Medir o consumo do motor de passo

Boa tarde,
Faz três semanas que comprei o meu primeiro Arduino para realizar um projecto que envolve dois motores de passo.
A ideia é a seguinte. Através de software que já fiz, estou a comunicar com os motores que estão ligados ao Arduino,
desta forma eu dou ordem ao motor para mover 30.000 passos para a esquerda e o mesmo para a direita. Com estes dois movimentos eu quero saber qual dos lados vai fazer o motor entra em esforço, para me avisar através da leitura do consumo de AMP(se não estou em erro?) que o peso que se encontra no garfo(imagem em anexo) encontra-se desequilibrado.
Em uma breve pesquisa no site Arduino.cc encontrei este how-to mas para motores DC que mostra a leitura do consumo http://arduino.cc/en/Tutorial/DueMotorShieldDC

Esta função é uma espécie de (wizard) para ajudar a equilibrar o garfo.
Eu pergunto, posso efectuar o mesmo em motores de passo para obter o que pretendo?
São bem vindas sugestões.

Cumprimentos,
Rui

esquema.png

Ao meu ver motor de passo não daria muito certo, pois diferente do motor DC você provoca picos de corrente devido ao motor estar sempre partindo da condição estática e se medir a corrente vera um trem de pulso, mas tenta e vê o que da.

Edson

Mas desejas saber o quanto o motor consome ou se ele esta em movimento?

Mortis: Mas desejas saber o quanto o motor consome ou se ele esta em movimento?

Olá, Quando o motor está em movimento e se o peso pender mais para um dos lados, o motor deverá ter de consumir mais, certamente irá fazer um pouco de mais esforço. Eu quero ver se consigo ler esses valores do consumo no movimento do motor através do Arduino, quando os motores estão em movimentos. Estes são os motores que uso http://dlnmh9ip6v2uc.cloudfront.net/datasheets/Robotics/42BYGHM809.PDF os mesmos estão ligados nos Easydriver4.4, e por fim vai ligar ao Arduino uno.

Rui

O garfo está em cima da plataforma controlada pelos motores quer esteja perfeitamente vertical, quer esteja com um angulo de 30graus. Logo não estou a ver como é que vai provocar um aumento de binário... E mesmo que aumente, o peso dum garfo não é nada para a esmagadora maioria dos motores de passo.

O motor de passo, como o nome indica, dá passos... o movimento que tu precisas pode ser meio passo para equilibrar o garfo. Como fazes para segurar o garfo nessa situacão?

Nesta situacão, como o motor vai re repouso a movimento, medir binário vai ser difícil... se o motor estivesse sempre em esforco, o binário seria constante e bem mais simples de medir. Regra geral, os drivers de motores (DC ou de passo) têm um pino chamado Current Sense ou algo do género que te indica a corrente que sai para o motor. É assim que podes medir o binário do motor. .

bubulindo:

O motor de passo, como o nome indica, dá passos… o movimento que tu precisas pode ser meio passo para equilibrar o garfo. Como fazes para segurar o garfo nessa situacão?

Nesta situacão, como o motor vai re repouso a movimento, medir binário vai ser difícil… se o motor estivesse sempre em esforco, o binário seria constante e bem mais simples de medir. Regra geral, os drivers de motores (DC ou de passo) têm um pino chamado Current Sense ou algo do género que te indica a corrente que sai para o motor. É assim que podes medir o binário do motor. .

Boa tarde bubulindo,

O garfo terá uma rotação constante. Deixa ver se consigo explicar para compreenderes melhor. O que tento fazer é um género de wizard para avisar-me que um dos lados do garfo poderá estar com algum peso a mais.
O garfo tem uma rotação constante quando for chamado o wizard, o mesmo irá rodar 45 graus para um lado e para o outro à velocidade que eu achar mais eficiente, desta forma espero detectar um acréscimo nos valores do motor no caso de existir o desequilíbrio.
(Imagem em anexo)

Vou tentar encontrar o dito pino Current Sense no meu motor.

Obrigado,
Rui

Wizard = feiticeiro. Não faco ideia do que queres dizer com wizard em todas as frases da tua resposta. Experimenta trocar por feiticeiro e vais obter algumas frases interessantes.

O teu motor... a não ser que tenha um controlador lá metido, não tem esse pino. O controlador de potência, ou driver, é que normalmente tem esse pino. Como ligaste, ou pretendes ligar,os motores de passo ao Arduino?

Não percebi muito do que pretendes tirando que o sistema vai ter uma dinâmica e uma certa velocidade... coisa que os motores de passo não são particularmente bons. Os motores de passo são bons em aplicacões onde é necessária controlar posicão e não velocidade. Se algo vai rodar a uma velocidade constante, tu tens uma gama de escolha da velocidade muito limitada... um motor de passo não é rápido... e um motor de passo tem uma banda morta que para a tua aplicacão pode ser o suficiente para ver um jitter nos motores. Claro que a banda morta depende da taxa de transmissão do motor e precisão dos sensores usados, mas não me parece que tenhas considerado isso.

Quando dizes garfo, estás a referir-te a um garfo de cozinha? Ou aquela cena com um cilindro entre os dentes do "garfo"?

Tenta entender que tu estás a usar termos que não são de todo compreensíveis para nós que estamos a ver isto pela primeira vez e como tal sem que expliques as coisas com termos comuns a todos nós é difícil de ajudar correctamente.

Olá bubulindo,
Desculpa se os meus termos são difíceis de entender, mas sim realmente tens razão., venho eu para aqui com termos técnicos que veem de uma certa área e as pessoas podem não entender. :slight_smile:

Em um post anterior eu tinha mencionado o Wizard do software que estou a usar para comunicar com arduino.
Wizard, Assistente (software) http://pt.wikipedia.org/wiki/Wizard_(software)

O controlador que estou a usar para os stepper é o Easydriver4.4 Easy Driver stepper motor driver
(Esquema em uso em anexo)
Com a minha experiência de 3 semanas em electrónica, ainda não consegui ver se existe tal pino no controlador para efectuar a leitura do que pretendo, dai ter solicitado ajuda aqui no forum. Ou, é provável que não tenha o pino, por isso não o encontro, talvez tenha de comprar um sensor e aplicar em cada motor.

Eu terei de usar motores de passo porque este “monstro de metal” que mostro no anterior post, chama-se azimutal mount = montagem azimutal astronómica, é o que os astrónomos usam para observar/fotografar o céu.
Motores de passo porque são extremamente preciso quando os usamos em conjunto com coordenadas, ângulos , movimento sideral etc… Não quero com isto dizer que os motores servo não seja precisos, mas, neste momento o que tenho são dois steeper para tentar saber o consumo em caso de desequilíbrio.

O garfo = fork mount é aquela estrutura com dois dentes onde está agarrado um veio com o dito cilindro.
Se o cilindro não estiver centrado entre dentes, à partida eu sei que posso receber valores mais elevados, porque estará a fazer mais peso em um dos lados quando o motor estiver a efectuar a rotação. Desta forma, eu posso chamar o wizard(assistente de software) para “efectuar” o equilíbrio, de certa forma ele irá dizer qual dos dentes do garfo está em esforço, e assim o utilizador do aparelho saberá o que fazer de uma forma directa evitando que exista desgaste em rodas dentadas feitas em metal, rodas essas que estão montados nos motores e fazem girar o garfo.

Obrigado,
Rui

Má notícia, esse driver não disponibiliza os pinos de sense.

Pelo que me parece o teu sistema apenas se mexe de vez em quando em vez de estar sempre a mexer...

Ainda não estou a perceber o que dizes quando referes que um motor faz mais esforco que o outro. Onde vão estar montados os motores? Nos dentes do Garfo? Na base do garfo?

Olá bubulindo,

Dá uma vista de olhos na imagem em anexo. É desta forma que o motor irá rodar o garfo, ficaram situados no veio do mesmo.

Uma segunda abordagem poderão ser estes sensores, http://www.inmotion.pt/store/current ?

Rui

Essa é uma hipótese...Tendo em conta o preco, não me parece muito mal... mas antes de comprares os sensores...

Tens dois motores de passo ligados a essa roda dentada? É isso que o desenho mostra? Eu continuo sem perceber o que é que vais controlar...

Já admitiste que não percebes muito de electrónica... e de sistemas mecânicos?

Foca-te neste veio apenas e imagina que o garfo está ligado ao veio como uma peça só, este veio fará rodar o garfo, porque na realidade tudo junto irá fazer um peça solida.
Neste eixo será ligado apenas um motor da forma que mostro no desenho. No desenho tens um motor que irá fazer girar por sistema de correias um parafuso sem fim, o mesmo irá encostar a uma roda dentada, é possível ver que a roda dentada está agarrada ao eixo(veio), quando o motor rodar ira movimentar todo o conjunto.

Rui

pronto... entendida que está a parte mecânica... não percebo o que pretendes com

RuiBranco: Quando o motor está em movimento e se o peso pender mais para um dos lados, o motor deverá ter de consumir mais, certamente irá fazer um pouco de mais esforço.

Quando o motor se está a mover vais ter leituras diferentes dependendo do ângulo que o cilindro tem relativo ao chão... mas tens também de considerar a dinâmica do sistema... se partires para cada passo a partir de uma posicão de repouso é uma coisa... se já tiveres iniciado o movimento é outra.

A leitura que vais fazer ao mexer para a direita ou a mexer para a esquerda vai ser a mesma. É o mesmo motor, é a mesma massa e o tal pender do peso vai ser igual quer estejas a mover para a direita ou esquerda.

Se queres criar um sistema de posicionamento, não percebo a paranóia com o peso já que haverão posicões em que o peso não estará equilibrado.

No entanto, a minha pergunta mantém-se... que percebes de sistemas mecânicos?

Prezados, Apesar do alerta do Fórum de que o tópico já está falecido, tentarei ressuscitá-lo, sob outra ótica. Se não der certo, tentarei novo tópico em português. Se mesmo assim não der certo, criarei outro em inglês.

Vamos lá. Qual o consumo normal, em repouso, de um Arduino carregado com GRBL e o tradicional blink, sem nenhum diodo externo, só o da placa.

Por favor, valores para Arduino Uno, Arduino Mega 2560 e Clone Mega 2560.

Tenho esses três, em perfeito funcionamento, com os seguintes valores: Arduino Uno, 144,5mA; Arduino Mega 2560, 191,25mA; Clone Mega 2560, 327,25.

Será que estão dentro da faixa da normalidade? Por que a imensa diferença entre o Arduino Mega e o Clone (um pirata que diz ser Arduino, mas não é)?

Agradeço pela atenção que puderem dispensar.

Elcio

Não sei a resposta, mas também estou a achar estranha a diferença entre o Mega o Clone. Supostamente, tanto o material como o traçado da placa serão iguais tanto no Mega como o outro, por isso não deveria haver diferença nenhuma. Poderia postar fotos das duas placas para ver se há diferenças visíveis entre IC's)?

Obrigado por sua atenção.

A câmera que tenho à disposição faz apenas fotos sofríveis e, de qualquer forma, precisaria ter uma bela lente macro para conseguir registrar o que está escrito nos CIs. Assim, com auxílio de uma lupa de 20X, anotei o que está escrito nos CIs:

Esquerda para a direita, de cima para baixo.

Arduino AMS1117 5.0 H517 A1SHB 51 TI MSP 16MHz MEGA16U2 1440 PH 4W5549 ATMEGA2560 16AU 1515

Clone AMS1117 5.0 H1418 A1SHB 45 TI MSP 16MHz MEGA16U2 1438 PH 4W3955 ATMEGA2560 16AU 1444

Que salte aos olhos, somente o "51 TI MSP" e o "45 TI MSP". Nem imagino o que seja.

Abraço.

Faltou a foto, Luisilva.

Bem ruizinha…