Pages: [1] 2   Go Down
Author Topic: Arduino com PIC  (Read 8500 times)
0 Members and 1 Guest are viewing this topic.
Surubim/PE
Offline Offline
Newbie
*
Karma: 0
Posts: 11
Arduino rocks
View Profile
 Bigger Bigger  Smaller Smaller  Reset Reset

Pessoal,

Não sei se é apropriado chamar "Arduino", mas encontrei na Internet esse projeto que utiliza um microcontrolador PIC18F2550.



http://www.hackinglab.org/

Eu sempre me perguntei o por quê de não se utilizar no Arduino um microcontrolador que já tivesse USB como o PIC18F2550 ou o PIC18F4550?
Já imaginaram um Arduino com o PIC18F4550? A PCB ficaria muito simples de ser feita em casa e não seria necessário utilizar aquele chip USB que atualmente é caro, difícil de encontrar e ainda por cima difícil de manipular para um hobbysta.
Nesse link tem até uma versão em que foi utilizada a mesma padronização do Arduino.
http://sites.google.com/site/funlw65/electronics/jaluino-pinguino-28-pins-starting-bo/freejalduino



Eu sei que não está muito bem desenhado, mas vamos dar um desconto já que é uma versão apenas para teste. O importante é visualizarmos as possibilidades. Um PIC18F2550 eu já encontrei até por R$ 14,00 e um PIC18F4550 dá para encontrar sem problemas por uns R$ 25,00, creio que vale bem a pena para quem está pensando em montar o seu Arduino em casa.  smiley-wink

Abraços,



Logged

Sao Paulo - Brazil
Offline Offline
Sr. Member
****
Karma: 0
Posts: 268
View Profile
WWW
 Bigger Bigger  Smaller Smaller  Reset Reset

Entao,

Não vejo muitas vantagens de se utilizar o processador PIC para uma plataforma como o Arduino, no entanto vou apresentar alguns fatos e deixo você decidir o que é mais interessante.

Atmega
  • Suport a C, tem um próprio GCC, AVR-GCC, open-source http://www.avrfreaks.net/AVRGCC/, programar em c é bem mais amigável a não ser que você queira algo bem mais controlado e tenha que usar Assembly.
  • Arquitetura do processador moderna, 1 instrução por clock
  • Fácil de gravar, com um simples cabo serial ou paralelo você pode queimar seu HEX
  • Em geral Atmel é mais barato que Microchip
  • e o Arduino, bom, exitem um comunidade ativa enorme atualmente, www.arduino.cc , e muitos codigos exemplos etcc
  • multiplataforma, mac, linux, windows http://www.avrfreaks.net

Pic
  • Suporta C, mas ainda é necessario algum trabalho direto no assembly caso queira fazer algo muito complexo, o melhor compilador para C só funciona no Windows, aliás tem um que é pago
http://www.htsoft.com/products/compilers/PICClite.php e não custa barato.
Para linux o SDCC http://sdcc.sourceforge.net/ que ainda esta em fase de desenvolvimento para as linhas de processadores da Microchip, visto que sua comunidade é bem menor e também a alguns fatores limitantes da arquitetura do processador, por exemplo
mudanças de bancos de memória, set de instruções limitado.
  • Em geral você precisa de um circuito ativo e um pouco chato para poder gravar os PICS, disso isso se comparado a facilidade de se gravar um atmel.
  • arquitetura de umas instrução por cada 4 clock
  • comunidade http://www.piclist.com
  • tentativas de plataformas como a do arduino,
http://en.wikipedia.org/wiki/PICAXE
http://en.wikipedia.org/wiki/BASIC_Stamp

[/list]


http://www.electro-tech-online.com/micro-controllers/8505-race-microchip-vs-atmel-wich-one-best.html
http://www.arduino.cc/cgi-bin/yabb2/YaBB.pl?num=1249502971/4


é isso



Radamés
Logged

Surubim/PE
Offline Offline
Newbie
*
Karma: 0
Posts: 11
Arduino rocks
View Profile
 Bigger Bigger  Smaller Smaller  Reset Reset

Radamés,

Concordo parcialmente com o que você falou, mas por outro lado...
Veja que o Pinguino tem um bootloader que permite que se utilize uma IDE praticamente igual ao do Arduino.
Claro que a coisa ainda está muito embrionária, mas o fato de não precisar utilizar um chip dedicado para comunicação USB me pareceu muito interessante e creio que essa será a tendência.
Eu tenho alguns Arduinos Severino montados com Atmega 168, mas eu tenho vontade de montar uma versão USB. Para mim o grande empecilho é esse chip USB, pois além de ser SMD (que não é tanto problema assim) custa muito caro (encontrei por uns R$ 25,00).
Eu ainda não montei esse PINGUINO porque não tenho disponível no momento o PIC18F2550 (só tenho um que está no meu PICKIT2 clone), mas assim que sair a versão que utiliza o PIC18F4550 vou montar um para fazer uns testes já que tenho alguns desses PICs sobrando por aqui.
Creio que esse projeto do PINGUINO só vem a acrescentar e como já falei essa idéia de utilizar um chip que já tenha suporte USB é muito boa. Tão boa que deveria ser avaliada pelo pessoal que desenvolve o Arduino.
Para mim a coisa é bem clara: se o Arduino utiliza um chip FTDI para comunicação USB porque não utilizar logo um microcontrolador que tenha esse hardware. Por que não?
Você falou que os PICs são mais caros (concordo), mas quando temos que utilizar um chip para o USB essa diferença se inverte completamente.
Posso estar enganado, mas achava que o projeto Arduino não estava preso a micrcontrolador. Para mim o que importava no projeto era a linguagem, IDE e o bootloader.
Pergunto mais uma vez.... Porque não utilizar logo um microcontrolador que tenha USB disponível no seu hardware? Por que não?

Abraços
Logged

Sao Paulo - Brazil
Offline Offline
Sr. Member
****
Karma: 0
Posts: 268
View Profile
WWW
 Bigger Bigger  Smaller Smaller  Reset Reset

concordo com você quanto ao problemas da conversão usb serial necessária para os atuais modelos de arduino...
da uma olhada nesse thread do Paulo Gonçalves...

http://www.arduino.cc/cgi-bin/yabb2/YaBB.pl?num=1249590634/3#3

Vamos ver se esse tipo de approach evolui nas próximas versões do arduino...

Aqui em sampa eu acho o ft232 por R$ 12.50, nas lojas da santa ifigenia..

até...

Radamés
Logged

Surubim/PE
Offline Offline
Newbie
*
Karma: 0
Posts: 11
Arduino rocks
View Profile
 Bigger Bigger  Smaller Smaller  Reset Reset

Eu tinha visto esse projeto, vamos ver se a coisa evolui...

Esse chip USB por R$ 12,50 até que está razoável, mas convenhamos que mesmo assim ele fica mais caro que o próprio microcontrolador já que os últimos Atmega 168 que comprei na Futurlec saíram por menos de R$ 8,00 a unidade.
Por falar nesse chip USB eu estou tendo dificuldades em encontrá-lo por um preço razoável. Você tem idéia onde posso encontrar esse chip e que, preferencialmente, venda via Internet?
Até na Futurlec estou com dificuldades para encontrar esse chip. Será que estou procurando errado?

Abraços
Logged

Pistestii din Deal
Offline Offline
Newbie
*
Karma: 0
Posts: 36
Arduino project collection rocks
View Profile
WWW
 Bigger Bigger  Smaller Smaller  Reset Reset

Well, it works nicely! And I think some of Arduino shields can work with this board. At least, protoboards will work for sure :-P.

Here you can see it:
http://moriscanet.blogspot.com/2009/09/freejalduino-test-blink-led-with.html

Regards,
Vasi
« Last Edit: September 03, 2009, 06:12:20 pm by funlw65 » Logged

Pistestii din Deal
Offline Offline
Newbie
*
Karma: 0
Posts: 36
Arduino project collection rocks
View Profile
WWW
 Bigger Bigger  Smaller Smaller  Reset Reset

Hi,

This is the last version developed with 18F2550:


And here is his page (and eagle files).
Logged

0
Offline Offline
Full Member
***
Karma: 0
Posts: 131
Arduino rocks
View Profile
 Bigger Bigger  Smaller Smaller  Reset Reset

Very nice Vasi
Logged

Sao Paulo - Brazil
Offline Offline
Sr. Member
****
Karma: 0
Posts: 268
View Profile
WWW
 Bigger Bigger  Smaller Smaller  Reset Reset

how do you compile C sketch to pic microcontroller?
Is there any open-source compiler for linux OS?
Logged

Pistestii din Deal
Offline Offline
Newbie
*
Karma: 0
Posts: 36
Arduino project collection rocks
View Profile
WWW
 Bigger Bigger  Smaller Smaller  Reset Reset

Hi,

There is Pinguino project which use SDCC C compiler (Win, Mac, Linux) to provide Arduino sketch compatibility. Though, it is only a C and not C++. Some classes are simulated via a parser but this is made under the hood.

Anyway, personally I use JAL (this compiler is also available under Win,Mac,Linux) language which produce a much smaller and faster code.
I'm using the board with an USB bootloader but also directly with Pickit2 programmer when I test other compilers/languages.

Here are some links for anyone inteested:
Jallib group - a discussion group about JAL libraries development
Jallib code - Jallib project hosted onGoogle code
Just another language.org - The official site of Jallib project which include tutorials and free books (entire project is free, open source)

Vasi
Logged

Pistestii din Deal
Offline Offline
Newbie
*
Karma: 0
Posts: 36
Arduino project collection rocks
View Profile
WWW
 Bigger Bigger  Smaller Smaller  Reset Reset

Here is the new documentation and some examples in HTML format.
And here is the development package.

As novelties, here are:
 - text scroll on 4 seven-segment digits same time with LED "moving lights" (some kind of multitasking - see this );
 - reading a temperature sensor DS18B20.

EDIT: Links repaired, sorry!
« Last Edit: August 26, 2010, 06:32:31 pm by funlw65 » Logged

Belem - Amazon - Brazil
Offline Offline
Newbie
*
Karma: 0
Posts: 7
The Linux has you!
View Profile
WWW
 Bigger Bigger  Smaller Smaller  Reset Reset

Galera já portamos muitas bibliotecas do Arduino para Pinguino, procurando manter a máxima compatibilidade entre os sketchs:

Bibliotecas para: servos, LCDs, GLCDs e muito mais...

As bibliotecas LCD e GLCD, Eu mesmo as portei, e procurei deixar a compatibilidade praticamente ao nível de copiar e colar...
 ;D
Logged

'round the world...
Offline Offline
Faraday Member
**
Karma: 42
Posts: 3223
View Profile
WWW
 Bigger Bigger  Smaller Smaller  Reset Reset

Só para adicionar que existem ainda chips que comunicam através de UART... coisa que um chip com USB provavelmente não terá.

Mas cada caso é um caso e deve ser ponderado no inicio dum projecto. No entanto, só de pensar no pesadelo que é configurar um PIC com as mudancas de bancos, prefiro ter mais um chip na placa e usar AVR.
Existem já AVRs com USB, mas são de 32 bits e mais virados para o mundo dos DSPs.
Logged

Eu não sou o teu criado. Se respondo no fórum é para ajudar todos mediante a minha disponibilidade e disposição. Responder por mensagem pessoal iria contra o propósito do fórum e por isso evito-o.
Se realmente pretendes que eu te ajude por mensagem pessoal, então podemos chegar a um acordo e contrato onde me pagas pela ajuda que eu fornecer e poderás então definir os termos de confidencialidade do meu serviço. De forma contrária toda e qualquer ajuda que eu der tem de ser visível a todos os participantes do fórum (será boa ideia, veres o significado da palavra fórum).
Nota também que eu não me responsabilizo por parvoíces escritas neste espaço pelo que se vais seguir algo dito por mim, entende que o farás por tua conta e risco.

Dito isto, mensagens pessoais só se forem pessoais, ou seja, se já interagimos de alguma forma no passado ou se me pretendes convidar para uma churrascada com cerveja (paga por ti, obviamente).

Pistestii din Deal
Offline Offline
Newbie
*
Karma: 0
Posts: 36
Arduino project collection rocks
View Profile
WWW
 Bigger Bigger  Smaller Smaller  Reset Reset

Quote
Só para adicionar que existem ainda chips que comunicam através de UART... coisa que um chip com USB provavelmente não terá.

Nope, UART is also there, ready to be used. Yes, you can have two variants of ported libraries which use UART - with Serial USB, or with UART if you want to adapt the code for yourself.

Quote
Mas cada caso é um caso e deve ser ponderado no inicio dum projecto. No entanto, só de pensar no pesadelo que é configurar um PIC com as mudancas de bancos, prefiro ter mais um chip na placa e usar AVR.
Existem já AVRs com USB, mas são de 32 bits e mais virados para o mundo dos DSPs.

I don't argue on this. For a poor student, the availability and price of AVRs are the main problems where he lives. So, an alternative had to be created. This is what is Pinguino today. An alternative with a cheap and common microcontroller. If ATMEL problems (the ones above) will ever change, be sure that the right micrcontroller will be chose.
But we can't wait so we must continue to prepare students, learning them Arduino language, being able one day to address any of microcontrollers, better prepared than others... I hope you now understand the big picture.

Vasi
« Last Edit: January 08, 2011, 03:13:42 am by funlw65 » Logged

'round the world...
Offline Offline
Faraday Member
**
Karma: 42
Posts: 3223
View Profile
WWW
 Bigger Bigger  Smaller Smaller  Reset Reset

Amazing what Google Translator can do... or do you speak Portuguese? If so, why in English?

Yes, but is it an hardware UART? Or there's a library with a software uart made? I'm just curious and like I said haven't worked with PICs in 10 years.

ATMEL is expensive compared to Microchip?

I understand the big picture... it all boils down to availability and price for the entire thing, peripherals, programmer, compiler... however, Arduino isn't for me a language that prepares students for the future. Teaching them Arduino or C, it is much better to teach C as it is widely used both in computers and microcontrollers and if learnt from scratch can be better understood if only adapting knowledge from the Arduino.
And to learn microcontrollers the language is the least important point. Understanding the hardware inside the chip and how to use the configuration registers is what matters.  smiley-wink
Logged

Eu não sou o teu criado. Se respondo no fórum é para ajudar todos mediante a minha disponibilidade e disposição. Responder por mensagem pessoal iria contra o propósito do fórum e por isso evito-o.
Se realmente pretendes que eu te ajude por mensagem pessoal, então podemos chegar a um acordo e contrato onde me pagas pela ajuda que eu fornecer e poderás então definir os termos de confidencialidade do meu serviço. De forma contrária toda e qualquer ajuda que eu der tem de ser visível a todos os participantes do fórum (será boa ideia, veres o significado da palavra fórum).
Nota também que eu não me responsabilizo por parvoíces escritas neste espaço pelo que se vais seguir algo dito por mim, entende que o farás por tua conta e risco.

Dito isto, mensagens pessoais só se forem pessoais, ou seja, se já interagimos de alguma forma no passado ou se me pretendes convidar para uma churrascada com cerveja (paga por ti, obviamente).

Pages: [1] 2   Go Up
Jump to: