Mapa de pinos

Bom dia a todos.

Estou utilizando um Atmega 328P com oscilador interno de 8 MHz e gostaria de saber como configurar os pinos não utilizados para o cristal como saída na IDE do Arduino. Uma vez que a referencia de pinos utilizada não condiz com a pinagem física, como identificar estes pinos na IDE?

Obrigado.

Uma pesquisa na internet ou mesmo no site do Arduino resulta em imensos resultados para encontrares o que precisas...

Olha aqui um exemplo:

http://marcusjenkins.com/wp-content/uploads/2014/06/ARDUINO_V2.png

Muito obrigado Bubulindo, mas o problema que encontro é que estou utilizando um Atmega328 em um projeto numa placa própria e neste projeto preciso utilizar os pinos destinados ao cristal como uma saída digital.

Conforme o diagrama que me mandou entendo que não há como referenciar estes pinos na IDE do Arduino, pois não encontrei um nome compatível no diagrama.

Seria isso mesmo?

Ola..

no datasheet identifica estes pinos... http://www.atmel.com/pt/br/Images/Atmel-42735-8-bit-AVR-Microcontroller-ATmega328-328P_Datasheet.pdf

São os pinos do PORTB, PB6 e PB7, vc pode acessá-los diretamente pelos registradores.

Mas você vai precisar ler com calma o Datasheet para entender como configurar estes pinos como Digitais e não entradas de Xtal.

Acho que na interface arduino não haverá mapeamento destes pinos, já que ela não os disponibiliza ao usuário.

Também terá que fazer alguns testes, já que a bootloader já deve configurar os registradores para utilizar o Xtal externo.

Veja se realmente vale a pena, pois talvez gere uma incompatibilidade difícil de contornar, uma vez que um cristal é muito barato.

E se precisa de mais entradas ou saídas, vc. pode utilizar qualquer multiplexador, ou optar por um chip com mais saídas como o MEGA2560.

Abs...

Olá Márcio.

Vou ler o datasheet, mas acredito que realmente pela IDE do Arduino não consiga fazer muita coisa.

Eu até fiz um teste de acesso diretamente pelos registradores e até consegui configurá-los como saída, mas o problema é que as funções da biblioteca do Arduino utilizam o mapeamento dos pinos e desta forma creio que pela IDE não consiga realmente acessar.

Vou fazer mais algumas análises.

Se conseguir alguma coisa postarei aqui no fórum.

Muito obrigado pela ajuda.

Att.

Henrique.

Henrique...

O problema é que no arduino nós não precisamos configurar o oscilador, como fazemos geralmente no PIC, o que me leva a crer que isto já é feito pelo bootloader.

Eu utilizo a Atmel Studio, muito melhor que a IDE arduino, mas mesmo assim ainda utilizo as bibliotecas arduino.

Baixe o Atmel Studio, e faça a gravação via ISP, tem gravadores usbasp baratos para vender.

Daí é tentar utilizar as bibliotecas arduino sem o bootloader... o único problema é que ficará sem a porta USB...

Vá postando as novidades... ;)

Apenas complementando..

Se tiver interesse. Esse link fala um pouco sobre como configurar o Atmel studio.. https://www.embarcados.com.br/atmel-studio/

Para que o ícone arduino apareça na tela do Atmel studio ao iniciar um novo projeto, basta criar um projeto em branco na IDE Arduino(vazio mesmo, só crie um novo e salve) e salvá-lo como Blank.ino na sua área de trabalho...

Abs

Valeu pelas dicas, Márcio.

Vou fazer o download do Atmel Studio e começar a mexer um pouco.

Abs.

Henrique.

Ups... não reparei que querias saber sobre os pinos do cristal.

Para isso vais precisar de usar um programador externo para alterar os fuses internos.