Show Posts
Pages: 1 [2] 3 4 ... 215
16  International / Portugues / Re: arduino e Visual Basic on: July 16, 2014, 12:00:32 pm
Procura por algo chamado de protocolo de comunicação no fórum.
17  International / Portugues / Re: Arduino MEGA 2560 + Ethernet Shield + Keypad Shield LCD on: July 16, 2014, 03:33:43 am
Pronto... então para quê a pergunta se o software podia resolver um problema de hardware??

18  International / Portugues / Re: Criar uma Rede RF entre arduinos... on: July 16, 2014, 03:33:07 am
Lamento estourar a bolha, mas... isso já existe para os rádiozinhos mais populares, os nRF24.

http://maniacbug.wordpress.com/2012/03/30/rf24network/

https://github.com/maniacbug/RF24Network

Felizmente que a biblioteca onde essa assenta tem bugs que chegue para entreter um gajo. smiley Houve um artista que corrigiu grande parte dos erros, se não me engano chama-se Greg Copeland.
19  International / Portugues / Re: Entradas e saidas analogicas do Arduino Uno on: July 15, 2014, 04:28:15 am
Ele não especificou a válvula... Mas para accionar com 20 mA, estou a assumir que não é uma bobine, mas um circuito electrónico que por sua vez controlará a bobine.

Sendo esse o caso, a frequência do pwm pode deixar a válvula um pouco "perdida". Sem saber mais da válvula não dá para dizer se é ou não.
20  International / Portugues / Re: Arduino MEGA 2560 + Ethernet Shield + Keypad Shield LCD on: July 14, 2014, 06:15:54 pm
O pino 10 controla a luminosidade do backlight...

21  International / Portugues / Re: Entradas e saidas analogicas do Arduino Uno on: July 14, 2014, 06:14:59 pm
Para controlar a válvula, vais precisar, talvez, dum condensador para alisar a tensão que vais dar à válvula.

Para adaptares as tensões (0-5 para 0-10) um amplificador ou optocoupler funcionará.
22  International / Portugues / Re: Sensor de Corrente de 100A mas motor no início vai até 150A on: July 14, 2014, 06:12:02 pm
Que tipo de sensor?
23  International / Portugues / Re: Arduino MEGA 2560 + Ethernet Shield + Keypad Shield LCD on: July 14, 2014, 01:09:08 am
Se os pinos de hardware não são compatíveis, porque julgas que mudar o software vai fazer alguma diferença?

Isto é o mesmo que o teu forno não fazer frio e tu ires mudar o software a ver se passa a dar frio... Não dá.

Eu tive o mesmo problema e acabei por fazer eu mesmo um shield para o LCD. Ficou feio, mas resolveu o problema.
24  International / Portugues / Re: Linguagem para programação on: July 12, 2014, 02:39:20 am
A definição não está completa ou bem explicada. Mas o que queria transmitir era o que estava nesse post do Massimo.

As placas oficiais do Arduino evoluíram também por causa de derivados. Algumas ideias foram implementadas e outras, não foram, abrindo por isso espaço para outras empresas inovarem.

Quando referi a Seeed (note-se que não tenho nada a ver com essa empresa), fi-lo porque eles realmente inovaram nos seus produtos. Se vir o preço e adicionar os portes, verá que não são assim tão baratos e têm placas diferentes.

A versão deles do Arduino tem pequenos pormenores interessantes no desenho... um dos quais é o switch para desligar o auto-reset. Imensa gente se queixou disto no Arduino oficial e no entanto... nunca nada foi feito.

Se vir a versão deles do Mega verá que é muito mais ajeitadinha...

O botão de reset nas placas deles não fica inacessível se colocar um shield por cima, por exemplo.

Ora mesmo não contribuindo monetariamente, eles trazem gente a este site também.... E isso é outra coisa que muita gente parece não dar valor. Além de não se poderem considerar clones...

Agora vá ao eBay e meta Arduino e 99,9% dos que lá estão são clones e realmente não deviam usurpar a marca do Arduino...

Existem pessoas aqui (não é o meu caso) com décadas de experiência em microelectrónica... e existem pessoas que não sabem o que é uma resistência. Não acha que as pessoas mais experientes trazem algo valioso para a marca Arduino a custo zero??
Se não fossem pessoas dessas, os fóruns estavam bem mais vazios já que ninguém se ia dar ao trabalho de cá vir procurar soluções.

Esta questão é complicada... mas temos também de perceber que o Arduino não é propriamente um iPhone... é o básico para fazer um microcontrolador funcionar com o chip de comunicação USB numa placa. Eu desenhei algo assim quando estudava (ainda não havia USB na altura, logo era um DS275) e muitos outros fizeram igual e o desenho não era muito diferente do Arduino.
25  International / Portugues / Re: Linguagem para programação on: July 11, 2014, 04:19:06 pm
Mas estou convencido que alguém que vem da área de informática se começar por aqui (quase de certeza) que mais cedo ou mais tarde, vai sentir a necessidade de "descer", seja por uma questão financeira (um pequeno projecto, não necessita de Linux e uma board caríssima) seja por questões de tamanho, seja por outra coisa qualquer.

Não vá mais longe... Necessidade de interface com o mundo exterior. A Rpi funciona a 1,8V se não me engano e o Arduino Due e semelhantes a 3,3V. Uma grande percentagem de shields não funcionam a 3,3V, tornando essas placas menos flexíveis que os Arduinos "normais".

Chamo mais uma vez a atenção para o facto de todos as placas e material em geral que não está listada na página que forneci não contribuírem para o projecto Arduino, por isso na minha óptica devem ser evitadas, para que o projecto continue a crescer, ou pelo menos se mantenha.


Não vi os links, mas há que fazer uma distinção entre pirataria e usar material do Arduino. Uma coisa é comprar Arduinos do eBay que na realidade são cópias pirata do Arduino, e isso sim deve ser evitado. Outra é comprar placas com o desenho do Arduino com outra marca.
Eu gosto, e prefiro às do Arduino, as placas da Seeedstudio. São baseadas no Arduino, o software é o mesmo, mas não estão a piratear o Arduino.
26  International / Portugues / Re: Linguagem para programação on: July 11, 2014, 12:11:03 pm
Ok...

Esqueci-me que agora toda a gente quer ter o equivalente a um telemóvel para piscar leds.
Se é para usar java e linux, então é preferível usar uma Rpi ou algo do género... Se é para interagir com o exterior e ligar sensores etc... O arduino clássico com um microcontrolador será o melhor.

Já agora, pelo que vi, só o, arduino tre usará linux/java.

Afinal de contas qual é o objectivo? A parte dos apontadores, a diferença entre C++ e java ao nível do arduino não é nada doutro mundo.
27  International / Portugues / Re: Linguagem para programação on: July 11, 2014, 10:47:37 am
O Arduino funciona com C/C++. Logo não é extremamente distante do Java.

O chip sob o qual o Arduino é baseado aceita, que eu tenha conhecimento, C/C++, Assembly e BASIC.

Tendo em conta que Java corre sobre uma JVM, não achas um bocado exagerado haver algo assim que corresse num chip de 8 bits?
28  International / Portugues / Re: ligando dez motores de passo on: July 10, 2014, 03:45:02 pm
Creio que motores de passo consomem mais que 5 volt...

Os motores consomem tensão (volts)?
E sim, há motores passo-a-passo que podem ser ligados a 5V. Como disse fiz um par de experiência com motores de leitores de CD e de disquetes velhos que tinha aqui por casa e pelo menos os dos leitores de disquete são ligados a 5V. Mas numa coisa estou de acordo, possivelmente não devem ser fáceis de encontrar motores com estas características.


Ups... Estava em modo trolha.
Motores de passo de 5volt não são fáceis de encontrar e o binário poderá não ser muito.

Por outro lado, e provavelmente seria isto que queria dizer, alimentar isto com USB não é boa ideia.
29  International / Portugues / Re: Comunicação entre 2 arduino e 2 nRF24L01 on: July 10, 2014, 08:50:27 am
Ok...

Procuraste pelo fórum e não encontraste nada acerca disso?

Procuraste na net e não encontraste nada acerca disso? Eu acho estranho tendo em conta que eu e outros já nos estendemos com várias dicas sobre esses chips em particular na thread da automação residencial.

Já ligaste os nRF ao Arduino?
Já fizeste download de alguma biblioteca?

Qual é a tua dúvida em concreto?
30  International / Portugues / Re: Projeto com sensor de umidade - opiniões on: July 10, 2014, 08:46:00 am
Eu vejo alguns problemas nessa secadeira.

A humidade que os sensores medem não é a humidade da gaze uma vez que o forno estará aberto ( ou foi isso que percebi). A humidade dentro do forno poderá ser influenciada pelo exterior e poderá ser difícil de compensar.

Os sensores de humidade têm a particularidade de serem lentos, logo será complicado usá-los para um controlo preciso. Não será impossível, mas complicado.

Como é feito o controlo de humidade da gaze?

Porque é que não controlas a humidade numa camara e passas a gaze por lá em vez de controlares a velocidade a que passa? Haverá um tempo mínimo para a gaze absorver humidade, não?
Pages: 1 [2] 3 4 ... 215