Go Down

Topic: Automação residencial em módulos (Read 82114 times) previous topic - next topic

LegendBR

#90
Jun 25, 2013, 03:04 pm Last Edit: Jun 26, 2013, 12:40 am by LegendBR Reason: 1
@bubulindo

A ideia do Arduino mini pro é realmente interessante... na verdade, a última versão da placa que estou desenvolvendo é bem parecido com ele, com a diferença que já teria imbutido o chip para comunicação RS-485 e o conversão de tensão 12v -> 5v. só está faltando colocar a parte onde é feita a programação do chip, ainda estou na dúvida se faço ICSP ou RX/TX, vou ver qual fica melhor. E o custo vai acabar saindo bem parecido com o do Arduino mini pro, uma vez que teria que mandar fazer a placa do shield de qualquer forma, e fazendo minha própria placa, é um shield a menos na caixa 4" x 4".


@HugoPT

Seu fornecedor parece ter um preço melhor, minha próxima encomenda deve ser nele! Uma dúvida, para soldar os componentes, uma pistola de ar quente é suficiente, ou só no ferro de solda mesmo? Pois os contatos já vem com solda, não é?


@mardden

Com o RS-485 até é possível uma comunicação Full-duplex (todos os módulos enviam e recebem comandos simultaneamente). Porém a implementação não é tão simples, então eu achei melhor fazer a comunicação do tipo Half-duplex (todos módulos enviam e recebem comendos, mas somente um envia comando por vez), no estilo master-slave mesmo, onde o slave só responde a comandos.

O tempo entre o comando e a resposta não é longo. Acho que dá para o master questionar todos os slaves e receber suas respostas em menos de 1 segundo. Então a ideia é que quando ocorrer um evento novo, o slave "segurar" a informação enquanto não é questionado pelo master. Pode ocorrer um delay entre o evento e a resposta ao mesmo, mas nada muito gritante.


edit: se eu colocar um socket na minha PCB com +5v, GND, Reset, RX e TX e comunicar esses pinos com um Arduino Uno sem chip, eu consigo programar minha placa? Espero ter sido claro na pergunta.

#91
Jun 26, 2013, 01:45 am Last Edit: Jun 26, 2013, 03:06 am by bubulindo Reason: 1
Pois... a única coisa mais chata (que não é propriamente impedimento) é mesmo não ter acesso ao cristal do pro mini. De resto, creio que já tem um regulador de tensão e facilitaria muito mais o desenho.

A ideia disso surgiu-me quando vi um ethernet shield para Arduino nano no eBay. Regra geral as pessoas não pensam nestas placas para fazer shields, mas para fazer prototipagem...
Um problema chato destas placas são os 4 pinos analógicos ficarem deslocados dos pinos principais... ou seja, não dá mesmo para breadboard. :(

Nesta placa as ligacões que estão no final incluem o porto série, DTR e alimentacão para ser simples de passar o programa com bootloader.

Estou mesmo indeciso sobre como avancar com isto.

Depois de ver que o preco dum chip são 3,19£ e a plaquinha são 4,3£... se comprar 10 chips, o preco baixa para metade... mas adicionando placa, resistências e trabalho... näo me parece que vá valer a pena.
Eu não sou o teu criado. Se respondo no fórum é para ajudar todos mediante a minha disponibilidade e disposição. Responder por mensagem pessoal iria contra o propósito do fórum e por isso evito-o.
Se realmente pretendes que eu te ajude por mensagem pessoal, então podemos chegar a um acordo e contrato onde me pagas pela ajuda que eu fornecer e poderás então definir os termos de confidencialidade do meu serviço. De forma contrária toda e qualquer ajuda que eu der tem de ser visível a todos os participantes do fórum (será boa ideia, veres o significado da palavra fórum).
Nota também que eu não me responsabilizo por parvoíces escritas neste espaço pelo que se vais seguir algo dito por mim, entende que o farás por tua conta e risco.

Dito isto, mensagens pessoais só se forem pessoais, ou seja, se já interagimos de alguma forma no passado ou se me pretendes convidar para uma churrascada com cerveja (paga por ti, obviamente).

LegendBR

Lembre que você vai ter o mesmo trabalho para desenvolver os shields. Pensando nisso, achei melhor continuar desenvolvendo a minha própria placa, pois ela já terá o conversor 12v -> 5v e o módulo RS-485. Minha alternativa seria desenvolver um shield para conectar no Arduino mini pro, seria mais um shield para conectar / dar problema, então...

E sobre a programação do chip sem precisar retirar da placa, as conexões citadas acima (5v, GND, Reset, TX e RX) são suficientes para programar o chip utilizando um Arduino Uno?

Só se conseguires tirar o ATmega328 do UNO.

Senão precisas dum cabo FTDI com o DTR trazido para fora. Para usar o bootloader o que é preciso é mesmo o conversor USB - TTL e não o Arduino todo.

Correcto, vou sempre ter de desenvolver uma placa... Mas se não tiver o processador lá é menos trabalho que tenho no desenvolvimento. Ou não... uma vez que os pinos têm de acertar com a placa principal.

A vantagem de desenhar um shield é mesmo poder haver mercado para esse desenho... basta olhar para os jeenodes... e fazer o mesmo para o nRF24L01. ;)
Eu não sou o teu criado. Se respondo no fórum é para ajudar todos mediante a minha disponibilidade e disposição. Responder por mensagem pessoal iria contra o propósito do fórum e por isso evito-o.
Se realmente pretendes que eu te ajude por mensagem pessoal, então podemos chegar a um acordo e contrato onde me pagas pela ajuda que eu fornecer e poderás então definir os termos de confidencialidade do meu serviço. De forma contrária toda e qualquer ajuda que eu der tem de ser visível a todos os participantes do fórum (será boa ideia, veres o significado da palavra fórum).
Nota também que eu não me responsabilizo por parvoíces escritas neste espaço pelo que se vais seguir algo dito por mim, entende que o farás por tua conta e risco.

Dito isto, mensagens pessoais só se forem pessoais, ou seja, se já interagimos de alguma forma no passado ou se me pretendes convidar para uma churrascada com cerveja (paga por ti, obviamente).

LegendBR

É, vou tentar desenvolver um shield para o mini. Vamos ver como vai ficar XD.

HugoPT

Quote
@HugoPT

Seu fornecedor parece ter um preço melhor, minha próxima encomenda deve ser nele! Uma dúvida, para soldar os componentes, uma pistola de ar quente é suficiente, ou só no ferro de solda mesmo? Pois os contatos já vem com solda, não é?

Eu usei estação de ar quente e solder past.Basta posicionar os componentes nos locais e dar calor sobre todos eles.No entanto com ferro também dará só que tem de ser um a um usando uma pinça para os fixar no local e dar calor de uma das pontas para o "pregar" e depois dar do outro lado.A minha recomendaçao é se tens estaçao de ar quente compra solder past no ebay que é barato e usa.Para teres uma idea de como funciona a solder past vê este video do EEVBLOG
http://www.youtube.com/watch?v=qyDRHI4YeMI

@Bubulindo
Tenho uma questão sobre o nRF24L01.Em todos os lados que li sobre ele falam numa range máxima de uns 15 metros.Sabendo isto a partida, essa distancia é suficiente para usares numa casa com vários obstáculos possíveis?
Como é suposto funcionar os vários módulos que vao usar o nRF24L01?
Isso faz rede MESH?
Nao fui espreitar o datasheet inda ...

Debian,Mint,Ubuntu
Arduino Mega 2560
Arduino Nano
Arduino Duemilanove
MAC OS Montain Lion
Raspberry PI Model B

Hmmmm... solder paste... nunca tinha ouvido falar disso.

Pois, relativamente aos nRF24L01, eles são um pouco estúpidos... isto é, enquanto que na XBee podes criar várias configurações de rede, com os nRF dá ideia que só podes fazer comunicações ponto-a-ponto.
Claro que, com software, podes ligar vários para distâncias maiores mas isso não é feito automaticamente, tens de ser tu a programar isso. O maniacbug aqui do fórum tem duas bibliotecas para estes chips. Uma para usares o chip propriamente dito e outra que serve de abstracção para criares uma rede com os nRF.
Os meus foram uma pechincha, comprei pelo eBay logo uma boa quantidade deles e saiu a cerca de um euro cada.

A ideia que me dá é que estes chips serão mais usados em comunicações ponto-a-ponto sem grande carga de dados (o máximo de bytes que podes enviar são 32), mas isso não implica que não dê para pequenas coisas em casa. :)



Eu não sou o teu criado. Se respondo no fórum é para ajudar todos mediante a minha disponibilidade e disposição. Responder por mensagem pessoal iria contra o propósito do fórum e por isso evito-o.
Se realmente pretendes que eu te ajude por mensagem pessoal, então podemos chegar a um acordo e contrato onde me pagas pela ajuda que eu fornecer e poderás então definir os termos de confidencialidade do meu serviço. De forma contrária toda e qualquer ajuda que eu der tem de ser visível a todos os participantes do fórum (será boa ideia, veres o significado da palavra fórum).
Nota também que eu não me responsabilizo por parvoíces escritas neste espaço pelo que se vais seguir algo dito por mim, entende que o farás por tua conta e risco.

Dito isto, mensagens pessoais só se forem pessoais, ou seja, se já interagimos de alguma forma no passado ou se me pretendes convidar para uma churrascada com cerveja (paga por ti, obviamente).

LegendBR

Uma pistola de ar quente pode ser considerada uma estação de ar quente? :P

A grande diferença está na falta de um controle melhor da temperatura, isso é muito crítico?

HugoPT

Quote
Uma pistola de ar quente pode ser considerada uma estação de ar quente?

Uhmm agora deixaste me a pensar o que é uma pistola de ar quente?
Eu estava a pensar no termo pistola de ar quente a pensar que vocês ai no Brasil chamassem isso há estaçao de soldar  :smiley-red:
Estas te a referir "pistola de ar quente" aquelas pistolas que se usa por exemplo para moldar manga termo retratil?
Debian,Mint,Ubuntu
Arduino Mega 2560
Arduino Nano
Arduino Duemilanove
MAC OS Montain Lion
Raspberry PI Model B

LegendBR


Quote
Uma pistola de ar quente pode ser considerada uma estação de ar quente?

Uhmm agora deixaste me a pensar o que é uma pistola de ar quente?
Eu estava a pensar no termo pistola de ar quente a pensar que vocês ai no Brasil chamassem isso há estaçao de soldar  :smiley-red:
Estas te a referir "pistola de ar quente" aquelas pistolas que se usa por exemplo para moldar manga termo retratil?



hehehe, na verdade o termo certo para "pistola de ar quente" é "soprador térmico". O que eu tenho é um desses:


Teoricamente, ele também serve para soldar, mas em uma estação de solda (pelo menos até onde eu entendo), você tem um controle melhor da temperatura, então consegue realizar soldas melhores e sem danificar os componentes. É isso mesmo?

HugoPT

Quote
você tem um controle melhor da temperatura, então consegue realizar soldas melhores e sem danificar os componentes. É isso mesmo?

Correctissimo. Por acaso tenho uma pistola dessas onde trabalho mas acho que só tentaria usa-la em ultimo recurso devido a nao ter controlo de temperatura e ao debito de ar ser elevado.Mesmo com a estação de ar quente por vezes os componentes sao "soprados" devido ao debito de ar que sai na ponteira. Mesmo com o debito no mínimo as vezes acontece me.Estou aqui a pensar que se usa-se a que la tenho os componentes iriam voar ou então frita-los devido a não saber a temperatura que estou a aplicar. Não estou a dizer impossível mas eu preferia soldar os SMD's com o ferro um a um do que usar a pistola.
Debian,Mint,Ubuntu
Arduino Mega 2560
Arduino Nano
Arduino Duemilanove
MAC OS Montain Lion
Raspberry PI Model B

LegendBR

Mas não vou utilizar componentes SMD (tenho um certo preconceito com eles, acho que "não são para mim", são muito pequenos e sou muito "sem jeito", hehehe), então vou acabar arriscando soldar com o soprador térmico mesmo, e ver no que dá.

HugoPT

Mas então se não vais usar smds porque não usas apenas um ferro de soldar normal?
Debian,Mint,Ubuntu
Arduino Mega 2560
Arduino Nano
Arduino Duemilanove
MAC OS Montain Lion
Raspberry PI Model B

LegendBR

Boa pergunta... praticidade em soldar tudo de uma vez?

Eu li algures que há malta que faz isto num forno. :\ Basicamente metem a placa no forno a uma dada temperatura e solda tudo duma vez sem problema das pecas saírem...
Será verdaed?
Eu não sou o teu criado. Se respondo no fórum é para ajudar todos mediante a minha disponibilidade e disposição. Responder por mensagem pessoal iria contra o propósito do fórum e por isso evito-o.
Se realmente pretendes que eu te ajude por mensagem pessoal, então podemos chegar a um acordo e contrato onde me pagas pela ajuda que eu fornecer e poderás então definir os termos de confidencialidade do meu serviço. De forma contrária toda e qualquer ajuda que eu der tem de ser visível a todos os participantes do fórum (será boa ideia, veres o significado da palavra fórum).
Nota também que eu não me responsabilizo por parvoíces escritas neste espaço pelo que se vais seguir algo dito por mim, entende que o farás por tua conta e risco.

Dito isto, mensagens pessoais só se forem pessoais, ou seja, se já interagimos de alguma forma no passado ou se me pretendes convidar para uma churrascada com cerveja (paga por ti, obviamente).

Go Up