     if (!buttonIsPressed[i]) // Primeiro click
     {
       lastButtonPress[i] = millis();
       buttonIsPressed[i] = true;
     }
     else if ((millis() > (lastButtonPress[i] + DEBOUNCE)) && !hasChanged[i]) // Verificacao Debounce
     {
       lampOn[i] = !lampOn[i]; // Inverte lampada
       hasChanged[i] = true; // Debounce
       rs485->sendENQ(i+1, 'L', 1, rs485->Positive, '0', '0', '0', '0' + lampOn[i]); // Envia comando para modificar lampada (L01)
       rs485->waitForAnswer(200); // Aguarda resposta do slave, com timeout de 200 ms
       if (rs485->hasNewMessage()) // Verifica se recebeu resposta
       {
         if (rs485->type == rs485->ACK) // Verifica se o comando enviado foi entendido
         {
           Serial.print("Conhecido! Lampada do Slave ");
           Serial.print(i+1);
           Serial.print(" mudada para ");
           Serial.println((lampOn[i]?"On.":"Off."));
         }
         else if (rs485->type == rs485->NAK) // Verifica se o comando não foi conhecido
         {
           Serial.print("Comando não conhecido! Slave ");
           Serial.println(i+1);
         }
         else // Se o type não for nem ACK nem NAK, tem algo errado
         {
           Serial.print("Type não conhecido! Slave "); //
           Serial.println(i+1);
         }
       }
       else // Se não há nova resposta, houve timeout
       {
         Serial.print("Timeout! Slave ");
         Serial.println(i+1);
       }
     }
   }
   else // Botao nao pressionado (digitalRead == HIGH)
   {
     buttonIsPressed[i] = false;
     hasChanged[i] = false;
   }
 }
 
 // Solicita status das lampadas
 for (int i = 0; i < 2; i++)
 {
   rs485->sendENQ(i+1, 'S', 1, rs485->Positive, '0', '0', '0', '0'); // Questiona status das lampadas (S01)
   rs485->waitForAnswer(200); // Aguarda resposta do slave, com timeout de 200 ms
   if (rs485->hasNewMessage()) // Verifica se recebeu resposta
   {
     if (rs485->type == rs485->ACK) // Se o comando foi entendido, a resposta está OK
     {
       
       if ((rs485->data4 - '0') != lampOn[i]) // Verifica se foi modificada o status da lampada
       {
         lampOn[i] = rs485->data4 - '0'; // Guarda novo status
         Serial.print("Lampada do Slave ");
         Serial.print(i+1);
         Serial.print(" mudou para ");
         Serial.println((lampOn[i]?"On.":"Off."));
       }
     }
     else if (rs485->type == rs485->NAK) // Verifica se o comando não foi conhecido
     {
       Serial.print("Comando não conhecido! Status Slave ");
       Serial.println(i+1);
     }
     else // Se o type não for nem ACK nem NAK, tem algo errado
     {
       Serial.print("Type não conhecido! Status Slave "); //
       Serial.println(i+1);
     }
   }
   else // Nao houve nova mensagem - timeout
   {
     Serial.print("Status Timeout! Slave ");
     Serial.println(i+1);
   }
 }
 
 // Verifica status do botão do Slave 2
 rs485->sendENQ(2, 'B', 1, rs485->Positive, '0', '0', '0', '0'); // Questiona status do botao do slave 2 (B01)
 rs485->waitForAnswer(200); // Aguarda resposta
 if (rs485->hasNewMessage()) // Se houver resposta...
 {
   if (rs485->type == rs485->ACK) // Se a resposta foi de entendido...
   {
     if (rs485->data4 == '1') // Se o botao foi pressionado...
     {
       lampOn[0] = !lampOn[0]; // Modifica status da lampada do slave 1
       // Envia comando para o Slave 1 com novo status da lampada (L01)
       rs485->sendENQ(1, 'L', 1, rs485->Positive, '0', '0', '0', '0' + lampOn[0]);
       rs485->waitForAnswer(100); // Aguarda resposta...
       if (rs485->hasNewMessage()) // Houve resposta...
       {
         if (rs485->type == rs485->ACK) // Comando foi entendido...
         {
           Serial.println("Conhecido! Comando do Botao 2 do Slave 2");
         }
         else  if (rs485->type == rs485->NAK) // Verifica se o comando não foi conhecido
         {
           Serial.print("Não conhecido! Comando do Botao 2 do Slave 2");
         }
         else // Se o type não for nem ACK nem NAK, tem algo errado
         {
           Serial.print("Type não conhecido! Comando do Botao 2 do Slave 2");
         }
       }
       else // Nao houve resposta - timeout
       {
         Serial.println("Timeout! Comando do Botao 2 do Slave 2");
       }
     }
   }
   else if (rs485->type == rs485->NAK) // Comando nao conhecido
   {
     Serial.println("Não conhecido! Botao 2 do Slave 2");
   }
   else
   {
     Serial.println("Type não conhecido! Botao 2 do Slave 2");
   }
 }
 else // Nao houve resposta - timeout
 {
   Serial.println("Timeout! Botao 2 do Slave 2");
 }  
}

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jul 26, 2013, 01:36 am

Slave 1 (um botão que acende/apaga uma lâmpada por MOC + TRIAC):

Code: [Select]

#include <MasterSlaveFuji.h>

MasterSlaveFuji *rs485;

#define ID 1
#define DEBOUNCE 50
#define BUTTON_PIN 12
#define LAMP_PIN 13

long lastButtonPress;
bool buttonIsPressed = false;
bool hasChanged = false;
bool lampOn = false;

void setup(){

 Serial.begin(9600);
 rs485 = new MasterSlaveFuji(ID, &Serial, 2);
 pinMode(BUTTON_PIN, INPUT_PULLUP);
 pinMode(LAMP_PIN,OUTPUT);
}

void loop(){
 
 // Atualiza dados
 rs485->update();
 if (rs485->hasNewMessage()) // Se houve mensagem nova...
 {
   switch(rs485->function) // Acao de acordo com a funcao
   {
     case 'L': // Caso a funcao seja 'L', atualizar status da lampada
       lampOn = rs485->data4 - '0'; // Atualiza status da lampada
       rs485->sendACK(); // Envia comando que foi entendido
       break;
     case 'S': // Caso a funcao seja 'S', informar status da lampada
       // Envia resposta com o status da lampada
       rs485->sendACK(0, 'S', 1, rs485->Positive, '0', '0', '0', '0' + lampOn);
       break;
     default: // Se a funcao nao for 'L' nem 'S', o comando nao e conhecido
       rs485->sendNAK();
   }
 }
 
 // Verifica se o botao foi pressionado, com debounce
 if (digitalRead(BUTTON_PIN) == LOW)
 {
   if (!buttonIsPressed)
   {
     lastButtonPress = millis();
     buttonIsPressed = true;
   }
   else if ((millis() > (lastButtonPress + DEBOUNCE)) && !hasChanged)
   {
     lampOn = !lampOn;
     hasChanged = true;
   }
 }
 else
 {
   buttonIsPressed = false;
   hasChanged = false;
 }
 
 digitalWrite(LAMP_PIN, lampOn);
 
}


Slave 2 (dois botões, um que controla um led no próprio slave, e outro que controla a lâmpada do outro slave):

Code: [Select]

#include <MasterSlaveFuji.h>

MasterSlaveFuji *rs485;

#define ID 2
#define DEBOUNCE 50
#define LAMP_PIN 13

byte buttonPin[2] = {11,12};
long lastButtonPress[2];
bool buttonIsPressed[2] = {false, false};
bool hasChanged[2] = {false, false};

bool lampOn;
bool button2Pressed;

void setup(){

 Serial.begin(9600);
 rs485 = new MasterSlaveFuji(ID, &Serial, 2);
 pinMode(buttonPin[0], INPUT_PULLUP);
 pinMode(buttonPin[1], INPUT_PULLUP);
 pinMode(LAMP_PIN,OUTPUT);
 lampOn = false;
 button2Pressed = false;
}

void loop(){
 
 // Atualiza RS485
 rs485->update();
 if (rs485->hasNewMessage()) // Se houver nova mensagem...
 {
   switch(rs485->function)
   {
     case 'L': // Caso a funcao seja 'L', atualizar status da lampada
       lampOn = rs485->data4 - '0'; // Atualiza status da lampada
       rs485->sendACK(); // Envia comando que foi entendido
       break;
     case 'S': // Caso a funcao seja 'S', informar status da lampada
       // Envia resposta com o status da lampada
       rs485->sendACK(0, 'S', 1, rs485->Positive, '0', '0', '0', '0' + lampOn);
       break;
     case 'B': // Caso a funcao seja 'B', informa se o botao foi pressionado
       rs485->sendACK(0, 'B', 1, rs485->Positive, '0', '0', '0', '0' + button2Pressed);
       button2Pressed = false; // status do botao ja enviado, retorna para falso
       break;
     default: // Caso a funcao nao seja nenhuma das anteriores, responder que nao entendeu
       rs485->sendNAK();
   }
 }
 
 // Verifica botoes
 for (int i = 0; i < 2; i++)
 {
   if (digitalRead(buttonPin[i]) == LOW)
   {
     if (!buttonIsPressed[i])
     {
       lastButtonPress[i] = millis();
       buttonIsPressed[i] = true;
     }
     else if ((millis() > (lastButtonPress[i] + DEBOUNCE)) && !hasChanged[i])
     {
       if (i == 0) // Se for pressionado o botao 1, mudar status da lampada
       {
         lampOn = !lampOn;
       }
       else // Se for o botao 2, preparar para informar o master
       {
         button2Pressed = true;
       }
       hasChanged[i] = true;
     }
   }
   else
   {
     buttonIsPressed[i] = false;
     hasChanged[i] = false;
   }
 }
 
 digitalWrite(LAMP_PIN, lampOn);
 
}


A biblioteca do RS485 (MasterSlaveFuji) também foi atualizada. Tem um pequeno "ajuste" que tive que fazer para eliminar uns erros que estavam acontecendo, com lixo chegando no Master, talvez seja problema de falta de resistor de pull-up/down, resistor de impedância de valor diferente do convencional (150 ohms, ao invés de 120 ohms), enfim, depois tento descobrir o que aconteceu. Ainda tenho uns erros de timeout, mas novamente, espero que seja algo com relação aos resistores.

Também não consegui fazer funcionar com uma baud rate maior do que 9600 (tentei com 14400, e não deu certo), novamente espero que com os resistores resolva este problema.

O tempo entre envio do questionamento e resposta do slave para o baud rate de 9600 está em 35 ms. Com 14400, é de 25 ms, mas como falei, dá erro de timeout. Então, mantendo 9600 de baud rate, e se forem os cerca de 30 nós que estimo, seriam uns 2 segundos para questionar todos os nós (alguns precisarão informar status de botões, sensores, etc.). Esse tempo pode até ser maior, então espero que eu consiga aumentar o baud rate e manter funcionando.

De acordo com os problemas que estava tendo, decidi modificar a PCI dos slaves para ter a possibilidade de colocar resistores de pull-up/down, além de reorganizar os componentes do circuito de conversão para 5v, para ficar mais parecido com o layout descrito no datasheet to LM2576.

Aproveitei e fiz logo a "PCI de entrada", que ficará na caixa principal da automação junto com o Mega. Nessa caixa ficará a entrada da alimentação dos slaves, e a conexão para o Mega entrar na rede RS-485.

Só estou na dúvida como fazer a conexão dessa PCI com o Mega... por enquanto, coloquei conectores fêmeas para conectar por fios pino/pino com os pinos do Mega, mas não confio muito nesse tipo de conexão... acho que o ideal seria um shield, mas da forma que estou pensando em fazer minha rede de automação, terei duas redes, uma para cada andar da casa, então fazer por shield talvez dê muito certo... alguém tem alguma sugestão? Minha preocupação em utilizar fios jumpers é válida, ou não preciso me preocupar tanto com isso?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Jul 27, 2013, 05:12 am
LegendBR,


Estou achando 9600 baixo pra essa ligação, os slaves e o master estão muito próximos. testou
os slaves sendo um arduino (16MHz) ou colocando um cristal de 8Mhz na sua pci? Vai precisar mudar os fuses
pra informar que o clock é externo. Ah, o timeout também pode ser pq esta usando o terminal para debugar. Tente, por exemplo, acender um led se ocorrer um timeout para evitar o delay do debug via serial. Ou fazer um contador e só exibir no terminal após X timeout.

Sobre ligar o arduino mega na sua shield, já pensou em usar um conector do tipo Latch ou similar?

O moc com o triac ficou bom? aquece muito? estou esperando chegar um sensor de corrente 5A pra testar consumo desses
caras.

Quais foram as modificações na MasterSlaveFuji?

Ah, finalmente consegui fazer funcionar o atmel com 8MHz no clock interno. Valeu pelas dicas.
Agora meu próximo passo é testar consumo rodando a 8MHz, 16MHz, aclopador otico pc817, triac, moc e relé.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jul 27, 2013, 08:30 pm
mardden,

Estou achando que o problema de timeout é porque o(s) meu(s) MAX485 fritou(aram)! O LM2576 esquentou um bocado, e o local onde o MAx485 estava na protoboard para comunicar com o Mega derreteu! Não sei o que ocorreu, mas parece que deu algum curto, ou o MAX485 já estava com defeito, não sei. Vou ter que comprar CIs novos, procurei hoje em AJU e não achei, acho que vou comprar logo os 30 que vou precisar pela internet logo...

Mas não acho que o Serial foi o problema, porque ele só entra depois que o Master envia e recebe a resposta, ou seja, teoricamente não deveria influenciar na comunicação RS-485.

Acho que por Latch não dá não, tem Latch fêmea 3 x 1 pinos, para encaixar no Mega? (espero que tenham entendido xD).

Cara, o MOC + TRIAC ficou perfeito! Não esquenta nada (usando uma luminária com lâmpada de 15w, mas o TRIAC literalmente não esquenta, nem o MOC) e o consumo é em torno de 15 mA em 5v (10 mA na fonte de 12v), uma beleza! Funciona rápido, e não faz o barulho que o relé faz. Sinceramente, não sei porque as pessoas não utilizam somente esse circuito para acionar cargas AC, ainda estou procurando a desvantagem, porque por enquanto está funcionando muito bem.

Sobre o consumo, fiz um programinha que aciona o MOC + TRIAC através de um botão. Só o ATMega328 sem acionar nada consume 5 mA a 5v. Quando aciona o MOC + TRIAC, vai para 25 mA. O consumo total da PCI fica em 40/52 mA (MOC on/off) (números não muito precisos, os pontos de tomada de corrente podem não ter sido os melhores). Para mim, está ótimo.

As maiores modificações da MasterSlaveFuji foram:\

- Criação de um buffer para receber os bytes: dessa forma, se algum nó começar a pegar a mensagem pela metade não deve haver problema de sincronismo;
- Os slaves não precisam mais ficar esperando por um comando. A ideia é fazer um update() a cada loop e verificar se há uma nova mensagem para o nó (hasNewMessage()). No caso do Master, como ele envia um comando e aguarda resposta (é assim que é desenhado o sistema), o método de aguardar a resposta só mudou de nome (de waitForMessage para waitForAnswer).

Bom que você conseguiu fazer o ATMega funcionar stand-alone! :D Qual era o problema?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Jul 30, 2013, 04:16 am
LegendBR,

Achar qualquer componente que não seja um resistor de 10K é complicado por aqui (brincadeira). Fiz minha última compra de componentes na huinfinito.com.br. Mandaram tudo direitinho no mesmo dia e com nota fiscal eletrônica.


Acho que por Latch não dá não, tem Latch fêmea 3 x 1 pinos, para encaixar no Mega? (espero que tenham entendido xD).

ops, eu devia esta dormindo quando sugeri isso :D nesse caso, acho que desenvolver uma shield deve ser o melhor caminho.



Sinceramente, não sei porque as pessoas não utilizam somente esse circuito para acionar cargas AC, ainda estou procurando a desvantagem, porque por enquanto está funcionando muito bem.

conversei com um primo que trabalha há muito tempo com eletrônica sobre o que seria melhor TRIAC ou Relé? Ele respondeu na lata: "Triac claro, dá menos problema". O único detalhe que ele comentou foi que com uma boa carga no triac ou bicho vai esquentar e será necessário dissipador.


Sobre o consumo, fiz um programinha que aciona o MOC + TRIAC através de um botão. Só o ATMega328 sem acionar nada consume 5 mA a 5v. Quando aciona o MOC + TRIAC, vai para 25 mA. O consumo total da PCI fica em 40/52 mA (MOC on/off) (números não muito precisos, os pontos de tomada de corrente podem não ter sido os melhores). Para mim, está ótimo.

Informação muito importante. Esse tópico esta muito rico em informações.


Bom que você conseguiu fazer o ATMega funcionar stand-alone! :D Qual era o problema?

Eu estava gravando o bootloader via icsp (arduinoSPI) e depois usando a placa do arduino (sem o MC na placa) para gravar o atmega na protoboard com os pinos rx, tx, reset. Eu conseguia apenas gravar o bootloader com uma placa duemilanova seguindo esses passos www.geocities.jp/arduino_diecimila/bootloader/index_en.html. Na hora de gravar o sketch não tinha sucesso. Então decidi gravar o sketch também via icsp e tudo funcionou. Tenho minhas dúvidas se preciso do bootloader, acredito que se modificar o boards.txt e ajustar os fuses dá para excluí-lo. (adicionado na lista de ToDo).

Quanto será o release da nova versão da MasterSlaveFuji?



Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Jul 30, 2013, 11:33 am
Muito bom trabalho LegendBR. :) Parabéns.


Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jul 30, 2013, 02:58 pm

Achar qualquer componente que não seja um resistor de 10K é complicado por aqui (brincadeira). Fiz minha última compra de componentes na huinfinito.com.br. Mandaram tudo direitinho no mesmo dia e com nota fiscal eletrônica.


É, aqui é difícil mesmo, procurei um dissipador para um led de alta potência e senti que o pessoal queria rir, kkkkkkkkkk.

Minha primeira compra foi no huinfinito, mas agora estou comprando no soldafria.com.br, que tem e-Sedex baratinho (mais barato que PAC :D).


ops, eu devia esta dormindo quando sugeri isso :D nesse caso, acho que desenvolver uma shield deve ser o melhor caminho.


É, depois vou ver como fazer isso... acho que vou acabar fazendo um shield com as duas redes RS-485.



conversei com um primo que trabalha há muito tempo com eletrônica sobre o que seria melhor TRIAC ou Relé? Ele respondeu na lata: "Triac claro, dá menos problema". O único detalhe que ele comentou foi que com uma boa carga no triac ou bicho vai esquentar e será necessário dissipador.


Sim, imagino que o TRIAC é melhor mesmo, mas será que o circuito que estou usando é suficiente para todos os casos? Vi em alguns lugares circuitos diferentes para cargas indutivas, por exemplo, e em minha automação pretendo controlar também bombas (poço, reservatório de reuso, etc.), então ainda estou na dúvida se nesses casos posso utilizar o TRIAC mesmo ou passo para Relé (chegaram os 10 módulos duplos que comprei no eBay, depois testo o consumo deles).


Eu estava gravando o bootloader via icsp (arduinoSPI) e depois usando a placa do arduino (sem o MC na placa) para gravar o atmega na protoboard com os pinos rx, tx, reset. Eu conseguia apenas gravar o bootloader com uma placa duemilanova seguindo esses passos www.geocities.jp/arduino_diecimila/bootloader/index_en.html. Na hora de gravar o sketch não tinha sucesso. Então decidi gravar o sketch também via icsp e tudo funcionou. Tenho minhas dúvidas se preciso do bootloader, acredito que se modificar o boards.txt e ajustar os fuses dá para excluí-lo. (adicionado na lista de ToDo).


Você fez um esquema muito mais complicado do que eu, hehehe. Basicamente, você só precisa colocar o ATMega "virgem" no Uno, gravar o bootloader via ICSP, e pronto, o uC já pode ser utilizado standalone.


Quanto será o release da nova versão da MasterSlaveFuji?


Já ocorreu, mas ele acabou ficando perdido no meio das fotos :smiley-yell:. Estou anexando novamente.



Muito bom trabalho LegendBR. :) Parabéns.


Valeu, estou me divertindo bastante com o projeto :D.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Jul 31, 2013, 03:14 am
O que vocês acham da ideia de gravar o status das lâmpadas (ligada/desligada/dimmer) na memória eeprom? assim quando faltar energia não perdemos o status atual das lâmpadas.
Pelo datasheet seriam 100.000 ciclos de write/erase. Fazendo umas continhas rápidas, supondo que uma lâmpada seja ligada/desligada 5x por dia e que no mesmo arduino temos 3 lâmpadas, seriam 9,13 anos até aparecer alguma falha.
Meu raciocínio esta certo ou é devaneio?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jul 31, 2013, 04:15 am

O que vocês acham da ideia de gravar o status das lâmpadas (ligada/desligada/dimmer) na memória eeprom? assim quando faltar energia não perdemos o status atual das lâmpadas.
Pelo datasheet seriam 100.000 ciclos de write/erase. Fazendo umas continhas rápidas, supondo que uma lâmpada seja ligada/desligada 5x por dia e que no mesmo arduino temos 3 lâmpadas, seriam 9,13 anos até aparecer alguma falha.
Meu raciocínio esta certo ou é devaneio?


Será que vale a pena? Faltou energia as lâmpadas vão desligar de qualquer forma, né?

Eu tinha pensado em fazer algo desse tipo, utilizar a eeprom para guardar alguma coisa (que não lembro o que), mas acho que é mais interessante o Master guardar isso em um SD. Depois você pode fazer o que quiser com esses dados do SD.

edit: acabei de testar o módulo de relés. Funcionam com lógica invertida (LOW ativa os relés), cada módulo está consumindo 50 mA em 12v, ou seja, 5 vezes a mais do que o MOC + TRIAC. Só tenho que estudar um pouco mais sobre o MOC + TRIAC para fazer um circuito legal (snubber? resistor entre anodo e gate?), mas devo ficar com essa solução mesmo: menos consumo, PCI mais leve, mais lâmpadas / tomadas controladas por PCI, e sem barulho (o tec-tec do relé é bem chatinho xD).
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Jul 31, 2013, 06:41 am

O que vocês acham da ideia de gravar o status das lâmpadas (ligada/desligada/dimmer) na memória eeprom? assim quando faltar energia não perdemos o status atual das lâmpadas.
Pelo datasheet seriam 100.000 ciclos de write/erase. Fazendo umas continhas rápidas, supondo que uma lâmpada seja ligada/desligada 5x por dia e que no mesmo arduino temos 3 lâmpadas, seriam 9,13 anos até aparecer alguma falha.
Meu raciocínio esta certo ou é devaneio?


Depende... quanto tempo demora a electricidade a chegar? Imagina que a electricidade falha mesmo quando estás prestes a sair de casa e tens umas quantas lâmpadas acesas.
Preferes que as lâmpadas liguem automaticamente mesmo não estando ninguém em casa?


edit: acabei de testar o módulo de relés. Funcionam com lógica invertida (LOW ativa os relés), cada módulo está consumindo 50 mA em 12v, ou seja, 5 vezes a mais do que o MOC + TRIAC. Só tenho que estudar um pouco mais sobre o MOC + TRIAC para fazer um circuito legal (snubber? resistor entre anodo e gate?), mas devo ficar com essa solução mesmo: menos consumo, PCI mais leve, mais lâmpadas / tomadas controladas por PCI, e sem barulho (o tec-tec do relé é bem chatinho xD).


Também podes comprar relés de estado sólido já feitos. Dá mais jeito no que toca a dissipacão de calor e instalacão do que o MOC + TRIAC, creio.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jul 31, 2013, 01:27 pm
O principal problema dos relés de estado sólido (SSR) é o custo deles. Enquanto os componentes montar o SSR na PCI (MOC + TRIAC) saem por cerca de US$ 1, não encontro o SSR para PCB (os outros ficam bem grandinho para colocar na caixa de luz) por menos de US$ 6. Mas também é aquela coisa, se eles forem muito melhores do que o MOC + TRIAC vale a pena substituir (o custo não seria TÃO alto assim, afinal), mas será que são? Pelo o que percebi, não devo ter muito problema com dissipação de calor, uma vez que as cargas não devem ser tão grandes (estamos falando em uma residência, afinal).
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Aug 03, 2013, 05:39 am
Atualizando com um shield com algumas funções:

- Utilização de 6 botões touch;
- 2 shift-registers para utilizar a lib ShitPWM (http://www.elcojacobs.com/shiftpwm/) para ler controle PWM de 6 leds para os interruptores e mais 3 PWM para eventuais LEDs na iluminação;
- 2 "sensores", sendo um conectado em uma porta analógica e outro na porta digital 3, para utilização da lib IR remote (https://github.com/targettio/Arduino-IR-remote) para controle de aparelhos de controle remoto.

Está ficando quase pronto :D.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Aug 06, 2013, 03:00 am

Depende... quanto tempo demora a electricidade a chegar? Imagina que a electricidade falha mesmo quando estás prestes a sair de casa e tens umas quantas lâmpadas acesas.
Preferes que as lâmpadas liguem automaticamente mesmo não estando ninguém em casa?

Entendi. Por esse ponto de vista não vale a pena manter o status das lâmpadas.

LegendBR, os seis botões touch funcionaram sem problema?


INFORMAÇÃO ÚTIL:

Realizei um teste com TRIAC para ver a temperatura do mesmo sem dissipador. Utilizei 3 cargas distintas:

AMBIENTE:
Temperatura ambiente 28ºC
O circuito com o TRIAC ficou dentro de uma caixa de tomada 4x2 coberta com papel alumínio.

RESULTADO:
30min com carga de 15W, temperatura do TRIAC em 32ºC
30min com carga de 23W, temperatura do TRIAC em 36ºC
30min com carga de 100W, temperatura do TRIAC em 62ºC

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Aug 06, 2013, 03:10 am

Realizei um teste com TRIAC para ver a temperatura do mesmo sem dissipador. Utilizei 3 cargas distintas:

AMBIENTE:
Temperatura ambiente 28ºC
O circuito com o TRIAC ficou dentro de uma caixa de tomada 4x2 coberta com papel alumínio.

RESULTADO:
30min com carga de 15W, temperatura do TRIAC em 32ºC
30min com carga de 23W, temperatura do TRIAC em 36ºC
30min com carga de 100W, temperatura do TRIAC em 62ºC


Seria também útil fazer um gráfico dos resultados, apesar de 30 minutos poder ser suficiente para o sistema atingir estabilidade. Reparaste nisso? Se ao fim dos 30 minutos a temperatura estava estável?

Boa ideia e bom teste. :)
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Aug 06, 2013, 03:32 am


Seria também útil fazer um gráfico dos resultados, apesar de 30 minutos poder ser suficiente para o sistema atingir estabilidade. Reparaste nisso? Se ao fim dos 30 minutos a temperatura estava estável?

Boa ideia e bom teste. :)


Após 20min não houve variação na temperatura, esperei mais 10min para ter certeza. A ideia de gerar um gráfico é bem interessante. Vou ver o que posso fazer. A princípio meu teste foi usando o termômetro do multímetro.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Aug 06, 2013, 06:07 am
SE não houve variacão da temperatura a curva que vais ver é uma parábola a ir de encontro às temperaturas que colocaste aqui.

Seria interessante ver a influência do dissipador de calor também... mas isso é só uma ideia.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Aug 06, 2013, 02:10 pm

Entendi. Por esse ponto de vista não vale a pena manter o status das lâmpadas.

LegendBR, os seis botões touch funcionaram sem problema?


INFORMAÇÃO ÚTIL:

Realizei um teste com TRIAC para ver a temperatura do mesmo sem dissipador. Utilizei 3 cargas distintas:

AMBIENTE:
Temperatura ambiente 28ºC
O circuito com o TRIAC ficou dentro de uma caixa de tomada 4x2 coberta com papel alumínio.

RESULTADO:
30min com carga de 15W, temperatura do TRIAC em 32ºC
30min com carga de 23W, temperatura do TRIAC em 36ºC
30min com carga de 100W, temperatura do TRIAC em 62ºC




Ainda não, o meu primeiro teste não foi muito efetivo, estou estudando alternativas. Acho que vou fazer uma alteração na proposta original do cara do blog, quando tiver uma solução que me agrade posto aqui.

Legal os testes do TRIAC, qual foi o TRIAC que você usou? Li em algum lugar que se você utilizar um TRIAC com a especificação do dobro da corrente que você vai precisar, não deve ter problemas de aquecimento.

Em tempo, onde você encontrou o vinil / contact preto?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Aug 07, 2013, 04:37 am
@bubulindo, ideia do dissipador anotada.

@LegendBR, o TRIAC foi o BTA12-600. A informação de usar um TRIAC com maior potência faz um certo sentido. Vou comprar um BTA16-600 pra ver se tem diferença na temperatura.
O vinil eu comprei na Eldorado Casa da Arte (rua Lagarto, 153, depois da UNIT do centro na quadra seguinte). Lá também tem o estilete circular.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Legius on Aug 09, 2013, 02:48 pm
Bom dia crianças... (brincadeira).
Acompanhei o tópico de vocês desde o começo e pude ver muitas coisas interessantes, por exemplo, da onde pode se fazer placa com preço baixo e o interruptor touch(MUITO LOCO E LINDO).
Assim como uma pessoa começou a contar a história, também darei inicio a minha.

Atualmente tenho 20 Anos, comecei com 16 anos à fazer um Curso Técnico no SENAI(Brasil), chamado Informática Industrial, eu pensei que tinha haver com manutenção de computador, como tunar, fazer programações..... Porém para minha surpresa o curso não tinha nada haver com Informática, e sim, a divisão de dois blocos gerando o nome informática industrial. Os blocos eram, Eletrônica e Automação Industrial, após saber disto, eu não fiquei desanimado, porém não sabia o que ia acontecer. Com o passar do curso fui aprendendo belas coisas sobre eletrônica e automação industrial, além daquele tempo,naquela escola SENAI o ensino ser 1000x melhor do que dos dias atuais. Antés que alguém pergunte, com 16 anos, eu estava fazendo o Ensino Técnico de manha no SENAI e de tarde o Ensino Médio(2°Grau) no SESI, foi dai onde veio a oportunidade do SENAI. O SENAI deu algumas vagas para os SESI's do Brasil, pois o governo lixo do Brasil queria passar a mão do dinheiro que é investido no SENAI pelas industrias brasileiras senão abrisse mais vagas; meus amigos brasileiros ai acho que sabem da história. Certo, fui fazendo o curso e aprendendo muita coisa que num havia antes, até ai eu não sabia o que era arduino, o meu TCC tinha como propósito automatizar uma casa, porém o projeto não deu certo, porque eu não tinha conhecimento direito de alguns assuntos e por cima usei 8051 e estava programando este em Assembly. Fiz a simulação para o Proteus, fico 60% ok. Certo, entreguei o TCC da mesma forma.

Após finalizar o curso e a escola(terminei os dois juntos), entrei numa empresa que trabalha com desenvolvimento em parte eletrônica, os caras são fera principalmente um japa( o cara não tenha Engenharia, mais manja muito mais do que engenheiros no Brasil), em fim, foi nesta empresa onde pude conhecer o Arduino indicado por um amigo que estudou junto comigo na escola e também me indicou este trabalho. Então, parti para o Arduino, fui brincando com ele apenas no Proteus, então decidi me aventurar em outro Curso Técnico(tinham se passado apenas 6 meses depois do término do anterior), ok, consegui passar na prova e comecei a fazer o curso de Eletroeletrônica, porém para minha decepção, num gostei do curso e consegui aprender muito pouco. A razão disto se deu pelo SENAI da onde eu estava, era totalmente focado em Automobilística(este SENAI é pioneiro neste ramo, tem até empresa automobilista que levam seus carros e funcionários para lá, somente pra treinamento -- TEM CADA CARRO LOCO QUE VOCÊS NUM ACREDITAM ) deixando Eletroeletrônica como segunda opção, ou seja, péssimo investimento. O TCC deste curso como base foi automatizar 60% um processo de uma cerveja, adivinha qual microcontrolador foi usado? A CRIANÇA LINDA DO ARDUINO MEGA, foi uma beleza, o projeto ficou 90%, pois a placa foi feito no modo FASTPCB(olhem no Youtube caso queiram), e era dupla face muito treta.

Ok, tiramos 100 na aula de projetos e agora estamos pensando eu começar a investir neste ramo....

Ok, voltando a automação residencial, desde daquele tempo até hoje, meu sonho é fazer uma automação residencial. E agora, como estou com bastante tempo livre, to aproveitando para me aprofundar neste assunto. Pensei em começar a usar um Arduino DUE por comodo, ou seja, cada comodo teria:

- Controle LED RGB;
- Controle Dimmer Lampada;
- Leitura dos sensores: Temperatura(4 em cada canto da parede e fazer a média),sensor de presença, sensor de luminosidade,magnético para a porta e janela;
- Leitura do consumo de energia em cada comodo em TRUE RMS;
- Controle do Aquecedor e do ventilador de teto;
- Controlar as Tomadas(umas 10 por comodo);
- Comunicação Xbee com os outros cômodos e internet e android;
- Comando por voz.
.... mais algumas coisas que num lembro.

Ou seja, iria utilizar um Arduino Due para fazer tudo em cada comodo, só que ia dar muito trabalho, então achei melhor dividir e hoje estou pensando em utilizar 4 Arduinos Unos por comodo.

Aqui estou agora com vocês para trocar conhecimentos e informações.

Tive uma breve experiencia com o TRIAC, ele é excelente para diversas aplicações, desvantagem dele, é que dependendo da potência que você exige dele, o bicho esquenta, tendo que utilizar dissipador e as vezes um cooler pequeno, outra desvantagem que vejo nele são os disparos acidentais, ou seja, quando você liga o equipamento, as vezes ele da um disparo por dv/dt ou di/dt e acaba dando um acionamento na carga e desligando, por isso, uso necessário de snubber em algumas aplicações. Porém atualmente, há o triac Snubberless que dentro dele já vai embutido um circuito de snubber, porém tem que olhar no datasheet do componente e ver se o snubber dentro dele vai aguentar o pico da partida(ligamento).


Tenho um duvida, se eu deixar o fio do sensor de temperatura muito distante(uns 2m) do Arduíno, vai influenciar demais na medição?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Aug 09, 2013, 04:24 pm
O sensor vai medir a temperatura do local onde ele está. Se tiver a 2m da placa, vai medir a temperatura a 2 m da placa.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Legius on Aug 09, 2013, 04:46 pm
Sim isso eu sei, mais a minha duvida é redeferente, por ser 2m, o fio num vai ter uma queda de tensão pelo comprimento do fio ser longo?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Aug 09, 2013, 04:56 pm
Aí vai depender da bitola do fio e da corrente do sensor. Acho que a corrente é baixa, não acho que vai ter muita variação não. De qualquer forma você vai ter que calibrar o sensor, então nessa calibração já ajusta a perda do queda de tensão. Pelo menos é assim que eu acho que funciona.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Aug 09, 2013, 05:05 pm
Bem vindo Legius (e eu nem me apresentei ainda :D). Também fiz informática industrial, em uma Escola Técnica Federal (hoje IFS).

Entendi sua questão do termômetro. Como a leitura é analógica, você esta preocupado se a perda de tensão no fio pode provocar uma leitura errada. Pode sim, mas 2m deve ter uma perda tão pequena que no final seria insignificante. Se mesmo assim for um problema, você pode usar um sensor digital DS18B20. Pode colocar vários no mesmo barramento.

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Legius on Aug 09, 2013, 05:29 pm
Exatamente uma boa opção, vou utilizar este DS18b20 e ver no que da.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: fabio_h on Aug 09, 2013, 06:10 pm
o fio longo pode alterar pouco, mas a captção da rede eletrica, ruido, microondas, celulares, induzirão um erro maior na leitura, para diminuir só fazendo tipo vinte leituras e tirando a média...
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Legius on Aug 09, 2013, 08:30 pm
Senhores, posso usar um Transmissor e Receptor de 433Mhz no mesmo arduino?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Aug 10, 2013, 08:40 pm

Senhores, posso usar um Transmissor e Receptor de 433Mhz no mesmo arduino?


Acredito que não tem problema, mas nesse caso não é melhor utilizar um transceiver (transmissor e emissor em um só módulo)?


Atualizei o shield, agora com entrada/saída para 3 sensores (ou emissor IR, por exemplo), entrada para 6 botões touch e 16 saídas com registradores 74HC595. Modifiquei os conectores dos sensores para o JST 2.5 XH (http://www.ebay.com/itm/121152593360?ssPageName=STRK:MEWNX:IT&_trksid=p3984.m1497.l2649).

Fiquei na dúvida se o pinout que coloquei é o mais apropriado mesmo. Fiz dessa forma:

VCC  SINAL GND
 |      |      |
 |      |      |
 1      2      3

Tenho a impressão que não existe uma pinagem padrão para todos os sensores, mas queria saber se existe algum padrão que a maioria siga, sei lá.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Aug 12, 2013, 09:44 pm
Shield para o Arduino Mega, que será meu Master, com duas redes RS-485 e um chip DS1307 + bateria para RTC.

Gostaria de evitar as duas redes RS-485, mas não acho que consigo uma tipologia boa...
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Aug 13, 2013, 01:38 am
Legius,

Informação muito útil essa do circuito snubber. Eu não tinha conhecimento disso, mas já havia percebido os disparos acidentais. Vou pesquisar e ver se vale a pena colocar na plaquinha.

LegendBR, você esta tendo esse problema ai (disparos acidentais)?
Suas placas estão ótimas. Vou começar a desenha as minhas agora :D Como meu tempo é curto devo demorar um pouco.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Aug 13, 2013, 03:39 am
Eu li sobre o circuito snubber, e também sobre os TRIACs snubberless. Só vou utilizar TRIACs snubberless, espero que com eles não seja realmente necessário utilizar um circuito snubber.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Aug 13, 2013, 03:50 am

Eu li sobre o circuito snubber, e também sobre os TRIACs snubberless. Só vou utilizar TRIACs snubberless, espero que com eles não seja realmente necessário utilizar um circuito snubber.


Com o BTA12-600, assim que liguei o circuito a lâmpada piscou.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Aug 13, 2013, 01:23 pm
Testei só com lâmpada eletrônica, ela piscou, mas não sei se por conta do snubber ou da lâmpada mesmo, que da uma piscada antes de ligar mesmo. Depois vou testar com uma lâmpada convencional.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Legius on Aug 18, 2013, 04:42 pm
LegendBR você pode postar qual lampada(qual potencia e tensão) e também o modelo do TRIAC?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Aug 19, 2013, 02:41 pm
A lâmpada era uma eletrônica de 15 W (110 v), e o TRIAC era um BTA12-600B.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Legius on Aug 19, 2013, 03:02 pm
Já tentou utilizar um TRIAC SNUBBERLESS ou como esse mesmo triac seu(Standard), utilizar um circuito de snubber?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Aug 19, 2013, 03:14 pm
Esse final de semana testei o BTA16-600B com lâmpada incandescente e pl. Elas não piscaram ao ligar o circuito.
Também achei a temperatura mais baixa que usando o BTA12-600B. Com carga de 100W durante 30min a temperatura estabilizou após 20min em 56ºC.

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Legius on Aug 19, 2013, 03:26 pm
marden você utilizou algum circuito de snubber? Algum capacitor ou algo do tipo?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Legius on Aug 19, 2013, 03:32 pm
Olha o que achei fuçando na net:
Nota:

1. A capacitância da junção por efeito da corrente capacitiva pode provocar disparo indesejado.

2. Tensão elevada entre o anodo e o catodo, mesmo com Ig=0 pode provocar disparo indesejado.

3. Métodos para evitar disparos indesejado  - Dois métodos se destacam para evitar disparos indesejado no SCR, são eles o resistor de gate, conectado entre o gate e o catodo para desviar parte da corrente capacitiva e o snubber que amortece as variações bruscas de tensão entre anodo e catodo.

(http://s3.amazonaws.com/magoo/ABAAAe5CYAD-3.jpg)
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Aug 19, 2013, 03:59 pm

marden você utilizou algum circuito de snubber? Algum capacitor ou algo do tipo?

Não. Eu ia testar o circuito capacitor+resistor. como não as lâmpadas não piscaram, não testei.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Aug 20, 2013, 09:57 pm
Estou com duas dúvidas com relação a como vou executar minha rede RS-485.

A primeira é com relação à topologia. O problema é que minha casa tem dois andares (térreo e primeiro), e o eletroduto que interliga os dois andares vai ficar no meio da casa, justamente onde irei colocar o nó master. Eu visualizei duas alternativas para topologia, que estão em anexo.

Na primeira topologia, o nó Master tem uma bifurcação. Já li que isso não é desejado em redes RS-485, então a minha ideia seria ter uma segunda rede RS-485, onde o Master se comunicaria com S1 ... S5 por uma rede e com S6 e S7 (são mais nós, mas coloquei só esses dois para facilitar) por outra rede, com uma segunda porta serial, um segundo chip MAX487, etc.

O problema dessa topologia é que dificulta um pouco a programação, uma vez que terei que prestar atenção sempre se a comunicação será pelo serial1 ou serial2, por exemplo. Isso eu gostaria de evitar.

Na segunda topologia, tenho somente uma rede, porém tenho um fio relativamente longo entre o último nó do andar superior (S7) e o nó seguinte do térreo (S4). Isso trás custo (fio) e dificuldade (comprimento) que poderiam ser evitados.

Pensei em utilizar um repetidor no Master, mas não sei se isso seria solução. Mas ao mesmo tempo, por ser o Master onde haveria a bifurcação, não sei se realmente haveria problema nessa topologia. O que acham?

Outra dúvida é com relação aos conectores. Nas PCBs, eu estava sempre colocando dois conectores: saída e entrada, tanto para a alimentação quanto para a rede RS-485. Mas eu poderia fazer como o conector abaixo, sendo apenas um conector para alimentação e outro para o RS-485. Isso pode melhorar a distribuição de espaço na PCB e talvez até facilitar a conexão. Será que fica tão bom ou até melhor do que um par de conectores (saída e entrada)?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Aug 20, 2013, 11:23 pm
Eu nunca usei o RS-485 (ou EIA-485 como é chamado agora) em chips como estás a fazer. Sempre que lidei com ele foi profissionalmente em módulos de automação e realmente nunca vi uma rede em árvore.

Na segunda imagem, quando falas em distâncias grandes, a que te referes? Uma distância grande para mim que moro em Londres é diferente duma distância grande para um Americano do Texas... O RS-485 funciona em distâncias bem grandes... logo não me parece que vás ter problemas por aí.

Por último, um conector para a rede parece-me suficiente. Nas redes profibus, normalmente usa-se uma ficha DB9 onde os contactos entre os dois cabos de rede estão ligados na ficha e só as linhas de dados passam para o módulo em questão.

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Aug 20, 2013, 11:43 pm
Eu optaria pela imagem 2.Quanto aos conectores estas a pensar alimentar os nós com alimentaçao local ou usando o cabo de dados tipo POE?
Eu tenho uma rede de sensores em RS485 onde na board coloquei 2 fichas RJ45 (uma entra e pode sair) e passo as linhas do RS485 e as restantes usei pra power.
Ate agora estão a trabalhar mas não tenho mais que 10 sensores.A distancia total do cabo deve rondar os 200 metros em ambiente industrial.
Como tu usas muitos nós usando este método podes ter muitas perdas devido a resistividade no cabo no que toca a alimentação.
Podes sempre a meio do ramal fazer um pull-up nas linhas de alimentação caso as perdas por resistividade sejam muito acentuadas.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Aug 21, 2013, 12:06 am

Podes sempre a meio do ramal fazer um pull-up nas linhas de alimentação caso as perdas por resistividade sejam muito acentuadas.

E fazer um pull-up em cada uma das placas?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Aug 21, 2013, 03:17 am
eu usaria a Topologia 2

Pelo que entendi o ponto M (master) é uma caixa que liga os dois andares certo?
Se for isso então:
- colocaria um cabo UTP (cat-5) do S1 ao S7 passando por M mas não ligando M ao barramento;
- colocaria um cabo do M ao S5;
- usaria um par para a comunicação RS-485 do S1 até o S7 (evitando o M);
- no S7 ligaria um segundo par para dá continuação (unir par 1 e par 2 no S7);
- usaria o par 2 do S7 até o M;
- continuaria do M até o S5 com o segundo cabo.
Pronto, assim você economiza cabo e continua com a rede em um barramento se bifurcação.

Se achar a bitola pequena, você pode juntar dois pares no barramento (usar um par como se fosse um fio)
e passar um par de fios separado com bitola maior para a alimentação.

Sobre os conectores, eu estou desenhando exatamente como o seu esboço. Assim economiza em espaço.
A ideia de HugoPT em usar um conector RJ-45 fêmea é interessante. Acho que facilitaria na hora da instalação
e manutenção futura.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Aug 21, 2013, 01:42 pm
É, vou dar um jeito de usar a topologia 2 mesmo. Já pensei em uma outra solução que resolveria o problema (outro caminho).

Sobre os conectores, acho que vou partir para algo como o da imagem mesmo. Infelizmente não acho que os 3 pares restantes do cabo de rede serão suficiente para alimentar, por conta da corrente total. A ideia é passar um par de 2,5 mm2 para alimentação. Ainda preciso definir o cabo que usarei para a comunicação RS-485 (um cabo de rede seria desperdício, só usaria um par dos 4 e teria que fazer alguma coisa com os outros pares para que eles não gerem interferência).

Hugo, você poderia explicar melhor esse pull-up?

Sobre os conectores RJ-45, a ideia é boa, mas vai muito espaço na PCB, que acho que não terei. Mas vamos ver.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Aug 21, 2013, 02:37 pm
LegendBR,

pull-up
http://www.fourstar-dy.com/Uploadfile/20081110104055769.gif

http://www.fourstar-dy.com/en_view.asp?id=176
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Aug 21, 2013, 02:55 pm
Esse "pull-up/down" (Failsafe Bias Resistors) eu conheço, mas o que o Hugo falou é que eu poderia fazer um pull-up na alimentação, para resolver o problema de perdas (de potência - ddp) por resistividade.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Aug 21, 2013, 10:01 pm
Ok se calhar a palavra pull-up será exagerada mas a ideia é a seguinte.Imaginemos ter uma bateria de 12V, se medir logo há saída dela terei la os 12V(considerando que esta carregada claro) e agora ligo-lhe um cabo com 300metros.Vou a correr para a outra extremidade do cabo e claro que quando vou medir não tenho la os 12V que tinha na bateria devido á resistividade do cabo ao longo dos 300 metros.Suponhamos que nesses 300 metros tenho uma queda de 4V, como as minhas placas usam um 7805 necessito no mínimo de ter a entrar nas placas uns 7V,logo estou em risco eminente de a minha alimentação falhar nos nós.
Uma simples solução pode passar por puxar esses 8V nesse ponto colocando uma outra fonte paralela e assim voltar a tensão aos 12V.
O que dara para mais uns valentes metros.
   ______^^^^-----300metros--------________º
  |                                                             Neste ponto coloco uma alimentação paralela e reforço a alimentação elevando-a
_|_ 12V DC                                                para 12V novamente                                             
-                                                         
|
|_____________________________________

No final podes descobrir medindo as perdas em de quanto em quantos metros  é que tens de puxar a alimentação.
Um transformador de 12V com uma boa filtragem será uma boa solução.

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Aug 21, 2013, 11:09 pm
Alguém tem experiência em perdas de sinal com redes RS485?

Isto porque eu tenho ideia que a rede aguenta com centenas de metros (dependendo do baud). Em todo o caso podes sempre baixar o valor das resistências de 1k para 680 por exemplo.
Dá uma vista aqui:

http://www.maximintegrated.com/app-notes/index.mvp/id/3884
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Aug 22, 2013, 03:52 am
HugoPT,

Imaginei que era algo nesse sentido mesmo, é uma ideia, mas de qualquer forma não vou utilizar os conectores RJ-45, vou deixar a conexão de todos os fios independentes, por um outro motivo que vou citar abaixo.


Finalmente consegui um código que funciona legal. Ainda estou tendo alguns erros de timeout, mas pelo menos agora consigo comunicação com 57600 de baud rate, e também acho que o debug por serial atrapalha. Agora o tempo entre comando e resposta está entre 8 e 10 ms. Alguns ajustes nos delays também deve melhorar.

Também tive problema com algum componente do conversor DC-DC, pois ele está passando cerca de 4,8 V ao invés dos 5V, e isso está fazendo com que seja bloqueada a comunicação de toda a rede (master e 2 slaves). Porém, quando eu desligo a alimentação (VCC) do nó com problema, o outro consegue se comunicar sem problemas. Por isso acho mais prudente ter uma forma de tirar a alimentação de somente um nó, para no caso de falha do sistema ter como desligar nó a nó para verificar qual falhou (espero que não falhe, mas vai saber! xD).

Segue em anexo os novos arquivos da biblioteca MasterSlaveFuji. Para o usuário, o que muda é que foi removido o sinal (Positive / Negative, não tinha muito sentido) e a forma de verificar se tem mensagem nova, que sào:

Code: [Select]

boolean MasterSlaveFuji::checkForMessage()


Verifica se já há alguma mensagem. Melhor utilizado nos slaves, que não precisam ficar aguardando mensagem, ou seja, podem executar outras ações enquanto não recebe algum comando.

Code: [Select]

boolean MasterSlaveFuji::waitForMessage(long timeout)


Fica aguardando enquanto não recebe mensagem. Melhor utilizado no master, que fica aguardando a resposta do slave depois de mandar um comando.

Agora é redesenhar as PCBs. Será que um dia chego em uma versão final? XD

edit: revisão 2 do slave em anexo.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Aug 23, 2013, 03:00 am
Estava pensando em fazer uma mudança um tanto drástica na rede... tipo, estive fazendo umas cotações de componentes para a conversão DC-DC utilizando o LM2576 (que me parece ser a forma mais simples de fazer a conversão sem utilizar um conversor linear, que eu teria que utilizar um dissipador de calor para dissipar os possíveis 3W de potência dissipada), e o custo dos componentes somente para esse circuito seriam uns US$ 6,00 (US$ 2,50 do LM2576, US$ 2,00 do indutor e US$ 1,00 do diodo, sem contar os capacitores). Existem no mercado fontes AC-DC 5v prontas por quase metade desse preço, comprando em quantidade (http://dx.com/p/switching-power-supply-board-module-green-5v-600ma-151578). E dessa forma criar uma rede wireless com nRF24L01 acaba ficando mais interessante, pois fica mais fácil implementar/expandir (basta adiciona nós) e mais barato (o transceiver nRF24L01 é mais barato que um MAX48* original). Sem contar que não precisaria passar mais eletrodutos, fios, etc.

Só fica a dúvida: será que o nRF24L01 tem capacidade de se comunicar através da casa? Sei que o nRF24L01 funciona em "mesh" (tree branch), mas ainda fico meio receoso sobre a efetividade da comunicação, estando os nós dentro das paredes.

E aí, o que acham?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Aug 23, 2013, 04:01 am
Acho que encontraste um parceiro nesta tua busca com o nRF24L01... :)

Eu desenhei uma plaquinha para o nRF24L01... mas acabou por ser uma development board e não propriamente um nó que possa usar numa rede caseira. O meu problema é diferente do teu já que poucos nós serão precisamente iguais para as minhas necessidades e não me dediquei a desenhar shields ainda. 

Até agora deparei-me com um problema chato com o nRF, aliás, com o Arduino Mega. A fonte de alimentacão do Arduino Mega tem ruído a mais para estes rádios... logo isso é algo a ter em conta, ou seja, quando fizer um módulo tem de ter uma muito boa fonte DC para não dar problemas com isto.
Sem fazer nada no Arduino Mega não consigo comunicar entre processadores. Ao adicionar o único condensador que tinha na minha caixa (um muito baixinho), consegui fazer comunicacão com o Mega apenas numa direccão. Ou seja, o Arduino manda dados, mas não recebe a resposta e assume que houve uma falha na comunicacão, quando na realidade o outro recebeu dados.
Na Coreia não é simples de encontrar condensadores por isso vou ter de esperar um pouco para resolver isso. Já vi quem tenha soldado condensadores no módulo nRF24L01 para resolver este problema.

Quanto à fonte de alimentacão, eu comprei esta http://www.ebay.co.uk/itm/330987790542?ssPageName=STRK:MEWNX:IT&_trksid=p3984.m1497.l2649
Eu estou a planear usar tudo em 3,3V já que o nRF precisa de 3,3 de forma bem precisa. E eu não tenho necessidade de grandes velocidades no Arduino, estou até a pensar usar um clock de 1MHZ para muito do que vou fazer e usar pilhas. Daí o conversor buck/boost. 
Neste campo, o melhor que encontrei foi isto: http://www.pololu.com/catalog/product/2119 mas é um pouco caro.

No campo do software, estou a olhar para as bibliotecas do ManiacBug.

http://maniacbug.github.io/RF24/
http://maniacbug.wordpress.com/2011/11/02/getting-started-rf24/

Ele tem um driver para o nRF (usado na minha experiência), e tem também uma classe para fazer uma rede com estes bichinhos. Nota que a rede que ele implementou é em árvore. O que, não é impedimento nenhum, mas tem problemas de redundância. Se desligares um módulo intermédio, os módulos inferiores ficam inacessíveis.
Um problema que estou a ver com esta biblioteca é que ele tem um bloating relativamente grande. Ainda não limpei tudo, mas em funcões de print (para troubleshooting) e strings deve ir um pedaco de espaco de código.

Se ele tem capacidade de comunicar dentro de casa?? Isso tens mesmo de esperar até eu poder experimentar na minha, que poderá ser daqui a semana e meia. Mal tenha resultados, posso meter aqui.

Eu estou a ver na mesma módulos para medir a temperatura e humidade na casa... contador de electricidade, gas e água e um interruptor wireless para a luz da garagem.

Outro ponto interessante, há quem já tenha adaptado esta mesma biblioteca para usar na raspberry pi... se bem que podias fazer o mesmo com nós RS-485

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Aug 23, 2013, 04:24 am
Pois é, estou achando que vou acabar indo no nRF24L01 mesmo... mas achei estranha uma informação que você postou. Na página de um módulo no DX (http://dx.com/p/nrf24l01-2-4ghz-wireless-transceiver-module-126467), diz que a alimentação é entre 1,9 V e 3,6 V. Não será este módulo que você está usando que tem essa limitação? Porque eu estava pensando em utilizar um conversor AC-DC para 5V e um LM7833 para alimentar o nRF24L01 (ainda fico um pouco incomodado em alimentar tudo com 3,3 V e ficar limitado, devo colocar um jumper para selecionar a alimentação do ATMega328).

Você vai colocar algum módulo dentro de parede? Este é meu medo, acho que isso vai diminuir bastante o sinal... será que colocando o master mais potente, com antena e etc., elimina a necessidade de topologia de árvore? Ou o master só pode se comunicar com 6 nós?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Aug 23, 2013, 04:52 am
3,3V é mesmo por conveniência.

Eu não tenho um osciloscópio para ver o que a fonte de alimentacão do Arduino Mega está a fazer... mas o facto da alimentacão não ser estável pode provocar problemas no chip e não propriamente o nível a que está. Em todo o caso, sem osciloscópio apenas me posso guiar pelo que li na net.

http://projectsfromtech.blogspot.kr/2013/05/nrf24l01-arduino-communication-on.html
http://forum.arduino.cc/index.php/topic,71574.0.html

Vi algures outro site com formas de onda mas não encontro agora. :\

A mim incomoda-me comprar uma fonte XPTO para uma placa e depois espetar lá um 7833 para ficar com outro nível. É preferível ficar tudo no mesmo. Como tu pretendes alimentar tudo com um barramento DC, não tens problemas na parte de accionamento de relés ou relés de estado sólido metendo um opto-isolador no circtuito.

Não estou a pensar em colocar nada na parede. Primeiro as paredes são finas, não são muito boas e a esposa (e eu, para ser sincero) não ia gostar muito de ver uma tampa para ter um módulo dentro da parede.
Prefiro esconder por trás dum móvel ou algo do género e como não tenho uma rede de alimentacão teria sempre de ter um carregador para alimentar o sistema. Ou baterias.

Um nRF só consegue comunicar com 6 nós ao mesmo tempo. Ou seja, podes receber dados em 6 pipes ao mesmo tempo aparentemente. Mas nada te impede de mudar o endereco dos nós para comunicares com mais nós creio. Isso ainda não experimentei para ver as limitacões. Se fizeres uma comunicacão polled, creio que não haverá problemas nisso.
A rede em árvore dá-te um alcance maior... já que cada módulo faz relay para outros.

Vou tentar ler um pouco mais sobre essa possibilidade. Para mim, creio que os 6 nós chegam... Tenho de ver melhor.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Aug 23, 2013, 05:07 am
A ideia de alimentar tudo com barramento DC está sob análise. Se o módulos forem se comunicar sem fio, a fiação passando pelos módulos perde um pouco o sentido...
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Aug 23, 2013, 08:55 pm
Estava vendo no MercadoLivre (eBay latino-americano xD), e tem uma fonte AC/DC (5v) por um preço razoável (http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-501603995-fonte-bivolt-5v-600mah-_JM). O problema é que ela não é regularizada. Será que ela + um AMS1117 ficaria legal? Alguém consegue analisar alguma coisa dessa fonte através das imagens (componentes, modo que deve funcionar, etc.), para saber a qualidade / eficiência da mesma?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Aug 23, 2013, 10:47 pm
Não faço mesmo ideia de como essa fonte é feita. :\
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Aug 23, 2013, 11:36 pm
Já alguma vez abriste um carregador dos chineses?
Essa foto é o que la iras encontrar  :smiley-mr-green:
Já reparaste no tamanho do condensador do secundário?
O funcionamento dessa fonte é super simples.
Tem uma ponte rectificadora, um condensador para alisar o ripple onde resultará uma tensão de perto 300V, um oscilador PWM a comutar um transístor em serie com o primário da"amostra de transformador  XD"
No secundário um "misero" condensador de filtragem com um díodo a fazer rectificação de meia onda.
Do mais basico que existe.Nem deve ter informação de retorno do secundário para decteçao de overload ....
Eu fugia dessa "fonte"
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Aug 24, 2013, 12:06 am
Isto é capaz de ser interessante então.

http://www.eevblog.com/2012/11/20/eevblog-388-apple-clone-usb-charger-teardown/

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Aug 24, 2013, 03:24 pm
Acho que vou ficar com a alimentação em 12 mesmo, então, e usar um step-down LM2596 desse que o bubulindo postou. Mas certamente esses componentes são chineses, não são originais (só o LM2596 custa US$ 2), será que não terá problema?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Aug 24, 2013, 03:43 pm
Não me parece que aqueles módulos que meti sejam baseados nesse chip.
Os da Pololu creio que são de confiança, não me parece que sejam chineses.

O outro vem da China... logo é daquelas coisas... tanto pode ser bom, como ser uma m****. Quando o receber vou experimentar no nRF24L01, se não funcionar é mau sinal... se funcionar não é garantia de qualidade, mas pelo menos não deve ser muito mal.

Outra coisa que estive a ver nos módulos rádio é a possibilidade de endereçar mais módulos e na realidade podes endereçar mais do que 6 mudando os endereços do receptor.
Ou seja, mudas o endereço, fazes um polling a um nó, mudas o endereço... etc, etc...

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Aug 24, 2013, 07:00 pm
Acho que são baseados no LM2596 sim, todos os que vejo são, mas quando chegar você confirma.

Imaginei que daria para fazer dessa forma mesmo. Só falta saber se o master com um módulo mais potente (antena externa, etc.) seria o suficiente para não precisar fazer uma rede em mesh.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: OCTO on Aug 27, 2013, 03:43 am
Oi, amigo,

Estou lançando módulos para automação que podem ser exatamente o que você está procurando:
http://labdegaragem.com/forum/topics/m-dulo-para-automa-o-residencial-com-scadabr
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Aug 27, 2013, 07:50 pm
Eu vi, depois passa mas detalhes dos seus módulos. Mas pelo menos no meu caso vou fazer tudo do zero mesmo, dá mais gosto. Mas umas idéias são sempre bem vindas :D.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Aug 30, 2013, 03:31 am
Pessoal, artigo interessante para reduzir o consumo do arduino
http://hwstartup.wordpress.com/2013/04/15/how-to-run-an-arduino-clone-on-aa-batteries-for-over-a-year-part-2/

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: OCTO on Sep 10, 2013, 05:01 pm
Tenho mais detalhes do Módulo Switch em: http://labdegaragem.com/forum/topics/m-dulo-para-automa-o-residencial-com-scadabr?id=6223006%3ATopic%3A258133&page=4#comments (http://labdegaragem.com/forum/topics/m-dulo-para-automa-o-residencial-com-scadabr?id=6223006%3ATopic%3A258133&page=4#comments)
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Sep 11, 2013, 05:11 pm
Viva malta,

Isto tem estado um pouco parado e hoje tive um tempinho para começar a testar algumas coisas.

Antes de mais, a tal fonte comutada que estavamos a falar no outro dia é baseada no LM2577... Não estou a ver aquilo a servir de Buck/Boost, mas para ser sincero ainda não testei e, pior, não tenho acesso a um osciloscópio para ver a saída. :( No entanto, fica a informação.

Quanto aos módulos nRF24L01, creio que a alimentação das placas do Arduino não é limpa o suficiente para eles. O mega está fora de questão para usar com estes módulos sem filtragem adicional e o nano tem funcionado mas ocasionalmente falha. Estou com as placas a cerca de 60 cm uma da outra e vai falhando. Dito isto, ainda não percebi exactamente se isto é problema de software.
A biblioteca que estou a usar tem imensa "merda" que só estorva e enquanto não limpar aquilo e mergulhar dentro das bibliotecas não estou a ver que seja muito usável (ela também ocupa uma quantia jeitosa de Flash).

Quando tiver um tempinho ligo outro computador num canto da casa e levo o outro para o outro canto para termos uma ideia da distância a que se pode usar isto. Isto, claro, com paredes pelo meio.

Para terem uma ideia, com os módulos afastados um do outro cerca de um metro tive isto:
Quote

Now sending 5986689...ok...Got response 5986689, round-trip delay: 25
Failed feedback = 40
Failed sent =9
Transmitted =5793
Now sending 5987717...ok...Got response 5987717, round-trip delay: 23


O numero a ser enviado é o millis e cada telegrama é enviado sensivelmente de segundo a segundo.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Sep 12, 2013, 04:59 pm
Bom... estou a ver que existe um motivo muito bom para estes chips serem tão baratos... e o motivo é mesmo serem uma merdinha.

Usar qualquer biblioteca é um pesadelo. Parece que só o exemplo funciona... e mesmo assim só às vezes. Se tentar fazer seja o que for sem ser na temporização e na ordem da biblioteca o sistema deixa de funcionar.

Estou a ponderar se vale a pena perder tempo a escrever um driver para isto... :\
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Legius on Sep 12, 2013, 10:08 pm
Agora até eu fiquei com duvida. Será que vale a pena? e meu quarto tem muita interferência, esse módulo não serviria em nada.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Sep 13, 2013, 09:21 am
Bom... decidi perder mais algum tempo com a biblioteca do maniacbug e reparei que a função de write colocava o chip em power down (não imagino porque car**** lá estava essa função) e após retirar essa função a comunicação fica bem mais estável pois o chip está acordado e envia os pacotes de forma confiável.

Não sei como será para comunicar com mais módulos em rede, mas para já quero testar isto dum lado ao outro da casa e depois então faço um programa que ligue a dois ou mais nós.

Vou testar com um contador e ver do outro lado quantos números da sequência (n+1) falharam do outro lado da comunicação. Primeiro na mesa, depois dum lado ao outro da casa.

Deixei dois nós a comunicar um para o outro (uma direcção) e houve um pacote que falhou em cerca de 5000. Isto dum lado para o outro da casa que será qualquer coisa como uns 7 a 8 metros talvez.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Sep 16, 2013, 10:36 pm
Apesar de ter ficado de férias nas últimas 3 semanas (voltei no final da semana passada), acabei não tendo tempo nem cabeça para fazer nada com relação à automação (só passar os eletrodutos comunicando as caixas 4x4, finalmente primeira laje concretada! :smiley-yell:).

Estou com uns módulos nRF24L01+ em casa, vou ver se ainda essa semana começo a mexer neles. bubulindo, depois que você corrigiu o problema da biblioteca, testou novamente os módulos no Arduino Mega/Uno? Funcionaram sem problemas? O problema estava na biblioteca mesmo ou os módulos são muito sensíveis à variação de tensão mesmo?

Estava pensando em comprar um módulo com antena externa com amplificador de sinal (nRF24L01 + PA + LNA), para ver se consigo uma comunicação boa entre um módulo com e sem antena externa. Mas pelo o que entendi, esse módulo com antena externa só aumenta a distância de transmissão do módulo, mas não de recepção. É isso mesmo? Porque se for, não adianta muito utilizar esse módulo no master, pois os slaves mais distantes também precisariam de uma antena dessas.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Sep 17, 2013, 10:36 am
Viva,

Eu estava a testar com um Seeeduino (prefiro aos Arduinos originais) e um Arduino Nano dos chinocas.
Ainda não testei de novo com o meu mega (que também é dos chinocas), mas acredito que o problema nele fosse mesmo da fonte de alimentação e não do software.

Posso dar mais uma tentativa... mas se calhar vai demorar porque tenho paredes para pintar e daqui a dias saio para mais um mês de trabalho.

A minha modificação foi no método write(), onde comentei a linha que chamava a função powerdown.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Sep 17, 2013, 01:09 pm
E quanto ao módulo com antena externa com amplificador de sinal (nRF24L01 + PA + LNA), será que ele além de ter mais potência de transmissão também tem um maior alcance de recepção?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Sep 17, 2013, 02:09 pm
Pois... isso não sei.

Só tentando ver a sensibilidade do chip e da antena ou testando. :\

No meu caso a antena não é precisa, por isso não me preocupei com isso.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: holdman_2004 on Sep 17, 2013, 09:30 pm
Olá a todos, depois de ler este topico e outros forums tambem estou como voces a tentar descobrir qual a solução ideal para uma automação residencial.
Em tempo já trabalhei com uma empresa portuguesa que fazia a implementação de domotica em casas em fase de construção o que parede ser o caso de alguns.
Pois bem em minha opiniao e pela experiancia que tive a melhor opção é sem sombras de duvida um barramento rs485 e alimentação de caixa em caixa eles utilizavam um cabo com 2x1mm preto e vermelho para os 12V e dois 0,5 entrelançados para os dados. Uma fonte de 12v para todos os modulos e posso dizer-vos que a maior parte das casas já funcionam a mais de 5 anos sem problemas, as vezes uma ou outra fonte vão ao ar mas isso é normal.
A grande entrave era o preço, daí eu andar por aqui a tentar desenvolver o  sistema para a minha casita que tem que ser uma coisa low-cost.

cumps

Holdman-2004
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Sep 17, 2013, 09:37 pm
holdman_2004,

bem-vindo ao clube :D

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Sep 18, 2013, 12:57 am

Olá a todos, depois de ler este topico e outros forums tambem estou como voces a tentar descobrir qual a solução ideal para uma automação residencial.
Em tempo já trabalhei com uma empresa portuguesa que fazia a implementação de domotica em casas em fase de construção o que parede ser o caso de alguns.
Pois bem em minha opiniao e pela experiancia que tive a melhor opção é sem sombras de duvida um barramento rs485 e alimentação de caixa em caixa eles utilizavam um cabo com 2x1mm preto e vermelho para os 12V e dois 0,5 entrelançados para os dados. Uma fonte de 12v para todos os modulos e posso dizer-vos que a maior parte das casas já funcionam a mais de 5 anos sem problemas, as vezes uma ou outra fonte vão ao ar mas isso é normal.
A grande entrave era o preço, daí eu andar por aqui a tentar desenvolver o  sistema para a minha casita que tem que ser uma coisa low-cost.


Eu não discordo do que dizes que uma rede com fios é melhor que uma rede wireless. Prova disso é o facto que aplicações wireless ainda não são muito utilizadas na indústria e sempre que possível é usado um profibus ou semelhante baseado no RS-485.
Mas para algumas aplicações ou em casas velhas, passar canalizações novas incorre num custo que pode ser proibitivo para o benefício que se tira do sistema.

Esta solução dos rádios nRF24L01 creio ser boa... mas ainda não vi como funciona em rede. Até agora só usei de ponto a ponto.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Sep 18, 2013, 01:37 pm
No meu caso a aplicação é nova, estou colocando eletrodutos entre todos os nós, então o RS-485 possível sem muitos problemas. Mas me assustei quando fiz o teste de bancada com 3 nós (1 master e 2 slaves) e a falha de um nó (na alimentação) causou falha na comunicação dos outros dois nós. Não sei se o fato de eu estar utilizando o CI SN17576, que é bem antigo, foi o problema, mas fiquei com um pé atrás em utilizar o RS-485, pois se for dessa forma mesmo, uma falha em um nó vai causar toda a rede a parar de funcionar, e descobrir qual é o nó problemático vai ser complicado.

Por conta disso e pensando deixar a rede mais "robusta" (mais facilmente expansível e com mais possibilidades), estou começando a estudar o nRF24L01+, que é um padrão wireless relativamente seguro e difundido, com bastante possibilidades e barato (o módulo sai por pouco mais de 1 dólar!). Vou começar a fazer alguns experimentos essa semana, já encomendei um módulo com antena externa, vamos ver qual a capacidade de comunicação desses bichinhos. Mas de último caso, existem bibliotecas que implementam rede mesh com comunicação full duplex. Há limitações, mas acredito que é uma boa solução.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Sep 27, 2013, 04:06 am
Finalmente tive tempo. Esta aí minha primeira versão da placa de interruptor Simples (caixa 4x2).
Tem controle de duas cargas, 2 molex para botão touch + led e 3 molex para sensores analógico ou digital.
Ainda falta a malha GND.

Sugestões?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Sep 29, 2013, 11:05 pm
Parabéns, mardden, ficou muito organizado! Queria conseguir organizar desse jeito xD.

Também consegui um tempo, no meu caso fiz experimentos com o nRF24L01+. Depois de quebrar a cabeça para entender porque o exemplo só funcionava quando queria (linhas comentadas demais), achei o resultado bem satisfatório. O alcance foi melhor do que eu esperava, para módulos tão pequenos. Essa semana deve chegar o módulo com antena, daí testo tanto o alcance de transmissão quanto de recepção.

E se o módulo com antena não resolver o problema, devo utilizar o RF24Network (http://maniacbug.github.io/RF24Network/). Mas mesmo que o alcance seja bom com a antena, e não seja necessário fazer uma rede (o master consegue se comunicar diretamente com todos os slaves), a vantagem de utilizar a RF24Network é que o master não vai precisar questionando sempre os slaves sobre os estados: quando houver algum evento, o slave pode se reportar diretamente ao master, o que com o RS485 não é possível.

Gostei tanto que fiz uma outra PCI, dessa vez utilizando o nRF24L01+ e um módulo LM2596 externo para fornecer 3.3V para o sistema (não me senti muito confortável com o LM2576, uma de minhas placas já estava com problema no step-down, e o custo iria sair maior do que comprar essas placas prontas).

Depois de uma revisão nas placas, devo encomendar algumas para teste :D.

edit: testei a classe RF24Network, e pelo menos a comunicação entre dois pontos funciona muito bem! Tempos pequenos entre comando e resposta, biblioteca simples de usar, estou cada vez mais decidido a ficar no nRF24L01+ mesmo :D.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Oct 01, 2013, 04:14 am

E quanto ao módulo com antena externa com amplificador de sinal (nRF24L01 + PA + LNA), será que ele além de ter mais potência de transmissão também tem um maior alcance de recepção?


Respondendo minha própria pergunta: acho que esses módulos só funcionam com alcance estendido em par/rede. Testei comunicar um módulo com antena e outro sem, e o alcance é praticamente o mesmo se estivesse utilizando dois módulos sem antena. Então vai na topologia de árvore mesmo, mas não devo ter problema.

O próximo passo é testar essa topologia. Depois vou testar três módulos (raiz - tronco - folha) para ver se a biblioteca funciona bem mesmo.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Oct 01, 2013, 04:43 am
Opa LegendBR, Obrigado. Fiz o roteamento manualmente módulo por módulo. Primeiro a fonte, depois os triacs+moc, rs485 e por último o atmel. No início você acha que não vai caber tanto componente na plaquinha, mas no final consegui deixando as trilhas em apenas uma face. Fiz uns testes com dryfilm na confecção da pcb e gostei muito do resultado. Acho que eu mesmo vou confeccionar as pcb's. No final de semana vou fazer uma com esse layout e posto as fotos aqui.

A proposta do nRF24L01 é muito boa, principalmente para usar em casas já construídas. Não precisa fazer muita mudança na estrutura.

Como estou construindo praticamente do zero, tive mais liberdade na distribuição dos eletrodutos. Atualmente a parte de conduítes, reboco esta tudo pronto. O pedreiro começou a colocar o revestimento hoje. Ou seja, estou bem atrasado no projeto :(

Vou continuar seguindo o raciocínio da rede RS485 e fonte chaveada com LM2576. Alias já comprei todos os componentes menos os atmel. Minha idéia é alimentar os circuitos com uma fonte de computador (de boa qualidade claro) pegando a saída de 12V. Caso uma fonte não seja suficiente por causa da distância, colocarei outra no meio do caminho (deixei espaço para isso).

LegendBR, você tem exemplo ou fez algum documento sobre a última versão de sua lib do rs485?

Sobre sua placa, a luz do led não vai atrapalhar a iluminação dos botões touch? O espelho é outra coisa que estou pensando em como fazer. Acho que vou desenhar e levar para alguma gráfica que faz plotagem com vinil. A liberdade na criação esta limitada apenas na imaginação. Vi um conceito muito interessante de interruptor que tinha o formato da planta da casa. Cada cômodo seria um botão. Pensei em fazer uma outra pcb onde iria os leds smd + antena touch e colar atrás do espelho.

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Oct 01, 2013, 07:16 am
LegendBR, não tiveste problemas com falhas de comunicacão?

Eu usando a biblioteca do ManiacBug de quando em vez tinha pacotes que chegavam, outras que o feedback não chegava.
Quando me aventurei em fazer código com a biblioteca tinha um pacote que chegava e perdia prai uns 20 para esse chegar. Foi quando percebi que a funcão de envio desligava o chip e aí, depois de mudar a lib, as coisas melhoraram mas ainda caíam pacotes.
Tu notaste isso?

O que eu reparo é que estes chips são algo difíceis para estabelecer uma comunicacão bidireccional uma vez que o chip ou fala ou ouve a cada instante. Então numa configuracão como a que vocês estão a criar vai ser um desafio interessante de conseguir escalonar isso. :)



Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Oct 01, 2013, 01:33 pm
@mardden

Fiz o roteamento manual também, mas mesmo assim não consegui fazer ficar tão bom quanto o seu, hehehe. E as minhas vou mandar fazer fora mesmo, o custo no final das contas deve ficar quase a mesma coisa do que se eu fosse fazer, e fica muito mais bem feita.

No meu caso, que estou construindo do zero e também passei eletrodutos extra por todas as caixas de luz, vou acabar ficando com o nRF24L01+ mesmo. Se no futuro quiser colocar o RS485, é possível, assim fico com mais liberdade. O que me desanimou no RS485 foram meus testes com 3 nós (2 slaves e 1 master), onde quando a parte elétrica de um módulo deu problema, toda a comunicação deixou de funcionar. Não sei se o problema foi o chip utilizado (SN17576), mas fiquei com um pé atrás, pois no caso de falha de um nó, identificar o nó defeituoso seria muito difícil! Se tivesse mais de um, então, nem quero pensar no trabalho!

Eu até tenho exemplo da lib sim, documentação não cheguei a fazer, mas quando chegar em casa envio para você com em breve explicação ;).

O espelho estou pensando em mandar fazer de acrílico, com os botões já desenhados. Pensei nessa solução porque quando falei com um amigo que os botões poderiam ser brancos, ele me lembrou que eles poderiam sujar e dificultar a limpeza, o que é fato. Mas se eu fizer de acrílico, com os botões desenhados por dentro, é tranquilo, sem contar que não terei o trabalho de fazer um por um (colar o vinil, cortar cada um, etc.). O difícil é descobrir a(s) empresa(s) daqui de Aracaju que façam esse serviço, hehehe.

Sobre os botões do interruptor, fiz um teste com 6 botões capacitivos em uma moldura para caixa de 4"x4", e o resultado é um pouco aleatório. Ele começa funcionando bem, depois começa a não funcionar, enfim, não fiquei muito satisfeito. Então comprei uma tela touch-screen para fazer um teste, acho que vai ficar legal e vai ser muito mais confiável. Vamos ver como vai ficar.

Sobre o led da placa, acho que não vai atrapalhar não, pois vou colocar um conezinho atrás do botão para direcionar a luz do led de cada um, então esse cone deve bloquear a luz do led da placa.


@bubulindo

Então, no começo dos meus testes eu tinha comentado a linha do powerdown(), como você falou, porque também estava tendo problema de comunicação. Mas depois que descobri qual era o problema (linhas comentadas no exemplo, no setup()), tirei o comentário do powerdown (se não me engano) e passou a funcionar sem problemas. Só não consigo feedback quando as placas estão muito distantes, ou o intervalo entre as perguntas são MUITO curtos (do tipo perguntou-respondeu-perguntou-respondeu, praticamente sem intervalo entre eles), aí perco algumas respostas. Mas tendo um intervalo entre as perguntas, funciona bem.

Ah, e o meu mega funciona 100% com o nRF24L01+,  ele mesmo alimentando os 3.3V.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Oct 01, 2013, 02:17 pm
Ok...
É estranho. Eu dava um segundo entre pergunta e resposta. Isso devia ser suficiente, creio.

Quanto ao mega... o meu é Chiduino, por isso, pode ser esse o problema. Eu li que havia mais gente com problemas, mesmo com oficiais, mas isso é sempre uma sorte, né?

Vou tentar fazer mais testes quando chegar a casa. Desta vez tentando ter mais nós ligados... quando chegar já devo ter uns quantos Nano à minha espera. :)
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Oct 01, 2013, 02:27 pm
O meu também não é o oficinal não, é esse aqui: http://dx.com/p/mega-2560-r3-atmega2560-16au-board-usb-cable-for-arduino-black-blue-215579

edit: entre pergunta e resposta eu só dava um delay de 1 ms, pode ser isso...
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Oct 02, 2013, 04:59 am
Acabei de testar o RF24Network, e funciona direitinho mesmo. Segue código:

Master:

Code: [Select]

#include <RF24Network.h>
#include <RF24.h>
#include <SPI.h>

RF24 radio(9,10);

RF24Network network(radio);

#define THIS_NODE 00

#define INTERVAL 1000
#define TIMEOUT 500

struct message_t
{
  unsigned long ms;
  unsigned long counter;
};

unsigned long lastTimeSent;

byte OTHER_NODE = 01;

void setup(void)
{
  Serial.begin(115200);
 
  SPI.begin();
  radio.setDataRate(RF24_250KBPS);
  radio.begin();
  network.begin(90, THIS_NODE);
 
  lastTimeSent = 0;
   
}

void loop()
{
  network.update();
 
  unsigned long now = millis();
 
  if ((now - lastTimeSent) >= INTERVAL)
  {
    message_t message = {now, 1};
    RF24NetworkHeader header(OTHER_NODE);
   
    lastTimeSent = now;
   
    if (network.write(header, &message, sizeof(message)))
    {
     
      while (!network.available() && ((millis() - now) < TIMEOUT))
      {
        network.update();
      }
     
      if ((millis() - now) < TIMEOUT)
      {
        while (network.available())
        {
          RF24NetworkHeader headerReceived;
          message_t receivedMessage;
          network.read(headerReceived,&receivedMessage,sizeof(receivedMessage));
         
          Serial.print("Sent: ");
          Serial.print(message.ms);
          Serial.print(", received: ");
          Serial.print(receivedMessage.ms);
          Serial.print(", from node: ");
          Serial.print(headerReceived.from_node);
          Serial.print(". It took: ");
          Serial.println(millis()-now);
        }
       
      }
      else
      {
        Serial.print("TIMEOUT! Node ");
        Serial.println(OTHER_NODE);
      }
    }
    else
    {
      Serial.print("Falha no envio!!! Node ");
      Serial.println(OTHER_NODE);
    }
   
    if (OTHER_NODE == 01) OTHER_NODE = 011;
    else                 OTHER_NODE = 01;
   
  }
 
}


Slave 1:

Code: [Select]

#include <RF24Network.h>
#include <RF24.h>
#include <SPI.h>

RF24 radio(9,10);

RF24Network network(radio);

#define THIS_NODE 01

struct message_t
{
  unsigned long ms;
  unsigned long counter;
};

void setup(void)
{
  Serial.begin(115200);
 
  SPI.begin();
  radio.setDataRate(RF24_250KBPS);
  radio.begin();
  network.begin(90, THIS_NODE);
 
  pinMode(4, OUTPUT);
 
}

void loop()
{
  network.update();
 
  while (network.available())
  {
    message_t receivedMessage;
    RF24NetworkHeader header;
   
    network.read(header, &receivedMessage, sizeof(receivedMessage));
   
    digitalWrite(A0, HIGH);
    delay(20);
    digitalWrite(A0, LOW);
   
    Serial.print("Received ms: ");
    Serial.print(receivedMessage.ms);
    Serial.print(", from node: ");
    Serial.print(header.from_node);
   
    RF24NetworkHeader sendHeader(header.from_node);
    receivedMessage.ms += 35;
       
    if (network.write(sendHeader, &receivedMessage, sizeof(receivedMessage)))
    {
      Serial.println(" ... answer sent.");
    }
    else
    {
      Serial.println(" ... error sending answer.");
    }   
   
  }
}


Slave 2:

Code: [Select]

#include <RF24Network.h>
#include <RF24.h>
#include <SPI.h>

RF24 radio(9,10);

RF24Network network(radio);

#define THIS_NODE 011

struct message_t
{
  unsigned long ms;
  unsigned long counter;
};

void setup(void)
{
  Serial.begin(115200);
 
  SPI.begin();
  radio.setDataRate(RF24_250KBPS);
  radio.begin();
  network.begin(90, THIS_NODE);
 
  pinMode(4, OUTPUT);
 
}

void loop()
{
  network.update();
 
  while (network.available())
  {
    message_t receivedMessage;
    RF24NetworkHeader header;
   
    network.read(header, &receivedMessage, sizeof(receivedMessage));
   
    digitalWrite(A0, HIGH);
    delay(20);
    digitalWrite(A0, LOW);
   
    Serial.print("Received ms: ");
    Serial.print(receivedMessage.ms);
    Serial.print(", from node: ");
    Serial.print(header.from_node);
   
    RF24NetworkHeader sendHeader(header.from_node);
    receivedMessage.ms += 35;
       
    if (network.write(sendHeader, &receivedMessage, sizeof(receivedMessage)))
    {
      Serial.println(" ... answer sent.");
    }
    else
    {
      Serial.println(" ... error sending answer.");
    }   
   
  }
}


Estava apanhando porque estava tentando usar o segundo nó com o endereço 11, mas deveria colocar 011. O que esse 0 na frente muda não sei, mas que precisa dele, precisa...
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Oct 02, 2013, 06:22 am
o 0 indica qual é o Master... como isto é uma topologia em árvore, tu podes colocar outro Arduino com o numero 1 e ele fica no mesmo patamar que o teu 0 ou master.
Ao não colocares lá isso, ele procura um nó 1 como master. Não havendo, dá erro.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Oct 03, 2013, 01:40 am
Não, acho que você não entendeu. A parte da topologia em árvore, com um nó 0 (central / master) e os outros derivando dele (1...5, 11...51, 121...521, etc.) eu entendi e estou fazendo da forma correta (nó 1 e nó 31). O problema é que para o Arduino (pelo menos nunca tinha ouvido falar nesse fato em outra linguagem) 031 != 31!

Faça o teste:

Code: [Select]

Serial.println(31);
Serial.println(031);


O resultado será:

Code: [Select]

31
25


É a primeira vez que vejo o zero a direita fazer diferença :smiley-yell:.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Oct 03, 2013, 02:50 am
Isso é realmente esquisito...
Terá a ver com as flags de tipo como o 0x, ou 0b?
Vou pesquisar isso. eh eh
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Oct 03, 2013, 03:40 am
Não sei... tentei pesquisar alguma coisa no Google, mas nem sei o que pesquisar, rs. Mas só funciona dessa forma, se usar o segundo nó como 11, 21, 31, etc, não funciona. Mas se usar 011, 021, 031, etc., funciona perfeitamente.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Oct 05, 2013, 07:33 am
Já alguém tinha visto isto?

http://www.kickstarter.com/projects/microduino/microduino-arduino-in-your-pocket-small-stackable?ref=category
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Oct 07, 2013, 07:03 pm

Já alguém tinha visto isto?

http://www.kickstarter.com/projects/microduino/microduino-arduino-in-your-pocket-small-stackable?ref=category


Interessante, mas sai mais caro do que o ATMega328P ou o Arduino Mini Pro :P.

bubulindo, estava pesquisando sobre bibliotecas para o nRF24L01+ e descobri este blog: http://maniacalbits.blogspot.com.br/2013/04/new-rf24-driver-release-fork.html

O autor deu uma melhorada na biblioteca do maniacbug, inclusive ele fala no powerdown() no método write() que você tinha falado. Tenta substituir o driver para ver no que dá. Nos meus testes, parece funcionar melhor. Depois vou desenvolver uma biblioteca para network nos moldes da RF24Network (não uso esta porque algumas coisas não entendo como ela faz, então vou tentar fazer a minha mesmo xD).
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Oct 08, 2013, 03:56 am
Sim, é até bem mais caro... mas é um conceito engracado de "empilhar" placas.

Pois... dá para ver que ele meteu bem mais tempo a corrigir bugs que o autor original.
O que me chateia na biblioteca é que os exemplos parecem funcionar bem... mas a partir do momento que usas a biblioteca para algo funcional aquilo não funciona de maneira alguma.
Algo que também é dito é que existem vários delays no código que foram removidos... eu acho que esses delays eram utéis também para manter os exemplos funcionais.

Mas pronto, pelo menos este problema parece estar resolvido, hein? :) Com um pouco de sorte ele tirou aquelas strings todas e printfs que não estavam a fazer nada.

Quanto a usar a network... eu não me parece que vá precisar disso... mas é um desafio engracado.

Neste momento, por motivos profissionais o meu projectinho caseiro vai de novo para a gaveta. :(
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Oct 08, 2013, 01:48 pm
Continuam algumas strings e printfs, mas acho que somente em métodos específicos, como printDetails().

No seu caso, que os nós só responderão quando perguntados e estão ao alcance do master, realmente uma mais complexa não é necessária. Mas no meu, que além de não estarem todos ao alcance do master, vou mudar a forma de comunicação dos nós: os nós que têm interruptores vão reportar para o master mudanças de estado quando elas acontecerem, e não somente responder. Isso evita tráfego desnecessário, uma vez que a maior parte do tempo não haverá nada a ser feito e nenhuma mudança será realizada.

Já consegui fazer em pequena escala (master questiona o nó 2 através do nó 1), mas fazer um algoritmo genérico é um desafio legal :D.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: edbroni on Oct 08, 2013, 05:54 pm

Já alguém tinha visto isto?

http://www.kickstarter.com/projects/microduino/microduino-arduino-in-your-pocket-small-stackable?ref=category


Olá a todos,

   Venho acompanhando a algum tempo este tópico e estou também tentando criar algumas coisas de automação. Vou seguindo a mesma idéia de utilizar módulos sem fio mas ter uma central utilizando o Raspberry Pi. Atualmente já tenho um sistema Z-wave em casa que pretendo trocar.
    Respondendo ao bubulindo, existe este outro projeto de arduino pequeno http://tiny-circuits.com/

Abraço
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Oct 08, 2013, 06:31 pm
Ao fim ao cabo é tudo a mesma coisa.Uns maiores, quadrados, retangulares mas todos sao XXXduinos
È so um facing em termos de placa.Esses que indicas até sao um pouco caros.Nao duvido do ponto de vista pratico de tamanho, mas para usar uma breadboard ou testar circuitos nao me parece ser la muito indicado pois deve ser giro tentar encaixar isso numa furaçao de breadboard.
Sou mais apologista em usar o arduino (ou clones ) com as ligaçoes disponiveis ao comum utilizador
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Oct 08, 2013, 08:35 pm

Olá a todos,

   Venho acompanhando a algum tempo este tópico e estou também tentando criar algumas coisas de automação. Vou seguindo a mesma idéia de utilizar módulos sem fio mas ter uma central utilizando o Raspberry Pi. Atualmente já tenho um sistema Z-wave em casa que pretendo trocar.
    Respondendo ao bubulindo, existe este outro projeto de arduino pequeno http://tiny-circuits.com/

Abraço


Bem vindo ao clube :).

Que mal lhe pergunte, por que você quer trocar o seu Z-Wave? Não conheço o sistema, mas imagino que por ser profissional ele funciona muito bem.

Com seu post lembrei do aluno da minha esposa, que falou que trabalhava com automação, e quando ela disse que eu também estava desenvolvendo um sistema de automação ele respondeu: "ah, professora mas não é esse negócio de arduino não, é profissional!". Não soube se ria ou ficava com raiva :smiley-yell:.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Oct 09, 2013, 03:50 am

Ao fim ao cabo é tudo a mesma coisa.Uns maiores, quadrados, retangulares mas todos sao XXXduinos
È so um facing em termos de placa.Esses que indicas até sao um pouco caros.Nao duvido do ponto de vista pratico de tamanho, mas para usar uma breadboard ou testar circuitos nao me parece ser la muito indicado pois deve ser giro tentar encaixar isso numa furaçao de breadboard.
Sou mais apologista em usar o arduino (ou clones ) com as ligaçoes disponiveis ao comum utilizador


Eu acho que estes Arduinos são virados mais para o produto final do que para desenvolvimento... para desenvolver são bué chatos. O mesmo se passa com os projectos da LadyAda, tipo o Flora. Aquilo não é virado para desenvolvimento, mas para o utilizador final. No entanto, admito que o preco é proibitivo... nota também que alguns dos ligadores que se vë nestas placas são carotes... ao contrário dos pinos maquinados do Arduino original.


Que mal lhe pergunte, por que você quer trocar o seu Z-Wave? Não conheço o sistema, mas imagino que por ser profissional ele funciona muito bem.

Por acaso ia perguntar o mesmo... eu vi esse sistema Z-wave e acho que já há quem consiga ligar um raspberry pi a ele...

Quanto ao aluno da tua esposa... ele tem razão. O Arduino não é profissional, mas só alguém muito burro é que não vê as potencialidades e facilidades que a ferramenta proporciona. Nota por exemplo, isto do nRF24... bater código para fazer a biblioteca não é impossível, mas demora bem mais que pegar numa biblioteca, estudar e melhorar ou alterar para servir o nosso propósito melhor.
Se a NASA os usa... é porque eles servem para algo:

http://www.engadget.com/2013/02/21/arduino-nasa/

E isto demonstra as potencialidades do Arduino... é uma ferramenta que permite provar conceitos ou testar solucões de forma extremamente rápida e com um custo baixo. Coisa que no passado não era assim pois havia sempre programadores envolvidos, compiladores de milhares de dólares, etc, etc... e provar um conceito era quase decidir sobre a plataforma que se ia usar. Com o Arduino isso não é preciso e uma vez provado o conceito, o trabalho de engenharia reversa nas bibliotecas para melhorar o funcionamento é menor que todo o desenvolvimento inicial. Foi isto que tu fizeste... mesmo em termos de hardware, estás a modificar a base do Arduino (que é do mais básico que existe) para servir o teu propósito. No fundo estás a construir sobre o trabalho dos outros... há quem chame a isto ciência.

Nota, e isto é algo que já assisti, muitos engenheiros electrotécnicos são contra o Arduino... Ou porque dizem que aquilo é legos e não é engenharia a sério ou por arrogância e julgarem-se os únicos que sabem programar microcontroladores. E falham em perceber o objectivo do projecto e porque é que tem tanto êxito.
Tive um que trabalha como freelancer que odeia aquilo... porque diz que lhe tira trabalho... LOL Eh pá, sério?? Se alguém se mete a fazer algo com o Arduino é em parte porque é caro demais fazer algo simples e em parte porque quer o desafio de fazer algo. Não há cá empregos perdidos por isto.

Engracado que ontem li um blog dum professor a falar disto e ele é outro que não percebe o propósito do Arduino.

http://www.hastac.org/blogs/zuofu/anti-arduino-why-i-will-never-teach-arduino-my-embedded-systems-class

Note-se, se um filho meu estivesse a estudar Engenharia electrotécnica e lhe metessem um Arduino com bootloader e bibliotecas para usar nos projectos da Universidade, o professor ia levar umas lambadas bem assentes no focinho.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Oct 09, 2013, 04:28 am
Na verdade o que achei engraçado foi a ignorância e arrogância dele mesmo. Minha esposa nunca falou em arduino, mas quando ele ouviu falar que alguém estava fazendo um sistema de automação, imaginou que seria algo bem amador e simples, tipo controlar UMA lâmpada com arduino pela internet, ou algo do tipo. Não pensou que alguém poderia desenvolver em casa um sistema que fizesse tudo que o sistema comercial que ele representa e só utiliza uma IDE simples para configurar. Enfim, fiquei com sentimentos confusos com relação ao indivíduo, ainda bem que não o conheci, hehehe xD.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Oct 09, 2013, 05:34 am
Será que a tua mulher o pode filmar quando mostrar um vídeo do teu sistema "pouco profissional".

Mas quando dizes que a tua mulher é professora dele, leva-me a crer que ele ainda está a estudar (provavelmente engenharia) e não exerce, ou exerce a profissão de engenheiro há pouco tempo. O que torna tudo bem mais simples de compreender... quando ele chegar ao mundo real e ver que pessoas sem curso de engenharia podem saber bem mais que ele de muita coisa, certamente que ele fica mais mansinho. :)

Estava agora a pôr as notícias em dia... e vejo isto:

http://hackaday.com/2013/10/08/pokewithastick-an-arduino-programmable-web-loggerserver/

Uma coisinha destas para o meu master vinha mesmo a calhar. :)
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Oct 09, 2013, 10:15 am
Quote
Se a NASA os usa... é porque eles servem para algo:

Falando em NASA topem os que estes camaradas estao a fazer.

http://www.youtube.com/watch?v=WCfG0OBEPHM (http://www.youtube.com/watch?v=WCfG0OBEPHM)

http://www.kickstarter.com/projects/575960623/ardusat-your-arduino-experiment-in-space (http://www.kickstarter.com/projects/575960623/ardusat-your-arduino-experiment-in-space)
Vai um uploadinho pro espaço?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: edbroni on Oct 09, 2013, 12:56 pm


Bem vindo ao clube :).

Que mal lhe pergunte, por que você quer trocar o seu Z-Wave? Não conheço o sistema, mas imagino que por ser profissional ele funciona muito bem.

Com seu post lembrei do aluno da minha esposa, que falou que trabalhava com automação, e quando ela disse que eu também estava desenvolvendo um sistema de automação ele respondeu: "ah, professora mas não é esse negócio de arduino não, é profissional!". Não soube se ria ou ficava com raiva :smiley-yell:.


O Z-wave é bom, existem vários dispositivos já prontos. A instalação é fácil. Mas é caro, no Brasil custa uma fortuna um módulo qualquer e está habilitada uma frequência que é utilizada nos módulos da Austrália, isto limita a algumas marcas específicas de dispositivos. Caso compre um sistema aqui, tudo é fechado pois os vendedores exigem que você faça um curso de certificação antes de venderem os módulos além de só aceitarem empresas, consumidor final nem pensar.
O sistema é profissional mas tem muita gente desenvolvendo plugins, principalmente para o controlador Vera da MicasaVerde (forum.micasaverde.com). Veja também que um novo controlador da HomeSeer é basicamente um RaspberryPi (http://store.homeseer.com/store/x-P1599.aspx).
Acredito que estes sistema profissionais não tenham surgido de alternativas e idéias muito diferentes das nossas.
Devid
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Oct 09, 2013, 03:30 pm
Hmmm, pois...

no Reino Unido os precos são caros... mas não é nada de proibitivo. Para ser sincero são precos que esperava de algo assim.
E pode encomendar-se pela net.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Oct 09, 2013, 04:30 pm
@bubulindo

Que nada, minha esposa é contadora, está dando aula em um curso técnico de montagem redes, essa figura só deve saber montar e configurar sistemas comerciais, hehehe.

E concordo que o arduino tem sua aplicação específica: facilitar o acesso à eletrônica à quem não têm formação para isso. Para um sistema profissional de qualidade, também concordo que a programação dos uC deve ser feita sem o layer do arduino, para otimizar recursos, energia, etc. Mas para projetos rápidos e proof-of-concept, o arduino é excelente! :D

Como engenheiro civil com conhecimento mínimo de eletrônica (Lei de Ohm xD), seria praticamente impossível para mim me meter em um projeto dessa magnitude.

@edbroni

Que o Z-wave é caro no Brasil eu já sabia (afinal, o que não é caro no Brasil? :P), mas tinha entendido que sua casa já era toda automatizada com o Z-wave, por isso não entendi porque você estava querendo automatizar com arduino (uma vez que sua casa já é automatizada).
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Oct 09, 2013, 04:59 pm
Não é não...

Mas tenho estado a ver isso... que possibilidades posso aplicar na minha casa. :)
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Oct 09, 2013, 07:27 pm
Se eu tivesse que programar o uC do zero, sem o layer do arduino, seria praticamente impossível sim, pois não teria o tempo para aprender tanta coisa a fundo xD.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Oct 11, 2013, 06:06 pm

Não, acho que você não entendeu. A parte da topologia em árvore, com um nó 0 (central / master) e os outros derivando dele (1...5, 11...51, 121...521, etc.) eu entendi e estou fazendo da forma correta (nó 1 e nó 31). O problema é que para o Arduino (pelo menos nunca tinha ouvido falar nesse fato em outra linguagem) 031 != 31!

Faça o teste:

Code: [Select]

Serial.println(31);
Serial.println(031);


O resultado será:

Code: [Select]

31
25


É a primeira vez que vejo o zero a direita fazer diferença :smiley-yell:.


Descobri o motivo do zero à esquerda (e não à direita) fazer a diferença: quando você coloca um 0 à direita de um número, significa que está representando o número no sistema octal. Olhando a biblioteca do RF24Network que descobri, e realmente, se o número não for escrito na base octal, dá problema mesmo.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Oct 13, 2013, 12:35 am
bubulindo, nos seus testes você colocou um capacitor para decoupling? Os resultados que obtive com esse capacitor foram bem melhores do que sem.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Oct 13, 2013, 04:40 am
Viva,

Não. Nos meus testes liguei o nRF saído da caixa ao meu nano e 2009.
Ainda pensei em fazer isso, para ser sincero, mas deparei-me com um pequeno problema... os únicos condensadores que tinha em casa eram de pF para ligar cristais. LOL

Mas com a mudanca, etc... ainda vai demorar um bocado a ajeitar o meu canto das electrónicas. :(
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Oct 13, 2013, 11:09 pm
Estive ontem em uma loja de material de construção e vi uma torneira que achei o máximo. Ela liga e desliga com um toque! Como no vídeo abaixo:

http://www.youtube.com/watch?v=Fnl3Vu8UUM4

Na hora pensei "com o CapacitiveSense é mole fazer isso!". A torneira é de metal, fazer funcionar é muito simples. Já estou encomendando umas eletroválvulas para fazer uns sistemas como esse, achei muito bem bolado :D.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Oct 14, 2013, 05:39 am
No que toca à automatizacão do lavatório a "inovacão" que eu quero fazer é uma cena que vi no Japão vai para uns 4 anos atrás.

Basicamente o lava mãos estava embutido em cima do tanque do autoclismo. Ou seja, depois de fazer a necessidade, descarregas o autoclismo e o sistema abre uma válvula que abre a torneira do lava mãos. para poderes lavar as mãos e a água vai para dentro do tanque do autoclismo.

Assim a água que usas para descarregar a sanita serviu para lavar as mãos da vez anterior que a sanita foi usada.
Não faco ideia qual é a poupanca em água que uma cena dessas proporciona, mas não deixa de ser uma automatizacão verde para a casa.

Já que se falou em Z-wave no outro dia...

http://hackaday.com/2013/10/13/raspi-z-wave-automation-is-automated/
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Oct 14, 2013, 02:03 pm
Essa "automação" também vou fazer, mas de outra forma: na minha casa tem um poço, e vou utilizar a água deste poço para usos menos nobres, como caixa de descarga (tanque de autoclismo, pelo o que entendi) e lavar piso. Ea água de chuveiro, pia, etc., ao invés de mandar para reda de esgoto, vou fazer um tratamento básico e utilizar para irrigar as plantas da casa. Essa água vai ser naturalmente filtrada pelo solo, voltando para o poço, sendo então aproveitada para usos menos nobres.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: edbroni on Oct 14, 2013, 06:22 pm
Pelo que vi todos pensam em instalar os módulos no interruptor. Pensei em colocá-los junto à lâmpada por ter o fio de fase e não precisar passar outro até o interruptor. Como não testei ainda os nrf24l01, seria muita interferência colocá-los próximo a um reator de lâmpada fluorescente???

Abraços
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Oct 30, 2013, 02:05 am
Uma rápida atualização: chegaram os nRF24L01+ :D. Foto em anexo.

Para não perder o post: tentei fazer a torneira sensível ao toque. Os testes estavam indo bem, até tentar sair do teste e colocar a torneira para funcionar, rs. Acho que o problema foi a fiação AC próximo ao fio do sensor capacitivo. Comprei uma válvula 12vcc para ver se resolve o problema.

@edbroni: acho que o nRF24L01+ não tem problema com o reator não, mas só testando para ter certeza.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Lago on Oct 30, 2013, 03:08 am
50 RFs???

Por curiosidade, quanto pagou?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Oct 30, 2013, 01:08 pm

50 RFs???

Por curiosidade, quanto pagou?


60 dólares + R$ 13 de impostos (uma hora a receita ia me pegar, hehehe).
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Oct 30, 2013, 01:49 pm
Mesmo assim é um bom preco.

Tenho de pegar no meu projecto de novo, decidi arranjar uns Nano em vez de ter de lidar com a fonte de alimentacão em placas desenhadas por mim e por ter a facilidade de ter USB.

Depois seria fixe meteres aqui os teus resultados com uma rede tão grande.
Vais ter apenas um Master? Ou rede distribuída? Tipo master de comunicacão com o exterior, master para IO, etc, etc...?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Oct 30, 2013, 04:54 pm
Na verdade foram 54 dólares, (um pouco) melhor ainda, hehehe.

Também não quero ter que mexer com fonte de alimentação (pelo menos não feita por mim), então comprei uns módulos LM2596 (http://www.ebay.com/itm/130704328517?ssPageName=STRK:MEWNX:IT&_trksid=p3984.m1497.l2649) para fazer a conversão 12v -> 3,3v. Testei um módulo destes com o ATMega328P e o nRF24L01+, funcionou perfeitamente. Só esqueci de medir o rendimento do mesmo.

A ideia inicial é ter apenas um módulo master, conectado à rede. IO será feito por cada nó escravo, reportando quando houver mudança para o master. Com o nRF24L01+ as coisas ficam um pouco mais simples do que seria com o RS-485. Por exemplo, no RS-485 os nós escravos SÓ responderiam comandos quando questionados. Dessa forma, o nó master teria que questionar todos os nós o tempo todo, para ficar sempre atualizado. Com o nRF24L01+, os escravos podem reportar uma mudança de estado logo após a mesma ocorrer, sem precisar ser questionado pelo master. Com o RS-485, isso poderia atrapalhar a comunicação entre os nós, uma vez que a via de comunicação é uma só.

Pode deixar que posto os resultados da rede assim que tiver algum!
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Oct 30, 2013, 05:19 pm
O problema é que o master tem de estar a ouvir...

E o problema maior, se criares uma topologia em árvore, um nó intermédio tem de ouvir do nível de baixo e falar para o nível de cima. Daí o meu interesse em ver como resolves esse problema. :)
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Oct 30, 2013, 09:30 pm
Bom, todos vão ficar ouvindo o tempo todo. Os slaves só vão falar se alguém apertar algum botão para acender uma luz, ou ligar a banheira, enfim, só vão informar o master quando houver algo externo que justifique eles enviarem a informação ao master. Isso quer dizer que, na GRANDE maioria do tempo, eles vão estar esperando algum comando do master, que devido a essa modificação da rede, só vai questionar alguns nós (basicamente os que têm sensores) em um intervalo de tempo fixo (1 vez por minuto, por exemplo), também ficando boa parte do tempo escutando.

Lógico que dessa forma existe a possibilidade de mais de um nó falar ao mesmo tempo e alguma(s) mensagem(ns) acabar(em) se perdendo, mas isso não é tão crítico: aguarda um pouco e "tente outra vez".
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Nov 10, 2013, 09:20 pm
Só uma atualização rápida: testei os módulos LM2596 (http://www.ebay.com/itm/130704328517?ssPageName=STRK:MEWNX:IT&_trksid=p3984.m1497.l2649) para ver a eficiência deles. Convertendo 12v para 3.3v a eficiência é de cerca de 70%. Acho que está razoável :).

Encomendei as placas dos slaves e o shield do Mega 2560. Assim que eles chegarem e montar algumas placas posto fotos. :D
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Nov 20, 2013, 03:47 pm
Finalmente sobrou um tempo aqui e consegui fazer a pcb do interruptor touch na caixa 4x2.
Esse final de semana vou furar a placa e soldar os componentes.

Dicas, sugestões, críticas são bem vindas.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Nov 20, 2013, 09:13 pm
O cara é muito organizado, hehehe. Essa semana estava me perguntando se você já não teria terminado sua casa/projeto de automação, rs.

Sua PCI ficou muito boa! Você usa o método térmico mesmo (imprimir com impressora a laser e utilizar um ferro de passar)? Ainda não consegui utilizar esse método, rs.

Estou devendo minha biblioteca para você, depois te passo!
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Nov 20, 2013, 09:49 pm

O cara é muito organizado, hehehe. Essa semana estava me perguntando se você já não teria terminado sua casa/projeto de automação, rs.


A casa esta com digamos que 80% pronta. O projeto é que esta muito atrasado. Quando eu iniciar os testes vou marcar com vc pra dá uma passada por lá (se vc estiver disponível claro). 


Sua PCI ficou muito boa! Você usa o método térmico mesmo (imprimir com impressora a laser e utilizar um ferro de passar)? Ainda não consegui utilizar esse método, rs.

Estou devendo minha biblioteca para você, depois te passo!

Nessa placa usei dry-film com fotolito impresso na laser (dizem que com jato de tinta fica melhor).
O processo com essa película é o seguinte:
1. cola o dry-film na placa (pode ser com envelopadora ou molhando com água e detergente igual como colocam película em vidro de carro);
2. imprime o desenho da placa em negativo numa transparência (fotolito);
3. coloca o fotolito sobre a placa com dry-film;
4. expoe a luz negra (ultravioleta) por +/-3min;
5. revela com água + carbonato de sódio (barrilha leve usada em piscina);
6. coloca no percloreto pra remover o cobre excedente.

O método térmico eu faço com papel fotografico. Nos teste que fiz, percebi que deixando o ferro parado sobre a placa obtive melhor resultado.
Esse processo é muito chato de acertar. Depende da qualidade na impressão, da temperatura (que varia muito de ferro pra ferro), do tempo de exposição e o desenho não pode ter muitos detalhes, trilhas finas ou muito próximas.


Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Nov 21, 2013, 01:09 am
É, eu estou quase convencido que vou acabar comprando interruptores convencionais e ir substituindo aos poucos pelos automatizados. A pressão de deixar tudo pronto para quando a casa estiver terminado estava me deixando estressado, hehehe.

Já tinha lido sobre esse sistema com fotolito, mas não quis arriscar. Achei melhor encomendar mesmo, o preço vale a pena.

Você já testou o sistema em bancada? Deu tudo certo? E os dois botões capacitivos, funcionaram sem problemas?

Eu agora estou tendendo a usar touch scren mesmo. Comprei algumas, mas ácido que os conectores normais dariam conta, mas preciso de um breakout para testar, e esses vão levar um tempo para chegar ainda. Mas acho que vai ficar legal.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Nov 27, 2013, 08:27 pm
Primeiro prototipo montado. Falta testar :D

@LegendBR, o touch funcionou tranquilo na protoboard. No início ficou meio instável mas era a fonte ruim.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Nov 28, 2013, 03:50 pm
Massa! Depois posta os resultados!

Achei que a placa ficou meio apertada na caixa 4" x 2", talvez tenha dificuldade em conectar os fios... por isso padronizei logo em 4" x 4", hehehe.

Os botões touch, você deixou funcionando por quanto tempo? Porque no meu caso, quando estava testando a "torneira touch", percebi que ela funcionava beleza por um tempo, até que, do nada, travava, a leitura ficava maluca, e só voltava a funcionar depois de um reset. A solução foi resetar o programa a cada 10 minutos, aproximadamente, daí ela funcionava bem.

Já com os 6 botões no espelho, como seriam os botões da casa, funcionava bem no primeiro minuto e depois ficava tudo maluco. Acho que esse touch mais simples é meio instável. Vou testar com uma touch screen e com uns módulos touch específicos para ver como fica.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Nov 28, 2013, 04:02 pm
LengendBR,

No teste com touch deixei 4 dias ligado direto. De tempos em tempos ia lá e mudava o status (ligava ou acendia uma lâmpada).
Por exemplo:
antes de sair pela manhã para o trabalho ligava uma lâmpada e desligava a outra. no horário do almoço invertia o status.
Durante esses 4 dias não travou nem houve instabilidade (lâmpada acender ou apagar sem interação).

Sobre o tamanho depois que coloquei na caixa achei apertado. Vou simular uma instalação na casa pra ver como fica.

Sobre telas touch eu testei aqui o touch do NDS (apenas tela touch sem lcd). É bem tranquilo de usar. Só precisei fazer uns pulldown com resistor de 10K para diminuir a variação na leitura das portas analógicas. O detalhe da tela touch é que ainda não vejo como colocar e ficar bonito. Tem que cortar espelho, talvez colocando uma moldura do tamanho da tela fique bom.




Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Nov 28, 2013, 04:39 pm
Ah, se já funcionou por 4 dias, beleza! Meus problemas devem ter sido por fonte instável também, então. Depois vou testar com o módulo LM2976 para ver como fica.

Pensei em utilizar a tela do DS de forma parecida ao espelho com botões touch. Só teria que mandar fazer os espelhos de vidro já cortados do tamanho da tela do DS e colocar uma "moldura" na frente para esconder a parte eletrônica.

Comprei as telas mas não tinha os conectores de breakout, esses devem demorar um pouco para chegar. Quando tiver um espelho funcionando, posto aqui.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: rgarcia on Dec 18, 2013, 06:04 am
Boa noite a todos!

Li boa parte do tópico e todos estão de parabéns! Muito bom e vem de encontro com meu projeto.

Praticamente o que todos estão buscando como resultado é o mesmo que venho trabalhado a algum tempo.  Em meu projeto eu já tenho:

- Modulo Master (Arduino Mega)
- Modulos Slaves (Arduino Nano e Pro-mini) distribuídos entre cômodos da casa

Toda comunicação que estou utilizando entre eles é com o simples e prático RF433Mhz, adquiri também os NRF240l, pois quando comecei o projeto não tinha ideia do que seria mais prático, econômico e claro, com alcance desejado.  Tinha visto muito na net sobre as desvantagens de se utilizar o modulo RF433Mhz mas sinceramente eu não tive problemas até o momento.

Todos módulos (Master/Slaves) possuem tanto o receptor como o transmissor.  Com alguns ajustes foi relativamente fácil fazer uma comunicação bidirecional (todos recebem e enviam) apesar de até o momento nenhuma função dos módulos SLAVES transmitirem de volta alguma informação, de qualquer forma já esta basicamente implementado.  Vou utilizar quando distribuir sensores de temperatura pela casa, até o momento tenho apenas um ligado diretamente no modulo Master.

Toda essa automação esta ligada a internet e através de um software para iPhone (pago e disponível na APP Store) que acompanha um sketch específico (o qual alterei para adaptar as minhas necessidades) me proporciona acesso tanto via WiFi como pelo 3G de qualquer lugar.  (Aproveito inclusive para agradecer o desenvolvedor do software que me deu total atenção e implementou em sua nova versão diversas ideias e melhorias sugeridas).

Enfim...

No projeto estou com duas questões a serem resolvidas e é por esse motivo que estou aqui, compartilhar com vocês qualquer conhecimento de interesse comum, trocar experiências e auxilio dos mais experts.

Primeira questão -> Converter o 110 para 9v ou 5v (Nano ou pro-mini) de forma reduzida, estável e confiável, cabendo em uma caixa 4x2 convencional.  Li que em vários posts essa é uma grande questão que esta sendo discutida.

Segunda questão -> Espelho touch.  No meu caso a maioria dos interruptores aqui é com:

- Controle de luz (liga/desliga)
- Controle de ventilador (ventila baixo / desliga / ventila cima)
- Controle de velocidade do ventilador

(Isso se repete nos quartos, sala, cozinha, varanda, quando não são interruptores com 3 ou mais acionamentos de lampadas).

Portanto, para que o projeto tenha um acabamento, funcionalidade e aparência profissional nada seria melhor que o "capacitive touch".  A ideia seria ter 3 botões em cada espelho.

Botão 1 -> Liga/desliga lâmpada
Botão 2 -> (1 toque liga o ventilador para baixo | 2 toque desliga | 3 toque liga o ventilador para cima)
Botão 3 -> (1 toque velocidade baixa | 2 toque velocidade média | 3 toque velocidade máxima)

....mas... como tudo tem um "mas"... aqui também não funcionou direito com mais de um botão capacitivo no mesmo espelho de vidro (igual ao do vídeo postado algumas páginas atrás deste tópico).  Vidro de 4mm fume com contact preto no verso e sensores (alumínio) colados.

Hora funciona outra aciona dois "interruptores juntos", depois não aciona mais nada, depois volta ao normal, enfim, loucura total apesar de infinitos ajustes de resistores e sensibilidade da capacitância no sketch.  Só falta eu alterar o tamanho dos alumínios para maiores e menores que estão colados no vidro.

Também realizei testes com fonte convencional de 5v, 9v e ligados diretamente na USB do notebook com o mesmo resultado, por esse motivo descartei oscilações de energia como causador do problema.

Se alguém tiver alguma dica ou conseguiu fazer funcionar com vários sensores no mesmo espelho por favor compartilhe detalhes.

Vi alguns comentários dentro deste tópico também sobre reles, normais e de estado solido.  Bom... eu me deparei com o problema de espaço (caixa 4x2) onde eu teria que acomodar:

1 Rele - Acionamento lâmpada
2 Reles - Acionamento Vent. baixo/cima
2 Reles - Acionamento Vent. velocidades diferentes
1 Arduino Nano ou pro-mini
1 Modulo RF433Mhz receptor
1 Modulo RF433Mhz transmissor
1 Fonte 110v -> 5v DC

Uma solução foi utilizar reles de estado solido montados em uma daquelas protoboards pequenas, (não tive tempo de correr atrás da PCB ainda) utilizando MOC e TRIAC, que funcionaram perfeitamente comigo para todos os acionamentos necessários.

Outra solução que estou pensando é em colocar os reles do ventilador assim como o capacitor do mesmo na caixa no teto sob o próprio ventilador e assim economizar espaço na caixa de interruptor na parede e talvez até mesmo os módulos transmissor e receptor de RF, existe uma questão de comprimento do fio e perda de sinal, energia mas é uma questão de teste apenas.

Enfim... a diferença entre o projeto discutido neste tópico para o meu, pelo que entendi é a forma de comunicação, tanto interna (RF433Mhz) como externa (WiFi / 3G).

Qualquer ajuda com o pontos levantados eu agradeço imensamente e fico a disposição para quem queira maiores detalhes.

Abs



Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Dec 19, 2013, 12:51 pm
rgarcia,

Sobre o touch, eu testei com dois botões mas não coloquei no espelho ainda.
Os fios dos sensores estavam distantes um do outro pelo menos 4cm.
Nesse teste que fiz ficou bem estável e sem erros algum por mais de 2 dias direto.
Devo fazer novos testes já com espelho em breve e coloco aqui os resultados.

Caso não funcione, meu plano B será usar sensores TCRT5000.
Assim não deve modificar muito o resultado final. Testei/desmontei o interruptor
OneTouch (http://www.oneletronicos.com.br/on-produtos-interruptor-eletronico/)
e internamente eles usam a mesma técnica do infravermelho.
Estou usando na prática um desses a pelo menos 5 meses e nunca apresentou defeito.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Dec 21, 2013, 02:54 am
Bem vindo a bordo, rgarcia. :D

Bem, eu estou optando pelo nRF24L01 por ser possível (e já ter biblioteca) utilizar uma tipologia em árvore para comunicação entre os módulos. Acho que os módulos RF433 não teriam capacidade de se comunicar bem entre si por toda a casa, e talvez ocupasse mais espaço, por precisar de um transmissor e um receptor (a princípio). Nos meus testes, o nRF24L01 parece que vai funcionar bem.

Os interruptores touch também se mostraram instáveis para mim, mas depois testo com uma fonte mais confiável. Então comprei umas touch screens para testar, quando tiver algum resultado posto aqui.

Mas achei muito interessante essa opção de utilizar um sensor infravermelho! Já comprei um interruptor eletrônico desses para testar! Esses sensores TCRT5000 são bem baratinhos!

Sobre caber tudo em uma caixa 4x2, resolvi utilizando apenas caixas 4x4 em casa. Esteticamente não tem problema, o custo fica um pouco maior, mas nada absurdo, e fico com mais espaço. Até porque eu vou usar uma pcb customizada (projeto meu) para os nós escravos e uma pequena placa para converter 12v -> 3,3v.

As placas devem chegar em janeiro. Assim que chegarem, posto aqui.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Dec 28, 2013, 04:46 pm
As PCBs chegaram :D. Já montei uma, segue foto em anexo.

Só tenho que ajustar o capacitor do programador serial para funcionar o auto reset, e testar o nRF24l01+. O acionamento de lâmpadas já foi testado e está funcionando :D.

Mas não consegui entender como o interruptor on touch funciona... primeiro que fui testar o em um interruptor e o esquema estava errado, tem que ligar o fio verde na fase, não é? O esquema de um interruptor simples fala em ligar somente os fios vermelho na fase, preto no neutro, e branco no retorno.

Segundo que não entendi como ele percebe o toque, hehehe. Você já fez um esquema parecido, mardden?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Lago on Dec 28, 2013, 07:37 pm
Muito bom!
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Dec 29, 2013, 06:28 am
LegendBR,

A placa ficou muito boa. Demorou muito pra chegar?
A fonte você comprou pronta ou montou também? Vai ser uma fonte por interruptor?

Sobre o interruptor OneTouch:

Isso mesmo, tem que ligar o fio verde na fase. O seu interruptor deve ser o paralelo pra fazer tri-way.

O Ontouch usa um sensor Otico reflexivo. Veja esse video:
http://www.youtube.com/watch?v=qqCWn0UKiws
Ainda não testei o sensor TCRT5000, mas a principio seria tratar ele como se fosse um botão pushpull.
Ligando em uma porta digital mesmo.


Comecei a escrever o código do meu interruptor. Vendo a versão nova da sua lib e seus comentários sobre as mudanças fiz uma alteração no seu exemplo client01 e master. Veja por favor se esta correto:

Client01:
Code: [Select]
#include <MasterSlaveFuji.h>

MasterSlaveFuji *rs485;

#define ID 1
#define DEBOUNCE 50
#define BUTTON_PIN 12
#define LAMP_PIN 13

long lastButtonPress;
bool buttonIsPressed = false;
bool hasChanged = false;
bool lampOn = false;

void setup(){

  Serial.begin(9600);
  rs485 = new MasterSlaveFuji(ID, &Serial, 2);
  pinMode(BUTTON_PIN, INPUT_PULLUP);
  pinMode(LAMP_PIN,OUTPUT);
}

void loop(){
 
  // Atualiza dados
//  rs485->update();
  if (rs485->checkForMessage()) // Se houve mensagem nova...
  {
    switch(rs485->function) // Acao de acordo com a funcao
    {
      case 'L': // Caso a funcao seja 'L', atualizar status da lampada
        lampOn = rs485->data4 - '0'; // Atualiza status da lampada
        rs485->sendACK(); // Envia comando que foi entendido
        break;
      case 'S': // Caso a funcao seja 'S', informar status da lampada
        // Envia resposta com o status da lampada
        rs485->sendACK(0, 'S', 1, '0', '0', '0', '0', '0' + lampOn);
        break;
      default: // Se a funcao nao for 'L' nem 'S', o comando nao e conhecido
        rs485->sendNAK();
    }
  }
 
  // Verifica se o botao foi pressionado, com debounce
  if (digitalRead(BUTTON_PIN) == LOW)
  {
    if (!buttonIsPressed)
    {
      lastButtonPress = millis();
      buttonIsPressed = true;
    }
    else if ((millis() > (lastButtonPress + DEBOUNCE)) && !hasChanged)
    {
      lampOn = !lampOn;
      hasChanged = true;
    }
  }
  else
  {
    buttonIsPressed = false;
    hasChanged = false;
  }
 
  digitalWrite(LAMP_PIN, lampOn);
 
}


Master:

Code: [Select]
#include <MasterSlaveFuji.h>
#include <SoftwareSerial.h>

#define DEBOUNCE 50

MasterSlaveFuji *rs485;

SoftwareSerial Serial3(2, 3);

byte buttonPin[2] = {5,6};
long lastButtonPress[2];
bool buttonIsPressed[2] = {false, false};
bool hasChanged[2] = {false, false};
bool lampOn[2] = {false, false};

#define ID 0

void setup()
{
  Serial3.begin(9600);
  Serial.begin(115200);
  rs485 = new MasterSlaveFuji(ID, &Serial3, 2);
  pinMode(buttonPin[0], INPUT_PULLUP);
  pinMode(buttonPin[1], INPUT_PULLUP);
}

void loop()
{
 
  // Verifica botões
  for (int i = 0; i < 2; i++)
  {
    if (digitalRead(buttonPin[i]) == LOW)  // Botao pressionado
    {
      if (!buttonIsPressed[i]) // Primeiro click
      {
        lastButtonPress[i] = millis();
        buttonIsPressed[i] = true;
      }
      else if ((millis() > (lastButtonPress[i] + DEBOUNCE)) && !hasChanged[i]) // Verificacao Debounce
      {
        lampOn[i] = !lampOn[i]; // Inverte lampada
        hasChanged[i] = true; // Debounce
        rs485->sendENQ(i+1, 'L', 1, '0', '0', '0', '0', '0' + lampOn[i]); // Envia comando para modificar lampada (L01)
      //  rs485->waitForMessage(200); // Aguarda resposta do slave, com timeout de 200 ms
        if (rs485->waitForMessage(200)) // Verifica se recebeu resposta
        {
          if (rs485->type == rs485->ACK) // Verifica se o comando enviado foi entendido
          {
            Serial.print("Conhecido! Lampada do Slave ");
            Serial.print(i+1);
            Serial.print(" mudada para ");
            Serial.println((lampOn[i]?"On.":"Off."));
          }
          else if (rs485->type == rs485->NAK) // Verifica se o comando não foi conhecido
          {
            Serial.print("Comando não conhecido! Slave ");
            Serial.println(i+1);
          }
          else // Se o type não for nem ACK nem NAK, tem algo errado
          {
            Serial.print("Type não conhecido! Slave "); //
            Serial.println(i+1);
          }
        }
        else // Se não há nova resposta, houve timeout
        {
          Serial.print("Timeout! Slave ");
          Serial.println(i+1);
        }
      }
    }
    else // Botao nao pressionado (digitalRead == HIGH)
    {
      buttonIsPressed[i] = false;
      hasChanged[i] = false;
    }
  }
 
  // Solicita status das lampadas
  for (int i = 0; i < 2; i++)
  {
    rs485->sendENQ(i+1, 'S', 1, '0', '0', '0', '0', '0'); // Questiona status das lampadas (S01)
  //  rs485->waitForMessage(200); // Aguarda resposta do slave, com timeout de 200 ms
    if (rs485->waitForMessage(200)) // Verifica se recebeu resposta
    {
      if (rs485->type == rs485->ACK) // Se o comando foi entendido, a resposta está OK
      {
       
        if ((rs485->data4 - '0') != lampOn[i]) // Verifica se foi modificada o status da lampada
        {
          lampOn[i] = rs485->data4 - '0'; // Guarda novo status
          Serial.print("Lampada do Slave ");
          Serial.print(i+1);
          Serial.print(" mudou para ");
          Serial.println((lampOn[i]?"On.":"Off."));
        }
      }
      else if (rs485->type == rs485->NAK) // Verifica se o comando não foi conhecido
      {
        Serial.print("Comando não conhecido! Status Slave ");
        Serial.println(i+1);
      }
      else // Se o type não for nem ACK nem NAK, tem algo errado
      {
        Serial.print("Type não conhecido! Status Slave "); //
        Serial.println(i+1);
      }
    }
    else // Nao houve nova mensagem - timeout
    {
      Serial.print("Status Timeout! Slave ");
      Serial.println(i+1);
    }
  }
 
  // Verifica status do botão do Slave 2
  rs485->sendENQ(2, 'B', 1, '0', '0', '0', '0', '0'); // Questiona status do botao do slave 2 (B01)
//  rs485->waitForMessage(200); // Aguarda resposta
  if (rs485->waitForMessage(200)) // Se houver resposta...
  {
    if (rs485->type == rs485->ACK) // Se a resposta foi de entendido...
    {
      if (rs485->data4 == '1') // Se o botao foi pressionado...
      {
        lampOn[0] = !lampOn[0]; // Modifica status da lampada do slave 1
        // Envia comando para o Slave 1 com novo status da lampada (L01)
        rs485->sendENQ(1, 'L', 1, '0', '0', '0', '0' + lampOn[0]);
    //    rs485->waitForMessage(100); // Aguarda resposta...
        if (rs485->waitForMessage(200)) // Houve resposta...
        {
          if (rs485->type == rs485->ACK) // Comando foi entendido...
          {
            Serial.println("Conhecido! Comando do Botao 2 do Slave 2");
          }
          else  if (rs485->type == rs485->NAK) // Verifica se o comando não foi conhecido
          {
            Serial.print("Não conhecido! Comando do Botao 2 do Slave 2");
          }
          else // Se o type não for nem ACK nem NAK, tem algo errado
          {
            Serial.print("Type não conhecido! Comando do Botao 2 do Slave 2");
          }
        }
        else // Nao houve resposta - timeout
        {
          Serial.println("Timeout! Comando do Botao 2 do Slave 2");
        }
      }
    }
    else if (rs485->type == rs485->NAK) // Comando nao conhecido
    {
      Serial.println("Não conhecido! Botao 2 do Slave 2");
    }
    else
    {
      Serial.println("Type não conhecido! Botao 2 do Slave 2");
    }
  }
  else // Nao houve resposta - timeout
  {
    Serial.println("Timeout! Botao 2 do Slave 2");
  } 
}


É isso mesmo ou entendi errado?


FELIZ ANO NOVO PARA TODOS!
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Dec 29, 2013, 08:26 pm
As placas levaram um mês e meio mais ou menos para chegar. A fonte DC / DC comprei pronta mesmo, saiu US$ 1,20 cada. Achei mais prático do que montar uma fonte na placa.

Sobre o One Touch, estudei um pouco mais o que eu comprei, e acho que ele é capacitivo mesmo, não é reflexivo não. Pelo menos o que eu comprei (3 pads) tem apenas um led para indicar onde fica o botão a noite, e por trás do led tem uma área que acredito que serve como botão touch (capacitivo).

Depois vou testar os botões capacitivos com esse conjunto da placa + fonte DC / DC. O meu problema é que os botões estão relativamente muito próximos (estou considerando o máximo de 6 botões no espelho de cerca de 15 x 15 cm, espaço entre os botões de cerca de 0,5 cm), mas vamos ver no que vai dar.

Depois vejo o seu código com mais calma.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Mortis on Jan 08, 2014, 12:54 pm
Saudações!

Acompanho atento a este post  8) e no pouco tempo que me sobra estou montando e testando minha home network. Por enquanto estou usando reles para ligar/desligar a iluminação e opto acopladores para ter o estado da iluminação (mantenho os interruptores comuns  :smiley-red:, mas partirei para os One Touch em um futuro próximo).

Bom, a primeira parte fiz no interruptor da sala, usando um ATMEGA328 na veroboard e comunicação serial (com um módulo bluetooth HC-06), enviando comandos e recebendo o status. O que farei, que não percebi comentários aqui, é adicionar a função de alarme (sensor de presença e abertura de portas).

A comunicação será semelhante à do Legend, terei um Master e, inicialmente, seis Slaves, usando o nRF24L01+. O master envia solicitação aos slaves periodicamente e os slaves reportam quando ocorrer uma mudança (luz, porta, presença). Neste primeiro momento o master se comunicara com um computador e o computador possui um http service simples (desenvolvido em C#) para comunicação pela internet.

Parei neste final de semana para brincar com um par de nRF24L01+ (Uso a livraria do maniacbug), mas ainda não fui muito bem sucedido. Para testar o nRF usei um arduino mega (o master) e um Atmega328p-pu com cristal de 16MHz, sendo alimentado por uma fonte de parede de 7.4v e tendo a tensão regulada por um LM7805 alimentando o Atmega e um LM1117 alimentando o nRF.

Primeiro tive problemas alimentando o nRF com o pino 3.3v do Arduino Mega, que foi resolvido com o uso de um capacitor de 100uf. Depois o master deixava de encontrar o node quando o slave se afastava coisa de 10 metros (corredor).

Tentei várias configurações de data rate para o objeto radio e vi que não produziam efeitos. Hoje parei para pensar e percebi que estava a aceitar a livraria, sem ter olhado para dentro dela, e ao olhar percebi que o método begin da livraria RF24Network me sabotava, pois eu definia o data rate para 250KBPS e no RF24Network.begin temos radio.setDataRate(RF24_1MBPS);

No próximo final de semana farei mais testes, mas se alguém tiver já feito testes mais profundos e tiver encontrado parâmetros para uma melhor confiabilidade entre paredes, ficaria muito grato se me dissesse  :)
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Jan 08, 2014, 01:24 pm
Viva,

Sim, como já falamos anteriormente, a libraria tem algumas coisas que podem ser melhoradas. O meu problema consistia que o exemplo funcionava bem, mas qualquer coisa fora do exemplo não funcionava de forma alguma. Isso era por causa de uma das funções colocar o chip em sleep.

Infelizmente o meu projecto está parado (ainda por cima agora que já tinha uma raspberry pi e tudo) por falta de tempo (emprego novo) e estou a ver que vou mudar de casa novamente e como tal, pode não valer a pena estar a fazer isto.

Pode ser que volte à carga dentro de alguns meses...
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Mortis on Jan 08, 2014, 06:50 pm
Fala ai Bubulindo,

Recordo-me de teus comentários e os do Legend, inclusive sobe o capacitor (condensador ;)  ), tinha esperança de já tivessem desmistificado tudo (vamos aguardar o Legend que estava bem avançado) rs

De qualquer forma fazei uma limpa na livraria assim que me sobrar tempo (espero que não passe deste final de semana).

Lendo por aqui, parece que colocando o nRF a trabalhar com 256KBPS e CRC de 8 bits a estabilidade aumenta um pouco. Eu estou com dois destes http://dx.com/p/2-4ghz-nrf24l01-wireless-communication-module-for-arduino-green-2-pcs-149255 (http://dx.com/p/2-4ghz-nrf24l01-wireless-communication-module-for-arduino-green-2-pcs-149255).

Será que uns 10 cm de fio de cobre ajudaria a antena? Penso em testar também...

Emprego novo, novas expectativas? Ganhando 10 vezes mais e logo virás ao Brazil para nos pagar umas cervejas rs

Sucesso no novo emprego! E que "volte à carga" brevemente :)
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jan 09, 2014, 01:32 am
bubulindo, seu Mega é original ou cópia? O meu é uma cópia, comprei no dx.com, e ele não está apresentando esse problema de instabilidade. Deixei funcionando uns 2 dias direto e funcionava tudo numa boa.

Não lembro se eu tinha te recomendado essa outra biblioteca (http://maniacalbits.blogspot.com.br/2013/04/new-rf24-driver-release-fork.html), estou usando ela e estava funcionando bem. Esse cara também percebeu a questão do rádio desligando, e fez uns outros ajustes também.

Por aqui estou enrolando para soldar outra placa e fazer o teste de comunicação entre elas, hehehe. Mas por enquanto, o que testei funcionou, rs.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Jan 09, 2014, 10:14 am
Cópia... :$ LOL
A original está bem fora do meu orçamento... se for para ter um autocolante a dizer Made in Italy, compro roupa ou peles. LOL
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Mortis on Jan 09, 2014, 11:55 am
O meu Mega tb é chinês, passei a usar uma fonte externa de 7.6v (7.9 no multímetro), liguei o nRF no LM1117 (com capacitores de tantalum de 10uf) e o LM1117 no pino 5V do arduíno. Dentro de casa, nos extremos dos quartos/corredor (15 metros de distância) sem obstáculos, esta funcionando melhor. Mesmo com CRC de 8 bits e data rate de 250KBPS, quando fazemos a curva quarto adentro o o master começa a falar ao procurar o node até que não mais o encontra =(

monitorando os dois lados, teve momentos em que o master indicou não encontrar o node e o node recebeu a mensagem, e disse não ter encontrado o master para a resposta.


(...)essa outra biblioteca (http://maniacalbits.blogspot.com.br/2013/04/new-rf24-driver-release-fork.html)(...)


Lendo a página, o Greg Copeland passa-nos uma boa impressão (fixei os olhos em "Auto-Acknowledgement Retry Bug Fix"). Mas o melhor negócio pode ser dedicar um pouco mais de tempo e dissecar as livrarias e ler melhor todo o datasheet (só passei os olhos por ele  :smiley-red:).


Cópia... :$ LOL
A original está bem fora do meu orçamento... se for para ter um autocolante a dizer Made in Italy, compro roupa ou peles. LOL



Os Italianos do arduino que me perdoem, mas estou com o Bubulindo.

Alguém já inventou a maquina de parar o tempo para dar tempo de fazermos mais com menos?  :~
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Jan 09, 2014, 12:54 pm
Não me levem a mal... eu entendo que eles querem fazer um produto bom, mas:

- O verdadeiro produto deles é software. Mais concretamente o bootloader. O hardware é bastante básico, a única dificuldade é mesmo no tamanho dos componentes.

- O hardware deles podia ser melhor. Pequenos pormenores que fazem uma diferença enorme e eles nunca os repararam. (ter de cortar pistas para desactivar o reset automático, a localização do botão de reset, aquele espaço entre os pinos...)

- Existe quem faça hardware melhor ao mesmo preço ou mais barato... e sem copiar. Notem que o Arduino é basicamente o que aparece no datasheet do chip com um chip de TTL - USB e pinos maquinados.

- Eu quero uma placa electrónica... não quero uma caixinha toda pipi. Isto é o mesmo que as editoras de música... 50% das pessoas está-se a marimbar para a caixa do CD e livrinho. Prova disso, são as músicas vendidas na internet.

- Eu sei que o fórum e site custam dinheiro para manter, mas também é um facto que todos contribuímos com conhecimento para ele. Ainda assim, eu teria todo o prazer em fazer uma doação para manter o site e fórum. Não quero é ser obrigado a suportá-los comprando hardware que não me serve de muito. 
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: edybahia on Jan 15, 2014, 02:09 pm

Olá pessoal, vir o forúm é a solução adota com os nRF24L01 parece muito com uma que estou trabalhando também para automação residêncial, o pessoal está de parabens pelo desenvolvimento do projeto.
Agora vem uma dúvida com relação ao projeto, no acionamento das cargas qual vocês indentificaram como melhor solução ? ( Relé ou relé de estado sólido ou ainda SCR, TRIAC) ?

Agradeço
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jan 15, 2014, 05:07 pm
Estou utilizando um "relé de estado sólido" (MOC + TRIAC). Tem funcionado muito bem, rápido, simples, barato, e sem o barulho do relé!

Achei a solução tão boa que não entendi porque as pessoas não a utilizam ao invés do relé, porque não consegui identificar desvantagem, hehehe. Quer dizer, uma vantagem do relé é que é possível fazer um circuito "three way" com interruptor comum utilizando ele, mas como será tudo "automatizado", essa vantagem perde o sentido.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: edybahia on Jan 15, 2014, 08:06 pm
Blz.. Lengendbr, agradeço pela respostas

O esquema que vocÊ está utilizando se assemelha com este aqui ?
(http://img833.imageshack.us/img833/3856/triac.jpg)

A questão de utilizar os oMOC são cargas indutivas, porém acredito que bem dimensionado não tenha problemas sendo adicionado um circuito Snnuber.

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jan 15, 2014, 08:21 pm
Não consigo ver imagens do imageshack de onde estou, mas o circuito é como este:

http://www.cuin.com.br/2012/08/rele-de-estado-solido-para-arduino-open-hardware/

Sobre o snubber, comprei o TRIAC BTA24-600BW, que é um TRIAC snubberless. Pelo o que li, esses novos componentes não precisam de circuitos snubber para a maioria dos casos.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: edybahia on Jan 15, 2014, 08:25 pm
blz..

Como pensei é o mesmo esquemático mudando só um pouco a questão de componentes, com a inclusão do SNUBBER,
já que ja tem o Snubber já embutido torna o projeto mais simples.

Valeuu... Agradeço
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jan 16, 2014, 01:11 am
Todos os componentes principais chegaram (fotos em anexo)! Faltam apenas alguns soquetes, conectores, pinos, resistores e capacitores. Além de alguns ATMega328. Além da paciência de montar, soldar e testar tudo, hehehe.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Mortis on Jan 16, 2014, 12:11 pm

Todos os componentes principais chegaram (fotos em anexo)! Faltam apenas alguns soquetes, conectores, pinos, resistores e capacitores. Além de alguns ATMega328. Além da paciência de montar, soldar e testar tudo, hehehe.


Muito bom! Esta semanam chegam alguns componentes por aqui também... é triste a espera das encomendas da china, né? Mas é feliz ver o quanto economizamos =)

Eu fiquei enrolando para mandar fazer umas PCBs, como coloquei todas as minhas dentro das caixas de interruptor tive de montar dois 328 na veroboard (isso sim exige paciência rs).

Comparei o link que você passou da Lib alternativa para o nRF, mas ainda tenho alguns problemas (e mais umas dead zones/zonas de interferência vindo da casa do vizinho rs), mas ainda não cheguei onde quero... verifique diversos loops dentro das libs radio e network, ia começar a mexer neles quando resolvi dar uma pausa e vadiar um pouco pela net, fui no insidegadgets e encontrei uns tutoriais bem limpos XD. Vamos ver se neste final de semana ou no próximo consigo terminar os estudos e testes.

Paciência por ai! rs
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jan 17, 2014, 11:29 pm
Estou achando que o meu "Mega" está ruim... não estou conseguindo fazer o nRF24L01+ funcionar, pensei que poderia ser o shield que eu fiz, mas mesmo sem o shield e mais nada conectado, o resultado do pingpair.pde é o mesmo:

Code: [Select]

RF24/examples/pingpair/
ROLE: Pong back
STATUS = 0x00 RX_DR=0 TX_DS=0 MAX_RT=0 RX_P_NO=0 TX_FULL=0
RX_ADDR_P0-1


Segue o resultado de um slave também com o nRF24L01+ desconectado:

Code: [Select]

RF24/examples/pingpair/
ROLE: Pong back
STATUS = 0xff RX_DR=1 TX_DS=1 MAX_RT=1 RX_P_NO=7 TX_FULL=1
RX_ADDR_P0-1 = 0xffffffffff 0xffffffffff
RX_ADDR_P2-5 = 0xff 0xff 0xff 0xff
TX_ADDR = 0xffffffffff
RX_PW_P0-6 = 0xff 0xff 0xff 0xff 0xff 0xff
EN_AA = 0xff
EN_RXADDR = 0xff
RF_CH = 0xff
RF_SETUP = 0xff
CONFIG = 0xff
DYNPD/FEATURE = 0xff 0xff
Data Rate = 1MBPS
Model = nRF24L01
CRC Length = 16 bits
PA Power = PA_MAX


A boa notícia é que aparentemente as placas slaves estão OK. Segue resultado com o nRF24L01+ conectado:

Code: [Select]

RF24/examples/pingpair/
ROLE: Pong back
STATUS = 0x0e RX_DR=0 TX_DS=0 MAX_RT=0 RX_P_NO=7 TX_FULL=0
RX_ADDR_P0-1 = 0xf0f0f0f0d2 0xf0f0f0f0e1
RX_ADDR_P2-5 = 0xc3 0xc4 0xc5 0xc6
TX_ADDR = 0xf0f0f0f0d2
RX_PW_P0-6 = 0x20 0x20 0x00 0x00 0x00 0x00
EN_AA = 0x3f
EN_RXADDR = 0x03
RF_CH = 0x4c
RF_SETUP = 0x07
CONFIG = 0x7f
DYNPD/FEATURE = 0x3f 0x04
Data Rate = 1MBPS
Model = nRF24L01+
CRC Length = 16 bits
PA Power = PA_MAX


Ainda não consegui fazer dois slaves se comunicarem, mas acho (espero) que é questão de tempo. Seguem os testes!
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Mortis on Jan 17, 2014, 11:37 pm
Se você estiver a usar o pino 3.3v do mega, use um capacitor de 100 para ajudar. Eu resolvi adicionar num "shield" o LM1117, alimentando-o com 7.6v (antes dos reguladores do arduino).

Amanhã farei testes sem usar as livrarias (sem loops travando os loops do arduino e atrapalhando os nRF) para ver no que dá ^^
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jan 17, 2014, 11:43 pm
Então, mesmo sem nada conectado ele não aparece nada, fica do jeito que postei acima. É como se travasse, algo assim...
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Mortis on Jan 18, 2014, 01:10 am
LegendBR,

Mal o meu comentário, é certo que você já tinha testado o que comentei...

Amanhã faço uns testes com o meu mega (eles não estão comigo agora)... Você tinha algo mais conectado no mega, ou apenas a placa e o sketch?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jan 18, 2014, 02:31 am
Consegui fazer funcionar, o problema pelo jeito está no printf no Mega, de resto aparentemente ele está ok.

O problema agora está nos slaves. Já consegui fazer eles se comunicarem, mas por algum motivo, o slave só transmite se eu colocar o dedo na antena. Se eu tirar o dedo, ele para de funcionar. Testei com um nRF24L01+ que tem uma antena conectada, e ele também funcionou. No Mega, não tem esse problema.

Amanhã continuo os testes, depois posto as novidades.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Mortis on Jan 19, 2014, 12:09 am
Estranho, no meu mega o exemplo pingpair funcionou... usei a ide 1.0.5 do arduino... como o erro ocorria na segunda linha do método RF24::printDetails(void) olhei os métodos print_address_register e print_byte_register, mas como aqui funcionou fiquei sem saber...

kkkk, esse negócio de usar o dedo como antena me lembrou o bombril na antena da TV

Esse que tem a antena é o PA+LNA? Encomendei dois, um para usar na central, já que a promessa de transmissão/recepção é de um quilometro, vamos ver...

Hoje não consegui tempo para mais testes, se eu tiver sorte amanhã tocamos mais informações ^^

Sucesso nos teus testes! :)
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jan 19, 2014, 08:27 pm
Esse com antena é o PA+LNA mesmo. Pelos meus testes, o alcance não mudou nada  significativamente, talvez se for um par até funcione melhor, mas...

Estou pensando em soldar um fio para servir de antena, o que acham? Qual o comprimento do fio que devo usar?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Mortis on Jan 19, 2014, 10:41 pm
Fala ai Legend,

Verdade? Poxa, pensei que que os amplificadores (energia e sinal) melhorassem a recepção razoavelmente...

Sobre a antena, vi alguns caras por ai colocando um fio de 5 cm e dizendo que o sinal melhorou, mas outras pessoas dizem pode atrapalhar, como radio frequência é um assunto que pouco pesquisei, ainda não ouso opinar, mas  esse post  (http://forum.43oh.com/topic/3864-nrf24l01-increasing-distance/#entry40726) me fez repensar.

Neste momento tenho dois nRF rodando dentro das caixas do interruptor (da sala e da cozinha) e a central fica no corredor (4 metros de distancia da estação na sala e 5 metros de distância da estação na cozinha), depois posto um desenho. O problema esta em relação ao andar de cima, o comodo mais próximo à posição central perde um pacote ou outro, o comodo mais distante não pode ser encontrado na maior parte do tempo.

Bom, tudo o que consegui fazer hoje foi dissecar um pouco mais as libs, quero descartar qualquer possibilidade de software.

Depois testarei a antena do link que citei.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jan 20, 2014, 09:04 pm
Tem algum outro ponto próximo deste ponto do primeiro andar? Porque a RF24Network é boa justamente por isso, essa rede tem a topologia de árvore. Se dois pontos estão muito distantes, coloque um nó entre eles para "repassar a mensagem".

Estava lendo sobre o meu problema, falam para colocar um capacitor eletrolítico entre o VCC e o GND. Estou usando um capacitor cerâmico, poderia ser esse o problema? Será que o eletrolítico vai fazer diferença?

Também pensei que o problema poderia ser por todas as linhas do nRF24L01+ estarem com 3.3v, diferente de como está no Mega, que as linha do SPI do nRF24L01+ estão com 5v e somente a alimentação do nRF24L01+ é 3.3v. Mas acho que não é este o problema...
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jan 21, 2014, 05:30 pm
Respondendo minha pergunta: coloquei um capacitor eletrolítico de 16v 100 uF na placa e sucesso! A comunicação foi estabelecida! Só não sei se foi devido ao capacitor diferente (eletrolítico ao invés de cerâmico) ou com mais capacitância (100 uF ao invés de 10 uF).

Só fiquei com a impressão de que o alcance piorou consideravelmente em relação aos meus testes anteriores... mas depois testo com a biblioteca RF24Network, tenho o sentimento de que ela funciona melhor do que o exemplo do pingpair. Também mudar os parâmetros (250 kbps ao invés de 1 Mbps, por exemplo) e ver como fica o alcance. Mas por enquanto, problema resolvido! :D.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Mortis on Jan 21, 2014, 06:23 pm

Tem algum outro ponto próximo deste ponto do primeiro andar? Porque a RF24Network é boa justamente por isso, essa rede tem a topologia de árvore. Se dois pontos estão muito distantes, coloque um nó entre eles para "repassar a mensagem".

Estava lendo sobre o meu problema, falam para colocar um capacitor eletrolítico entre o VCC e o GND. Estou usando um capacitor cerâmico, poderia ser esse o problema? Será que o eletrolítico vai fazer diferença?

Também pensei que o problema poderia ser por todas as linhas do nRF24L01+ estarem com 3.3v, diferente de como está no Mega, que as linha do SPI do nRF24L01+ estão com 5v e somente a alimentação do nRF24L01+ é 3.3v. Mas acho que não é este o problema...


Eu pensei em colocar bem acima do master (apenas entre a parede a comunicação mantêm-se boa), mas eu não queria colocar mais um ponto.

Como vi que falha o "auto conhecimento" mas os pacotes são recebidos, colocarei duas validações baseadas em timeout e tentativas usando o loop do arduino (removerei todos os loops da RF24 e RF24Network) e o mínimo de delays possíveis, como referência para o loop penso em algo como o abaixo no master e apenas o LastBuffer no slave.

Code: [Select]

struct nodes_t {
  uint16_t Node;
  char Name[11];
  state State;
  unsigned long LastRequest;
  unsigned long LastResponse;
  uint8_t buffer[5] LastMessage;
}



Respondendo minha pergunta: coloquei um capacitor eletrolítico de 16v 100 uF na placa e sucesso! A comunicação foi estabelecida! Só não sei se foi devido ao capacitor diferente (eletrolítico ao invés de cerâmico) ou com mais capacitância (100 uF ao invés de 10 uF).

Só fiquei com a impressão de que o alcance piorou consideravelmente em relação aos meus testes anteriores... mas depois testo com a biblioteca RF24Network, tenho o sentimento de que ela funciona melhor do que o exemplo do pingpair. Também mudar os parâmetros (250 kbps ao invés de 1 Mbps, por exemplo) e ver como fica o alcance. Mas por enquanto, problema resolvido! :D.


kkkk nem deu tempo de responder a tua pergunta, você mesmo a respondeu...

Eu tinha citado o capacitor no post #385. A 8) E creio que a resposta é maior capacitância.

Ah sim, para csn, no uno uso a porta 10 e no mega a porta 53

Eu fiz testes com 250 kbps, e não notei grande diferença em relação a 1 mega (dentro de casa), pareceu que com CRC de 8 melhorou um pouco, o ruim é que são mais impressões que certezas, seria bom ter equipamentos adequados =S

Estou nos 70% de um sketch sem libs comparando as lib do maniacbug, do  insidegadgets  (http://www.insidegadgets.com/2012/08/22/using-the-nrf24l01-wireless-module/) e o datasheet

vamos ver o que vai dar =)
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jan 21, 2014, 08:48 pm
Nunca sei o valor do capacitor a utilizar, hehehe. Vou começar a exagerar, hehehe.

Mas não era para ser tanto... lembro que nos meus outros testes, usava uns capacitores pequenos, acho que 4.7 nF, e funcionava beleza...

Você já testou a biblioteca RF24 do Greg Copeland (https://github.com/gcopeland/RF24)? Aqui ela funcionou melhor do que a do maniacbug, o Greg Copeland fez algumas modificações/melhorias na lib.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Mortis on Jan 21, 2014, 09:21 pm

Nunca sei o valor do capacitor a utilizar, hehehe. Vou começar a exagerar, hehehe.


kkkk eu também não! Eu vi aqui (http://maniacbug.wordpress.com/2011/11/02/getting-started-rf24/#comment-1117) a solução do problema, dá uma lida =)


Você já testou a biblioteca RF24 do Greg Copeland (https://github.com/gcopeland/RF24)? Aqui ela funcionou melhor do que a do maniacbug, o Greg Copeland fez algumas modificações/melhorias na lib.


Eu comparei algumas coisas (por exemplo o caso "Discovered old debugging SPI bus clock setting. This horribly"), mas parece que o maniac já ajustou, mas preciso ver o resto.

Comecei a copiar método por método (verificando e estudando esses métodos e dependencias) para entender como a coisa funciona, mas isso toma muito tempo (tempo que não temos)...

Estava cansado aqui no trabalho e parei por alguns minutos, mas emperrei nos "pgm_read_byte", anda não me informei sobre o progmem =S

A ideia é evitar o abaixo ("RF24::write") e tratar isso no loop do arduino, para o meu projeto, esses loops parecem críticos  :smiley-roll:
Code: [Select]

do
 {
   status = read_register(OBSERVE_TX,&observe_tx,1);
   IF_SERIAL_DEBUG(Serial.print(observe_tx,HEX));
 }
 while( ! ( status & ( _BV(TX_DS) | _BV(MAX_RT) ) ) && ( millis() - sent_at < timeout ) );
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: edybahia on Jan 28, 2014, 03:20 pm
Acompanhando o forum tive uma dúvida com relação ao meio de comuncação de vocês, qual o protocolo que este chips wirelles se comunicam ?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jan 29, 2014, 02:14 pm
Não sei se entendi bem a pergunta, mas o protocolo é o usuário que define. Basicamente você cria um canal de comunicação entre os módulos nRF24L01+, e através deste canal bytes são enviados. Agora a sequência de bytes para realizar a comunicação é o usuário que define.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Mortis on Jan 29, 2014, 04:42 pm

Acompanhando o forum tive uma dúvida com relação ao meio de comuncação de vocês, qual o protocolo que este chips wirelles se comunicam ?


Assim como o LegendBR fiquei em dúvida sobre tua pergunta, mas creio que algumas dúvidas possam ser esclarecidas em dois links:
https://www.sparkfun.com/datasheets/Components/SMD/nRF24L01Pluss_Preliminary_Product_Specification_v1_0.pdf (https://www.sparkfun.com/datasheets/Components/SMD/nRF24L01Pluss_Preliminary_Product_Specification_v1_0.pdf)
http://maniacbug.wordpress.com/2011/11/02/getting-started-rf24/ (http://maniacbug.wordpress.com/2011/11/02/getting-started-rf24/)

no site do maniacbug tem um atalho para a livraria (em "Get the RF24 library from github"), aconselho entrar nos arquivos da livraria onde encontram-se diversas anotações.

Tento me aprofundar sobre esse chip (certeza que leva um bom tempo de leitura atenta), mas creio valer a pena.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: edybahia on Jan 29, 2014, 06:15 pm
Walleuu LegendBr,
Era justamente isso que estava querendo saber, se você, tinha implementado algum protocolo ou vai utilizar comandos tipo "a","b","c etc...
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jan 29, 2014, 06:34 pm
Tem a descrição do protocolo algumas páginas atrás deste tópico.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: edybahia on Jan 29, 2014, 08:41 pm
Haa Entedi,
Você imprementou seu proprio protocolo de comunicação.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Jan 30, 2014, 02:48 am
Mais ou menos. Estudando sobre o RS845 (que eu iria utilizar no início do projeto) encontrei essa página que descreve um protocolo que achei interessante:

http://real2electronics.blogspot.com.br/2009/09/arduino-and-rs485-english-version.html

Irei utilizar basicamente este protocolo, com uma alteração aqui e ali.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: edybahia on Jan 30, 2014, 02:51 pm
Blz,...

Vou comprar alguns módulos destes para verificar a comunicação, mais acredito que não vou implementar nenhum protocolo, pois pelo que tive lendo ja tem um checksum no proprio modulo rsrsrsrsr..

Obrigado pelas resposta pessoal
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mgomesrr on Feb 12, 2014, 04:26 am
Pessoal,

Primeiro gostaria de parabenizá-los pelo excelente trabalho. Percebe-se aqui o nível extremamente técnico-profissional das postagens

Este é meu primeiro post no fórum, acompanho o tópico a bastante tempo e resolvi criar coragem para poder participar e "tentar" contribuir.

Tenho uma dúvida: vocês já virão este Arduino "www.seeedstudio.com/depot/PreOrder-Spark-Core-p-1495.html"

Acho que resolveria o eterno problema de passagem nas caixinhas elétricas. Só fico triste pelo preço, mas no fim, acho que compensa.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Feb 12, 2014, 02:10 pm
Bem vindo ao clube! :D.

Realmente é bem interessante essa placa! O custo de fato atrapalha um pouco, mas ela já vem com um módulo WiFi, que facilita BASTANTE o desenvolvimento! Uma PCI com as adaptações para as entradas e saídas (MOCs + TRIACs, sensores, etc) já seria o suficiente. Pena que o custo está alto, seria bom se tivesse uma com o nRF24L01+, o custo com certeza seria bem menor.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Mortis on Feb 12, 2014, 02:27 pm

(...)
Tenho uma dúvida: vocês já virão este Arduino "www.seeedstudio.com/depot/PreOrder-Spark-Core-p-1495.html"
(...)


Também gostei desse uino, já possuir interface wifi é uma mão na roda em algumas aplicações, para uma central poderia ser uma mão na roda, mas o preço ainda é pouco atrativo...


(...) seria bom se tivesse uma com o nRF24L01+, o custo com certeza seria bem menor.


Isso seria master! É uma pena as soldagens smd, se não seria perfeitamente possível usar o esquema do pró-mini com o do nRF...

Sobre o nRF, continuo me aprofundando (não deu muito tempo nos últimos dias  =( ), já entendo melhor como funcionam os registradores e o comportamento do ship. Algumas melhorias foram alcançadas com o uso de uma fonte de melhor qualidade, a redução de tentativas do chip (auto ack) e a redução das tentativas por parte da livraria (para que o master não fique parado tentando enviar enquanto os nodes fazem requisições que se perdem porque o master não esta a ouvir).

Vamos ver o que mais eu consigo.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Mortis on Feb 13, 2014, 11:35 am
E ai Legend? Chegou a mexer em algo nas libs do NRF ou esta usando a do maniac bug integralmente?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Feb 13, 2014, 12:38 pm
Estou usando a do maniac bug mesmo. Mas nos últimos dias mexi pouco com o arduino, e o que mexi foi em um projeto de torneira touch e em testes com tela touch screen para os interruptores da automação.

Você conseguiu algum avanço com esta biblioteca?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Feb 13, 2014, 03:13 pm
Ola colegas recentemente também comprei 10 nrf no ebay e este fim de semana vou brincar um pouco com eles.Vou tentar usar a lib do maniacbug e depois descrevo como correu por aqui.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Mortis on Feb 13, 2014, 05:21 pm
Bacana... e já tens as torneiras funcionando com touch? ^^

Bom, eu dissequei vários códigos e bibliotecas (maniac (http://maniacbug.github.io/RF24Network/index.html), Stefan Engelke (http://www.tinkerer.eu/AVRLib/nRF24L01),  aaronds (https://github.com/aaronds/arduino-nrf24l01/tree/master/Mirf), entre outros), precisava descartar os problemas com a parte de software. Li algumas vezes o datasheet (ainda preciso repassar alguns detalhes), o chip é pequeno, mas não é nada simples (pelo menos pra mim rs), porem entendo um pouco melhor como a coisa funciona. X)

Num primeiro momento, como minha automação inclui a parte de segurança, o master não pode ter o luxo de ficar sem ouvir por longos períodos, e como o papel do objeto "radio" da biblioteca do maniac é tentar enviar até que receba o ack ou o tempo chegue no timeout, alterei o abaixo no RF24.ccp

Code: [Select]

bool RF24::write( const void* buf, uint8_t len ) {
  (...)
  //const uint32_t timeout = 500;
  const uint32_t timeout = 50;
  (...)
}

bool RF24Network::write_to_pipe( uint16_t node, uint8_t pipe ){
  (...)
  //short attempts = 5;
  short attempts = 1;
  (...)
}

bool RF24Network::write(uint16_t to_node){
  //int retries = 3;
  int retries = 1;
}


Pelos meus testes os nodes responderão entre 8 e 20 ms, coloquei no loop do arduino o encargo de reenvio (tirando da livraria a responsabilidade), assim o master não para de ouvir os outros nodes por uma situação qualquer em um node (leitura de sensores ou algum processamento, por exemplo).

Para testes das requisições do master, as partes que interessam (pois o resto é parecido com o exemplo txrx), ficaram assim:
Code: [Select]

(...)
#define dlyCheck 0
#define dlyMonit 1

const unsigned long intDelay[] = {100UL, 1000UL};
unsigned long longLastMillis[] = {0UL, 1000UL};

uint8_t this_node = 0;
int to_node_idx = 0;
unsigned long next_check_time = 0;

enum state {OFF, ON, waiting, error};

struct message_t {
  int Id;
  bool Value;
};

struct nodes_t {
  uint8_t Node;
  char Name[8]; //TODO: change to use progmem http://www.nongnu.org/avr-libc/user-manual/pgmspace.html
  state State;
  unsigned long LastRequest;
  unsigned long LastResponse;
  uint8_t retries;
  bool Light;
  bool Presence;
  bool Door;
}
Node[Nodes_Count] = {
  {0,"Master", OFF, 0UL, 0UL},
  {1,"Living", OFF, 0UL, 0UL},
  {2,"kitchen", OFF, 0UL, 0UL},
  {3,"F-Room", OFF, 0UL, 0UL},
  {4,"B-Room", OFF, 0UL, 0UL},
  {5,"Hall", OFF, 0UL, 0UL}
};

#if defined(__AVR_ATmega2560__)
RF24 radio(9,53);
#else
RF24 radio(9,10);
#endif

RF24Network network(radio);
(...)
void setup() {
  //    JP_1    Node
  //(X) ( ) ( ) 0
  //( ) (X) ( ) 1
  //( ) ( ) (X) 2
  //(X) (X) (X) 3
  //( ) (X) (X) 4
  //(X) (X) ( ) 5

  //TODO: change to use direct port access
  pinMode(JP_1,INPUT);
  pinMode(JP_2,INPUT);
  pinMode(JP_3,INPUT);

  // turn on pullup resistors
  digitalWrite(JP_1, HIGH);
  digitalWrite(JP_2, HIGH);
  digitalWrite(JP_3, HIGH);

  delay(20); //wait to stabilize(?)

  bool JP1 = digitalRead(JP_1) == LOW;
  bool JP2 = digitalRead(JP_2) == LOW;
  bool JP3 = digitalRead(JP_3) == LOW;

  if (JP1 && !JP2 && !JP3) this_node = 0u;
  if (!JP1 && JP2 && !JP3) this_node = 1u;
  if (!JP1 && !JP2 && JP3) this_node = 2u;
  if (JP1 && JP2 && JP3) this_node = 3u;
  if (!JP1 && JP2 && JP3) this_node = 4u;
  if (JP1 && JP2 && !JP3) this_node = 5u;

  if(this_node == 0)
    to_node_idx = 1;

  Serial.begin(57600);
  radio.begin();

  network.begin(75, this_node);
 
  Serial.print(Node[this_node].Name);
  Serial.println(F(" Initialized"));

  pinMode(LED_ON, OUTPUT);
  digitalWrite(LED_ON, HIGH);
}
(...)
void StatusRequest(void){
  unsigned long now = millis();

  if ((now - longLastMillis[dlyCheck] >= intDelay[dlyCheck])
    && (Node[to_node_idx].retries < 3)
    && (Node[to_node_idx].State != error)
    && ((now - Node[to_node_idx].LastRequest) >= TimeCheck)
    ){
      longLastMillis[dlyCheck] = now;
      Node[to_node_idx].State = waiting;   
      Node[to_node_idx].LastRequest = now;

      RF24NetworkHeader header(/*to node*/ Node[to_node_idx].Node, /*type*/ 'S' /*Status*/);
     
      if (network.write(header, &now, sizeof(now))) {
        Serial.print(F("Sent Status Request: "));
        Serial.print(now, 10);
        Serial.print(F(", To Node: "));
        Serial.println(Node[to_node_idx].Name);

        Node[to_node_idx].retries = 0;
      }
      else {
        Serial.print(F("Node: "));
        Serial.print(Node[to_node_idx].Node);
        Serial.print(F(" - "));
        Serial.print(Node[to_node_idx].Name);
        Serial.println(F(" no found"));

        Node[to_node_idx].retries++;
      }
  }
  if(to_node_idx == Nodes_Count -1)
    to_node_idx = 1;
  else
    to_node_idx++;
}


O código acima esta longe de ser o código final. Nem é o atual em desenvolvimento, o atual esta quase impossível de ler (rs), a biblioteca do maniac parece a mais completa, mas estou com todos "os métodos que interessaram" em um único sketch gigante, pois usando o VS2010 com o visual micro add-in consigo ver mais detalhes enquanto escrevo o código (ir para definições [que não o .h], auto-completar, bookmarks, etc  ;) )

Juro que não imaginava que essa parte seria a mais complicada =) Mas quando tiver algo mais próximo de completo/real eu posto aqui.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Mortis on Feb 13, 2014, 05:24 pm

Ola colegas recentemente também comprei 10 nrf no ebay e este fim de semana vou brincar um pouco com eles.Vou tentar usar a lib do maniacbug e depois descrevo como correu por aqui.



Aew!!! Bem vindo ao clube Nordic RF  XD

Para você a coisa deve ficar fácil, mas esses bichinhos são interessantes =)

Qual modelo você comprou (com ou sem plus, com ou sem antena, etc)?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mgomesrr on Feb 14, 2014, 06:19 pm
Pessoal,

Continuo na busca infinita de resolver o problema de espaço nas caixinhas elétricas.

Não entendo quase nada de eletrônica, por isso não sei como contribuir com vocês.

Acompanhando as postagens, acho que o produto final vai ser algo parecido com isso: http://fritzing.org/projects/think_rf-v1

O que vocês acham?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Mortis on Feb 14, 2014, 07:11 pm
Creio que o máximo que conseguimos foi o rele de estado sólido (em substituição ao rele gorducho) e interruptor touch (para tirar o trambolho do interruptor tradicional). Mas a fonte (e no meu caso as baterias) ainda ocupam muito espaço, o único negócio parece ser quebrar a parede e colocar caixinhas maiores (aquelas 2x) rs

Esse RF não é muito menor que o nordic que a maioria esta usando...
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Feb 21, 2014, 03:30 am

Bacana... e já tens as torneiras funcionando com touch? ^^


Demorei para responder porque estava com esperanças de ter uma reposta positiva, kkkkkkkk.

Por enquanto não tive muito sucesso não, mas estou com esperanças de o problema ser a torneira que eu estava testando. Ia trocar a torneira mas as ferramentas necessárias para troca sumiram, rs. A casa está um pouco bagunçada, hehehe.

O fato de estar utilizando um attiny85 não está ajudando a debugar. Se eu uso a biblioteca CapacitiveSensor, o SoftwareSerial não funciona. E também não consegui fazer o LCD funcionar com Shift Register no attiny85.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Mortis on Feb 21, 2014, 12:55 pm
Poxa, vemos vários projetos na net usando as duas libs com o attiny, infelizmente não tenho nenhum attiny para testar, mas esse cara (http://blog.theultimatelabs.com/2012/07/bluetooth-capacitive-touch-light-switch.html) disse que funciona! rs

Será que tens uma má versão de alguma das livrarias (ou incompatibilidade da versão da lib com a versão da ide do arduino)?

Recebi ontem os nRF com amplificador e antena (promessa de 1 KM outdoor), vamos ver se indoor também melhorará a eficiência.

Também estou trabalhando na interface USB/Serial do android (https://github.com/mik3y/usb-serial-for-android) com o arduino. A ideia é poder espetar o android numa base com arduino + nrf (inicialmente a central) e aproveitar os recursos e capacidade de processamento de um sansung que esta jogado aqui :).

Muitas ideias e pouco tempo livre, mas aos poucos chegamos lá =)
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Feb 21, 2014, 11:29 pm
Valeu pela dica! Vou olhar esse exemplo com bastante carinho, deve resolver muitos dos meus problemas! =D
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Mortis on Feb 24, 2014, 12:15 am

Valeu pela dica! Vou olhar esse exemplo com bastante carinho, deve resolver muitos dos meus problemas! =D


Espero que você tenha sucesso...

Sobre os nRF24L01, eu recebi dois com PA +LNA, from ebay (http://www.ebay.com/itm/400603653460?ssPageName=STRK:MEWNX:IT&_trksid=p3984.m1439.l2649),  mas fiquei frustrado ao trocar os nRFs e ter desempenho pior, foi um teste bem rápido (apenas troquei os módulos em duas unidades e assisti ao tempo de resposta), o alcance foi menor que com o nRF24L01 com antena onboard e sem amplificador...  :(

Ainda procurarei uns capacitores de pelo menos 450uf para descartar interferência (os +PA +LNA são mais sensíveis por terem amplificadores?)e  testarei em outros canais... Pensei que seria pegar meu circuito atual, tirar um e botar o outro, mas não foi assim  :smiley-sad-blue:
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Feb 24, 2014, 11:45 am
Já minha experiência com o nRF24L01+ com PA+LNA foi diferente. Meus nós escravos continuam só transmitindo quando coloco o dedo no módulo nRF24L01+, mas quando troco pelo módulo com PA+LNA, ele funciona.

Não sei se o fato do ATMega328P estar funcionando com 3.3v ao invés de 5v seria a diferença, já coloquei um capacitor eletrolítico de 200 uF, o próximo passo é aumentar esse capacitor...
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Mortis on Feb 24, 2014, 01:57 pm
Nesses momentos é duro ser hobista, se fosse cientista teria conhecimentos, equipamentos e recursos e já tinha descoberto o problema rs

Vi em algum sitio um cara com o mesmo problema (alegou trocar os módulos e o range não passar de 5 metros), mas nenhum comentário posterior e nenhum retorno sobre qualquer solução... por agora continuo com os sem PA+LNA e um node intermediário (rebatedor), até encontrarmos uma solução... infelizmente só tenho algumas horas do final de semana para testar, mas se eu encontrar algo, posto aqui.

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Mortis on Feb 24, 2014, 02:03 pm

Já minha experiência com o nRF24L01+ com PA+LNA foi diferente. Meus nós escravos continuam só transmitindo quando coloco o dedo no módulo nRF24L01+, mas quando troco pelo módulo com PA+LNA, ele funciona.

Não sei se o fato do ATMega328P estar funcionando com 3.3v ao invés de 5v seria a diferença, já coloquei um capacitor eletrolítico de 200 uF, o próximo passo é aumentar esse capacitor...


Ah sim, não acredito que o problema esteja no ATMEGA, pelo que percebi, se ele trabalha com o cristal interno, 3.3v seria suficiente para manter tudo estável... Depois testarei usando os módulos bluetooth para monitorar a serial e descartar interferências oriundas das portas usb.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Feb 25, 2014, 01:51 am
FUNCIONOU! heheheh, coloquei um capacitor de 0.1 uF junto com o módulo e começou a funcionar! Ainda tem algumas falhas, então preciso fazer um ajuste melhor desse capacitor.

O interessante é que depois que eu tirei o capacitor de 0.1 uF, continuou a funcionar. Acho que o problema estava no capacitor de 100 uF que está abaixo do módulo nRF24L01+. Antes ele estava muito próximo, praticamente encostado no módulo nRF24L01+. Quando afastei esse capacitor, mesmo sem o capacitor de 0.1 uF, continuou funcionando. Mas quando eu aproximava o capacitor de novo do módulo, começava a perder mais pacotes.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Feb 25, 2014, 10:34 am
Ola amigos
Por acaso não queres partilhar o código com que estas a testar entre os nós.Recentemente também comprei 10 módulos no ebay, já passei os olhos na lib do maniacBug mas ainda pouco fiz, no entanto gostava de testar o comportamento que vocês relatam.Tenho andado dedicado a outras coisas e não me tem sobrado muito tempo pra os estudar :(
Comprei os por serem muito populares com baixo custo e gostava de os testar.
Uma coisa que me deixou de pé a traz com estes módulos é eles trabalharem na frequência 2.4Ghz que já é ocupada com as redes Wireless, num deles fiz o upload do programa do maniacBug e  sem ligar o outro modulo já me estava a escrever na serie pacote recebido lol.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Feb 25, 2014, 11:53 am
Estoou usando os códigos de exemplo mesmo para testar (pingpair do RF24, helloworld_rx/tx do RF24Network) com dois arduinos, naturalmente.

E sobre essas "leituras" com o módulo desconectado, é assim mesmo, todos os meus testes tiveram o mesmo resultado, hehehe.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Mortis on Feb 25, 2014, 02:12 pm

coloquei um capacitor de 0.1 uF junto com o módulo e começou a funcionar!


Que bom que produziu efeito... Estou usando baterias de li-ion (7.4v) o LM7805 para o atmega e o LM1117 para o nrf (com capacitores de tantalum de 10uf em todas as entradas e saídas dos reguladores, como manda os datasheets), mas vamos ver o que acontece depois dos testes que citei...


Tenho andado dedicado a outras coisas e não me tem sobrado muito tempo pra os estudar :(


Creio que tempo de sobra esta difícil para todos nós (tristeza)... Por isso não tenho evoluído muito... É muita coisa para estudar e entender, ainda mais para leigos como eu...




Se seguir o quote acima verás três locais onde fiz alterações para não perder pacotes com a concorrência, o próximo passo ( depois de entender o que se passa com o PA+LNA) é testar a checagem do ack no loop do arduino (para não travar o loop do arduino com outros loops) e penso também na possibilidade de parar de usar o auto ack (percebi que as mensagens são recebidas pelos nodes, mas o ack falha).


Uma coisa que me deixou de pé a traz com estes módulos é eles trabalharem na frequência 2.4Ghz que já é ocupada com as redes Wireless


Essa é uma desvantagem, ao redor de minha casa tem umas 10 redes wifi! rs

Ainda não testei, mas esse scanner (http://arduino-info.wikispaces.com/Nrf24L01-Poor+Man's+2.4+GHz+Scanner) esta na fila


, num deles fiz o upload do programa do maniacBug e  sem ligar o outro modulo já me estava a escrever na serie pacote recebido lol.


Nossa, isso não me aconteceu... qual programa fizeste o upload?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Mortis on Feb 25, 2014, 02:12 pm
O meu esboço é o abaixo, uso a lib do maniac:
Code: [Select]

#include <RF24Network.h>
#include <RF24.h>
#include <SPI.h>
#include <Wire.h>

#define PIN_VOLT 0  //A0 - Battery State
#define PIN_THERM 1 //A1 - Temperature State

#define SW_PRESENCE 2 //D2 - Presence Switch
#define RelayOrSpkr 3 //D3 - Master: Speker/Siren (PWM)
                     //D3 - Slave: Light Relay
#define SW_DOOR 4 //D4 - Door Switch
#define JP_1 5    //D5 - JP1 Node Definition
#define JP_2 6    //D6 - JP2 Node Definition
#define JP_3 7    //D7 - JP3 Node Definition
#define LED_ON 8  //D8 - Led ONLINE

//D09 - nRF_CE (P3)
//D10 - nRF_CSN (P4)
//D11 - nRF_MOSI (P6)
//D12 - nRF_MISO (P7)
//D13 - nRF_SCK (P5)

#define TimeCheck 1000UL
#define TimeOut 300UL

#define dlyCheck 0
#define dlyMonit 1

const unsigned long intDelay[] = {100UL, 1000UL};
unsigned long longLastMillis[] = {0UL, 1000UL};

#define Debug_Mode

#define Nodes_Count 6
uint8_t this_node = 0;
int to_node_idx = 0;
unsigned long next_check_time = 0;

enum state {OFF, ON, waiting, error};

struct message_t {
 int Id;
 bool Value;
};

struct nodes_t {
 uint8_t Node;
 char Name[8]; //TODO: change to use progmem http://www.nongnu.org/avr-libc/user-manual/pgmspace.html
 state State;
 unsigned long LastRequest;
 unsigned long LastResponse;
 uint8_t retries;
 bool Light;
 bool Presence;
 bool Door;
}
Node[Nodes_Count] = {
 {0,"Master", OFF, 0UL, 0UL},
 {1,"Living", OFF, 0UL, 0UL},
 {2,"kitchen", OFF, 0UL, 0UL},
 {3,"F-Room", OFF, 0UL, 0UL},
 {4,"B-Room", OFF, 0UL, 0UL},
 {5,"Hall", OFF, 0UL, 0UL}
};

#if defined(__AVR_ATmega2560__)
RF24 radio(9,53);
#else
RF24 radio(9,10);
#endif

RF24Network network(radio);

//Variable to print
double Temp;
float vBatt;

void handle_State(RF24NetworkHeader& header);
void handle_Response(RF24NetworkHeader& header);
void handle_Notification(RF24NetworkHeader& header);

void setup() {
 //    JP_1    Node
 //(X) ( ) ( ) 0
 //( ) (X) ( ) 1
 //( ) ( ) (X) 2
 //(X) (X) (X) 3
 //( ) (X) (X) 4
 //(X) (X) ( ) 5

 //TODO: change to use direct port access
 pinMode(JP_1,INPUT);
 pinMode(JP_2,INPUT);
 pinMode(JP_3,INPUT);

 // turn on pullup resistors
 digitalWrite(JP_1, HIGH);
 digitalWrite(JP_2, HIGH);
 digitalWrite(JP_3, HIGH);

 delay(20); //wait to stabilize

 bool JP1 = digitalRead(JP_1) == LOW;
 bool JP2 = digitalRead(JP_2) == LOW;
 bool JP3 = digitalRead(JP_3) == LOW;

 if (JP1 && !JP2 && !JP3) this_node = 0u;
 if (!JP1 && JP2 && !JP3) this_node = 1u;
 if (!JP1 && !JP2 && JP3) this_node = 2u;
 if (JP1 && JP2 && JP3) this_node = 3u;
 if (!JP1 && JP2 && JP3) this_node = 4u;
 if (JP1 && JP2 && !JP3) this_node = 5u;

 if(this_node == 0){
   to_node_idx = 1;
 }else{
   pinMode(SW_DOOR, INPUT);     //magnetic will put pin LOW
   digitalWrite(SW_DOOR, HIGH); // turn on pullup resistors

   pinMode(SW_PRESENCE, INPUT); //PIR will put pin HIGH

   pinMode(RelayOrSpkr, OUTPUT); //Light Relay
   digitalWrite(RelayOrSpkr, LOW); //OFF
 }

#if defined (Debug_Mode)
 Serial.begin(115200);
#endif

 radio.begin();

 network.begin(75, this_node);
 
#if defined (Debug_Mode)
 Serial.print(Node[this_node].Name);
 Serial.println(F(" Initialized"));
#endif

 pinMode(LED_ON, OUTPUT);
 digitalWrite(LED_ON, HIGH);
}

void loop() {
 NetCheck();

 if (this_node == 0){
   StatusRequest();
   //NodeTimeoutCheck();
 }
 else {
   /*unsigned long now = millis();
   if (now - longLastMillis[1] >= intDelay[1]) {
     GetTemperature();
     GetVoltage();
     longLastMillis[1] = now;
   }*/
 }
}

void NetCheck(){
 network.update();

 while (network.available()) {
   RF24NetworkHeader header;
   network.peek(header);

   int index = GetNodeIndex(header.from_node);

   if (index != -1){
     Node[index].LastResponse = millis();
     if (Node[index].State != ON){
       Node[index].State = ON;
       //mcp.digitalWrite(n, LOW);
     }
     switch (header.type){
     case 'S':
       handle_State(header);
       break;
     case 'R':
       handle_Response(header);
       break;
     case 'N':
       //handle_Notification(header);
       break;
     default:
#if defined (Debug_Mode)        
       Serial.print(F("WARNING - Unknown message type: "));
       Serial.println(header.type);
       network.read(header,0,0);
       break;
#endif
     }
   }
   else{
     network.read(header,0,0);
   }
 }
}

int GetNodeIndex(uint16_t NodeNum){
 int i = Nodes_Count;
 while (i--) {
   if (Node[i].Node == NodeNum)
     return i;
   else if (i == -1)
     break;
 }
 
 return -1;
}

void StatusRequest(void){
 unsigned long now = millis();

 if ((now - longLastMillis[dlyCheck] >= intDelay[dlyCheck])
   && (Node[to_node_idx].retries < 3)
   && (Node[to_node_idx].State != error)
   && ((now - Node[to_node_idx].LastRequest) >= TimeCheck)
   ){
     longLastMillis[dlyCheck] = now;

     Node[to_node_idx].State = waiting;
     
     Node[to_node_idx].LastRequest = now;

     RF24NetworkHeader header(/*to node*/ Node[to_node_idx].Node, /*type*/ 'S' /*Status*/);
     
     if (network.write(header, &now, sizeof(now))) {
#if defined (Debug_Mode)
       Serial.print(F("Sent Status Request: "));
       Serial.print(now, 10);
       Serial.print(F(", To Node: "));
       Serial.println(Node[to_node_idx].Name);
#endif
       Node[to_node_idx].retries = 0;
     }
     else {
#if defined (Debug_Mode)
       Serial.print(F("Node: "));
       Serial.print(Node[to_node_idx].Node);
       Serial.print(F(" - "));
       Serial.print(Node[to_node_idx].Name);
       Serial.println(F(" no found"));
#endif
       Node[to_node_idx].retries++;
     }
 }

 if(to_node_idx == Nodes_Count -1)
   to_node_idx = 1;
 else
   to_node_idx++;
}

void handle_State(RF24NetworkHeader& header){
 unsigned long ReceivedMillis;

 network.read(header,&ReceivedMillis,sizeof(ReceivedMillis));

#if defined (Debug_Mode)
 Serial.print(F("Received from node: "));
 Serial.print(header.from_node);
 Serial.print(F(" - "));
 Serial.println(ReceivedMillis);
#endif

 RF24NetworkHeader header_response(/*to node*/ header.from_node, /*type*/ 'R' /*Status*/);

 int idx = GetNodeIndex(header.from_node);

 if (network.write(header_response, &ReceivedMillis, sizeof(ReceivedMillis))) {
#if defined (Debug_Mode)
   Serial.print(F(". response at: "));
   Serial.print(millis());
   Serial.print(F(" to "));
   Serial.println(Node[idx].Node);
#endif
 }
 else {
#if defined (Debug_Mode)
   Serial.print(F("Node: "));
   Serial.print(Node[idx].Node);
   Serial.print(F(" - "));
   Serial.print(Node[idx].Name);
   Serial.println(F(" no found"));
#endif
 }
}

void handle_Response(RF24NetworkHeader& header){

 unsigned long message;

 network.read(header,&message,sizeof(message));

 int index = GetNodeIndex(header.from_node);

#if defined (Debug_Mode)
 Serial.print(F("Received: "));
 Serial.print(message);
 Serial.print(F(", from node: "));
 Serial.print(Node[index].Node);
 Serial.print(F(" - "));
 Serial.print(Node[index].Name);
 Serial.print(F(", sent at: "));
 Serial.print(Node[index].LastRequest);
 Serial.print(F(". It took: "));
 Serial.println(millis()-Node[index].LastRequest);
#endif
}
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mgomesrr on Feb 27, 2014, 07:29 pm

Creio que o máximo que conseguimos foi o rele de estado sólido (em substituição ao rele gorducho) e interruptor touch (para tirar o trambolho do interruptor tradicional). Mas a fonte (e no meu caso as baterias) ainda ocupam muito espaço, o único negócio parece ser quebrar a parede e colocar caixinhas maiores (aquelas 2x) rs

Esse RF não é muito menor que o nordic que a maioria esta usando...



Só uma dúvida: Já pensaram na possibilidade de construir os relés ssr (opto + triac) em um módulo à parte? Penso que, caso haja a necessidade de apenas um relé, terei outros dois inutilizados (são 3 relés nas placas )? Além é claro da segurança em não ter que lidar com 110v/220v naquela caixinha.

Imaginem no banheiro? Aqui em casa é apenas um interruptor...ficariam 2 "inutilizados"?

Bacana seria a confecção de um módulo separado, com apenas um relé ssr, com ligação (Sgn + Gnd)  através de fios 20 ~26 awg, até a placa embutida.

Assim teria liberdade de adicionar quantos forem as portas do microcontrolador.

PS: Tô gostando demias do projeto de vcs, pena que sepultaram o RS485.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Feb 27, 2014, 08:40 pm
Opa...

mgomesrr, o RS485 ainda não foi sepultado. Esta de molho :)
Meu projeto será com o rs485.
Dei uma pausa pq tive problemas com o touch. Na protoboard funcionou tudo certinho,
depois que fiz a PCI e montei, começaram os problemas com o touch. Fiz vários testes e sempre
o resultado era instabilidade quando usado mais de um sensor com painel de vidro 4mm.
Usando vários sensores (teclas) cobertos apenas com um adesivo (vinil) funciona sem problema.
Em resumo, abandonei o touch do arduino e estou estudando o chip qtouch QT1070.
Esse chip será usado em conjunto com o arduino.
A idéia é ter uma PCI grudada no painel de vidro (espelho do interruptor) e outra PCI com os triacs/opto,
justamente como vc citou. No meu caso seria também para facilitar a ligação dos fios. Dessa forma
a placa fica menor e tenho mais espaço pra acomodar tudo dentro da caixa de interruptores.

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Feb 28, 2014, 02:52 am
Bom te ver de volta, mardden. Terminou a casa? :)

A ideia é interessante, de colocar a PCI colada no espelho. Mas daí fica complicado para fazer a iluminação do botão, não?

Sobre o RS485, meus testes não estavam dando muito certo, tive uma experiência melhor com o nRF24L01+, sem contar que fica mais fácil expandir.

Sobre os TRIACs + MOCs em excesso onde não iremos utilizar, é simples: basta não soldar os componentes. Minhas placas de teste mesmo só tenho um TRIAC conectado. E sobre a possibilidade de colocar mais TRIACs, acho difícil precisar de mais de 3 em uma caixa só. Se precisar, coloco outra placa (padronizei todas as caixas no tamanho de 4" x 4" em minha casa).

Estou fazendo uns testes com a touch screen do DSi LL (maior do que a do DS normal), acho que vai ficar legal. Estou apanhando para fazer os cortes em círculos sem furar/manchar o adesivo.

Fui na Eldorado e acabei comprando um adesivo que não gostei (preto fosco). Qual o nome desse adesivo que você utilizou, mardden?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mgomesrr on Feb 28, 2014, 06:44 am

Primeiro prototipo montado. Falta testar :D

@LegendBR, o touch funcionou tranquilo na protoboard. No início ficou meio instável mas era a fonte ruim.


@mardden

Resolvestes o problema da alimentação? Qual o range de alimentação da placa? 5v ~12v?

Ao que parece já é possível usá-la com pulsadores. Esta é a versão final da placa?

Senti falta do outro conector do RS485. Em tese seriam 2. Um está proximo MAX485, e o outro? Cadê esse danado.

Por acaso estás a usar topologia diferente?

Também percebi que ainda não caistes na tentação de terceirizar a produção na China. Veja com bons olhos. Lá eles oferecem serviço de conversão de THT para SMT a preços módicos. Acho que facilita na redução do tamanho da placa (o ATMega que o diga), caso ainda precise de espaço.

Ela já está comercializável? Tens noção de preço? Tenho total interesse (não sei soldar componentes...rsrsrsr)

Desculpa o descarrego de perguntas, mas o trabalho tá ficando de parabéns.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: LegendBR on Feb 28, 2014, 11:37 am

Senti falta do outro conector do RS485. Em tese seriam 2. Um está proximo MAX485, e o outro? Cadê esse danado.

Por acaso estás a usar topologia diferente?


Você pode utilizar o mesmo conector para fazer a topologia em Daisy Chain. É só utilizar o mesmo conector para os fios de chegada e saída.

Particularmente desisti do RS485 porque percebi um problema "grave" nele. Pelo menos em meus testes, quando a parte de comunicação de um módulo falhava, toda a rede parava de se comunicar. E descobrir qual módulo falhou seria bem trabalhoso (testar todos os módulos individualmente).

Não sei se fiz alguma besteira nos meus testes, mas foi esse o resultado que tive.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Feb 28, 2014, 07:41 pm
@LegendBR

Quote
Bom te ver de volta, mardden. Terminou a casa?

Obrigado cabra, estava envolvido em outro projeto e o tempo que já é curto acabou sumindo.
A casa esta faltando pouco. Gesso, pintura, grades, iluminação e já dá pra morar :D então tenho que correr e voltar para o projeto da iluminação.


Quote
A ideia é interessante, de colocar a PCI colada no espelho. Mas daí fica complicado para fazer a iluminação do botão, não?

na verdade vai ficar colada com uma fita 3M. ficará um espaço mínimo entre o vidro e a pcb, o led vai ficar ali espremido. no vidro vou colocar pedaço de adesivo de cobre como sensor do touch.

Quote
Sobre o RS485, meus testes não estavam dando muito certo, tive uma experiência melhor com o nRF24L01+, sem contar que fica mais fácil expandir.

nRF24L01+ é uma tentação mesmo. mas estou resistindo bravamente :D

Quote
Sobre os TRIACs + MOCs em excesso onde não iremos utilizar, é simples: basta não soldar os componentes. Minhas placas de teste mesmo só tenho um TRIAC conectado. E sobre a possibilidade de colocar mais TRIACs, acho difícil precisar de mais de 3 em uma caixa só. Se precisar, coloco outra placa (padronizei todas as caixas no tamanho de 4" x 4" em minha casa).

somente soldar os triacs necessários era minha opção, mas colocando a placa que fiz na caixa 4x2 (vou ter 4x4 e 4x2) ficou bem chato de parafusar os fios.
pensei em colocar uma placa menor e ligar ela através de um cabo flat ao espelho.


Quote
Estou fazendo uns testes com a touch screen do DSi LL (maior do que a do DS normal), acho que vai ficar legal. Estou apanhando para fazer os cortes em círculos sem furar/manchar o adesivo.

rapaz, fazer os cortes circulares é muito chato. quando eu chegar nessa parte acho que vou procurar uma empresa de plotagem.

Quote
Fui na Eldorado e acabei comprando um adesivo que não gostei (preto fosco). Qual o nome desse adesivo que você utilizou, mardden?

comprei ele por último e também não gostei. O preto liso ficou melhor, alias a parte que vai ficar exporta é a adesiva. você esta usando vidro fumê?



@mgomesrr,

Quote
Resolvestes o problema da alimentação? Qual o range de alimentação da placa? 5v ~12v?

então, o problema com a fonte na protoboard resolvi com uma fonte chaveada.
mas na placa montada nem com fonte chaveada resolveu. então desisti do touch do arduino, estou comprando alguns chips qt1070 pra testar.


Quote
Ao que parece já é possível usá-la com pulsadores. Esta é a versão final da placa?

sim, se mudar o código já seria funcional com pulsadores. seria versão final se o touch funcionasse. agora vou desenhar outro circuito com o qt1070.

Quote
Senti falta do outro conector do RS485. Em tese seriam 2. Um está proximo MAX485, e o outro? Cadê esse danado.

como @LegendBR falou, vou usar o mesmo conector para os fios de chegada e saída.

Quote
Por acaso estás a usar topologia diferente?

não. é a Daisy Chain mesmo.

Quote
Também percebi que ainda não caistes na tentação de terceirizar a produção na China. Veja com bons olhos. Lá eles oferecem serviço de conversão de THT para SMT a preços módicos. Acho que facilita na redução do tamanho da placa (o ATMega que o diga), caso ainda precise de espaço.

Só vou mandar pra China se não conseguir fazer a placa ou se ficar muito trabalhosa.

Quote
Ela já está comercializável? Tens noção de preço? Tenho total interesse (não sei soldar componentes...rsrsrsr)

você tá falando do meu projetinho?! ele é open hardware ;) deixa eu concluir e se for viável a gente pode terceirizar a produção da pcb na China e rachar o frete :D


Quote
Desculpa o descarrego de perguntas, mas o trabalho tá ficando de parabéns.

obrigado. fica a vontade pra perguntar.

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Mortis on Feb 28, 2014, 09:08 pm
Muito bom ver o tópico em grande atividade =)

O final de semana esta ai e espero avançar um pouco mais =)

Concordo com a ideia de deixar a coisa modular, eu tenho três "módulos", a placa com o arduino e nRF (no fundo superior da caixa), a placa com o rele (fixado na parte lateral) e a fonte de alimentação (fixada na parte inferior) e tive de cortar os parafuso que fixam os espelhos para certificar que eles não cheguem na fonte rs.


@LegendBR
Quote
Sobre o RS485, meus testes não estavam dando muito certo, tive uma experiência melhor com o nRF24L01+, sem contar que fica mais fácil expandir.

nRF24L01+ é uma tentação mesmo. mas estou resistindo bravamente :D


Não resista, esses bichinhos são bem legais de se trabalhar (apesar de eu ainda estar apanhando do PA+LNA  :smiley-sweat:) Até o HugoPT entrou para o clube  XD
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mgomesrr on Feb 28, 2014, 10:21 pm
@Pessoal,

Já viram esses SSR chineses?

http://www.aliexpress.com/item/10-pcs-G3MB-202P-DC-AC-PCB-SSR-In-5VDC-Out-240V-AC-2A-Solid-State/1322713857.html

Acho que fica algo em torno de R$3,30 a unidade

Segundo o datasheet http://www.components.omron.com/components/web/PDFLIB.nsf/0/F1D420C93E86CDB685257201007DD5BA/$file/G3MB_0609.pdf (http://www.components.omron.com/components/web/PDFLIB.nsf/0/F1D420C93E86CDB685257201007DD5BA/$file/G3MB_0609.pdf), tem phototriac, zero cross, snubber...etc. Acho que é mais ou menos isso que o Mardden tá pretendendo fazer

Será que compensa? E o efeito visual? A praticidade e o trabalho poupado?

Desculpas mais uma vez por estar poluindo o tópico de vcs  com tantas perguntas :D :D :D
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Mar 01, 2014, 07:09 am
Hmmmm.... Isso e muito fixe.

comparado a um rele normal e talvez metade da espessura... 2A e que nao e muito. :\
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Mortis on Mar 14, 2014, 01:26 am
Saudações a todos...

Passando por aqui só para dar um feedback. Não postei antes por não ter conseguido chegar perto do arduino, fiz mais alguns testes no domingo passado e agora a pouco, soldei umas veroboards e queimei um módulo PA+LNA com um pin header escondido embaixo de um cabo  =(

Deixei os meus códigos (de posts anteriores) de lado e resolvi fazer alguns testes somente com o pingpair dos exemplo do maniac, tive resultados melhores usando o canal 97 (testei vários, e mesmo que o scanner do maniac não indicasse pacotes no canal, alguns canais não satisfizeram). Todos os testes foram feitos dentro de casa.

Primeiro usando um com PA+LNA (RX) e um sem PA+LAN (TX), os resultados foram bons, 10 metros e três paredes, sem pessoas se movimentando e os TX e RX parados (pessoas e ou os módulos em movimento geraram algumas perdas de pacotes)

Segundo, invertendo, PA+LNA (TX) e um sem PA+LAN (RX), ficou uma @#$%¨&, saindo do comodo (4 metros) já se perdiam muitos pacotes, fazendo a curva, todos se perderam...

terceiro, dois sem PA+LNA, a distância foi entre 6 e 7 metros (somente corredor) duas paredes a comunicação falhava, coloquei três (um no corredor e um no extremo de cada comodo, formando um U) e foi o fim dos problemas de comunicação.

No final os PA+LAN pareceram muito suscetíveis a interferência, encomendei mais um par de PA+LAN de outro fornecedor para ver se encontro diferenças, ouvi muitos comentários a esse respeito.

Por enquanto permanecerei com os sem PA+LNA e em dois pontos (corredor) nodes com função de repetidores (desta forma esta funcionando sem problemas, com fontes de 7.5v, ou duas baterias de li-ion de 1600mAh e 220 uf colados à alimentação do nRF)...

Bons projetos pra vocês, sabe-se lá quando voltarei por aqui! rs

Abraços
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Apr 01, 2014, 10:34 pm
Reanimando o topico :smiley-mr-green:
Este fim de semana resolvi pegar nos nrf24L01 que ja aqui andavam a um tempo na lista de espera e começar os meus testes. Infelizmente os meus primeiros testes foram muito maus pois não consegui colocar a funcionar com a lib do ManiacBug os meus dois arduinos, um Mega e um Duemillanove. Agora sei que o problema esta no meu MEGA pois não faço ideia porque ele não funciona  com os nrf, mas como não sou gajo de desistir imprimi o raio do datasheet (74 páginas  :smiley-mr-green: lá se foi um tronco de uma árvore  :( ) e escrevi a minhas próprias instruções  de raiz para comunicar com o modulo. Devo dizer que adorei explorar os nrf, mergulhar no datasheet  esclareceu me muitas coisas sobre ele e atualmente já lhe conheço os cantos. Existem algumas coisas obscuras no modulo como a alimentação dele. Como o Mortis diz e bem é necessário colocar um condensador na alimentação do modulo (3.3V) pois sem ele muitos pacotes serão perdidos. A causa está no ripple que o arduino nos 3.3V apresenta. Medi o ripple com o osciloscópio e o ripple é na ordem dos 11mV. Conclusão sem condensador a tensão de alimentação no nrf não esta limpa e o rádio do modulo recente isso.A diferença é bem visível no osciloscópio quando se coloca o condensador e se retira. Vejam as fotos abaixo
A cobertura wireless do modulo é também muito fraca com a antena que vem construída na própria board, eu tenho o modulo com uma mini-antena na board e só consigo cerca de uns 10 metros sem qualquer obstáculo. Visto o modulo funcionar a 2.4GHz o tamanho da antena que ele apresenta esta claramente abaixo do comprimento de onda correto para esta frequência de trabalho.
Calculei o Lambda correto para a frequência que estou a usar e dá cerca de 14 Cm
Soldei um fio com cerca de 14 Cm no modulo e o desempenho da antena é melhorado substancialmente pois agora consigo atravessar paredes que antes  não.
Inicialmente nos meus primeiros testes estava a usar a função DigitalWrite para controlar os pinos de controlo CSN e CE mas devido á função DigitalWrite ser demasiado lenta optei por manipular o portoC directamente. A escolha sobre este porto é por apenas não usar nada do ADC e assim não interfiro em mais nada dos outros portos.
Se alguém quiser testar o meu código  aqui estão eles.
O receptor usa o pino de irq para saber quando tem algo para ler portanto no receptor tem de ser ligado ao pino da interrupção 0.
No meu caso estou a usar o atmega328 a interrupção 0 fica no pino digital 2.
O meu próximo passo será implementar o auto ack pelo que ainda não esta implementado e  tornar o tamanho do payload dinâmico. Neste momento ainda apenas um byte é transmitido

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Apr 02, 2014, 07:33 am
Alteraste a biblioteca do maniacbug? Eu fiz referência algures onde o problema estava numa instrução que colocava os rádios a dormir.
Após comentar essa linha deixei de ter problemas.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Mortis on Apr 02, 2014, 05:23 pm
Olá Hugo,

Bom ver que conseguiste tirar os nRF da gaveta =)

Sobre o capacitor eu apenas afirmei o que já tinham comentado, como esta o teu circuito, quais valores de capacitores? você esta fazendo testes na breadboard? Não tenho um osciloscópio, mas vi diversos colegas comentarem que a breadboard e a porta USB são grandes vilões... Tentei encontrar uma página de um gajo que fez testes usando o osciloscópio com/sem breadboard, com/sem capacitores, com/sem usb e tinha postado os resultados.

Pelo que pude perceber, tudo parece interferir nas ondas de radio: a alimentação, as trilhas(ou no meu caso fios que ligam os pontos na veroboard) , a USB, o ambiente, pessoas passando, etc. Para amadores como eu, isso tudo é muito complexo e abstrato.

Não sei se meus problemas também estão relacionados com harmônicas na rede elétrica, geradas por chuveiros eletrônicos e luzes dimerizadas. Alguém sabe como resolver isso?  8)

Eu acabei por desistir da livraria network do maniacbug, copiei apenas os métodos necessários da livraria RF24, reduzindo a complexidade no entendimento do código e acompanhando o datasheet/funcionamento, alem de remover os loops e dalays anteriormente citados... 

Que bom que você se entreteve com o datasheet, eu quase fiquei louco com tanta informação :smiley-red:

Verificarei os teus códigos assim que puder XD.


Calculei o Lambda correto para a frequência que estou a usar e dá cerca de 14 Cm
Soldei um fio com cerca de 14 Cm no modulo e o desempenho da antena é melhorado substancialmente pois agora consigo atravessar paredes que antes  não.


Fizeste a antena com que espessura de fio? Foi um único fio? tinha citado posts atrás essa solução (http://forum.43oh.com/topic/3864-nrf24l01-increasing-distance/#entry40726), mas não pude testar e não sou capaz de dizer o quel certo é  :smiley-sad-blue:...

Não parece-me muito estético 14cm saindo do espelho da parede rs, mas se melhorar consideravelmente o sinal, penso que vale o sacrifício em alguns pontos da casa =)


Alteraste a biblioteca do maniacbug? Eu fiz referência algures onde o problema estava numa instrução que colocava os rádios a dormir.
Após comentar essa linha deixei de ter problemas.


Bubulindo, se você se refere a este tópico (http://www.raspberrypi.org/forums/viewtopic.php?t=17061&p=507676) encontrei essa chamada no método
Code: [Select]

bool RF24::write( const void* buf, uint8_t len )


realmente, não faz sentido desabilitar o chip, creio que essa pode ser a causa do problema com os ack, afinal o chip deve estar OFF para receber o pacote =S, até o final de semana farei mais testes e retornarei.

Obrigado Hugo e Bubulindo!

Agora tenho mais possíveis diagnósticos para testar.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Apr 02, 2014, 07:46 pm
Eu meti um condensador de 100 ou 200uF e resolveu o problema no meu Mega.

Se bem me lembro existem filtros AC que se podem usar para limpar a entrada nos dispositivos. Muitos aparelhos têm-nos por defeito. No entanto, no teu caso, tentaria fazer isso directamente no DC que vai para o nRF.

Dependendo do tipo de caixas e instalação que fizeres poderás pensar em ligar a antena a uma caixa de derivação ou a alguma parte metálica que não esteja ligada à terra. Não deixa de ser metal e não há-de piorar o sinal, creio eu.

Sim, é mesmo nesse método. Eu ao correr o exemplo do ping e do pong tinha sempre um ou outro pacote a cair. Quando tentei fazer uma comunicação unidireccional fugindo do exemplo conseguia uma taxa de sucesso de 10% (com os microcontroladores e antenas em cima da mesma mesa).
Após comentar essa linha, eles funcionam que é uma maravilha (dentro de minha casa). Verdade seja dita que ainda não testei o pior caso (que é ter um destes na garagem e outro dentro de portas), mas dentro de casa funcionou bem.

Dito isto, pega na biblioteca do Greg Copeland (pesquisa no google). Aquele bug que fiz referência é apenas a ponta do iceberg no que toca a problemas com a biblioteca do ManiacBug.

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Mortis on Apr 02, 2014, 09:36 pm

Eu meti um condensador de 100 ou 200uF e resolveu o problema no meu Mega.


obrigado! Estou usando de 200uf, mas sem osciloscópio é difícil ter certeza sobre o resultado, né?


Se bem me lembro existem filtros AC que se podem usar para limpar a entrada nos dispositivos. Muitos aparelhos têm-nos por defeito. No entanto, no teu caso, tentaria fazer isso directamente no DC que vai para o nRF.


Encontrei filtros AC, mas são um pouco caros por aqui, mesmo sendo uma boa solução pensando em toda a casa... por enquanto pesquisarei sobre filtros DC, obrigado novamente! =)


Dependendo do tipo de caixas e instalação que fizeres poderás pensar em ligar a antena a uma caixa de derivação ou a alguma parte metálica que não esteja ligada à terra. Não deixa de ser metal e não há-de piorar o sinal, creio eu.


As caixas são de plastico, pensei em esticar o fio pelo conduíte que sobe, mas fica o medo de gerar mais interferência por estar em paralelo com a fiação da luz, ventilador de teto, etc   :smiley-roll: Mas é coisa de testar, certo?  :)

Não recordo-me quem foi o primeiro a comentar sobre o Greg Copeland, mas na época cheguei a salvar e testar, depois vi que o maniac fez algumas alterações como a do clock do SPI, mas realente ainda existem algumas alterações bastante relevantes que o maniac não fez, uma delas é aquele "timeout = 500;" que eu removi e que o Greg usa micros... entre outros delays que também removi... então eu copiei um método daqui outro dali e fiz uma baita bagunça :smiley-sweat:,  e deixei passar o powerDown e flush no método write, que não precisariam estar lá... farei mais uma revisão ;)

obrigado novamente!
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Apr 02, 2014, 10:41 pm
No meu teste com o osciloscópio usei um condensador de 120uF.Vou testar aumentar o valor no MEGA para ver se assim passa a funcionar.
Não alterei a lib do maniabug, literalmente desisti dela porque quando tentei entender o porquê de não funcionar capturei com um logic analyser a comunicação que era feita ao modulo e analisei todas as instruções. Ao analisar as instruções que ele manda ao modulo muitas não fazem qualquer sentido, e repete imensas coisas.Para configurar os registos envia varias vezes a mesma coisa...Como não me funcionava então peguei no datasheet e escrevi tudo de raiz.Li alguns tutoriais na net e com ajuda do datasheet foi sempre a abrir.
Ainda cá tenho gravado a captura que fiz para o caso de alguém querer espreitar.
No próximo fim de semana vou implementar o auto ack e tratar do payload.
Estou a usar o canal mais baixo possível, o canal 1 fazendo assim a frequência de trabalho do radio a 2,4001Ghz.Deste modo fujo as frequências de Ap´s que tenho em casa.Nos AP´s o canal 1 é situado nos 2.412Ghz dando me assim uma separação de 12Mhz distanciados dos Ap's que possam andar por perto.Também quanto mais baixa é a frequência melhor para a transmitir, tem mais imunidade a obstáculos visto ter um comprimento de onda maior em relação a uma frequência mais elevada.
Bons estudos colegas
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Mortis on Apr 02, 2014, 10:50 pm
Olá Hugo,

Quanto a livraria, pensei em fazer o mesmo que você, li muitos posts e tutoriais e o datasheet, mas me deparei com o problema "tempo para pesquisar" e limitações em termos de conhecimento (meto-me em uma área que não tenho qualquer intrução), só que já perdi mais tempo tentando fazer a coisa funcionar do que usaria escrevendo o código quase do zero.

Verificarei também no canal 1, minha melhor taxa de sucesso foi bi canal 97 e 120 (mas por dedução, agora que você citou as variáveis tenho melhor noção de onde buscar referências para os parâmetros necessários). Foi o que você disse antes, muitos equipamentos funcionam em 2.4GHz o que torna ainda mais difícil as coisas para os leigos.

Bons estudos e evolução por ai também! E muito obrigado!
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Mortis on Apr 03, 2014, 03:19 am
Olá novamente rs

Não consegui me segurar e fiz um teste rápido com a lib do Greg, não foi bem...

Voltei ao meu código frankenstein, removi o powerDown e testei alguns canais, mas por aqui nos canais baixos parece bem interditados, contava com um "ping" de 60 e tantos com perda de muitos pacotes...

O melhor canal, por enquanto, é o 112, anexo os logs e uma foto dos três inos que estou usando para os testes.

Uma das falhas ocorreu em 307000 millis (vejam o anexo), ocorreu erro em ambos os lados, mas o pacote foi recebido pelo node 1. Meu código é parecido com o pingpair, assim que eu revisar posso postar aqui (neste momento dá até vergonha de mostrar de tão bagunçado que esta  :smiley-zipper:

Tendo mais resultados posto aqui, depois vejo os códigos do Hugo, pois apesar da curiosidade, preciso mesmo dormir  :smiley-sweat:

Até logo mais e bom desenvolvimento pra vocês =)
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Apr 29, 2014, 03:55 am
Fala pessoal, os ci's QT1070 (qtouch) chegaram.

Fiz um teste rápido com arduino uno mesmo e funcionou muito bem. Testei com dois sensores touch e até onde usei são perfeitos. Estou usando no modo standalone, nesse modo ele tem 5 sensores.

Meu problema:

Alguém já fez o arduino standalone com o Atmega328 em encapsulamento tqfp? Na primeira placa que fiz estou tendo problema pra gravar o firmware. Na primeira tentativa consegui ler a Flash, EEPROM e fuses. Tudo certinho, mas quando fui fazer a primeira gravação não consigo mais ler nem gravar no atmega328. Já verifiquei todas as trilhas e conexões pra ver se tinha algum curto e não encontrei nada.

Fiz uma segunda placa (tira teima) e coloquei apenas o atmega328 na placa e acessei ele via ISCP.
Mesmo problema da primeira placa. Li duas vezes a Flash/EEPROM/fuses. Na primeira tentativa de gravar o microcontrolador já ficou inacessível. Detalhe que nesse segundo teste eu apenas rodei o "Chip Erase". O software que estou usando é o "eXtreme Burno AVR v.1.4".

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Apr 29, 2014, 04:58 pm
Ja tentaste usar apenas o avrdude para ver se tens comunicaçao com o chip?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: mardden on Apr 30, 2014, 02:27 am

Ja tentaste usar apenas o avrdude para ver se tens comunicaçao com o chip?


Tentei e só me retorna isso:
avrdude.exe: Device signature = 0x000000
avrdude.exe: Yikes!  Invalid device signature.
avrdude.exe: Expected signature for ATMEGA328P is 1E 95 0F

Já tentei baixar o clock usando o -B 4 mas continua com mesmo erro. Vou tentar outro gravador. Valeu pela dica, via linha de comando dá pra ver pelo menos os logs de erro.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Apr 30, 2014, 11:57 am
Olhando para a tua foto nao vejo onde tens o cristal?
Estas a usar o oscilador interno?
Se sim é bem provavel que ao apagares o chip estejas a rescrever os fuses para usar um cristal externo e portanto ao fazeres isso deixas de ter um oscilador disponivel
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Apr 30, 2014, 03:21 pm

Olhando para a tua foto nao vejo onde tens o cristal?
Estas a usar o oscilador interno?
Se sim é bem provavel que ao apagares o chip estejas a rescrever os fuses para usar um cristal externo e portanto ao fazeres isso deixas de ter um oscilador disponivel


E se a board nao estiver correctamente configurada? Os settings da board, alem de mudarem o oscilador a utilizar, alteram tambem a frequencia a que o chip corre.

Dito isto... como se desbloqueia o chip se ele estiver a olhar para um oscilador que nao existe? A mim e coisa que nao me lembra de me ter acontecido... mas pode acontecer. LOL
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Mortis on Apr 30, 2014, 03:51 pm


Olhando para a tua foto nao vejo onde tens o cristal?
Estas a usar o oscilador interno?
Se sim é bem provavel que ao apagares o chip estejas a rescrever os fuses para usar um cristal externo e portanto ao fazeres isso deixas de ter um oscilador disponivel


E se a board nao estiver correctamente configurada? Os settings da board, alem de mudarem o oscilador a utilizar, alteram tambem a frequencia a que o chip corre.

Dito isto... como se desbloqueia o chip se ele estiver a olhar para um oscilador que nao existe? A mim e coisa que nao me lembra de me ter acontecido... mas pode acontecer. LOL


Se há outra forma, além de adicionar o cristal, também quero saber! =)
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Mortis on Apr 30, 2014, 04:00 pm
Hugo,

Você evoluiu com o nRF? Não tive mais tempo de mexer com eles, em produção ainda faço "confirmação de recebimento" por causa de falhas de ack.

Fiz testes com a livraria do maniacbug ma mesma pasta do meu projeto para facilitar o debug, fiz algumas alterações propostas pelo Greg e melhorei meu entendimento sobre o funcionamento dos registradores e comportamento do chip, nos testes as coisas ficaram melhores. Ainda não esqueci de minha promessa, assim que fizer um "clean up" posto aqui os códigos.

Um dos problemas realmente era o power dow citado pelo bubulindo, outro os flushs (desvinculei das funções start/stop listening) e faço o flush do RX somente após a certeza de ter lido os dados (armazenando em um buffer para o próximo loop), parece que desta forma deixo de perder os avisos de notificação de estado (temperatura e movimento do/nos cômodos).

Próximo passo será os touch =)
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Apr 30, 2014, 04:01 pm
A ser verdade que ele tinha o avr configurado para usar oscilador interno,caso a board não tenha o cristal isso explica o porque de nunca mais conseguir comunicar, já que sem oscilador ele nunca irá funcionar.
O chip deve responder pelo interface spi sempre desde que o fuse do reset não seja desactivado. Caso ele seja desactivado a única solução para voltar a por o chip funcional é usando um programador em HV (high voltage) para reactivar o fuse.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: yago4xd on Oct 01, 2014, 05:46 pm
Bom dia senhores, finalmente cheguei ao final do tópico. Estou no mesmo barco que vocês, porém, meu sistema de comunicação atual é o RF 433MHz. Enquanto muitos de vocês usam o nRFL01+. Por ser iniciante no assunto, acho que não serei útil para ajudá-los, mas tem um post que o cara fez uma automação residencial e predial, utilizando o RF 433MHz, (que por sinal, ainda nem testei).

O link é do tópico é esse
http://forum.arduino.cc/index.php?topic=228285.0 (http://forum.arduino.cc/index.php?topic=228285.0)

Quem sabe, este user não possa ter algo para ajudar?

Não sei se vocês migraram de tópico, mas realmente já fazes mais de 120 dias que ele está parado. Gostaria de saber como ficou o avanço de cada um.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Oct 01, 2014, 06:50 pm
Agora que vejo, também gostava de saber o resultado.

Eu comprei grande parte do material que precisava e já soldei duas plaquinhas slaves (veroboard) e um shield caseiro para o Arduino Mega com um sensor de pressão e também o nRF.

Deixei os bichinhos a funcionar aqui na minha secretária e a modos que a coisa funciona. Mas agora vem a parte pior que é ligar o shield Ethernet no arduino mega e passar os dados para algum sítio na net.

Dito isto... estava a olhar para a groovestreams para guardar os meus dados e comprei um NAS (Synology 213j) para meter os meus videos e música na rede local. Qual não é o meu espanto ao ver que aquilo tem um servidor SQL e corre php. Neste momento vou ver com uma bilbioteca que encontrei como meter o Arduino a passar dados para o SQL directamente sem PHP... Já consegui compilar o exemplo... falta mesmo ligar na rede e experimentar.

Estou também a deitar o olho a ver se consigo alimentar um Arduino com pilhas para medir consumo eléctrico (será mais difícil), dados exteriores ou quando é que a caldeira liga. Mas para isso acho que vou ter de me dedicar um pouco mais e deixar algumas bibliotecas de lado.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: yago4xd on Oct 04, 2014, 11:30 pm
Bubulindo, me explique melhor a tua ideia? Pretendes fazer um sistema de monitoração de gastos através de sensores?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Oct 05, 2014, 12:38 am
Sim... Temperatura para já... Outras coisas no futuro.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: yago4xd on Oct 05, 2014, 04:59 am
E como pretendes visualizar esses valores? Por website, app ou gráfico?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Oct 05, 2014, 11:16 am
Estou a ver isso... Em principio vou guardar os dados num servidor. Para visualizar, estou a pensar em arranjar uma maneira de passar os dados para um relatório diário ou algo assim.

Mas ainda estou a recordar o que aprendi há muito muito tempo sobre bases de dados.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: yago4xd on Oct 05, 2014, 09:28 pm
Certo. Vou deixar um vídeo abaixo de como estou fazendo para visualizar os valores de alguns sensores.
http://youtu.be/InwtTzSqmfI (http://youtu.be/InwtTzSqmfI)

Quanto ao sistema de comunicação com RF433MHz, obtive progresso.
Através do datasheet do componente, consegui acender um led de outro arduino enviando um comando via web para o master, e o mesmo responder no arduino slave. Ainda estou com dificuldades para fazer fazer mais de um comando.

Veja o código abaixo:

Code: [Select]
#include <VirtualWire.h>

void setup(){
 vw_setup(2000); // Bits per sec
}

void loop(){
...
if(readString.indexOf("lFiltro")>=0){
           statusFiltro = true;
           const char *msg = "hello";
           vw_send((uint8_t *)msg, strlen(msg));
           delay(400);
}
         if(readString.indexOf("dFiltro")>=0){
           statusFiltro = false;
           const char *msg = "hello2";
           vw_send((uint8_t *)msg, strlen(msg));
           delay(400);
}
...
}


Neste caso, o código é inserido no master, já no slave é o seguinte:

Code: [Select]
#include <VirtualWire.h>
int led = 7;

void setup()
{
pinMode(led, OUTPUT);
Serial.begin(9600);
Serial.println("setup");
vw_setup(2000); // Bits per sec
vw_rx_start(); // Start the receiver PLL running
}
void loop()
{
uint8_t buf[VW_MAX_MESSAGE_LEN];
uint8_t buflen = VW_MAX_MESSAGE_LEN;
if (vw_get_message(buf, &buflen)) // Non-blocking
{
int i;
// Message with a good checksum received, dump HEX
Serial.print("Got: ");
for (i = 0; i < buflen; i++)
{
Serial.print(buf[i], HEX);
}
digitalWrite(led, HIGH);
}
}


Quando mando o comando lFitro no master, me retorna no serial monitor do slave o seguinte:

Code: [Select]
68656C6C6F

isso porque o comando do lFiltro é este:
Code: [Select]
if(readString.indexOf("lFiltro")>=0){
           statusFiltro = true;
           const char *msg = "hello";
           vw_send((uint8_t *)msg, strlen(msg));
           delay(400);
}


e quando o comando é dFiltro, recebo no slave isso:

Code: [Select]
68656C6C6F32

pelo fato do dFiltro ser isso:

Code: [Select]
if(readString.indexOf("dFiltro")>=0){
           statusFiltro = false;
           const char *msg = "hello2";
           vw_send((uint8_t *)msg, strlen(msg));
           delay(400);
}


Perceba que a única diferença entre o lFiltro e dFiltro é o "hello" na terceira linha, onde um é "hello" e o outro é "hello2"

Com isso recebo dois códigos HEX diferentes, mas não consigo fazer com que o código do hello2 faça uma função e o hello faça outra.

Se puder me dar uma orientação com base nisto eu agradeço, e serve também de empurrão para quem for usar este método.
Obrigado!
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Oct 05, 2014, 09:55 pm
Quote
Com isso recebo dois códigos HEX diferentes, mas não consigo fazer com que o código do hello2 faça uma função e o hello faça outra.

Usa a funçao strcmp() para comparares as strings e com base nisso depois tomas as decisoes com uns ifs
Code: [Select]

if (strcmp(buf, "hello")  == 0 )  //strcmp compara a string com o valor caso seja verdadeiro devolve valor 0
   {
    digitalWrite(led,HIGH);
   }  
if (strcmp(buf, "hello2")  == 0) //strcmp compara a string com o valor caso seja verdadeiro devolve valor 0
   {
    digitalWrite(led,LOW);
   }
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: yago4xd on Oct 05, 2014, 11:39 pm

Usa a funçao strcmp() para comparares as strings e com base nisso depois tomas as decisoes com uns ifs


Hum.. Deu um erro ao compilar:

Code: [Select]

sketch_oct05c.ino: In function 'void loop()':
sketch_oct05c:25: error: invalid conversion from 'uint8_t*' to 'const char*'
sketch_oct05c:25: error: initializing argument 1 of 'int strcmp(const char*, const char*)'
sketch_oct05c:29: error: invalid conversion from 'uint8_t*' to 'const char*'
sketch_oct05c:29: error: initializing argument 1 of 'int strcmp(const char*, const char*)'


O código inteiro ficou assim:

Code: [Select]
#include <VirtualWire.h>
int led = 7;

void setup()
{
pinMode(led, OUTPUT);
Serial.begin(9600);
Serial.println("setup");
vw_setup(2000); // Bits per sec
vw_rx_start(); // Start the receiver PLL running
}
void loop()
{
uint8_t buf[VW_MAX_MESSAGE_LEN];
uint8_t buflen = VW_MAX_MESSAGE_LEN;
if(vw_get_message(buf, &buflen)) // Non-blocking
{
int i;
// Message with a good checksum received, dump HEX
Serial.print("Got: ");
for (i = 0; i < buflen; i++)
{
Serial.print(buf[i], HEX);
}
if (strcmp(buf, "hello")  == 0 )  //strcmp compara a string com o valor caso seja verdadeiro devolve valor 0
    {
     digitalWrite(led,HIGH);
    } 
if (strcmp(buf, "hello2")  == 0) //strcmp compara a string com o valor caso seja verdadeiro devolve valor 0
    {
     digitalWrite(led,LOW);
    }
}
}


Sabes qual erro cometi ao passar a string para o código?
Obrigado pela resposta.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Oct 06, 2014, 01:30 pm
O erro surge porque a funçao espera um ponteiro para um const char.Como tu estas a usar um vector de unsigned ints ele despoleta o erro.
Uma simples sulução passa por fazer um cast ao tipo de dados, ja que um uint8_t ocupa o mesmo que um char e portanto é seguro fazer o cast.
Tenta a ver se da assim:
Code: [Select]

if (strcmp((const char*)buf, "hello")  == 0 )  //strcmp compara a string com o valor caso seja verdadeiro devolve valor 0
    {
     digitalWrite(led,HIGH);
    } 
if (strcmp((const char*)buf, "hello2")  == 0) //strcmp compara a string com o valor caso seja verdadeiro devolve valor 0
    {
     digitalWrite(led,LOW);
    }

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: yago4xd on Oct 06, 2014, 02:24 pm
Obrigado, o erro foi resolvido, porém, o led não entrou em ação.
Mesmo recebendo o comando, ele não sofreu alterações.

Tentei substituir o

Code: [Select]
if (strcmp((const char*)buf, "hello")  == 0 )

por

Code: [Select]
if (strcmp((const char*)buf, "hello")  == '68656C6C6F' )

até por

Code: [Select]
if (strcmp((const char*)buf, "hello")  == 0x68656C6C6F )

mas neste acima (0x) acusa erro, o segundo, que está entre '', nada ocorre. No serial monitor estou vendo esses valores, mas não funcionaram aqui.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Oct 06, 2014, 02:54 pm
Quote
Tentei substituir o
if (strcmp((const char*)buf, "hello")  == '68656C6C6F' )


Assim nunca ira dar ja que a funçao strcmp compara, se a string for igual devolve 0 se for diferente devolve algo diferente de 0
Quote

Returns an integral value indicating the relationship between the strings:
return value   indicates
<0   the first character that does not match has a lower value in ptr1 than in ptr2
0   the contents of both strings are equal
>0   the first character that does not match has a greater value in ptr1 than in ptr2

Ja tentaste em vez do led usares um Serial.print para ver se a funçao esta a comparar e a entrar em algum dos ifs?
Tenta tambem imprimir o conteudo do buf para saberes com certeza o que la esta dentro
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: yago4xd on Oct 06, 2014, 03:06 pm
Usei isto:

Code: [Select]
if (strcmp((const char*)buf, "hello")  == 0 )  //strcmp compara a string com o valor caso seja verdadeiro devolve valor 0
    {
     Serial.print("hello recebido");
     Serial.print(buf[i], HEX);
     digitalWrite(led,HIGH);
    } 
if (strcmp((const char*)buf, "hello2")  == 0) //strcmp compara a string com o valor caso seja verdadeiro devolve valor 0
    {
     Serial.print("hello2 recebido");
     digitalWrite(led,LOW);
    }
}


E apenas recebo isto (no caso do lFiltro):

Code: [Select]
Got: 68656C6C6F
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Oct 06, 2014, 03:13 pm
Se fizeres isto:
Code: [Select]
Serial.print(buf);
Antes do strcmp() o que imprime?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: yago4xd on Oct 06, 2014, 03:15 pm
Este comando não é válido

Code: [Select]
sketch_oct06a.ino: In function 'void loop()':
sketch_oct06a:25: error: call of overloaded 'print(uint8_t [30])' is ambiguous
C:\Program Files (x86)\Arduino\hardware\arduino\cores\arduino/Print.h:56: note: candidates are: size_t Print::print(const String&) <near match>
C:\Program Files (x86)\Arduino\hardware\arduino\cores\arduino/Print.h:57: note:                 size_t Print::print(const char*) <near match>
C:\Program Files (x86)\Arduino\hardware\arduino\cores\arduino/Print.h:58: note:                 size_t Print::print(char) <near match>
C:\Program Files (x86)\Arduino\hardware\arduino\cores\arduino/Print.h:59: note:                 size_t Print::print(unsigned char, int) <near match>
C:\Program Files (x86)\Arduino\hardware\arduino\cores\arduino/Print.h:60: note:                 size_t Print::print(int, int) <near match>
C:\Program Files (x86)\Arduino\hardware\arduino\cores\arduino/Print.h:61: note:                 size_t Print::print(unsigned int, int) <near match>
C:\Program Files (x86)\Arduino\hardware\arduino\cores\arduino/Print.h:62: note:                 size_t Print::print(long int, int) <near match>
C:\Program Files (x86)\Arduino\hardware\arduino\cores\arduino/Print.h:63: note:                 size_t Print::print(long unsigned int, int) <near match>
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Oct 06, 2014, 03:23 pm
Ok o que penso que te esta a faltar e o caracter terminador no teu buf
Vejamos:
68 h
65 e
6C l
6C l
6F 0
isto nao é uma string! É apenas um vector de chars, para ser uma string tem de ter o caracter terminador '\0'
Logo quando tentas compara-la com "hello" na função strcmp() ela nao é igual.
A soluçao é ou acrescentas o caracter terminador ao teu buf colocando o caracter terminador no final do teu array ou envias-lo tambem pelo virtual wire
A titulo de teste podes comprovar isto tentando fixar uma string correctamente terminada e faze-la passar na função strcmp()
Algo tipo:
Code: [Select]

char * rawString[] = "hello";//Isto contem o caracter terminador
if (strcmp((const char*)rawString, "hello")  == 0 )  //strcmp compara a string com o valor caso seja verdadeiro devolve valor 0
    {
     digitalWrite(led,HIGH);
    } 
if (strcmp((const char*)rawString, "hello2")  == 0) //strcmp compara a string com o valor caso seja verdadeiro devolve valor 0
    {
     digitalWrite(led,LOW);
    }

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: yago4xd on Oct 06, 2014, 03:28 pm
Percebi que faltaria algo para dar certo, e quando compilei o código, apareceu o que faltava: um array
Observe o erro que me veio:

Code: [Select]
sketch_oct06a.ino: In function 'void loop()':
sketch_oct06a:25: error: array must be initialized with a brace-enclosed initializer
sketch_oct06a:34: error: expected `}' at end of input


um array deve ser inicializado com chave-fechada

Não entendo muito de array, mas sei que é uma matriz, algo que usava em php há um tempo atrás.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Oct 06, 2014, 03:35 pm
Code: [Select]

char rawString[] = "hello";//Isto contem o caracter terminador
if (strcmp(rawString, "hello")  == 0 )  //strcmp compara a string com o valor caso seja verdadeiro devolve valor 0
    {
     digitalWrite(led,HIGH);
    } 
if (strcmp(rawString, "hello2")  == 0) //strcmp compara a string com o valor caso seja verdadeiro devolve valor 0
    {
     digitalWrite(led,LOW);
    }
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: yago4xd on Oct 06, 2014, 03:40 pm
Ah, certo, eram as {}
Mas obtive o mesmo resultado.
Coloquei isto junto ao digitalWrite do led:
Code: [Select]
Serial.print("recebido");

e continuo sem recebe-lo no serial monitor..
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Oct 06, 2014, 03:49 pm
Tenta da forma que coloquei acima sem o ponteiro
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: yago4xd on Oct 06, 2014, 04:02 pm
Tirei o ponteiro, e agora ele entra no if
Porém, só me retorna isto:

Code: [Select]
Got:
68656C6C6Frecebido
Got:
68656C6C6F32recebido


tanto no lFiltro como no dFiltro, ou seja, apenas acende o led. No segundo if, mudei para
Code: [Select]
Serial.print("recebido2");
mas não me retornou isto.



Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Oct 06, 2014, 04:45 pm
Desculpem la intrometer-me... mas esta thread ja vai com 30 paginas com muito sumo e subitamente estamos a falar de algo que nao tem nada a ver com automacao residencial.

Importas-te de criar um novo post com este problema em especifico e deixar esta para quem andar a procura de informacao sobre automacao, por favor?

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: yago4xd on Oct 06, 2014, 04:48 pm
Por mim não há problemas, mas há muito relacionado ao assunto, já que na automação, se necessita de um componente de comunicação wireless, e o mesmo está sendo tratado agora. Se incomodas, posso criar outro tópico, mas quando estiver resolvido, me sentirei obrigado a colocar a resolução deste módulo de comunicação aqui, pois é de suma importância comunicação em uma automação residencial.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Oct 06, 2014, 05:08 pm
Ouve, estamos a falar de ponteiros e de um protocolo de comunicacao em que estas a trabalhar... Esse e que e o assunto dos ultimos posts, nao e automacao residencial propriamente dita. Dai que deva estar num topico separado.

Se vamos pela tua ordem de ideias, todos os assuntos falados no post do Arduino ate agora podiam estar aqui ja que todos eles envolvem aspectos que podem ser utilizados em automacao ou automacao residencial, percebes?

Por favor, cria um novo topico.

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: yago4xd on Oct 06, 2014, 05:10 pm
http://forum.arduino.cc/index.php?topic=269601.0
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: FernandoGarcia on Oct 11, 2014, 06:00 pm
Olá!

Vi no fórum algum tempo atrás alguém falando de interruptores capacitivos, penso que foi neste tópico.

Encontrei este projeto e acho que o circuito utilizado é uma boa opção para quem precisa de muitos interruptores.

http://magnuslofdahl.com/?page_id=739#lightbox/8/

https://www.sparkfun.com/products/9695

http://bildr.org/2011/05/mpr121_arduino/

https://learn.sparkfun.com/tutorials/mpr121-hookup-guide

EDIT: Encontrei mais um que serve de inspiração.

https://www.kickstarter.com/projects/863853574/touch-board-interactivity-everywhere

http://www.bareconductive.com/make/introducing-the-touch-board/

Abraço.

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: amando on Oct 24, 2014, 07:20 pm
Boa tarde!

Estou trabalhando em um projeto de acionamento da bomba de água utilizando nrf24l01. O projeto funciona algumas vezes e outras não... acredito q seja a distancia e as paredes estou trabalhando para descobrir esse problema.
Gostaria de perguntar aos senhores se alguém ja conseguiu colocar para funcionar um arduino mega, nrf24l01 e internet shield 5100?
o nrf24 utiliza pinos q o internet shield usa, teria como coloca-los para funcionar no arduino mega juntos?

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Oct 25, 2014, 12:20 am
Cria um novo post com esse problema...
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: amando on Oct 27, 2014, 03:43 am
Boa noite !!!

Senhores tb estou trabalhando em um projeto de automação estou tentando fazer 2 pontos de comando para acionar uma bomba d água. o primeiro comando (a central) fica em casa, he composta por um arduino mega, nrf24l01+ com antena, display de lcd, buzzer, bluetooth, RTC (ainda não coloquei a programação do RTC), um botão e um led.
o segundo comando fica proximo da bomba e composto por nano, nrf24l01+ com antena, um botão,  um led e uma contactora.
como minha casa he de 2 andares e a bomba fica no terreo... planejei quando estiver dentro de casa acionar a bomba atravez da central ou do celular (android). caso esteja no terreo acionar a bomba com o controle proximo da bomba ou com o celular.
esta funcionando muito bem proximo um do outro ... quando afasto cerca de 10 metros começa a dar falha na comunicação dos nrf24 e a travar o sistema.

Sou novo novato ainda estou aprendendo com os senhores, com livros e alguns tutoriais, gostaria da ajuda dos senhores pois não sei pq os nrf24 apresentam falhas em uma distancia tão pequena.

segue a programação da central

 #include <SPI.h>
 #include <nRF24L01p.h>
 #include <LiquidCrystal.h>
 
nRF24L01p receiver(49,48);//CSN,CE
LiquidCrystal lcd(39, 40, 41, 42, 43, 44);

#define Luz_Fundo  45
int buzzer = 22;
int led1 = 24;
#define botao1 23

int valorbotao1;
int valorled1; 
unsigned long Limpar_LCD;

String textolcd;
String mensagem;
String recebe;
unsigned long changeTime = millis();
unsigned long Time_Receber = millis();
unsigned long Time_Transmitir = millis();
 
void setup()
{   
// **** BLUETOOTH
  Serial2.begin(9600);// comunicação com o bluetooth
 
// **** NRF24
  delay(150);
  Serial.begin(115200);
  SPI.begin();
  SPI.setBitOrder(MSBFIRST);
  receiver.channel(90);
  receiver.RXaddress("Amando");
  receiver.TXaddress("Roseane");
  receiver.init();
     
// **** LCD
  lcd.clear();  // limpa todo conteúdo do display
  lcd.begin(16, 2);
  lcd.clear();
  lcd.setCursor(0,0);
  lcd.print ("  CENTRAL HOME  "); 
 
  pinMode(Luz_Fundo,OUTPUT); //define o pino como saída
  digitalWrite(Luz_Fundo,HIGH); // Liga a luz do display.
 
  pinMode(botao1,INPUT);
  pinMode(led1,OUTPUT);
  pinMode(buzzer,OUTPUT);
  digitalWrite(led1,LOW);
  digitalWrite(botao1, HIGH);   
}
   
void loop ()
{
//Recebe estado
  if(receiver.available()){
    receiver.read();
    receiver.rxPL(recebe);
    Serial.print("Mensagem recebida NRF24: \"");
    Serial.print(recebe);
    Serial.println("\"");
    Serial.println();

    if (recebe=="BOMBA LIGADA"){
      ligada();
    } else if (recebe=="BOMBA DESLIGADA"){
      desligada();
    }
   recebe="";
  }

// **** ROTINA PARA O BLUETOOTH
    if (Serial2.available()) {   
       char c = Serial2.read(); // textolcd=""+c; // transforma char em string   
      if (c == 'a'){
        Serial.println("Comando bluetooth: LIGAR A BOMBA");
        tocar();
        mensagem = "BOMBA LIGAR";
        transmitir();
      }else if (c == 'b'){
        Serial.println("Comando bluetooth: DESLIGAR A BOMBA");
        tocar();
        mensagem = "BOMBA DESLIGAR";
        transmitir();
      } else if (c == 'z'){
        Serial.println("Bluetooth conectado");
        tocar();
        tocar();
        textolcd = "BLUETOOTH CONECTADO";
        lcdtexto();
      }     
    }

// **** ROTINA PARA O BOTÃO
  valorbotao1 = digitalRead(botao1);
  if (valorbotao1 == LOW && (millis() - changeTime) > 2000) {
    tocar();
      valorled1 = digitalRead(led1);
    if (valorled1 == 0) {
      mensagem = "BOMBA LIGAR";
    }else if (valorled1 == 1) {
      mensagem = "BOMBA DESLIGAR";
    }
    transmitir();
    changeTime = millis();// registra o tempo da última transmissão
  }
 
// **** ROTINA PARA DESLIGAR O LCD 
   if ((millis() - Limpar_LCD) > 3000){
     lcd.setCursor(0,1);
     lcd.print ("                ");
     Limpar_LCD = 0;
     digitalWrite(Luz_Fundo,LOW);
   }
   
}

//*:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::   
//          ----------- SUB ROTINAS ----------
//*:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::   

//---- SUB ROTINA SOM - BUZZER
void tocar(){
 tone(buzzer,900,200); //aqui sai o som   
}

//---- SUB ROTINA TRANSMITIR - Envia para o android o estado do led1
void transmitirbluetooth (){
 valorled1 = digitalRead(led1);
 if (valorled1 == 1){
    Serial2.print('A');
    Serial.println("Transmitido para o android: A");
  }else if (valorled1 == 0){
    Serial2.print('B');
    Serial.println("Transmitido para o android: B");
   
  }
}

//---- SUB ROTINA LIGADA
void ligada(){
   digitalWrite(led1,HIGH);
   //tocar();
   textolcd="  BOMBA LIGADA  ";
   lcdtexto();
}
//---- SUB ROTINA DESLIGADA
void desligada(){
   digitalWrite(led1,LOW);
   //tocar();
   textolcd=" BOMBA DESLIGADA";
   //lcdtexto();
}
   
//---- SUB ROTINA PARA O LCD
void lcdtexto()

   lcd.setCursor(0,1);
   lcd.print ("                ");
   lcd.setCursor(0,1);
   lcd.print (textolcd);
   textolcd="";
   Limpar_LCD = millis();
   digitalWrite(Luz_Fundo,HIGH);
}

//---- SUB ROTINA PARA O TRANSMISSOR   
void transmitir(){
   receiver.txPL(mensagem);
   receiver.send(SLOW);
   textolcd=mensagem;
   lcdtexto();
   Serial.print("Rotina transmitir NRF24: ");
   Serial.println(mensagem);
   mensagem="";
   Time_Transmitir = millis();
   while(Time_Transmitir + 50 > millis());   
}


segue a programação do controle q fica proximo a bomba de água


#include <SPI.h>
#include <nRF24L01p.h>
#define botao1 A2
const int led1 = 3;
const int rele1 = 2;

nRF24L01p transmitter (7,8);//CSN,CE

//---- VARIAVEIS PARA A ROTINA DO BOTAO ----
int valorbotao1 = 0;
unsigned long changeTime = millis();
//---- -------------------------------- ----

unsigned long Transmitir_Estado = millis();
int valorled1=0;
int valorrele1=1;

String mensagemReceber="";
String mensagemTransmitir="";

void setup(){
//---- NRF24L01+ ----
  delay(150);
  Serial.begin(115200);
  SPI.begin();
  SPI.setBitOrder(MSBFIRST);
  transmitter.channel(90);
  transmitter.TXaddress("Amando");
  transmitter.RXaddress("Roseane");
  transmitter.init();
//---- ---------- ----

  pinMode(botao1,INPUT);
  digitalWrite(botao1, HIGH);// HABILITA O RESISTOR INTERNO
 
  pinMode(led1,OUTPUT);
  digitalWrite(led1, LOW);// INICIA O LED APAGADO
 
  pinMode(rele1,OUTPUT);
  digitalWrite(rele1,HIGH);
}

void loop(){
//**** ROTINA PARA RECEPTOR
  if(transmitter.available()){
    transmitter.read();
    transmitter.rxPL(mensagemReceber);
    Serial.print("Mensagem recebida NRF24: \"");
    Serial.print(mensagemReceber);
    Serial.println("\"");
    Serial.println();
   
    if(mensagemReceber=="BOMBA LIGAR"){
     ligar();
     transmitirestadorele ();
    } else if (mensagemReceber=="BOMBA DESLIGAR"){
     desligar();
     transmitirestadorele (); 
    }
    mensagemReceber="";
   
  }
     
//**** ROTINA PARA O BOTÃO
  valorbotao1 = digitalRead(botao1); 
  if (valorbotao1 == LOW && (millis() - changeTime) > 2000) {
    digitalWrite(rele1, !digitalRead(rele1));
    digitalWrite(led1, !digitalRead(led1));
    transmitirestadorele ();
    changeTime = millis();// registra o tempo da última transmissão
    while(changeTime + 1000 > millis()); 
 }
   
//**** ROTINA PARA TRANSMITIR O ESTADO 
  if ((millis() - Transmitir_Estado) > 2000){
    transmitirestadorele ();
   }
 
}

//*:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::   
//          ----------- SUB ROTINAS ----------
//*:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::   

//---- SUB ROTINA - LIGAR
void ligar(){
   digitalWrite(led1,HIGH);
   digitalWrite(rele1,LOW);     
}
 
//---- SUB ROTINA - DESLIGAR
void desligar(){
   digitalWrite(led1,LOW);
   digitalWrite(rele1,HIGH);
}

//---- SUB ROTINA - ESTADO DO RELÉ
void transmitirestadorele (){
  valorrele1 = digitalRead(rele1);
    if (valorrele1 == HIGH){
      mensagemTransmitir="BOMBA DESLIGADA";
    }else if (valorrele1 == LOW){
      mensagemTransmitir="BOMBA LIGADA";
    }
  transmitter.txPL(mensagemTransmitir);
  transmitter.send(SLOW);
  Serial.print("Rotina transmitir estado NRF24: ");
  Serial.println(mensagemTransmitir);
  mensagemTransmitir="";
  Transmitir_Estado = millis();
  while(Transmitir_Estado + 50 > millis()); 
}
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: amando on Oct 27, 2014, 03:50 am
babulindo... não criei outro post... pq a central he o inicio da automatização da minha residencia...onde ira comandar o portão os sensores de presença as tvs ... as luzes e as tomadas da casa... alem da bomba de água.
mas isso tudo depende dos nrf24.
 
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: yago4xd on Oct 27, 2014, 04:36 am
Por favor, coloque os códigos entre as tags:

["code"]["/code"]

Sem as aspas. Pois se não, a página ficará extensa e dificultará a leitura. Além desta tag ter a função de selecionar, tornando mais fácil a cópia do código para testes.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Oct 27, 2014, 08:52 am
Colocares o teu problema aqui não faz com que mais gente te ajude... Eu, por exemplo, recuso-me a fazê-lo.

É muito difícil de compreender que isto não é sobre o teu problema, ou sobre o nRF24L01 em específico para resolver o teu problema aqui?

Esta thread é sobre todas as possibilidades para automação residencial... Os teus ou os meus problemas de implementação não são para aqui chamados.

Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: amando on Oct 27, 2014, 10:55 am
Ok... perdão a todos pelos erros q cometi, grande abraço a todos.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: MatheusLPS on Nov 04, 2014, 12:03 am
Uau.....

Depois de 2 horas lendo tudo, estou aqui para dar os parabéns pela discussão!!

Deu para pegar muitas ideias aqui. Esse assunto é bem interessante.

Bom, sobre o tópico, sempre imaginei que os módulos da Nordic funcionariam tranquilamente. Pelo que pude perceber, muitas pessoas estão tendo problemas. Tenho algum aqui 1 par + 3 arduinos UNO comigo mas não os testei ainda.

Minha ideia seria fazer um sistema híbrido, onde a central teria um módulo ethernet + o módulo Nordic.

A parte ethernet seria para controle da central e o módulo Nordic para se comunicar com os pontos da casa. Basicamente o que já foi discutido por aqui.

Gostaria de compartilhar dois sites onde tirei algumas informações. Não me lembro se os mesmos já foram citados:

http://www.openhomeautomation.net/wireless-home-automation/

e esse:

http://www.mysensors.org/build/network

Espero que sejam úteis para o enriquecimento do conteúdo desse tópico.

Abraço.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: rodrigok on Dec 16, 2014, 01:12 am
Olá pessoal,

Estou começando agora com Arduino, devo começar a construir minha casa ano que vem, e estou pensando em fazer a automação.
Trabalho com programação, e fiz curso técnico de eletrônica há muitos anos atrás, lembro algumas coisas.
Gostaria de trocar ideias, primeiramente com dúvidas e pedindo sugestões, e depois podendo contribuir quando o projeto estiver em andamento.

Minha ideia atual é semelhante a de vocês, ter um Arduino master, com Ethernet para interagir com aplicação e banco de dados.
E uma rede de slaves (já comprei 2 nrf24l01 para testar) espalhados pela casa, com Pro Mini a principio. Penso em 1 slave por peça da casa, e não 1 por interruptor, o que acham?

Outra questão é sobre o acionamento das lâmpadas. Estive pesquisando nos últimos dias e estou preferindo o MOC + TRIAC.
Vocês estão usando MOC com "zero crossing"?  Pelo que vi é recomendado quando não se deseja fazer dimmer, para evitar geração de ruído.

mardden,
vi que você tem na placa um circuito para zero-crossing detection. Qual a função?

LegendBR,
como anda seu projeto?
vocês falaram na primeira página sobre o sistema híbrido, que não seria possível ligar por automação...
Pois eu penso em fazer híbrido, não quero ficar dependendo apenas do sistema automatizado.
Pensei em fazer a ligação das lâmpadas, etc usando a ideia da chave paralela (three way) onde o interruptor normal vai em paralelo com o relé (moc/triac) acionado pelo Arduino, assim eu consigo ligar e desligar por ambos os sistemas. Precisa ainda de um circuito para o Arduino identificar a luz ligada, que pode ser feito com outro acoplador ótico.
O que acham disso?


Não vamos deixar esse tópico morrer, pois já tem muita informação importante por aqui.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: hugo007 on Dec 16, 2014, 10:20 am
Para os colegas que andem a estudar a viablidade de automaçao residencial aqui deixo a minha dica.
Tentem o openHAB um projecto open source .
De momento ando a estudar o openHAB e estou maravilhado com ele com as possiblidades que dá.
Tem app nativa para android e IOS e permite nos proprios desenhar uma pagina web onde podem interagir com a vossa casa em tempo real.
Espreitem o projecto
http://www.openhab.org/ (http://www.openhab.org/)
https://www.youtube.com/watch?list=PLGlxCdrGUagz6lfgo9SlNLhdwI4la_VSv&feature=player_embedded&v=czq3S13tGVk (https://www.youtube.com/watch?list=PLGlxCdrGUagz6lfgo9SlNLhdwI4la_VSv&feature=player_embedded&v=czq3S13tGVk)
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: rodrigok on Dec 28, 2014, 09:09 pm
Como falei na mensagem anterior gostaria de fazer o acionamento das lâmpadas em paralelo com um interruptor, então montei um diagrama baseado em ideias que vi na internet. Não testei ainda, nem sei se é viável ou se falta coisa ai.

O que acham? Realmente é um circuito grande para apenas controlar uma lâmpada. Com Relé fica mais simples.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Dec 29, 2014, 10:25 am
Qual é o objectivo mesmo?

Eu não vejo aí nenhum interruptor em paralelo controlado manualmente... e essa geringonça com o transistor para comutar o triac que alimenta a lampada também não faz muito sentido. Não é mais simples colocares um interruptor literalmente em paralelo com o triac controlado pelo Arduino? 
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: yago4xd on Dec 29, 2014, 11:54 am
Caso o que o bubulindo sugeriu não atenda a suas necessidades, adicione um octoacoplador

http://m.youtube.com/watch?v=8KwmjDz2sjc
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: rodrigok on Dec 30, 2014, 01:17 am
yago4xd, o esquema está usando optoacopladores (MOC) para acionar os Triacs.

bubulindo, o objetivo é ligar/desligar a luz pelo Arduino ou pelo interruptor.

o transistor ali serve para fazer uma porta lógica "NOT", para que um Triac fique sempre o inverso do outro, simulando um relé (um lado aberto outro fechado).
As saídas dos 2 Triacs vão ligadas no interruptor Three Way, dessa forma posso ligar/desligar pelo interruptor, ou ligar/desligar pelo Arduino.
O outro optoacoplador abaixo, ligado na entrada do Arduino, serve para identificar a lâmpada ligada.

Sua ideia é diferente bubulindo? Explique melhor por favor.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Dec 30, 2014, 04:08 am
A minha ideia seria tirar um dos triacs dali... E ligar directo no interruptor. Parece óbvio que o Arduino será o método primário de actuação das luzes, logo não faz sentido deixar as luzes dependentes da alimentação do arduino para as acender com o interruptor.

Imagina que é a fonte de alimentação que alimenta ambos os triacs ou MOCs que falha. Como ligas as luzes?
Viste qual era a current rating dos MOCs e as lâmpadas que usas?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: luisilva on Dec 30, 2014, 05:34 pm
@bubulindo: O que o "rodrigok" está a tentar fazer é uma espécie de comutador de escada, em que tem um comutador físico (S1) e o outro é feito através dos triacs. Desta maneira, quando comuta o comutador, se a luz está acesa ele apaga-a e se a luz está apagada acende-a. Da mesma forma, se o Arduino activar os triacs, se a luz estiver acesa, apaga-a e se tiver apagada, acende-a.
Sendo assim, faz o mesmo efeito que isto:
(http://elektron.no.sapo.pt/esquemaescada_ficheiros/image004.gif)
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Dec 30, 2014, 07:44 pm
Desculpa discordar, mas não tem o mesmo efeito.

Se a fonte de alimentação que dá os 5V aos MOC queimar, como é que ele manualmente acende a lâmpada? Já reparaste que não existem 220V para alimentar a lâmpada sem intervenção do arduino, mesmo que seja sob a forma de 5V?

Quando se fala em fazer algo redundante é precisamente porque isto vai falhar e quando isso acontecer, o utilizador pode facilmente reverter ao controlo manual sem qualquer forma de controlo por parte do microcontrolador ou partes electrónicas.

Implementar isto é o mesmo que implementar um botão de paragem de emergência que só liga a um controlador em vez de cortar a fonte de energia...
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Dantas on Dec 31, 2014, 09:08 pm
Olá a todos!

É meu primeiro post aqui. Acabei por ler todas as 30 páginas e vejo que o maior problema é a comunicação sem fio. Algum de vocês chegaram a avaliar este módulo (http://www.shopwiznet.com/wizfi250)? Parece ser uma alternativa um pouco mais barata em relação o XBee. Estou aguardando chegar este shield (http://www.seeedstudio.com/depot/Wifi-Shield-Fi250-p-1719.html) que usar o módulo para ver se vale mesmo a pena.

Encontrei esta lista (http://en.wikipedia.org/wiki/Comparison_of_802.15.4_radio_modules) comparando diversos outros módulos Wifi.

Atacar o problema com um solução "pronta" talvez seja uma boa ideia ao invés da escovação de bits em cima do nRF24, pelo menos para mim que sou hobista e tenho conhecimento ainda limitado.


Feliz ano novo a todos!
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: luisilva on Dec 31, 2014, 09:40 pm
Olá a todos!

É meu primeiro post aqui. Acabei por ler todas as 30 páginas e vejo que o maior problema é a comunicação sem fio. Algum de vocês chegaram a avaliar este módulo (http://www.shopwiznet.com/wizfi250)? Parece ser uma alternativa um pouco mais barata em relação o XBee. Estou aguardando chegar este shield (http://www.seeedstudio.com/depot/Wifi-Shield-Fi250-p-1719.html) que usar o módulo para ver se vale mesmo a pena.

Encontrei esta lista (http://en.wikipedia.org/wiki/Comparison_of_802.15.4_radio_modules) comparando diversos outros módulos Wifi.

Atacar o problema com um solução "pronta" talvez seja uma boa ideia ao invés da escovação de bits em cima do nRF24, pelo menos para mim que sou hobista e tenho conhecimento ainda limitado.


Feliz ano novo a todos!
Eu penso que um módulo desses (http://www.seeedstudio.com/depot/Wifi-Shield-Fi250-p-1719.html) é demais para a maioria da aplicações, mas é apenas a minha opinião. Também me parece que está a confundir as coisas pois este módulo nada tem a ver com a lista que indica (http://en.wikipedia.org/wiki/Comparison_of_802.15.4_radio_modules). Uma coisa é WiFi (norma IEEE802.11) e outra coisa é ZigBee (norma IEEE802.15.4). Tanto quanto sei, elas são incompatíveis e não comunicam uma com a outra e teriam que ser usadas bridges entre elas.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Dec 31, 2014, 10:00 pm
Se vamos por wifi, podes sempre pesquisar o esp8266 que é realmente mais barato.

Uma XBee fica mais barata que esse shield, não?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Dantas on Dec 31, 2014, 10:02 pm
Eu penso que um módulo desses (http://www.seeedstudio.com/depot/Wifi-Shield-Fi250-p-1719.html) é demais para a maioria da aplicações, mas é apenas a minha opinião. Também me parece que está a confundir as coisas pois este módulo nada tem a ver com a lista que indica (http://en.wikipedia.org/wiki/Comparison_of_802.15.4_radio_modules). Uma coisa é WiFi (norma IEEE802.11) e outra coisa é ZigBee (norma IEEE802.15.4). Tanto quanto sei, elas são incompatíveis e não comunicam uma com a outra e teriam que ser usadas bridges entre elas.
Desculpe minha ignorância entre os padrões. Não tinha observado isso. Acredito que a mais assertiva seria esta (http://postscapes.com/arduino-wifi) lista.

O shield que apontei é apenas um onde é aplicado o módulo WizFi250, o qual deveria ser utilizado diretamente no projeto. Ainda dentro do IEEE 802.11 :)  acho que o módulo mais em conta $$$ é o ESP8266. Alguém conhece algum outro mais barato?
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: rodrigok on Jan 01, 2015, 08:43 pm
bubulindo, sobre o interruptor você tem razão, o sistema sempre fica dependente do Arduino, e acaba não atendendo seu objetivo completamente.
Mas da sua forma fica dependente do interruptor estar "desligado" para poder apagar a luz pelo Arduino.
Ainda não me parece o ideal, acho que com Relé resolve mesmo esses problemas, apesar de seus inconvenientes.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Jan 01, 2015, 11:26 pm
O interruptor não tem necessariamente de estar à vista... O objectivo do interruptor em paralelo é mesmo esse, garantir que o controlo feito pelo arduino pode facilmente ser desligado.

Cada um sabe de si, eu pessoalmente nunca deixaria nada controlado apenas por um arduino sem possibilidade de ser desligado ou feito um bypass manual. Ainda menos se fosse algo feito e testado apenas por mim. Mas se estás confiante na tua solução, quem sou eu para dizer que não presta?

O circuito parece-me bom o suficiente, se bem que olharia um pouco à corrente que os MOC aceitam.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: rodrigok on Jan 02, 2015, 01:46 am
Penso exatamente como você. O meu objetivo com o interruptor é poder a qualquer momento desligar o arduino, ou no caso de falha, e a casa continuar funcional. Quando montei aquele circuito não tinha percebido que ele não funciona de forma independente.
Sobre os MOCs não analisei a fundo qual modelo seria necessário.

Vou fazer uns testes com Relé, estou esperando uns módulos que comprei na china.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: Dantas on Jan 03, 2015, 03:08 am
Penso exatamente como você. O meu objetivo com o interruptor é poder a qualquer momento desligar o arduino, ou no caso de falha, e a casa continuar funcional. Quando montei aquele circuito não tinha percebido que ele não funciona de forma independente.
Sobre os MOCs não analisei a fundo qual modelo seria necessário.

Vou fazer uns testes com Relé, estou esperando uns módulos que comprei na china.
Como interruptor o MOC3021 atende como driver para um BTA12-600, por exemplo. Mais informações: aqui (http://www.cuin.com.br/2012/08/rele-de-estado-solido-para-arduino-open-hardware/) e aqui (http://www.electroschematics.com/6267/do-it-yourself-solid-state-relay/).
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: junior700 on Aug 16, 2017, 06:08 pm
Módulo de dimerização RS485 para 4 lâmpadas, 400W por canal em 110V ou 800W em 220V.

https://nova-loja-d20gf.lojaintegrada.com.br/dimmer-para-automacao-residencial-padrao-teclink-itechome-4-canais-bivolt
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: bubulindo on Aug 19, 2017, 12:46 pm
Muito interessante. Ainda há dias alguém perguntou como fazer um dimmer num fórum e pensava não haver nada. Isto com RS-485 é bastante interessante se der para ter uma rede em casa.
Title: Re: Automação residencial em módulos
Post by: junior700 on Aug 19, 2017, 04:12 pm
Olá.  tenho outro anuncio no tindie. Alterei o tipo de comunicação incluindo ModBus RTU.

https://www.tindie.com/products/JUNIOR700/dimmer-4-chanel-400wch-modbus-rtu-rs485/