PWM PONTE H 68A

Ola pessoal.

Acabou de chegar meu controlador pwm (http://www.aliexpress.com/snapshot/6636463557.html?orderId=67061813180488)

Mas estou receoso de queimar fazendo ligações ou programação errada, sem mesmo ter usado.

Alguem ja usou esta placa?
Pra que servem os pinos R_IS e L_IS e os pinos R_EN e L_EN e tb R_PWM e L_PWM

Tem o esquema de ligação ou um sketch pra me enviar?

Agradeço desde ja sua colaboração

Nada ainda!!!

Consegui uns esquemas de ligações como podem ver em anexo.

Poderiam comentar a ligação ADC com o pino L_IS???

Estou ansioso para usar a placa mas tenho medo de ferrar tudo. Vou esperar uma alma caridosa me orientar.

Obrigado.

Mais algumas informações. Que pra mim ainda nao esclarece nada...
Por favor comente.

control method

method 1 :

vcc the sehelre single chip 's 5v power supply , gnd the sehelre single chip 's gnd .

r _ en with l _ en up 5v high level , drive .

lpwm input pwm signal , rpwm low or hanging , motor rotation .

rpwm input pwm signal , lpwm low or hanging , motor reversals .

method 2 :

vcc the sehelre single chip 's 5v power supply , gnd the sehelre single chip 's gnd .

r _ en with l _ en even together and input pwm signal for speeder .

lpwm input high level , rpwm input low level or hanging , motor rotation .

rpwm input high level , lpwm input low level or hanging , motor reversals .

with single chip method of :

Encontrei o esquema da placa. Mas nao sei interpretar
Veja em anexo

up!!!

ninguem???

up!!! de novo

Nesta placa, pelo que percebi, os terminais B- e B+ são da alimentação externa para o motor (que pode ser de até 45V). Os terminais M+ e M- são para alimentação do motor DC a ser alimentado e controlado.
Os terminais LPWM e RPWM são para a saída PWM do arduino, que podem ser 2, uma para a direita RPWM e uma para a esquerda LPWM. O L_EN e R_EN são enable para a direita e esquerda. Quando o motor for girar para a direita, o pino L_PWM deve estar em "0" e o R_PWM deve estar em "1", e o contrário caso seja para esquerda. O pino 7 e 8 devem ir no 5V do arduino e o gnd no gnd. Os pinos R_IS e L_IS são para o caso de você querer usar uma entrada do arduino para medir a corrente do motor, quando virando à direita (R_IS) ou a esquerda(L_IS).

Muito obrigado joão pela sua ajuda.

Não se se ja observou mas tem varios anexos que poderá te ajudar se precisar de algo mais eu tento conseguir.

joaovitorpd:
Nesta placa, pelo que percebi, os terminais B- e B+ são da alimentação externa para o motor (que pode ser de até 45V). Os terminais M+ e M- são para alimentação do motor DC a ser alimentado e controlado.
Os terminais LPWM e RPWM são para a saída PWM do arduino, que podem ser 2, uma para a direita RPWM e uma para a esquerda LPWM.

Concordo com voce...

joaovitorpd:
O L_EN e R_EN são enable para a direita e esquerda. Quando o motor for girar para a direita, o pino L_PWM deve estar em "0" e o R_PWM deve estar em "1", e o contrário caso seja para esquerda. O pino 7 e 8 devem ir no 5V do arduino e o gnd no gnd.

O que acontecera se eu errar na programação e colocar R_PWM e L_PWM em "1" Fecha curto na placa?

E como se controla a velocidade???

joaovitorpd:
Os pinos R_IS e L_IS são para o caso de você querer usar uma entrada do arduino para medir a corrente do motor, quando virando à direita (R_IS) ou a esquerda(L_IS).

E como será que ele entrega estes dados?
Obrigado

Se você colocar R_PWM e L_PWM em 1 e os L_EN e R_EN não estiverem, ambos em 1, então não haverá curto. Porém, se L_EN e R_EN estiverem em 1 e houver sinal PWM, haverá curto! Cuidado com isto na programação.
A velocidade você controla por PWM. Procure na internet sobre o que é, como funciona! Você achará facilmente códigos para utilizar com essa finalidade.
Os pinos R_IS e L_IS devolvem um sinal analógico! Se for o caso de fazer uma leitura destas correntes, você tem de utilizar uma entrada analógica do arduino, obviamente verificando as especificações da entrada do arduino, como corrente e tensão máximas (veja no arduino.cc). Para que você tenha um parâmetro melhor, veja o datasheet do transistor.

datasheet.pdf (394 KB)

Ah, e na internet também tem diversos códigos para leitura e tratamento de dados analógicos, como os para a leitura do sensor de corrente, bem como você achará códigos específicos! Uma breve pesquisa no google e vc encontra! Se você quer mexer com equipamentos eletrônicos, recomendo a você que busque um pouco de conhecimentos nesta área, pois nem tudo é possível se ensinar em um post em fórum! Nada como uma boa pesquisa!

Obrigado pela dica João.
Mas há tempos venho colecionando informações sobre esta area. Aprendi muita coisa mas falta muito e sempre faltará, é uma área fascinante. Pena que estudar pela internet é muito segmentado e as vezes difícil de encontrar material.

joaovitorpd:
Se você colocar R_PWM e L_PWM em 1 e os L_EN e R_EN não estiverem, ambos em 1, então não haverá curto. Porém, se L_EN e R_EN estiverem em 1 e houver sinal PWM, haverá curto! Cuidado com isto na programação.

Vamos recaptularr-

R_PWM e L_PWM- Sera ligado nos pinos PWM do arduino, e via programação altero a velocidade do motor,
e podem ser acionados simultaneamente, (Mas nao vejo motivo para que isso aconteça, me parece que acionados simultaneamente somente aumentarei o trabalho de processamento do arduino, sem nenhum motivo).

L_EN e R_EN- Sera ligado nos pinos e controlarei o sentido de rotação do motor setando o pino em HIGH ou LOW, mas nunca simultaneamente. É uma pena não ter nenhuma proteção contra shoot-trough. Ou sera que tem?

joaovitorpd:
A velocidade você controla por PWM. Procure na internet sobre o que é, como funciona! Você achará facilmente códigos para utilizar com essa finalidade.

Irei estudar sobre como programar PWM no arduino. Pelo que andei testando parece ser muito tranquilo.

joaovitorpd:
Os pinos R_IS e L_IS devolvem um sinal analógico! Se for o caso de fazer uma leitura destas correntes, você tem de utilizar uma entrada analógica do arduino, obviamente verificando as especificações da entrada do arduino, como corrente e tensão máximas (veja no arduino.cc). Para que você tenha um parâmetro melhor, veja o datasheet do transistor.

Isso, por enquanto nao vou me preocupar.
Depois de funcionando o PWM irei testar.

Tenho mais uma duvida.

Como podera ser usado o freio motor neste caso???

João

Veja se esta informação é relevante, são dois metodos de controle. Pelo que eu entendi o segundo metodo não evitamos de queimar por shoot-trough mas usamos menos pinos no aduino.

The control method

Method 1:

VCC by single chip microcomputer of 5 v power supply, GND MCU GND.
R_EN and L_EN connect 5 v high level, drive into the working state.
LPWM input PWM signal, RPWM to low level or impending, motor is turned.
RPWM input PWM signal, LPWM to low level or impending, motor reversal.

Method 2:

VCC by single chip microcomputer of 5 v power supply, GND MCU GND.
With L_EN R_EN together and input PWM signal’s speed.
High level LPWM input, RPWM input low level or impending, motor is turned.
High level RPWM input, LPWM input low level or impending, motor reversal.
Connected to the MCU method:

Pelo que entendi posso ligar os pinos de controle de direção da rotação L_EN R_EN no mesmo pino que esta gerando o PWM ou seja os pinos RPWM LPWM. Sendo assim jamais poderei “gerar” sinal PWM nos dois pinos simultaneamente, mas pelo menos economizaria pinos no arduino.

Estou correto???

Veja o anexo.
Porque os pinos L_EN e R_EN estão ligados juntos? Não esta fechando curto???

pwm.jpg

alguem???

Basicamente, os dois métodos são:

  • ou o PWM entra nos pinos RPWM e LPWM (ligados em separado) e os pinos R_EN e L_EN estão sempre ligados ao nível alto (5V) - o sentido de rotação e a velocidade é escolhida pelo pino que está a gerar o PWM;
  • ou o sinal PWM entra nos pinos L_EN e R_EN (ligados em comum) e os pinos RPWM e LPWM escolhem o sentido de rotação.

Não vejo isto:

marinilson:
Pelo que entendi posso ligar os pinos de controle de direção da rotação L_EN R_EN no mesmo pino que esta gerando o PWM ou seja os pinos RPWM LPWM. Sendo assim jamais poderei "gerar" sinal PWM nos dois pinos simultaneamente, mas pelo menos economizaria pinos no arduino.

escrito em lado nenhum.

Já agora, a imagem é relativa ao método 1 ou ao método 2?

Luisilva… Muito obrigado pela sua colaboração, foi muito importante seus esclarecimentos, agradeço por me ajudar.

luisilva:
Basicamente, os dois métodos são:

  • ou o PWM entra nos pinos RPWM e LPWM (ligados em separado) e os pinos R_EN e L_EN estão sempre ligados ao nível alto (5V) - o sentido de rotação e a velocidade é escolhida pelo pino que está a gerar o PWM;
  • ou o sinal PWM entra nos pinos L_EN e R_EN (ligados em comum) e os pinos RPWM e LPWM escolhem o sentido de rotação.

Não vejo isto:

escrito em lado nenhum.

Realmente você esta correto, como que deixei de ver isso.

luisilva:
Já agora, a imagem é relativa ao método 1 ou ao método 2?

Me parece ser referente ao metodo 1, ja que o sinal PWM esta entrando pelo pino RPWM e LPWM em separado. e o L_EN e R_EN estão juntos, provavelmente com 5 volts.
Isso que voce postou esta em concordância com o que nosso colega JOAOVITORPD havia comentado.
Não ha dúvidas… vou programar conforme metodo 1.

Caso tenha mais um pouquinho de paciencia comigo, poderia me dizer como posso ter certeza que a alimentação da placa (pinos VCC e GND) não ultrapassa os 200ma. Ja que o arduino somente podera fornecer 200ma no pino 5volt. Como voce alimentaria a placa pwm?

Outra dúvida é sobre a formula referente ao sinal de corrente de alimentação (I power = 19,5 x Uis) descrito no anexo???

Em relação à protecção, pode ser feita com fusíveis, por exemplo. No entanto, parece-me que o melhor é alimentar a placa com uma alimentação separada que não tenha um limite tão curto. Repare que se vai alimentar um motor, se a carga aumentar um pouco (se o veio do motor travar ligeiramente) isso implica um aumento de corrente o que não me parece seja de grande saúde para a placa Arduino.
Em relação à outra questão, não vejo nenhum anexo no post.

Fui olhar para o esquema e tenho que fazer uma correcção ao post anterior. Os +5V da alimentação da placa não "vão para o motor". A alimentação dos motores é feita a partir dos pinos B+ e B-. Sendo assim, aquilo que escrevi no post anterior não é verdade, os +5V apenas alimentam a lógica e muito provavelmente não irão ultrapassar os 200mA.

luisilva:
Em relação à protecção, pode ser feita com fusíveis, por exemplo. No entanto, parece-me que o melhor é alimentar a placa com uma alimentação separada que não tenha um limite tão curto. Repare que se vai alimentar um motor, se a carga aumentar um pouco (se o veio do motor travar ligeiramente) isso implica um aumento de corrente o que não me parece seja de grande saúde para a placa Arduino.
Em relação à outra questão, não vejo nenhum anexo no post.

Em meu penúltimo post da pagina 1. Anexo com o titulo "pwm.jpg". na parte inferior existe a referencia a formula.