Go Down

Topic: Transmissor de pressão 4-20mA (Read 8190 times) previous topic - next topic

mmoscz

Olá a todos,
Já tentei de várias maneiras, mas não obtive sucesso.
Adquiri um Transmissor de pressão 4-20mA 0-20bar, para monitorar remotamente a pressão em um compressor, verifiquei todas as fontes possíveis sobre isso,
e todas mostram a leitura dos equipamentos 4-20mA, usando um resistor de 250R, tentei utiliza-lo, mas a "tensão" que cai no transmissor de pressão é sempre a mesma, variando sempre entre 2.48 e 2.66 volts, como estou alimentando com 12V, na pressão mais baixa possível deveria ficar perto de 9V e na mais alta, chegar a 2V.
Entrei em contato com o fornecedor, e a única coisa que ele me disse era testar com um amperímetro e verificar se está fazendo as leituras normalmente.
Quando coloquei o multímetro em modo amperímetro com escala de 20mA, realmente as leituras estão corretas, sendo 10mA = 2bar e 16mA em 15bar, que seriam as leituras em miliamperes e convertidas para 4-20mA.
Dentro desse Transmissor de pressão, há mais que um sensor pizoelétrico, há todo um circuito dentro dele, então, não há como "ler" a resistência dele.
Então se alguém souber de alguma forma de eu criar um amperímetro com arduino para que eu possa "ler" a corrente nesse Transmissor de Pressão eu agradeço.

PS.
1. Não há datasheet desse Transmissor de pressão, pois ele é como diriam "plug and play" se eu estivesse usando um equipamento adequado.
2. Há a opção desse tipo de equipamento fornecendo 0-5V, mas no regime e local onde ele será usado essa possibilidade é inviável.

4x Duemilanove (clone)
Uno torrado (clone)
Amiga 1200 40MB
Windows XP

bubulindo

#1
Jun 13, 2012, 01:37 am Last Edit: Jun 13, 2012, 01:41 am by bubulindo Reason: 1
Já experimentaste com um amplificardor operacional em vez da resistência?

não deixa de ser estranho que a queda de tensão na resistência não varie com a corrente. :S

This... is a hobby.

mmoscz

Sim, é muito estranho. Mas por ter uma alimentação variavel de 10 a 30V acho que o circuito tenta compensar a queda de tensão no resistor e mantêm a mesma leitura, na verdade colocando a resistência, a leitura no multímetro mA cai uns 5mA.
Por isso estou pensando em medir a amperagem diretamente.

4x Duemilanove (clone)
Uno torrado (clone)
Amiga 1200 40MB
Windows XP

hugo007

Bom confirma o seguinte.A lei de ohm nao deve falhar
Na saida do sensor de pressao se ligares o amperimetro como disseste devera aparecer la a corrente certa.
Agora arranca o amperimetro e em vez dele coloca a resistencia de 250 ohms.
Coloca o multimetro em modo voltimetro e coloca nos terminais da resistencia.Devera ter de aparecer tensoes entre 1V e 5V para a escala de 4mA a 20mA.
Se os valores de tensao no voltimetro aparecerem tambem correctos entao depois avança para o arduino na porta analogica.
Tenta usar fontes separadas no teu teste.
Alimenta o sensor de pressao com uma fonte e usa o multimetro com pilha.
Podes estar a ter problemas de referencia terra quando usas uma fonte de alimentaçao comum.
Posta o resultado
Debian,Mint,Ubuntu
Arduino Mega 2560
Arduino Nano
Arduino Duemilanove
MAC OS Montain Lion
Raspberry PI Model B

Edsoncan

Geralmente os transmissores de campo são alimentados com 24 Volts e não 12 Volts.
A diferença que posso imaginar no seu relato é que o miliamperímetro tem uma resistência muito menor que 250R, sugiro que repita seus testes com
uma resistência de 1R por exemplo e veja a corrente que circula por ela através de um multímetro.

Edson

bubulindo


Geralmente os transmissores de campo são alimentados com 24 Volts e não 12 Volts.


Geralmente têm uma gama de valores de alimentação. Pode ou não ser 24V. Já vi de 10 a 30, mas diria que os mais usuais têm uma gama de alimentação muito apertada e centrada nos 24. 
Se for num ambiente explosivo, provavelmente será alimentado com cerca de 8V e funciona... claro que o preço condiz com a função. :\


A diferença que posso imaginar no seu relato é que o miliamperímetro tem uma resistência muito menor que 250R

O problema é que a medir tensão, a resistência do multimetro será quase infinita... não provocando esse efeito que falas. O amperimetro, terá uma resistência menor (espero eu, pelo menos) mas como vai estar em série com a resistência não importa.

Já colocaste o amperimetro entre o sensor e a resistência? Medes entre 4 a 20 mA na mesma?

Só por curiosidade, já mediste a tensão nos terminais do sensor de pressão quando tens a resistência ligada?

This... is a hobby.

mmoscz


Bom confirma o seguinte.A lei de ohm nao deve falhar
Na saida do sensor de pressao se ligares o amperimetro como disseste devera aparecer la a corrente certa.
Agora arranca o amperimetro e em vez dele coloca a resistencia de 250 ohms.
Coloca o multimetro em modo voltimetro e coloca nos terminais da resistencia.Devera ter de aparecer tensoes entre 1V e 5V para a escala de 4mA a 20mA.
Se os valores de tensao no voltimetro aparecerem tambem correctos entao depois avança para o arduino na porta analogica.
Tenta usar fontes separadas no teu teste.
Alimenta o sensor de pressao com uma fonte e usa o multimetro com pilha.
Podes estar a ter problemas de referencia terra quando usas uma fonte de alimentaçao comum.
Posta o resultado

A lei de ohm se aplicaria se fosse um dispositivo passivo, mas parece que como ele funciona de 10v a 30V ele deve fazer a compensação internamente.
Já fiz o teste, quando coloco o amperimetro entre o resistor e o transmissor, onde estáva mostrando 12mA passa a mostrar 9mA,
Olhando um shield para arduino especifico para 4-20mA há três tipos de transmissores 1, 2 e 3 estou tentando determinar qual é esse tipo que estou usando.
É isso que me dá esperança, vou tentar usar um circuido com Oamp e ver se dá resultado.
4x Duemilanove (clone)
Uno torrado (clone)
Amiga 1200 40MB
Windows XP

bubulindo

I = U/R... I2 = U/(R + 250)
I > I2

Isso explica a diferenca que estás a ver. Colocaste o Arduino a medir isso?

O circuito com o opamp parece-me uma boa aposta devido à resistência que tem, mas ainda assim, isso devia funcionar com a resistência de carga. :\
This... is a hobby.

mmoscz


I = U/R... I2 = U/(R + 250)
I > I2

Isso explica a diferenca que estás a ver. Colocaste o Arduino a medir isso?

O circuito com o opamp parece-me uma boa aposta devido à resistência que tem, mas ainda assim, isso devia funcionar com a resistência de carga. :\

Para mim isso é um mistério,
4x Duemilanove (clone)
Uno torrado (clone)
Amiga 1200 40MB
Windows XP

bubulindo

Lei de Ohm...

Quando mediste a corrente com o multímetro, a corrente que passava no circuito era U/R (qualquer que seja essa resistência). Ao colocares a resistência de 250Ohmem série com o circuito, o que o multímetro irá medir agora é U(R + 250). O que implica que a corrente será menor, porque a resistência é maior.

A impedância dum op amp é muito grande, pelo que usando um, não vais ver o efeito que eu mostrei da diminuicão de corrente no circuito.
This... is a hobby.

hugo007

Sim concordo se usares um amp op em modo buffer iras conseguir isolar de modo que nao altere a corrente que estas a medir.
Debian,Mint,Ubuntu
Arduino Mega 2560
Arduino Nano
Arduino Duemilanove
MAC OS Montain Lion
Raspberry PI Model B

mmoscz

Problema resolvido, esse sensor deve ser alimentado com 15V-30V
Quando eu alimentava com menos que isso, não havia tensão suficiente para excitar os componentes.
4x Duemilanove (clone)
Uno torrado (clone)
Amiga 1200 40MB
Windows XP

Go Up