Go Down

Topic: O que captura sem sensor? (Read 4 times) previous topic - next topic

bubulindo

Ok... se vamos falar por palavras isoladas aqui fica a minha:

amostragem...

Nyquist.
Eu não sou o teu criado. Se respondo no fórum é para ajudar todos mediante a minha disponibilidade e disposição. Responder por mensagem pessoal iria contra o propósito do fórum e por isso evito-o.
Se realmente pretendes que eu te ajude por mensagem pessoal, então podemos chegar a um acordo e contrato onde me pagas pela ajuda que eu fornecer e poderás então definir os termos de confidencialidade do meu serviço. De forma contrária toda e qualquer ajuda que eu der tem de ser visível a todos os participantes do fórum (será boa ideia, veres o significado da palavra fórum).
Nota também que eu não me responsabilizo por parvoíces escritas neste espaço pelo que se vais seguir algo dito por mim, entende que o farás por tua conta e risco.

Dito isto, mensagens pessoais só se forem pessoais, ou seja, se já interagimos de alguma forma no passado ou se me pretendes convidar para uma churrascada com cerveja (paga por ti, obviamente).

AlxDroidDev



A sua resposta ajuda confirmar minha teoria, que é possível gerar e controlar sinais eletrônicos através de sinais eletromagnéticos emitidos por várias partes do nosso corpo. Fiz testes aproximando de outras áreas conhecidas como Chakras e notei que o comportamento do Arduino é alterado.

(...)

Sim sou maluco e acho que juntar ciência e holística seria uma possibilidade.

O que pensam vocês?


Isto não é ser maluco... é ser inquisitivo, o que é uma qualidade admirável. Maluco seria achar que com isto é possívell transformar chumbo em outro.

Bom, já tentaram juntar holística e ciência várias vezes, nem quase sempre com resultados mais esotéricos com do que científicos. Medir campo magnético ou frequencias emitidas pelo nosso corpo, no entanto, está mais perto da ciência do que da adivinhologia.

Para seus experimentos - que considero bastante válidos - eu te recomendo adotar uma metologia científica, para que seus resultados sejam válidos e possam ser repetidos por outras pessoas. A primeira coisa com a qual você deve se preocupar é em ter medições repetíveis. Se elas não forem repetíveis, alguém poderá afirmar que voce está medindo campos magnéticos aleatórios e sujeitos a qualquer flutuação.

Faça as medições em ambientes diferentes para ver se elas se comportam da mesma forma para uma mesma parte do corpo.

Outra coisa que te sugiro fazer é começar a estudar os amplificadores operacionais, para que você possa traduzir os mili- e micro-volts emanados pelo nosso corpo em leituras possíveis pelo Arduino.

Para ler o campo magnético emanado pelo corpo, um sensor de efeito Hall acoplado a um op-amp pode ser bem legal, e te dar resultados surpreendentes.

Learn to live: Live to learn.
Showing off my work: http://arduino.cc/forum/index.php/topic,126197.0.html

spiderpoison

#12
Oct 22, 2012, 08:14 pm Last Edit: Oct 22, 2012, 09:37 pm by spiderpoison Reason: 1
AlxDroidDev - matou a pau, era isso que precisava para intensificar meus estudos, uma resposta coerente, o nome dos bois e os sensores que eu poderia utilizar (amplificadores operacionais, Sensor Hall), com isso fica mais fácil dar uma direção aos meus estudos.

Então sobre o esoterismo e a ciência, acho que é uma questão de conseguir identificar o funcionamento do mecanismo, deixa explicar.

Estudos mais avançados no campo da holística apontam que toda a forma de cura através de energias é feito balanceando a frequência de trabalhos de determinados órgãos do corpo humano, pois estes trabalham melhor em determinada frequência, a ciência atual também vem tentando tratamentos com frequências hoje em dia.

Existe até um adesivo usado em medicina ortomolecular que é vendido na frança (Aimants Eporec), que é um magneto para ser colado na pele. Essa técnica já era conhecida a milênios na acupuntura e usada até hoje.

Como o corpo humano é uma máquina biomecânica movida a eletricidade, nada mais lógico do que imaginar que emanamos energia em determinada frequência e esta energia é que muitas vezes promove a cura, como pode ser visto no campo da medicina ortomolecular e da medicina chinesa antiga. Há pessoas que treinam essas habilidades como os praticantes de Seicho-no-ie e médiuns estes aplicam passes com a imposição das mãos e canalizam a energia em determinadas frequências pelas mãos as partes do corpo humano que querem curar.

Então a ciência e a holística são basicamente a mesma coisa, mas uns utilizam o corpo humano como ferramenta, treinando para emanar estas frequências que curam enquanto outros equipamentos como o Eporec que é apenas um magneto, ou o Meniett (www.meniett.com que gera uma frequência de 10hz e está sendo testado para tratar pessoas com uma forma de labirintite chamada Síndrome de Meniére.

Se uma dia o elo entre a ciência e os estudos holísticos que que já existem forem unificados e entendidos como uma única coisa, nossa medicina evoluirá muito em pouquíssimo tempo.  :)

O que gostaria é de medir estas energias para poder comprovar se estas teriam o mesmo funcionamento no corpo humano.

Agora um comentário pessoal, se energias emanadas por antenas e equipamentos eletrônicos podem fazer mal as pessoas, porque não podem curar.

spiderpoison

AlxDroidDev, no caso você fala do hall para capturar sinais eletromagnéticos, se fosse este tipo de sinal o Arduino deveria mostrar alterações quando aproximo um magneto?

No segundo teste, em outro dia o resultado foi bem divertido, da uma olhada no vídeo.
obs.: Não é o movimento do Arduino que provocou a mudança de sinal, eu testei.

http://www.youtube.com/watch?v=fPvbgLkEFno



spiderpoison

Dados curiosos.

Hoje consegui tirar a minha grande dúvida, a frequência gerada foi entre 1500Hz e 3000Hz.

Os dados foram checados através do XOscillo.

Irei realizar mais testes em ambientes diferentes e com pessoas diferentes para avaliar as possíveis alterações.

Go Up