Go Down

Topic: Novo ATMEGA328 para ATMEGA danificado da placa UNO (Read 1 time) previous topic - next topic

mmoscz

Algumas semanas atrás, o ATMEGA da única placa ARDUINO UNO que possuo, parou de aceitar scretch´s, então comprei um ATMEGA328 supostamente com bootloader de UNO, e comprei mais 4 ATMEGA328 em branco.
Com os ATMEGA328 eu ressucitei um DUEMILANOVE que estava parado a uns dias, mas com o ATMEGA328 UNO, o led do pino 13 fica piscando 3 vezes seguidas e para e pisca 3 vezes novamente, pensei que poderia ser apenas que o BOOTLOADER, está avisando que está em branco, mas quando tento enviar o scretch, da o AVRDUDE 500, a dúvida é o seguinte.
Qual a diferença do BOOTLOADER do UNO para o DUEMILANOVE?
Sei que as placas são diferentes uma tem o ATMEGA no lugar do chip FTDI, mas para o bootloader há diferença?
4x Duemilanove (clone)
Uno torrado (clone)
Amiga 1200 40MB
Windows XP

bubulindo

Entre iterações houve alterações no bootloader tipo velocidades, etc. Pode ser algo assim que está a acontecer?
This... is a hobby.

mmoscz

4x Duemilanove (clone)
Uno torrado (clone)
Amiga 1200 40MB
Windows XP

HugoPT

#3
Aug 02, 2012, 09:21 pm Last Edit: Aug 03, 2012, 12:08 am by HugoPT Reason: 1
Curioso sempre pensei o o bootloader fosse igual :|
Debian,Mint,Ubuntu
Arduino Mega 2560
Arduino Nano
Arduino Duemilanove
MAC OS Montain Lion
Raspberry PI Model B

bubulindo

Entre versões do 2009, houve alterações do bootloader. Uma delas foi a velocidade de upload, que antigamente era 9600 ou 19200 e agora é 57600.

Entretanto, houveram vários bugs como um com as strings que tinham aspas ou uma das barras.

Eventualmente, creio que o westfw (ou algo assim) fez outra versão do bootloader que, julgo eu, é a usada.

Mas se tens vários arduinos a funcionar, podes re-gravar o bootloader actual no que não está a funcionar. Eu sei que é chato teres pago por algo que não estás a usufruir, mas é melhor que andar a tentar contactar o vendedor, etc.
This... is a hobby.

HugoPT

Outra alternativa caso nao consigas carregar lhe o bootloader é passares a usar um programador ISP e programas directo.Se procurares no ebay encontras o USBtiny ISP barato e dá sempre jeito ter a mao para tambem poderes tentar outros compiladores que nao a IDE do arduino.
Claro esta que é um romendo mas ve do lado positivo alargas os teus conhecimentos com o avrdude e passas a conhecer outras formas de programares o avr.Gosto muito do IDE do arduino mas gosto inda mais perceber o que esta por detras da IDE.
Outra vantagem em ignorares o bootloader é quando o avr recebe a alimentaçao esta logo a correr o programa que la gravaste nao havendo um delay inicial que se nota com o bootloader.
Bubulindo obrigado por essa info defacto nao sabia disso :smiley-mr-green:



Debian,Mint,Ubuntu
Arduino Mega 2560
Arduino Nano
Arduino Duemilanove
MAC OS Montain Lion
Raspberry PI Model B

mmoscz

Hoje consegui mandar o bootloader e o scretch blink usando um arduino Duemilanove como ArduinoSPI, mas através da USB continua dando o AVR 500.
Acho que o que pifou foi o ATMEGA que faz o papel de conversor USB no UNO.
Quando tento mandar o scretch pela usb, apenas o pino RX acende, o TX não faz nada, será que há maneira de recuperar o ATMEGA?
4x Duemilanove (clone)
Uno torrado (clone)
Amiga 1200 40MB
Windows XP

HugoPT

Debian,Mint,Ubuntu
Arduino Mega 2560
Arduino Nano
Arduino Duemilanove
MAC OS Montain Lion
Raspberry PI Model B

Go Up