Go Down

Topic: Detectar corrente com Arduino (Read 5 times) previous topic - next topic

bubulindo

Ok...

Nunca referiste que o Arduino iria actuar o botão para desligar o gerador. Eu apenas posso comentar com base no que dizes. O gerador tem um ou dois contactos para ligar/desligar o gerador? Se só tiver um, provavelmente o relé ainda serve.

Se insistes em ter o Arduino (ou um controlador) a controlar o gerador, eu optaria por um chip que não o do Arduino. A ATMEL faz chips compatíveis com o que vem no Arduino com características especiais para consumir menos corrente. Ainda assim, o grande problema do Arduino é a sua frequência... um processador a correr a 16MHz não é muito "poupado" em energia.

O que podes fazer para minimizar isso é usar os modos de Sleep do Arduino e usar a mudança de estado num pino para acordar o Arduino e fazer o que pretendes. Afinal de contas, ele não tem de fazer nada a não ser ligar e desligar pinos quando falha a energia e para isso podes ter o microcontrolador a dormir.

Uma pilha de 9V não será o ideal... Repara que para transformares os 9V em 3,3, vais sempre perder energia, o que é contra o que a tua aplicação necessita. Então, seria melhor usar um conjunto de pilhas de 1,5V em série (para criares 3V) e depois meter mais umas 4 ou 6 pilhas em paralelo para poderes fornecer mais corrente ao circuito. Infelizmente não consigo calcular quanto conseguirias manter o circuito a funcionar com as pilhas porque está dependente do chip, frequência, número de activações do relé e, mais importante, a programação que é feita.

No entanto, vai haver sempre uma situação de black-out onde vais instalar isto... e nalguns casos é sempre preferível arrancar o gerador manualmente do que fazê-lo automaticamente. Estou apenas a levantar a questão... só isso.

E, também terás de andar em cima das pilhas para garantires que as pilhas ainda estão a funcionar quando o gerador falha.
Eu não sou o teu criado. Se respondo no fórum é para ajudar todos mediante a minha disponibilidade e disposição. Responder por mensagem pessoal iria contra o propósito do fórum e por isso evito-o.
Se realmente pretendes que eu te ajude por mensagem pessoal, então podemos chegar a um acordo e contrato onde me pagas pela ajuda que eu fornecer e poderás então definir os termos de confidencialidade do meu serviço. De forma contrária toda e qualquer ajuda que eu der tem de ser visível a todos os participantes do fórum (será boa ideia, veres o significado da palavra fórum).
Nota também que eu não me responsabilizo por parvoíces escritas neste espaço pelo que se vais seguir algo dito por mim, entende que o farás por tua conta e risco.

Dito isto, mensagens pessoais só se forem pessoais, ou seja, se já interagimos de alguma forma no passado ou se me pretendes convidar para uma churrascada com cerveja (paga por ti, obviamente).

Ricardo_Arduino


No entanto, vai haver sempre uma situação de black-out onde vais instalar isto... e nalguns casos é sempre preferível arrancar o gerador manualmente do que fazê-lo automaticamente. Estou apenas a levantar a questão... só isso.


O problema é quando não há ninguém para ligar o gerador. xD
Era isso que este projecto viria a solucionar.


E, também terás de andar em cima das pilhas para garantires que as pilhas ainda estão a funcionar quando o gerador falha.


Pois, também pensei nisso...isso não seria nada pratico.

Acabei de ter uma ideia aparentemente simples.
Vou tentar ser o mais explicito possível.
Com um carregador de pilhas de 1,5V (quatro pilhas = 6V), com as pilhas colocadas no carregador, e o carregador na tomada elétrica.
Enquanto houver energia, se fizer do carregador + pilhas um circuito em serie, penso que terei 12V.
Sem energia, terei apenas a corrente das pilhas, ou seja, 6V.
Será que posso transformar tanto os 12 como os 6V em 5V para alimentar o arduino?
Se isso fosse possível....problema resolvido

bubulindo

Sim... foi isso que tinha dito no início.

Testa muito bem a mudança de tensões com um multímetro ou osciloscópio antes de ligares o Arduino.
Eu não sou o teu criado. Se respondo no fórum é para ajudar todos mediante a minha disponibilidade e disposição. Responder por mensagem pessoal iria contra o propósito do fórum e por isso evito-o.
Se realmente pretendes que eu te ajude por mensagem pessoal, então podemos chegar a um acordo e contrato onde me pagas pela ajuda que eu fornecer e poderás então definir os termos de confidencialidade do meu serviço. De forma contrária toda e qualquer ajuda que eu der tem de ser visível a todos os participantes do fórum (será boa ideia, veres o significado da palavra fórum).
Nota também que eu não me responsabilizo por parvoíces escritas neste espaço pelo que se vais seguir algo dito por mim, entende que o farás por tua conta e risco.

Dito isto, mensagens pessoais só se forem pessoais, ou seja, se já interagimos de alguma forma no passado ou se me pretendes convidar para uma churrascada com cerveja (paga por ti, obviamente).

Ricardo_Arduino

#18
Nov 26, 2012, 05:47 pm Last Edit: Nov 26, 2012, 06:37 pm by Ricardo_Arduino Reason: 1
Ok.
E como sugere reduzir a corrente?
Com resistências?

Ricardo_Arduino

Li acerca de uns reguladores de voltagem.
Será que posso solucionar o problema com eles?

Go Up